História Touch of an angel •Jimin• - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 13
Palavras 980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Esse é um tipo de história que eu sempre quis escrever,mas sempre tive medo de que ninguém gostasse e ficasse ruim demais... Juro que vou dar tudo de mim pra essa ser uma boa história!💛 (Ainda mais uma história com Park Chimchim,O anjinho das armys ! ^^)
Essa fic,assim como a outra foi inspirada em livros (tanto românticos quanto de tragédia e drama) e também fanfics! (Se quiserem um dia eu faço uma listinha com minhas fics favoritas,tanto de shipp comp hétero!)
Espero que gostem e boa leitura!>.<

Capítulo 1 - Do Angels exist?


Fanfic / Fanfiction Touch of an angel •Jimin• - Capítulo 1 - Do Angels exist?

Eu não me lembro de nada....

De nada...

Eu apenas lembro de ter acordado bem cedo-já que é um costume meu-e ter pego meu guarda chuva e ir para a escola.

E me lembro de ter pego um metrô-uma coisa que eu nunca fazia,já que preferia ir à pé-e ter esperado aproximadamente uns 17 minutos dentro do metrô que ia em direção à rua de minha escola.

E quando sai apenas ouvi um barulho de tiro e pessoas chamando pelo meu nome

"Park Jimin!!! Park Jimin!!!" eu escutava pessoas chamando meu nome.

Nesse exato momento estou numa espécie de "trem" que está me levando à algum lugar que desconheço.

Percebi que tenho asas,por isso minhas costas estavam doendo quando tentava me apoiar no encosto daqui.

Quando tento olhar pela janela tudo o que vejo é um branco,um branco sem fim,como se eu estivesse num lugar onde nada tem ou nada existe,apenas eu existo nesse lugar...

Está parecendo que estou em um cenário de doramas com tragédias, me sinto estranho... E o pior que apenas eu estou no trem.. Acho que estão filmando um filme de terror e não me avisaram...

Apareceu uma placa à alguns metros daqui dizendo "bem vindo (a) ao céu! Espero que se sintam confortáveis no paraíso"

Ok... Paraíso? Olha,até estou aceitando o fato que talvez eu tenha morrido e tals,mas ir ao paraíso? Tem alguma coisa no meio disso tudo.

Eu sempre via filmes assim quando era menor,mas nunca imaginei que tudo isso,como asas e paraíso fossem reais,me lembro de que quando era pequeno eu queria aprender a voar como um anjo que vi em um filme.

O trem parou em um grande portão após alguns minutos de viajem. E lá no portão-que por sinal era dourado-tinha um anjo com asas enormes,olhei para as minhas,por que são tão pequeninas?

-Olá! Bem vindo ao paraíso! Aqui você vai começar sua tarefa como um anjo! 

-Anjo? -Ok,então eu morri de verdade,não é um sonho?

-Sim,por enquanto você é apenas um iniciante,apenas espere e você irá ser um bom anjo! Aqui você terá seu "lar" mas não o irá usar muito,já que,irá passar a maior parte do seu tempo como anjo cuidando de seu protegido... Por enquanto,antes de suas tarefas vamos para as regras! -O portão se abriu

-1° regra : A mais importante de todas! Nunca tenha qualquer contato físico com um humano,a cada "toque" você perde uma pena de suas asas -disse caminhando e olhando para os outros anjos presentes ali

-O que acontece se perdermos todas as nossas penas? -Perguntei, além de tudo,ás vezes a curiosidade fala mais alto.

-Não sabemos,nenhum anjo se arriscou a tamanha pressão...

-Huum,anotado,não ter contato com humanos! -Tentei dar um sorriso para aliviar um pouco aquela situação.

-2°regra : Você apenas poderá aparecer para o seu protegido,apenas ele conseguirá te ver e mais nenhum humano,apenas anjos,e, quando você mudar de protegido, as memórias do mesmo seram apagadas caso a missão de seu protetor ter sido completa. -continuou..

-3° e última regra BÁSICA,você não precisa comer ou dormir,mas se quiser pode fazer qualquer um dos dois por livre espontânea vontade.. Acabamos por aqui vá até a sala dos anjos administradores e diga seu nome,lá eles vão dizer o nome de seu protegido.

-Estou indo obrigada...

-Kwan,prazer -não estendeu a mão, acho melhor náo estender a minha..

-Park Jimin,prazer!

Ele se retirou e voltou para o portão, provavelmente há mais pessoas chegando.

Eu sabia que a cada pessoa que nascia,14 morriam, e que enquanto há 7 bilhões de pessoas vivas na terra haviam 98 bilhões mortas mas não sabia que todas vinham parar aqui...

Cheguei no lugar dito por Kwan "Administração Angelical" 

-Boa tarde... Park Jimin,não? -Uma anjinha simpática me chamou

-Sim,Park Jimin! - por mais que eu esteja com saudades dos meus parentes na terra,ser um anjo sempre foi meu sonho de infância

-Estávamos te esperando! - A moça deu um doce sorriso

-Estavam? Vocês sabem quando as pessoas morrem também?

-É.. Isso,existem os anjos,que estão em um nível superior ao nosso que escolhem quando e como as pessoas vão morrer..

-Todas as pessoas mortas vem aqui ou.. - ela me cortou antes de falar o resto da frase.

-Sim,mas as pessoas que cometeram muitos pecados vão ser anjos por mais tempo, como você não cometeu tantos pecados seu tempo aqui será no mínimo de um ano e meio para reencanar.

-Wow.. Eu vou voltar como um menino? Minha família será a mesma? Eu irei conhecer minha namorada de novo? Eu irei ver algum filme de terror sem ter medo em outra vid -Perguntei curioso,já que,eu sempre gostava de aprender coisas novas.

-Não podemos dizer tantas coisas assim Park Jimim,mas tome-me estendeu um livro-Quando não estiver cuidando da sua protegida leia,que todas as informações sobre os anjos e o paraíso estão ai.

-A minha protegida vai ser uma menina?

-Sim,uma menina,conhece a S/N? Mora em Seul,a mesma cidade que você veio. Ela parece estar bem triste,nesses dias ela vem chorando muito,e sempre visita sua antiga casa e fica parada em frente à porta -disse olhando pra tela do computador.

Fiquei pasmo na hora,irei cuidar da minha própria namorada?

-S/N? Ela era minha namorada!! -dei alguns pulinhos de alegria,além de reencontrá-la poderia ficar bem pertinho da mesma

-Vá para Seul e cuide bem dela,sua missão principal é fazer com que ela seja feliz novamente,pela ficha dela diz que após sua morte,com um tiro no peito,ela ficou depressiva e não quer sair de casa. -explicou e fiquei confuso,apenas cheguei aqui à alguns minutos

-Mas eu cheguei aqui à poucos minutos -tentei explicar-como deu tempo dela ficar depressiva e não querer sair de casa?

-O tempo aqui é diferente pequenino,o que se equivale à 2 minutos aqui se equivale à 1 hora na terra.

-JÁ SE PASSARAM QUASE DOIS DIAS LÁ? -Não sei por que gritei,apenas fiquei surpreso.

-Sim,vá voando até lá agora,e cuidado com suas asas,elas são bem pequenininhas,e fofinhas! Nunca vi asinhas tão pequeninas! -disse pegando uma parte de minha asa

-Eu também as estranhei,adeus...

-Margo,nome americano! Sou americana! -Acenou

-Adeus Margo!!! -Sai de lá e fui andando até o portão,chegando lá comecei a bater as asas e fui embora.




Notas Finais


O Jiminnie virou um anjinho gente :3
(Ele já é um anjinho pra falar a verdade né ksksksk)💛
Eu sempre gostei dessas histórias de anjos e sempre quis escrever uma então está ai!
Espero que tenham gostado! >.<.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...