História Toy - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS)
Personagens Bang Yongguk, Himchan, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin
Exibições 26
Palavras 1.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Científica, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, eu sou lerda mesmo hsusua, mil desculpas
Não sei se ficou tão bom, ou se realmente seguiu o caminho que eu queria, mas bom, me senti satisfeita com o resultado, espero que gostem
Beijos '3'
•notinhas finais por favor :v•

Capítulo 3 - Terceiro


Após NamJoon ter ido embora, vários outros homens pagaram por mim, e quando a boate estava perto de fechar, só restavam uns três clientes saírem dos quartos, eu não sabia aonde estava Yoongi, Tae e HimChan estavam nos quartos com seus “donos”. Sim, Yongguk não me quis mais, e isso não era algo que me incomodava. Eu estava sentado no bar quando vários meninos se juntaram ao meu redor. HimChan foi o primeiro a me bater. Mas não foi o último. Um dos meninos me empurrou o que resultou em meu corpo indo de contato com o chão.

-Por que quê você tinha que vir pra cá?. – Um deles perguntou e eu o olhei confuso.

-C-como assim?. – Perguntei me levantando.
-Por que você tinha que vir aqui tentar roubar quem tanto demoramos para conseguir?. – Perguntou me empurrando de novo.

-Mas eu não quero roubar nada de ninguém! Eu não tenho culpa... – Assim que eu respondi senti a mão de um dos meninos ir contra meu rosto.

Logo todos os outros começaram a me bater também, eu tentava apenas me proteger, não tirava a razão deles. Talvez eles apenas tenham medo de perder seus clientes, sem clientes significa que não tem utilidade e Yoongi iria acabar jogando eles fora para poder comprar outros mais recentes.

-Ya! Larguem ele. – Escutei Tae falar e logo todos os meninos foram afastados, quando Tae colocou os olhos em mim seu rosto ficou estático. -Vocês vão se ver com Yoongi. – Ele falou me pegando no colo e me levando para meu quarto.

No caminho para meu quarto haviam alguns espelhos, e eu tive o azar de olhar para eles. Depois de ver como eu estava, apenas parei e fiquei encarando meu reflexo horrível. A pele artificial do meu rosto não estava em seu lugar certo, estava saindo. O que deixou que minha parte robótica ficasse amostra.

-Eu estou horrível. – Falei ainda parado em frente ao espelho.

-Não, não, está tudo bem. – Tae disse enquanto tentava me puxar.

-Logico que não está tudo bem, ninguém vai me querer desse jeito. – Exclamei começando a andar em direção ao meu quarto.

-Nós vamos resolver isso, não se preocupe. – Tae sorriu. -Eu vou te desligar okay? Apenas para que você não fique se preocupando atoa. – Ele falou indo para atrás de mim. -Vou chamar Yoongi para que ele resolva isso. – Eu assenti e ele saiu.

Me sentei na cama e fiquei esperando que eu apagasse, o que estava demorando mais que o normal, será que aquilo prejudicou em algo do meu sistema?.

Okay, isso estava realmente demorando mais que o normal, eu parei de me preocupar com o fato de eu não ter apagado até agora quando escutei vozes do outro lado da porta.

-Eles fizeram o mesmo que HimChan e pelo mesmo motivo, só que... eles foram mais agressivos. – Era Tae, ele devia estar explicando para Yoongi o que aconteceu.

-Aconteceu algo a mais?. – Escutei Yoongi perguntar e vi a maçaneta da porta girar.

-Jin ficou um pouco... o rosto dele foi bem atacado e... – Eu escutava a voz de Tae cada vez mais distante.

-Vamos joga-lo fora então. – Foi a última coisa que eu escutei antes de ver um pouco da porta ser aberta e eu finalmente ser desligado.

YOONGI POV ON

-O QUE?. – Tae gritou assim que eu falei que íamos jogar SeokJin fora.

-Ele não vai ter utilidade TaeHyung, quem você acha que vaí querer ele dessa forma?. – Perguntei assim que vi o corpo de Jin desligado sobre a cama, ele estava bem pior do que eu estava imaginando.

-Mas... não tem outra forma? Jin está fazendo tanto sucesso. – Tae disse e correu até o corpo desacordado de Jin o abraçando.

-É caro fazer uma reconstrução, e vai ser ainda mais caro o de Jin porquê ele é de última geração. – Cruzei os braços já vendo que TaeHyung ia me encher até que eu fizesse o que ele queria.

-Os lucros de Jin não dão para pagar?. – Ele perguntou novamente.

-Okay que Jin teve muitos clientes, mas não, não dá pra pagar. – Falei virando de costas e indo em direção a porta, antes que Tae consiga me fazer mudar de idéia.

-Por favor Yoongi, tenho certeza que Jin conseguirá pagar o dinheiro que você gastará com a reconstrução. – Tae falou segurando meu braço e quando eu o olhei ele fez bico.

-Aish okay, mas depois disso, você se tornará responsável por ele, não vai deixar que façam mais nada com ele. Não tô afim de estar jogando dinheiro fora.

-Não vai mais acontecer aquilo, muito obrigado Yoongi-ya. – Tae sorriu e me abraçou.

-Acho que não deve ter nada aberto por agora, vamos dormir e eu levo Jin de tarde. – Falei e Tae assentiu e saímos do quarto.

(……)

Já era por volta de 16 horas quando eu resolvi levar Jin para o concerto.

-Tae, você acha que consegue tomar conta de tudo?. – Perguntei colocando Jin no carro.

-Siiim. – Tae sorriu batendo palmas.

-Se eu demorar, abra a boate e tome conta de tudo. – Falei e ele assentiu, entrei no carro e fui em direção a uma das fábricas de concreto que havia por perto.

Eu pensei que seria algo rápido, apenas falar o que Jin tinha, pagar, e ir embora. Nunca pensei que tinham tantas pessoas atrás de concerto para seus robôs.

Eu estava com o corpo de Jin sobre meu colo, olhei para a enorme janela e vi que já havia escurecido, eu realmente passei minha tarde todinha sentado naquele lugar? Vendo crianças e também adultos chegarem chorando com seus robôs no colo.

-Min Yoongi?. – Finalmente escutei meu nome ser chamado e entrei por aquela porta branca com Jin no colo.

-Olá. – Falei me sentando.

-Wow... bom, me diga o que aconteceu. – O “médico” falou se sentando em sua cadeira, ele tinha os cabelos meio acinzentados, ele é lindo.

-Ah... ele foi espancado, da pra fazer algo? Ou terei que jogar fora?. – Perguntei colocando o corpo de Jin sobre a maca que havia ali naquela sala.

-Calma, calma, tem jeito sim. – Ele sorriu analisando Jin.

-Que bom então, não queria ter gasto minha tarde toda para no fim ter que jogar Jin no lixo. – Cruzei os braços enquanto o menino continuava a analisar Jin.

-Você falando assim, parece que seria bem fácil descartar ele. – O menino sorriu fraco.

-Não seria um problema jogar ele fora, se não tem utilidade, tem que jogar fora. – Falei e o menino pareceu se assustar.

-O-okay, irei colocar ele para o concerto, demorará uns dois dias, mas se preferir pode deixar seu número, e então ligaremos quando ele estiver consertado. – Ele falou me entregando um papel com o preço do concerto de Jin, não era caro como eu imaginava.

-Anote meu número...

YOONGI POV OFF

NAMJOON POV ON

Já tinha bastante tempo que eu havia chegado na boate, já havia procurado Jin por todo canto e nada de encontra-lo, até que finalmente achei um menino que estava conversando com Jin ontem.

-Hey, você sabe aonde Jin está?. – Perguntei sentando ao seu lado.

-Ele está para o concerto com Yoongi, e ainda duvido que Yoongi não tenha jogado ele fora. – O menino de cabelos pretos disse dando de ombros.

-Concerto? Por que no concerto? Jin estava perfeito ontem. – Falei pedindo uma bebida em seguida.

-Aconteceram algumas coisas depois que você foi embora, Jin fiquei meio desfigurado e teve que ir pro concerto, graças a Tae, Yoongi não o jogou fora naquele mesmo momento.

Eu e HimChan ficamos conversando sobre a situação de Jin até um homem o chamar, então ele se levantou e sumiu no meio da multidão.

Eu fiquei bebendo até ver Yoongi passar entre as pessoas, sozinho.

-Ei! Aonde está Jin?. – Perguntei segurando em seu braço.

-Isso não te importa. – Ele disse tentando se soltar.

-Importa sim, aonde Jin está?. – Perguntei novamente apertando mais minha mão ao redor de seu braço.

-Jin não poderá ser usado hoje, se divirta com outro. – Ele falou e eu finalmente larguei seu braço.

-Eu não quero me divertir, quero Jin apenas para mim, quero comprar Jin, pago o quanto você quiser. – Falei olhando nos olhos daquele garoto branco que era mais baixo que eu, ele no entanto parecia surpreso.


Notas Finais


Okay, então, eu não sei se a Fic está perto do fim (sim eu sou lerda até pra isso) eu pretendia fazer uns 5 capítulos no máximo, vou ver se dá certo.
Depois que a Fic for terminada, eu pensei em fazer uns bônus com os casais que não tiveram tanto brilho, como o Tae e o Boy dele(que é o Hope), HimChan e o Yongguk, o Yoongi e o... acho que deu pra saber quem é o par do Yoongi neste capítulo neh? 🌚 Ou sera que não? ;-;
Enfim, obrigado por ler, Você fará uma pessoa feliz se comentar hsuaha
Até o próximo capítulo~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...