História Touch me hot - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias 30 Seconds to Mars, Arlequina (Harley Quinn), Batman, Capuz Vermelho e os Fora-da-lei, Cara Delevingne, Esquadrão Suicida, Hera Venenosa, Jared Leto, Margot Robbie, Mulher Gato, Will Smith
Personagens Cara Delevingne, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Jared Leto, Margot Robbie, Pamela Lillian Isley / Poison Ivy (Hera Venenosa), Personagens Originais, Will Smith
Tags Arlequina, Batman, Coringa, Esquadrão Suicida, Harley Quinn, Jarley, Joker
Visualizações 96
Palavras 1.508
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então queridos esse capítulo metade é a última parte dos ocorridos na noite no cassino Five Wishes (Glória né pq já estava demorando).
Aproveitem o capítulo ❤


leiam as notas finais...

Capítulo 15 - Insane Nigth


Gotham City                                                       Cassino Five wishes (continuação)

 Joker tentava espantar seus pensamentos e flashbacks com mais um copo de Whisky, depois outro, e mais outro. Ainda não sentia-se bêbado, mas já conseguia de certa forma "esquecer" o que não saia de sua mente até pouco tempo atrás, ele fitava algumas mulheres bonitas que dançavam de forma sensual no pequeno palco, muitas delas até pareciam estar dançando especialmente para ele, e estavam. Mr Joker era um "cliente" disputado entre as stripers, ele sempre pagava muito bem para as que saiam vivas, além disso tinha seu charme especial. 

_ Se divertindo Mr J? - Um Homem alto com aparência de uns 55 anos disse se aproximando, era Henry, o dono do cassino. 

_ Adoro esse lugar - Joker respondeu abrindo mais um de seus sorrisos psicóticos 

_ Soube que sua garota te deixou, sinto muito - O homem disse seguindo o olhar do palhaço que era fixo no palco onde as stripers estavam - Por que não escolhe uma? São ótimas! - O grisalho aconselhou 

_ Harley? Uma vadia como qualquer outra, não faz falta - O palhaço gargalhou com os olhos cerrados, estava sendo paciente demais, odiava palpites alheios em sua vida - eu quem a dispensei - Ele completou 

_ Sei que vai gostar da minha melhor garota! - Henry disse fazendo sinal para uma das garotas que dançava e ao entender os gestos ela caminhou até o mesmo

_ Seja uma boa garota para o Mr J, faça com que ele volte! - O homem disse a garota  que tinha um sorriso enorme no rosto e andou até um barman do outro lado do local deixando-os a sós 

 _ Sozinho Hoje Mr J? - A mulher disse de forma sensual se assegurando de que Harley não estava por perto, afinal, todos sabem o que ela fazia com mulheres que se aproximam do seu "Pudinzinho".

_ Isso realmente importa para você? - Ele responde sem tirar os olhos das outras stripers 

_ Na verdade não muito! - A garota vestia um mini short preto e uma meia arrastão, um sutiã também preto que deixava bem a mostra seus seios fartos

 _ Diga-me querida, qual o seu nome? - Joker disse puxando a garota para o seu colo de maneira agressiva

  _ Victoria, mas sou mais conhecida por Vic! - Ela sorriu maliciosa

  _ Hum! - Ele disse ainda sem dar muita atenção.

  _ O senhor não gostaria de jogar alguns jogos de azar? Ou quem sabe... ir para um quarto - Ela disse notando o baixo interesse do palhaço tentando algo que lhe despertasse mais a atenção 

_ Não vim até aqui para conversar é... Victoria! - Ele disse esforçando-se para lembrar o nome da mulher 

_ Sei como agradar clientes como o senhor Mr.J - Ela disse com um tom de voz fino enquanto distribuia beijos molhados pelo pescoço do homem

   _ Vamos até a minha casa? - Ele abriu um sorriso insano, ele nunca levava vadias até a sua casa, no máximo um motel 

_ Claro Senhor C... vamos para um quarto- A moça praticamente gemia em seu ouvido

    Joker fez um sinal para que frost o encontrasse do lado de fora do cassino, o barbudo que se engrassava com uma mulher do outro lado do salão entendeu o recado e caminhou até o lado de fora do cassino onde o carro estava estacionado, Joker e Victoria foram atrás...

_ Para onde senhor? - Frost dizia enquanto ligava o carro 

_ Para casa! 

_ Tem certeza chefe? - Jonny conhecia bem o palhaço, tanto que estranhou a atitude de levar uma vadia para a mansão 

_ Só faz o que eu estou mandando

[...]

   Victoria observava tudo com atenção, todos os detalhes daquela mansão enorme,  a decoração bonita, as fotos e armas em todos os cantos, os vários capangas espalhados por toda a casa, até mesmo na rua haviam capangas vigiando, isso de certa forma despertou medo na mulher que não demonstrou. 

 _ Suba as escadas e me espere no quarto, vou daqui a alguns minutos - Ele ordenou enquanto entregava um envelope a Jonny.

  A mulher obedeceu em silêncio, a cada degrau ela sentia mais medo, era um lugar tão bonito mas trazia uma sensação tão ruim, ela avistou um quarto com a porta aberta e outro com a porta fechada, entrou no aberto e acendeu a luz, parecia mesmo um quarto infantil, ao contrário do restante da mansão aquele quarto não tinha um clima pesado e muito menos trazia um sentimento ruim. Mesmo estranhando a moça continuou ali, encarando a paisagem do lugar e por curiosidade mexendo em algumas coisas, abriu uma gaveta da penteadeira e arregalou os olhos ao ver inúmeras joias, todas maravilhosas "Arlequina era mesmo uma sortuda" pensou ela, COMPLETAMENTE ERRADA. 

_ O que esta fazendo aqui?  - Victoria levou um susto ao escutar a voz grossa e um pouco rouca

_ O senhor disse pra eu esperar no quarto...  

_ Não nesse, idiota - Ele agarrou a garota sem delicadeza alguma beijando-a violentamente, foi assim mesmo, sem aviso prévio, sem enrolação. Joker puxava o cabelo da mulher com força com uma das mãos e com a outra apertava os seios da mesma. Durante o beijo ele abriu os olhos por alguns segundos e deu de cara com uma foto de Harley sorrindo que estava na penteadeira.

_ DROGA! Não posso fazer isso aqui - Ele disse baixo deixando Victoria sem reação, do que ele estava falando? ela não compreendia. 

_ Esta tudo bem Mr.J? - Ela perguntou ainda travada e em resposta recebeu um tapa no rosto, um tapa tão forte que a mesma caiu no chão. 

A verdade é que a culpa dele estar irritado não era da mulher, era dele mesmo, como poderia fazer sexo com outra ali? em meio a tantas lembranças?

Ele não disse mais nada, levantou a garota pelo braço e puxou pelos cabelos até o quarto ao lado, trancou a porta e gargalhou 

_ Não se assuste querida, apenas tire a roupa! - O palhaço sorria irônico - não vai doer quase nada... Ha Ha Ha... VAI SIM! 

Ele parecia outra pessoa, muito mais louco do que a algumas horas atras, a insanidade em seus olhos era muito visível, seria a bebida que o fizera mudar o humor tão drasticamente de repente? seria sua própria loucura? ou seria a abstinência? abstinência dela... 

_ De joelhos - Ele disse enquanto observava Victoria obedecer suas ordens sem questionar - Agora faça seu trabalho! 

 A garota colocou o membro dentro da boca, ainda deixando uma boa parte de fora pelo tamanho, começou a fazer movimentos de vai e vem com a boca, fez por algum tempo até sentir o líquido quente do homem escorrer em sua boca, o palhaço gargalhou ao sentir que ia gozar, sem aviso prévio levantou a garota pelos cabelos e jogou na cama ficando por cima da mesma 

_ Agora vai se arrepender de aceitar ter vindo vic! 

_ Você acha? eu aguento! - Ela disse em um tom de voz calmo mas ao mesmo tempo sexy, aquelas palavras... ele já tinha escutado antes 

_ O que disse Harl? - Ele quase berrou enquanto penetrava a mulher de uma vez só fazendo-a gemer tão alto que até mesmo os capangas no outro andar da casa poderiam ter escutado

_ Meu nome é Victoria - a moça disse sem entender muito bem 

_ Shiiiiiiiiiiu! eu tô te pagando, te chamo como quiser - Joker disse continuando com as estocadas, cada vez mais fundo, cada vez mais rápido

_ J-Joker ta machucando! - A cada estocada a moça gritava mais alto 

_ Pra você é Senhor C vadiazinha! 

   Depois de muito tempo no ato o palhaço finalmente se derramou outra vez, saiu de dentro da garota e gargalhou outra vez insanamente, a garota permaneceu deitada na cama, ela estava imóvel, lágrimas escorriam pelo seu rosto pela dor, ela sentia sua intimidade arder.

_ Apesar de ser larga você é boa! - Joker disse abrindo uma gaveta da comoda e tirando três bolos de dinheiro - Hoje você está com sorte, vou te deixar sair viva - Ele dizia alisando uma 38 

_ Obrigado... eu acho - Victoria estava completamente confusa, geralmente os clientes eram mais... gentis, nem todos, mas a maioria sim 

_ Você tem quinze minutos pra dar o fora daqui, deixa seu telefone anotado e vai - Joker disse entrando no banheiro sem nenhuma preocupação aparente

O palhaço sentia a água gelada do chuveiro cair em sua pele causando um pequeno choque térmico, passava as mãos por seus cabelos verdes e se perguntava o que o fazia tão infeliz? por que não ria mais da piada? por que tinha tudo mas sentia que não tinha nada? por que as noites luxuosas nas quais esbanjava dinheiro já não lhe serviam mais como uma boa distração? Cada vez mais confuso, cada vez mais perdido, cada vez mais sem graça, mas ninguém percebia, ninguém notava. 


Capítulo dedicado com muito carinho a minha amiga Victoria Kindermann♡

capítulo sem revisão gramatical, revisarei amanhã mesmo, espero que perdoem os erros de português.


Notas Finais


Olá meus Puddins, sentiram saudades? eu senti, sério de verdade vocês não sabem como eu senti falta de vir aqui escrever e ler os comentários de vocês! O meu sumiço não foi atoa, e não foi uma decisão impensada, eu realmente precisei de um tempo, não estou nada bem ultimamente por alguns motivos pessoais, mas não se preocupem.
Voltarei a postar normalmente okay? e me perdoem por ter dado esse pequeno tempinho, bjs adoro vcs ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...