História Trace Destinations - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel, Cúmplices de um Resgate, João Guilherme Ávila, Larissa Manoela
Tags Majo, Tebela
Exibições 127
Palavras 607
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um capítulo pra vocês, espero que gostem...

Capítulo 15 - Uma Dor Muito Grande


Fanfic / Fanfiction Trace Destinations - Capítulo 15 - Uma Dor Muito Grande

              Pov ' Autora:

Estavam Rebeva e Helena discutindo um assunto de extrema importância no escritório de Rebeca.

Rebeca: Aí Helena,eu não sei mais o que fazer,eu não consigo mais esconder isso da Manu,acho que o Téo também não. - disse andando de um lado pro outro.

Helena: Calma Rebeca, não sabemos se ela está pronta pra ouvir a verdade. - disse tentando acalmar a irmã.

Rebeca: Ela vai me odiar quando souber da verdade. - disse nervosa.

Helena: Se você quiser contar,conta, afinal isso envolve ela, muito ela. - disse também nervosa.

Rebeca: Não dá mais,vir pro Brasil trouxe as lembranças de volta. - disse chorando.

Helena: Calma Rê, a Manu vai te entender sim,ela te ama e é muito compreensiva. - disse sorrindo forçado, afinal ela também estava muito triste.

Rebeca: Sabe,eu sinto uma dor muito grande no peito por estar mentindo pra minha princesa. - disse triste.

Helena: Calma Rê. - disse abraçando a irmã.

              Pov ' Manu:

Sabe aquela hora que você não tá prestando atenção em nada que a professora tá falando, e que se ela falar com você,você só assente e torce pra não ser uma pergunta? Então,eu tô desse jeito.

Professora: Manuela,vamos ver se você sabe. - droga. Na hora que eu vou prestar atenção, ela me faz uma pegunta. - Quem descobrir a América? - professora burra,eu sou de lá, é óbvio que eu vou saber.

Manu: Cristóvão Colombo. - disse e ela se surpreendeu. - Eu sou dos Estados Unidos.

Professora: Então quem descobriu o Brasil? - perguntou, MEU DEUS,eu sei lá quem descobriu. 

Manu: Sei não prof. - disse normal.

Professora: Foi Pedro Álvares Cabral. - disse e eu sorri amarelo.

Manu: Que bom. - disse falsa. Aí ela voltou a passar as coisas no quadro.

              Quebra de tempo.

GRAÇAS A DEUS,A AULA ACABOU. Corri pra fora.

Manu: LIVRE. - gritei e todo mundo olhou pra mim. - Tava apurada pra ir ao banheiro. - disse sorrindo falso.

Téo: Oi Mana. - disse desanimado.

Manu: Fica feliz,vamos pra casa. - disse sorrindo e ele sorriu.

Joca: Já vão? - perguntou com a turma dele e a nossa.

Manu: Sim. - disse sorrindo,até que um garoto que eu nem conheço, vem até mim.

XxX: E aí gatinha? Tudo beleza? - perguntou,ele era bonitinho,mais muito atrevido.

 Manu: Oi,tudo bem sim. - disse sorrindo falsa.

XxX: Eu sou o Arlindo, mais me chama de Lindo,porque o Ar perdi quando te vi. - disse sorrindo.

Manu: Quem? - perguntei.

XxX: Ar... - eu o interrimpi.

Manu: Te perguntou? - terminei e todos riram.

XxX; Nossa, toda esquentadinha, melhor ainda. - disse malicioso.

Téo: Oh cara,saí daqui,que porra,não tá vendo que ela não te quer? - disse nervoso e o garoto saiu pisando duro.

Manu: Vamos,o motorista chegou. - disse e nós nos despedimos e fomos pro carro..

Téo: Manu,você perdoaria alguém que mentiu pra você? - perguntou e eu o olhei confusa.

Manu: Se eu amasse sim,mais por que? - perguntei.

Téo: A toa. - disse sorrindo e eu assenti,logo chegamos em casa e vejo que a mamãe e a tia Helena não estão em casa,e Marina confirmam isso...

Filha linda,hoje eu vou te contar, chegou a hora,de te aconselhar. O mundo lá fora é um pouco diferente, não tenhas medo siga sempre em frente. Muitos desafios vão aparecer, estarei contigo e você vai vencer, vai vercer.

  ***

Quando o medo,ou a tristeza de pegar,abra um sorriso,basta você se lembrar, que a força do amor é maior do que tudo no mundo,que a força do amor é  maior do que tudo no mundo. Siga seus sonhos, e não pense em desistir, não se limite e você vai conseguir,essa é a maior lição da sua vida,tudo acontece quando você acredita.

Filha linda.(Lucero).

  Rebeca esconde algo da Manu,o que será que é? Será que Manu vai perdoar quando descobrir??






Notas Finais


Espero que tenham gostado..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...