História Traçados pelo destino - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Flavia Pavanelli, Ian Somerhalder, Luan Santana, Lucas Lucco, Natalia "Nah" Cardoso
Personagens Flavia Pavanelli, Ian Somerhalder, Luan Santana, Lucas Lucco, Nah Cardoso, Personagens Originais
Exibições 97
Palavras 1.331
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


LEIAM AS NOTAS FINAIS!
LEIAM AS NOTAS FINAIS!
LEIAM AS NOTAS FINAIS!
LEIAM AS NOTAS FINAIS!

Capítulo 30 - Que tormenta


Fanfic / Fanfiction Traçados pelo destino - Capítulo 30 - Que tormenta

A exposição estava linda e minha nossa tinha gente comprando os quadros, sei Amarildo estava me apresentando as pessoas, Luan não quis vir.

Amarildo: Paola essa é a estrela minha nora , e a responsável por essa telas.

Paola era bem linda pra idade dela, aparentava ter uns 50 anos mas bem educada e elegante, na verdade ela é a mulher mais elegante que já conheci.

Paola: Fiquei encantada com as pinturas, as telas, mostra o Luan de um ângulo diferente das fotos, eu sou uma fã desse garoto, e comprei quatro telas.

Estrela: Minha nossa muito obrigada (Falei sorrindo)

Amarildo: Vou apresentar ela ao resto das pessoas, até mais Paola 

Saímos andando pelo salão eu sorria pra todos, isso não era problema amo sorrir, nos aproximamos de um trio de homens, e não vou negar são  lindos.

Amarildo: Marcelo Velmont e Ricardo Texeira que bom que vinheram. (Os homens cumprimentaram seu Amarildo sorrindo e me olharam do pés à cabeça ) Essa é minha nora Estrela e a responsável pelas telas.

Ricardo: Muito prazer, minha filha de 5 anos é uma grande fã do Luan, quando chegar em casa com as duas telas dele que comprei ela vai surtar. (O Moreno alto dos olhos verdes falou)

Marcelo: Também não era pra menos, tão linda assim, tudo oque faz deve ser perfeito.

Eu olhei pra seu Amarildo de olhos arregalados, meu Deus esse homem estava me cantando na frente do seu Amarildo? e ele disse que eu era sua nora .

P.o.v do Luan

Essa exposição tava  um saco, só gente cheia de frescura, eu vim só pela minha estrela, a minha estrela tão linda, levantei do sofá que estava sentando e fui a procurar ela estava a tempo demais com meu pai, vai que ele deixa escapar algo sobre a Bianca, minha estrela é muito sensível ela não aguentaria essa notícia na cara dura.

Avistei eles de longe é quando olhei os caras que estavam com eles identifiquei logo o Marcelo, me aproximei e como havia previsto ele dá em cima da minha estrela.

Marcelo: Também não era pra menos, tão linda assim, tudo oque faz deve ser perfeito. (Vi estrela olhar pro meu pai seu rosto estava levemente ruborizado, me aproximei colocando a mão em sua cintura e abraçando por trás ela olhou assustada e quando me viu soltou um suspiro de alivio)

Luan: linda ela neh? Cê nem imagina no quanto ela é boa no Que faz., mas ela já tem dono. (Falei sarcástico ) 

Marcelo: Relaxa Luan, só elogios o quanto sua namorada é bonita (ele olhou descaradamente pra estrela é a droga daquele decote que merda estrela)

Luan: Eu sei o quanto ela é linda não preciso que marmanjo nenhum coloque o olho no que é meu não.

Raafael: Vai se acostumando luanzinho, vai ser sempre assim, a estrela é bonita demais pra ficar com você.

Eu ia pra cima dele mas ela me segurou. Eu vou quebrar a cara dos dois de uma vez.

Estrela: Não amor , seu Amarildo posso ir? a exposição ta quase no fim.

Amarildo: (meu pai me olhou e assentiu, ele me conhece e sabe oque eu iria fazer) pode ir sim, explico que você passou mal, fico responsável pelo dinheiro não se preocupe.

Estrela: Obrigada 

Ela sorriu e os marmanjos ainda ficaram a encarando que merda estrela para de sorrir, peguei em sua mão e sai andando pra fora do salão com ela, chegamos no estacionamento abri a porta do carro pra ela e ela entrou, fechei e arrodiei e fui pro outro lado entrando, ela foi o caminho em silêncio, eu também não falei nada, que ódio, entramos no apartamento e ela foi logo tirando a percata e indo pro quarto fui atrás e ela tinha entrado no banheiro, peguei minha roupa e fui pro da Bruna, tomei banho e quando voltei ela tava no quarto já de camisola e passando creme nas pernas.

Luan: Não quero te ver mais usando aquelas roupas. (Falei e a mesma parou de fazer oque estava fazendo e me olho)

Estrela: Oque ?

Luan: Isso mesmo, porra esttela. (Falei irritado)

Estrela: Então eu tive culpa de eles me acharem bonita? 

Luan: Bonita? ELES TAVAM TE COMENDO COM OS OLHOS, E VOCÊ AINDA SORRIA, NÃO QUERO MAIS VOCÊ USANDO ESSE VESTIDO, ESTAVA PARECENDO UMA PUTA COM AQUELE DECOTE . (quando ja tinha gritado ela estava na cama sentada me olhando com os olhos cheios de lágrimas) droga amor me desculpa. (Tentei me aproximar mas ela se distanciou)

Estrela: Por favor....não ...me toca (Ela soluçou) você escutou...doque me....chamou Luan? (Ela levantou e foi pegar o travesseiro ) 

Luan: Onde você vai? (Peguei em seu braço e  ela soltou)

Estrela: Vou dormir no quarto......da Bruna  (Ela pegou o travesseiro) hoje era....pra ser uma noite feliz....  vendo todos os meus quadros....voltaria pra casa....e dormiria com a pessoa...que Amo....mas ele....acha que sou...uma puta.

Ela saiu do quarto aos prantos eu sentei na cama, que droga, eu nunca fui de ser ciumento ou me deixar ser dominado pelo ciúmes, eu acabei de Chamar ela de puta.

(....)

Eu fui pro quarto da Bruna aos prantos, ele ter me chamado daquilo me lembrou o dia do acidente do meu padastro, o dia em que ele tentou abusar de mim, ele disse que eu era uma puta, olhei pra porta revelando Bruna, quando ela me viu se assustou.

Bruna: Estrela? Deusdocéu porque ta chorando? (Ela se aproximou me abraçando ) 

Estrela:e deixa dormir aqui por favor.

Bruna: O pi que fez isso? a mais ele vai ver agora. (Ela ia levantar mas eu a pixei)

Estrela: Não, fica comigo eu só preciso de uma amiga.

Ela me abraçou se deitando na cama comigo, chorei tanto que nem vi quando dormir, acordei no meio Da madrugada com meu celular tocando, olhei.

Número desconhecido ligando......

Nunca mais esse número tinha ligado, atendi e coloquei no ouvido.

XXXX: Oi oi princesa  (escutei aquela voz que tanto sentia nojo comecei a chorar logo) sentou saudades.? (Escutei sua risada nojenta)

Estrela: Seu monstro era pra você ta preso (gritei assustada)

Fernando: Nada, eu quero você, e eu vou ter.

Estrela: VOCÊ VAI APODRECER NA CADEIA FERNANDO.

Joguei o celular na parede, e agarrei meus joelhos aos prantos, Bruna acordou assustada e a porta foi aberta Luan correu por ela se ajoelhado na minha frente na cama.

Luan: Oque foi pelo o amor de Deus eu escutei Fernando?

Estrela: Era....ele Luan....ele...ligou agora...era Ele.. .ai meu Deus.

Bruna: Calma estrela respira e fala direito.

Estrela: Meu padastro....ele que ligava esse tempo...todo.....e agora.....ele falou....meu Deus ele disse...que me queria....e que ia me ter....luan Eu to com medo (o abracei chorando ele me apertou)

Luan: Eu não vou deixar nada acontecer com você ok? eu vou te proteger nem que isso custe a minha vida. (Ele segurou meu rosto, Bruna saiu do quarto)

Estrela: Eu acredito em você, mas eu não quero te perder. (Senti medo)

Luan: Não vai, não vai me perder, eu te amo meu amor, não vou deixar ninguém te fazer mal.

Ele se deitou ao meu lado e tinha esquecido até da briga, eu só o abracei bem forte, e pedi a Deus para aquela noite não piorar. 

Sonhos

Eu estava em uma rua deserta, estava com medo, não passava carro nem ônibus, naquele dia Luan estava em turnê, quando viro a esquina la estava ele, com aquele sorriso de psicopata de sempre, meu padastro estava ali na minha frente.

Fernando: Eu disse que ia ter você.

Estrela: Se afasta seu mostro.

Fernando: Você é minha estrela minha entendeu?

Estrela: EU TENHO NOJO DE VOCÊ.

Fernando: Não tem problema.

Ele me agarrou me jogando na parede, eu pedia socorro mas parecia que o som não saia da minha boca, chorava desesperada enquanto sentia minha roupa sendo rasgada.

Sonho

Estrela: PAARA, ME SOLTA, SOCORRO, ME SOLTA.

(Acordo com alguém me puxando, olhei era Luan, eu o abracei forte, era Luan que estava ali e não meu padastro.

Luan: Ei oque foi? (Ele me olhou limpando minhas lagrimas)

Estrela: Tive um pesadelo com meu padastro Luan, eu to com medo muito medo.

Luan: Eu não vou te deixar só ok? (Asenti) Vou cancelar meus shows por enquanto.

Assenti e o abracei outra vez, desejando que aquilo não passasse de um sonho ruim e que eu acordaria na minha exposição.


Notas Finais


Que tenso pra estrelinha.
Vacilou legal em Luan.
Loan migo nao deixa o ciúmes subir a cabeça não colega.
Loan Loan a estrelinha não esqueceu do Que você chamou ela não viu?

Oque acharam do capítulo? Hahah

Hey girls primeiro capítulo da minha fic nova já saiu em, é com o Luan e a lua Blanco, da uma passada lá e comenta se gostou, só postarei um novo capítulo dela quando tiver 9 a 10 comentários ela ser a movida a comentários diferente dessas três que fiz.
Quanto mais rápido comentarem nela mais rápido posto o segundo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...