História Traçados pelo destino - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Flavia Pavanelli, Ian Somerhalder, Luan Santana, Lucas Lucco, Natalia "Nah" Cardoso
Personagens Flavia Pavanelli, Ian Somerhalder, Luan Santana, Lucas Lucco, Nah Cardoso, Personagens Originais
Exibições 111
Palavras 1.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Segurem os forninhos com esse capitulo vai ter muita merda isso sim.


Nossa estrela e a giofalsa na foto.

Capítulo 31 - Só quero ver minha estrela feliz, mesmo que não fosse comigo


Fanfic / Fanfiction Traçados pelo destino - Capítulo 31 - Só quero ver minha estrela feliz, mesmo que não fosse comigo

Acordei no outro dia com a cabeça doendo deve ter sido o quanto eu chorei abri os olhos e Luan tava ali do meu lado, lembrei tudo que aconteceu a noite, ele estava me abraçando, tirei sua mão da minha cintura e sentei rápido e longe dele na cama encolhida ele acordou.

Luan: Amor? outro pesadelo ? (Ele se aproximou mas eu me encolhi)

Estrela: Já estou melhor Luuan, pode ir embora. (Falei segurando o choro)

Luan; Oque ? claro que não 

Estrela: Eu não esqueci do que me falou ontem a noite.

Luan: Amor me perdoa, não sei oque me deu.

Estrela: Cadê o papo do ''eu não tenho ciúmes confio no nosso amor" você me chamou de puta, sabe oque me fez lembrar daquele dia horrível em Recife.

Luan: Eu falei besteira mas eu te amo amor me perdoa.

Estrela: Por favor sai daqui.

Luan: amor...

Estrela: SAI LUAN, SAI (Gritei, ele arregalou os olhos e levantou saindo e batendo forte a porta, Bruna entrou em seguida)

Bruna: O Luan saiu furioso.

Estrela: Problema dele, liga pro Diego e pede pra ele vir aqui bru , por favor 

Ela sorriu e pegou o celular ligando pro Diego, ficamos alguns minutos ali, atendemos e era ele, eu precisava dele ali, diego se tornou importante pra mim desde que cheguei em São Paulo, contei tudo que aconteceu na noite passada, desde a briga com Luan, a ligação.

Diego: Vou avisar ao papai pra contratar seguranças pra ficar aqui.

Estrela: Não precisa Diego.

Diego: Precisa, além do mais que ele é sua mãe tão meio que namorando, agora vamos ser irmãos  (rimos)

Estrela: Só você pra me fazer rir em uma situação dessa.

Bruna: Cunha vou da uma saidinha com Breno, Diego fica com ela até eu chegar? ela não pode ficar só e o Luan sumiu.

Diego: Pode ir Bruna relaxa. (Bruna saiu pela porta e me aproximei mais de Diego o abraçando )  

Estrela: To  com medo.

Diego: Não precisa, além dos seguranças vou mandar o pai ligar pra polícia avisando isso, não vai acontecer nada com você estrelinha, você e a Bianca s ao minhas irmãs agora 

Estrela: (eu ri) dessa vez a mamãe acertou, me deu um padastro ótimo, sem contar no irmão.

P.o.v do Luan

Eu besteira ok, mas eu pedi perdão a ela, não custava nada ela me perdoar, estrela também é muito sentimental, chora e se magoa por tudo.

Ligação on -

Luan: Fala Giovana 

Giovana: Oque foi Luanzinho brigou com minha amiga?

Luan: Devia criar vergonha garota eu namoro a estrela e você não para de dar em cima de mim.

Giovana: Você é areia ais pro camião da star lu, eu sou melhor que ela, to aqui no Rots da uma passada aqui, ninguém vai saber de nada.

Luan: Chego em 10 minutos

Ligação off

Ninguém precisava saber de nada, eu tava estressado, fui dirigindo pra lá, cada dia mais eu estava uma cópia do meu pai, mas não me importava vai ver tava no sangue, Rots era um motel, entrei de carro e ela me disse o quarto subi direto na tava avisado na recepção, ela abriu o quarto e estava de camisola bem sexy preta.

Giovana: Até que fim, não aguentava mais (Ela sorriu safada, eu entrei no quarto e ela fechou a porta subindo a camisola, deixando seu corpo coberto por aquele conjunto de lingerie sexy,) brigou com minha amiga?

Luan: Se falar da minha estrela eu vou embora.

Ela nao respondeu nada apenas me beijou empurrando na cama.

Luan: Ninguém pode saber.

Giovana: Não se preocupa, ser a nosso segredo.

(....)

Diego estava ali no apartamento comigo, eu estava preocupada ele teria que trabalhar.

Estrela: Vai trabalhar Diego.

Diego: Relaxa irmãzinha, liguei pro papai e expliquei a ele, ele é e sua mãe pediram pra não te deixar só . 

Estrela: (acabei rindo) obrigada (limpei as maos no pano de prato e voltei pra sala sentando ao seu lado) onde ser a que o Luan tá?

Diego: Deve tá esfriando a cabeça deita aqui vou te fazer um cafuné  (deitei no seu colo enquanto ele avisava meu cabelo) pode contar sempre comigo.

Estrela: Obrigada di.

P.o.v do Diego  (bônus ) 

Conhecer a estrela foi a melhor coisa que me aconteceu, eu só vivia em festas e bebia sempre, mal ia a empresa do meu pai, e depois que conheci ela mudei pra caramba, mas o coração dela já tinha sido ocupado pelo Luan, ele demonstrava amar ela demais então eu fiquei na minha como amigo, eu só queria ver minha estrela feliz mesmo que não fosse comigo, ter ela no meu colo assim tão indefesa, tao linda dormindo, agora seremos irmãos, irmão da garota que se ama, a porta se abriu e Bruna entrou, era noite, nem reparei no tempo, Luan não tinha chegado oque era estranho.

Bruna: Dormiu faz tempo? (Ela sussurrou perguntando da estrela)

Diego: Faz.

Bruna: É você ficou assim? 

Diego: Não me importei, nem vi o tempo passar. (Ela me olhou sorrindo)

Bruna:O pi só faz merda, ela chorou muito por causa dele ontem.

Diego; Ela disse, não gosto de ver ela assim.

Bruna: Você gosta da star Diego? (Ela falou sorrindo)

Diego: Claro, vamos ser da mesma família.

Bruna: Sei, pode ir, eu fico com ela.

Levantei com cuidado a colocando no sofá devagar, me despedi da Bruna, liguei pra alguns seguranças do meu pai e seu ordem a eles pra irem pro apartamento da estrela, cheguei em casa e a mãe da estrela tava la com meu pai.

Rebeca: Como ela tá? (Não tendia se preocupava tanto com a estrela e não ia ver a filha)

Diego: Tá bem, o babaca do Luan saiu o dia todo e não deu as caras.

Hugo: Há liguei pra polícia, tão procurando ja o padastro dela, amanhã vai lá e pede o celular dela pra verem a ligação que ele fez.

Diego: Vou subir foi cansado.

Subi as escadas e tirei a camisa, o celular tocou era a Ana, tão legal ela, ela tem me ajudado muito em relação a estrela, mas não consigo é mais forte que eu.

(.....)

Acordei  e estava no quarto, tava tudo escuro, levantei cambaleando e acendi a luz me surpreendi ele estava repleto de rosas, tulipas, e orquídeas Luan.

Abri a porta do quarto, andei um pouco ate a cozinha sentindo um cheiro bom, Bruna estava sentada e Luan de costas no fogão e sem camisa.

Estrela: Minha nossa você cozinhando  (falei sorrindo)

Luan: acordou amor ? (Ele sorriu) gostou da surpresa?

Estrela: amei mas não vou arrumar o quarto (eu e Bruna rimos ) 

Luan :  Só quero que me perdoe por falar besteiras eu amo você  (Eleele aproximou me dando um selinho)

Estrela: Eu te perdoo amor é claro (o abracei) também te amo muito mesmo.

Bruna:  Vamo agilizar isso aí que eu to com fome.

Ele riu e voltou pro fogão, comemos ao som de gargalhadas,  Luan tirou as rosas do quarto e arrumou depois, Bruna foi dormir cedo.

Luan: Fiz uma música pra você 

Ele se ajeitou na cama e pegou o violão apenas fiquei olhando.

Luan: Se a moça do café não demorasse tanto

 Pra me dar o troco Se eu não tivesse discutido na calçada Com aquele cara louco E ó que eu nem sou de rolo Se eu não tivesse atravessado aquela hora No sinal vermelho Se eu não parasse bem na hora do almoço Pra cortar o cabelo E ó que eu nem sou vaidoso Eu não teria te encontrado Eu não teria me apaixonado Mas aconteceu Foi mais forte que eu e você Aí eu disse Quer que eu faça um café? Ou faça minha vida, se encaixar na sua? Aqui mesmo na rua Era pra ser agora Quando é pra acontecer Tem dia, lugar e tem hora Se eu não tivesse atravessado aquela hora No sinal vermelho Se eu não parasse bem na hora do almoço Pra cortar o cabelo E ó eu nem sou vaidoso Eu não teria te encontrado Eu não teria me apaixonado Mas aconteceu Foi mais forte que eu e você Aí eu disse Quer que eu faça um café? Ou faça minha vida, se encaixar na sua? Aqui mesmo na rua Era pra ser agora Quando é pra acontecer Tem dia, lugar e tem hora Eu disse Quer que eu faça um café? Ou faça minha vida, se encaixar na sua? Aqui mesmo na rua Era pra ser agora Quando é pra acontecer Tem dia, lugar e tem hora Se a moça do café não demorasse tanto...

Ele terminou de cantar e ficou me olhando colocou o violão do meu lado e se ajoelhou na minha frente.

Luan: Eu te amo muito meu amor, muito mesmo, você é a pessoa mais importante pra mim, jura que aconteça oque acontecer nunca vai me deixar?

Estrela: Juro de dedinho (deu um dedinho e ele fez também rindo) jura nunca mentir pra mim?

Luan: Juro meu amor, eu te amo minha vida.


Notas Finais


Gente que babado forte esse capitulo, próximos capítulos terão mais revelações como este capítulo em fiquem ligadinhas hahaha

E não esqueçam de ler o primeiro capítulo de https://spiritfanfics.com/historia/the-cry-of-a-desire-7086426 e comentarem muitooooo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...