História Traced Lines Stories Told - Capítulo 28


Escrita por: ~

Exibições 94
Palavras 3.062
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lírica, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEI DESCULPA A DEMORA EU ESTAVA COM PREGUIÇA DE POSTAR EU CONFESSO
MAIS EU JURO QUE O PRÓXIMO SÓ SAI NO OUTRO SÁBADO SE DER POSTO ANTES
CASO CONTRARIO SÓ NO SÁBADO MESMO . CHEGA DE CAPS

Espero que gostem boa leitura , desculpa se tiver algum erro e não esqueçam de comentar e favoritar

BOA LEITURAAAAAAAAAAAAAAAA.

Capítulo 28 - Julie


Fanfic / Fanfiction Traced Lines Stories Told - Capítulo 28 - Julie

 

No momento em que Justin havia sussurrado aquilo eu acabei ficando sem reação , então saí correndo e para uma bela de uma sorte um táxi estava passando bem na hora então entrei e vi Justin ali parado e me encarando então minha respiração ficou acelerada droga Madison você faz tudo errado mais e aquela vadia sentada em seu colo ela e perfeita para ele , eu tenho certeza que eles tem um caso ainda aonde eu fico nesta historia toda em nenhuma parte respirei fundo tentando manter a calma não era para ele ter descoberto assim 

-Sra. para onde a está indo -Ele perguntou e encarei o rapaz que me encarava 

-Me deixei na próxima rua -Disse e ele assentiu indo em direção aonde eu disse droga Madison o que você fez , eu tenho certeza que ela ficou com ciumes de saber que eu conhecia Justin mais por que ela contou suspirei fundo e vi que o táxi havia parado e entreguei o dinheiro para o rapaz e desci do carro e comecei andar em direção a minha casa caminhei pelo jardim e entrei em casa e comecei andar e vi minha mãe na sala ela me encarava espantada ela estava , amarrada e com uma fita em sua boca e franzi a testa droga o que esta acontecendo aqui ela estava chorando -O que esta acontecendo aqui -Perguntei e comecei a caminhar em passos lentos ate minha mãe 

-Bom rever você Madison -Congelei ao ouvir aquela voz fazia alguns anos que não ouvia esta voz 

-Tyler -Disse me virando para encarar ele , ele se encontrava com uma arma apontada para mim e com um sorriso sarcástico -Estava com saudades 

-Acredita que nem um pouco - Disse sarcástica e ele revirou os olhos 

-Cade Justin -Ele perguntou e franzi a testa fingir não estar entendendo o que ele havia perguntado 

-Eu vou la saber deste idiota Tyler -Disse dando de ombros então ele atirou para cima me assustando e o encarei 

-Não minta para mim Beer -Ele disse irritado e suspirei fundo o encarando novamente 

-Eu não sei a última vez que eu vi ele , estava em uma boate -Disse -Mais ele já estava de saída -E ele me encarou desconfiado -Por que amarrou minha mãe Tyler 

-Sua mãe e uma maluca , ela atacou um dos meus homens -Ele disse e segurei para não rir -agora você vem comigo -Ele disse me puxando e tentei puxar meu braço 

-Me solta Tyler -Disse e ele não disse nada apenas me jogou dentro do seu carro 

-Ordens do seu pai -Ele disse e arregalei os olhos o encarando 

-Meu pai como assim , por que ele mesmo não veio -Então Tyler revirou os olhos 

-O problema e Justin , ele tem uma grande surpresa para Bieber -Assim que ele disse me deu um frio na espinha 

Justin Drew Bieber P.O.V's 

-Droga -Gritei e vi Samantha se assustar ela estava sentada no sofá do meu escritório , mesmo eu tendo a Barbara eu não sei o que da eu tenho algo que me prende a esta mulher não e possível , e agora vem esta noticia que Madison esta gravida eu estou tão assustado quando qualquer outra pessoa 

-Não sabia que seria capaz de trair ela Justin -Samantha se pronunciou e a encarei 

-Cala boca -Disse 

-Não vou calar a minha boca Justin -Ela disse era incrível a maneira que ela não tinha medo de mim e suspirei fundo tentando me controlar e meu celular começou a tocar então atendi sem ver quem era 

-Justin por favor me ajuda -Puta que pariu era a voz da Madison 

-Aonde você está ?-Perguntei e escutei ela soluçar droga o que estava acontecendo 

-Eu não sei onde eu estou por favor Justin me ajuda -Ela disse desesperada e passei minha mão em meus cabelos nervoso -Só cuidado Mikael está aqui -Dito isto escutei um estalo e alguém a chamando de vadia então desligaram o celular 

Sai atrás dos meninos deixando Samantha sozinha em meu escritório , puta merda aonde Madison havia se metido desta vez ainda por cima ela estava gravida vi os meninos ali conversando então me aproximei 

-Até que emfim apareceu Bieber -Chaz disse me encarando 

-Temos algo para resolver -Disse e eles me encaram -Acabei de receber uma ligação de Madison , e a mesma dizia que Mikael estava lá -Disse -Chris toma rastreia de este número -Entreguei o celular e o mesmo pegou -Vamos para o galpão -Disse e eles assentiram passando por mim e segui para fora .

Quatro messes depois 

Me encontrava enfiado dentro do escritório , caralho já fazia quatro messes que não tinha nenhuma notícia de Madison simplesmente eu não sabia se ela estava bem ou não Mikael não dava nenhum sinal nada isto estava me deixando irritado , bufei passando minha mãos em meu cabelo bagunçando quando a porta e aberta e vejo Chaz , Ryan , Chris passando por ela e os encarei 

-Justin encontramos Mikael -Ryan disse e franzi a testa -Eles estão num galpão Chris conseguiu achar um dos capangas de Mikael e forçou ele a levar ate la e tirou algumas informações -Ryan disse e encarei Chris 

-E o que ele disse ? -Perguntei rápido 

-Ele não disse muita coisa , ele penas disse que mantém a filha dele lá presa para chamar sua atenção e te atrair até lá ainda mais agora que ela esta gravida ,ele disse que ninguém mais reconhece Mikael ele realmente mudou e isto foi para pior ele que ter você na mãos dele e quando ele conseguir Justin você estará morto -Chris disse e revirei os olhos e suspirei fundo 

-Está noite um de nós só ficará vivo -Disse 

Madison Elle Beer P.O.V's

E aqui me encontrava eu trancada em um quarto num galpão velho a quatro messes , e eu já estou uma barriga grande toda semana meu pai se e assim que devo chamar ele , trás uma médica para ver se esta tudo bem com Julie sim e uma menina eu fiquei tão feliz quando fiz a ultrassom meu pai fez pouco caso , eu tentei fugir daqui mais e impossível seus capangas estão em todo lugar 

Eu queria sair daqui , queria ver Angel e aquele babaca do Justin eu sinto falta de todos suspirei fundo tentando me controlar para não chorar neste período que estou gravida qualquer coisa que alguém diz para mim eu já quero chorar , mais eu sinto que Justin e eles já dessistiram de mim passei a mão em minha barriga e me sentei na cama eu preciso deles aqui mais do que nunca , eu e Julie estamos tão sozinhas 

Me levantei e caminhei até a janela vendo os capangas de Mikael observando cada movimento que ocorria estava uma chuva forte lá fora  , comecei a caminhar para o banheiro e coloquei a banheira para encher enquanto caminhava para dentro do quarto novamente para arrumar minha roupa , voltei ate o banheiro e desliguei a água e comecei a me despi e entrei na banheira relaxando fechei os olhos e suspirei levemente esta barriga me cansa ainda tenho quatro messes para carregar sorri com meu pensamento , ate que comecei escutar alguns barulhos estranhos e abri os olhos e escutei tiros droga o que estava acontecendo me levantei da banheira e peguei meu roupão me vestindo e fui para o quarto e minha porta e aberta com brutalidade e por ela passando meu pai com sua arma na mão

-Oque esta acontecendo ?-Perguntei o encarando e ele riu irônico 

-Seu namoradinho quer se dar de esperto -Ele disse e eu arregalei os olhos era de Justin que ele estava falando , mais eu Justin não e meu namorado meu pai foi ate a janela e ficou observando enquanto isto fui ate minha cama pegando minha roupa e fui ao banheiro se vestir , assim que terminei sai do quarto e vi meu pai apontando arma olhei na direção da porta e Justin apontava a sua arma para meu pai droga 

Eu não sabia o que fazer um arrepio deu em meu corpo quando meu olhar e o do Justin se encontrava eu estava feliz por ver ele , mais eu não poderia demonstrar , além de mais eu não podia passar raiva ou algo do tipo minha gravidez é de risco vi que logo Justin desviou seu olhar e olhou em minha barriga e suspirei fundo , por que neste momento, por que ele apareceu agora e deste jeito .

-Ta feliz que vai ser papai Bieber -Meu pai disse sendo irônico e Justin o encarou ainda com sua arma apontada para meu pai 

-Chegou sua hora Mkael -Justin disse entre os dentes , então escutei a risada do meu pai era diabólica e me estremeci droga eu tenho que sair daqui 

-Ou a sua hora Justin -Ele disse ando alguns passos em minha direção -Sabe esse bebê pode morrer ou ate mesmo a Madison , com um simples disparo -Mikael disse me pegando pelo braço e apontando sua arma em minha cabeça 

-Você não seria capaz em atirar em sua filha -Justin disse 

-Não duvide de mim Bieber -Meu pai disse apertando mais meu braço eu estava desesperada meu pai e maluco ele e capaz sim minha respiração começou ficar acelerada , piorou quando escutei ele destravando sua arma -Abaixe sua arma Justin se não Madison e este bebê morre -Mikael disse e Justin suspirou fundo me encarando e logo abaixando sua arma e a colocando no chão -Isto garoto agora chute a sua arma -Meu pai disse para Justin que chutou sua arma com força que foi parar em baixo da cama e bufou 

-Agora deixa Madison fora disto , e eu e você -Justin disse o encarando confiante meu pai me encarou e me soltou me empurrando para Bieber que me pegou pelo braço me encarando -Vai embora daqui -Justin disse , e eu assenti saindo do quarto rapidamente desci a escada vendo vários corpos na sala saí do galpão e vi Ryan , Chaz e Chris e andei ate eles que arregalaram os olhos quando viram minha barriga 

-Madison que saudades gata , e esta barriga -Chaz disse me abraçando e sorrindo , E logo em seguida Ryan e Chris me abraçaram 

-Justin esta lá dentro com meu Pai -Disse os encarando -Ele precisa de ajuda -Disse estava apavorada 

-Não podemos fazer nada , ele simplesmente quis assim Madison tentamos entrar para ajudar mais el quis fazer isto sozinho -Ryan disse e arregalei os olhos 

-Ma...-Não deu nem para completar minha frase e Chris me atrapalhou 

-Vamos ordens do Justin -Chris disse me levando ate o carro 

-Vocês não podem deixar Bieber lá ele precisa de vocês -Disse num sussurro 

O caminho inteiro foi um silêncio eles não estavam falando nada , e aquilo me Incomodava parecia que eles sabiam de algo e estavam me escondendo mais também estava feliz em estar aqui livre coloquei minha mão em minha barriga e senti Julie chutar e um sorriso bobo formou em meus lábios e comecei acariciar minha barriga , Justin não se importou comigo ? Ele só queria saber se meu pai estava vivo ou não com esta coisa idiota de ser o único e o mais temido de Atlanta , Justin já e temido aqui em Atlanta suspirei fundo 

Justin Drew Bieber P.O.V's

E aqui finalmente eu estou de frente com Mikael eu esperei por tanto tempo, este momento ele tinha um sorriso cínico em seus lábios e sua arma continuava apontada para mim 

-Você andou dando muito trabalho Bieber -Mikael disse-Forjou a morte da minha ex mulher , me roubou , tentou me matar e engravidou minha filha Bieber o que tinha na cabeça ela e a filha do seu inimigo terá sangue meu nas veias do bebê Bieber você pensou antes ?-Ele disse abaixando sua arma e se encostando perto da janela 

-Você não sabe de nada sobre mim e Madison - Disse entre os dentes , e ele deu uma gargalhada 

-Justin , Justin nunca existiu você e Madison e não e agora que vai existir-Ele disse e franzi a testa então ele mirou a arma em minha direção disparando dois tiros , me joguei no chão e meu braço começou a formigar droga o filha da puta conseguiu me acertar peguei a arma que estava em baixo da cama- Está com medo Bieber- Mikael perguntou sarcástico , e me levantei Mirando a arma para Mikael

-Medo de você Mikael , não e agora que terei -Disse dando um passo para frente Mikael deu um passo para trás e viu estava encurralado não tinha por onde ele fugir só se ele pular a janela mais ele não seria capaz pensei 

-Como Madison reagira quando saber que você matou o Pai dela -Ele perguntou 

-Ela não se importa com você Mikael -Disse -Agora não são momentos de ser sentimental -Disse sorrindo tentando esconder a dor que estava sentido e ele respirou fundo olhando para trás -Se você pular vai morrer do mesmo jeito Mikael -Disse destravando minha arma 

-Melhor do que morrer em suas mãos -Ele disse entre os dentes 

-“Eu nunca matei ninguém que já não merecesse morrer.-Disse apertando o gatilho e atirando em Mikael , após ele levar o tiro ele foi mais idiota do que pensei ele se jogou pela janela eu não acreditei corri ate a janela , e olhei para baixo mais ele não estava mais ali -Droga -Gritei e senti uma dor em meu braço e fechei os olhos 

Estava com o carro parado em frente a minha mansão , suspirei fundo descendo do carro com minha mão em meu braço e comecei a caminhar para dentro da mansão quando alguns seguranças veio em minha direção 

-Sr. Bieber precisa de ajuda -Um dos seguranças perguntou 

-Não sumam da minha frente -Disse com raiva e eles logo saíram da minha vista  e entrei dentro de casa e vi minha mãe correr até mim me abraçando e fechei os olhos pela dor que eu havia sentido 

-Filho meu deus ainda bem que esta bem , oque aconteceu -Ela perguntou 

-Caralho Drew você tomou um tiro -Chaz Disse gritando e encarei ele e logo depois vi que Madison dormia com sua cabeça no peito de Ryan que sorria 

-Cala boca Chaz -Disse Liguem para a doutora Emilly -Disse indo ao escritório 

Madison Elle Beer P.O.V's

Eu havia acabado de acordar e eles disseram que Justin estava no escritório por ter levado um tiro no braço , eu estava preocupada com ele eles estão demorando lá dentro escutei alguns passos na escada e olhei vendo que a doutora já descia 

-Então Dr. ele ficará bem ?-Pattie perguntou preocupada 

-Sim Pattie , ele teve muita sorte foram dois tiros de raspão em seu braço -Ela disse olhei para os lados e os meninos já haviam subido aproveitei que Pattie estava conversando e subi a escada e fiquei na porta que estava entre aberta , então escutei a voz de Justin 

-Aquele filha da puta se jogou da janela assim que eu atirei nele -Justin disse pelo seu tom de voz ele estava furioso então entrei e todos eles me encaram Justin voltou encarar os meninos e ele fez um sinal para eles saírem e eles passaram por mim me desejando sorte 

-Está tudo bem -Perguntei me aproximando e então ele me encarou 

-Melhor do que nunca -Ele disse e revirei os olhos 

-Então você conseguiu matar ele -Perguntei e ele ainda me encarava 

-Por que não me contou que estava gravida -Ele perguntou com um tom mais alto e suspirei fundo -Me diz Madison por que não me contou , eu tive que saber por uma puta que você estava gravida e só depois de quatro messes -Ele disse

-Eu iria te contar Justin mais eu não sabia como mais eu ia , eu não tenho culpa do que houve eu não sabia qual seria sua reação eu estava com medo Justin -Disse 

-Medo , medo do que Madison mais que porra eu não iria te matar por estar gravida eu não sou o monstro que todos pensam -Justin disse se levantando e caminhando até mim e ficando na minha frente 

-Desculpa Justin -Disse abaixando minha cabeça eu não conseguia encarar ele eu estava com vergonha do que eu fiz -Eu estava com medo do que poderia acontecer , eu estava preocupada com você eu estava com medo de nunca mais te ver -Disse e então ele suspirou fundo e levou sua mão ate meu queixo e levantou meu rosto 

-Ninguém nunca vai me matar , eles não ousariam -Justin disse com um sorriso em seus lábios e sorri e então ele começou a se aproximar ficamos centímetros de distância fechei os olhos e comecei sentir a sentir sua respiração sua mão alisava meu rosto e então ele selou nossos lábios , o beijo era calmo mais foi tomando velocidade , quando senti sua mão entrar por debaixo de minha blusa me fazendo sorrir com seu carinho em minha barriga e partimos o beijo nos encarando Justin estava com um sorriso de orelha a orelha 

-Eu estou feliz que esteja aqui, não gosto de ficar longe de você  -Disse o encarando 

-E, eu sei ninguém gosta -Ele disse rindo e bati em seu braço e ele fez uma careta -Aí sua maluca este e meu braço machucado -Ele disse serio e dei de ombro e me sentei no sofá -O que aconteceu lá -Justin perguntou se aproximando e se sentando ao meu lado 

-Foi tediate , só que meu pai não me maltratou ele sempre mandava uma medica toda semana para ver se Julie está bem e eu também ele só não gostou de saber o sexo do Bebê -Disse e Justin estava paralisado 

-Então e uma menina? -Justin perguntou e assenti e ele sorriu -Esta foi a melhor noticia que eu recebi hoje -Ele disse todo sorridente 

-Então eu acho que devo ir agora -Disse me levantando e Justin me encarou 

-Não vá ...eu preciso de você-Justin falou 

-Porquê?-Perguntei com um sorriso 

-Por que eu amo você porra -Justin disse sorrindo e alto o suficiente para qualquer um escutar meu sorriso faltava rasgar meu rosto eu estava tão feliz que não conseguia esconder isto de ninguém 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...