História Traços que se completam - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~Cah_390

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jungkook, Taehyung, Taekook, Vkook
Visualizações 5
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obrigada por ler <3

Capítulo 4 - Capítulo 4


P.O.V Taehyung



*Ding Dong*


-Ah. Oi, entre. -O castanho fala.


Vejo o pai do mesmo sentado no sofá vendo algo na TV. Sento na cadeira da mesa que havia ali.


-Taehyung. Pode ir no quarto do Jungkook. Lá é melhor para vocês se concentarem. 


-Ah okay, Sr. Jeon.


Bato na porta e o observo, Jungkook guarda algo na gaveta, fala pra eu sentar numa cadeira que tinha por perto mas logo o mesmo se levanta para pegar água.


-Já volto. 


-Tá. 



Encaro aquela gaveta, com cuidado a abro e vejo mais um desenho meu, logo um "JJ" abaixo da folha, puxo o boletim dele e vejo seu nome. "Jeon Jungkook" 

Sim eu sou lerdo.


Ouço os passos e guardo a folha em minha mochila, fecho a gaveta e disfarço minha ação.



-Pra ti.


-Obrigado. -Sinto a água gelada correr em minha garganta. -Muitas coisas de desenho não é?  


-Er.. era da minha mãe.


-Quanto tempo não é? -O olho e bebo mais um pouco.


-Sim..


-Aish desculpe. Vamos esquecer isso que perguntei.


*Flashback*




- Ficou sabendo que Jungkook não irá vir pra escola? -Hoseok me diz cochichando.


-Motivo?


-Sua mãe morreu.


-Nossa..


Já ia fazer alguns anos que ele e eu não se falamos, sentir um aperto no coração pelo mesmo dói. Sua mãe cuidava muito bem de mim quando ia na sua casa. 


Vejo o de cabelos negros entrando pela porta de trás da sala, sua cabeça baixa e uniforme encharcado da chuva lhe trazia muitos olhares. Eu queria poder levantar e ir acalmá-lo, mas por que faria isso depois de anos separados? 

Isso foi arrogante da minha parte...


*Fim do Flashback*



Agora, eu estou aqui. Ao seu lado, ouvindo sua voz novamente, mas ela está um pouco grossa. Seus cabelos pintados de um marrom agradável e o corte dos fios mudou também. 


Olho ao redor, organizado e limpo, impecável. 


-Taehyung?


-Hm. Ah! Diga.


-Estou cansado de estudar. -O mesmo diz com um tom de nervosismo.


-E eu não aguento mais rever essas matérias -Rio, fazendo ele soltar um sorriso. -Que fofo..-Digo baixinho. 


-Oi?


-Nada não! -AI SENHOR.


Ele se joga na cama, eu apenas observo atentamente cada detalhe dele. Logo, Jungkook me diz. 


-Você se lembra? 


-Do que? Da nossa infância? 


-Sim. 


-Perfeitamente.


Cruzo os braços fechando os olhos. Penso em ir à algum lugar no centro da cidade.


-Quer sair?


-Ah, porque não? 


-Vamos para o centro da cidade. Perambular por aí. 


-Tá. 



Ele se levantou, coloca suas botas, fomos até seu pai, que dormia, abrimos a porta com cuidado e partimos para as ruas.


                      ***



Estávamos sentindo a brisa leve na ponte que ali tinha, sinto um puxão na minha blusa, era alguém da escola que sequer eu conheço. 


-Oi Taehyung. -Uma garota de lentes azuis me aborda. -Quer sair? 


-Não posso. Estou com um amigo.


-Só um pouco.


-Vamos Jungkook.


Ando ouvindo a reclamação da menina, rio com um ar de sarcasmo. Faço uma careta e o castanho ao meu lado ri, passeamos um pouco e voltamos para casa. 


-Está ficando tarde. Taehyung, melhor você ir. -O mesmo fala enquanto guardo minhas coisas.


-Concordo. Já vou indo então. 


-Okay. 


Ele me acompanha até o portão, tinha um vento agradável que deixava a noite mais fresca, observei mais uma vez Jeon Jungkook, fui perto de seu ouvido e disse.


-Tchau.. Kookie .



Sai andando pela rua escura e sorridente, deve ser por ficar com um bom amigo novamente igual Jungkook.



                       ***


Levantei da cama morrendo de cansaço, ultimamente não tenho dormido bem. Me arrumo e tomo uma xícara de café, estava adiantado então fui revirar minha mochila, e lá, como tinha posto, estava o desenho.



-Esconde isso de mim né... -Falo sozinho.


Coro ao ver aquilo, pois logo penso em quem fez isso, no caso, Jeon Jungkook. Olho ao relógio do celular logo levantando saindo de casa, tranco a porta e ando calmamente. Minha paz acaba quando meu pai me liga. 


-Taehyung? Hoje você não pode ir na casa do seu amigo. Tenho um compromisso e não terá ninguém em casa. Vai vir comigo até Busan para resolver umas coisas.


-Eu posso me cuidar.


-Hum sei. Esqueço que você é esse homem aí. Okay. Mas fique hoje em casa.


-Tá bom.


Desligo e dou os ombros, não me importo com esses problemas de meu pai sobre sua empresa estúpida. Acho uma piada ele se preocupar tanto assim com a casa.


Chego no colégio e vou atrás de Kookie para poder avisar que não poderei ir em sua residência.


-Aish. Amém. Te achei. -Respiro fundo depois de correr a escola inteira pra ele estar na porta da sala.

-Ah. Oi. 

-Olá. Então, não poderei ir hoje na sua casa. Meu pai teve um imprevisto e eu tenho que ficar na minha.

-Tá. -Ele abaixa a cabeça. 

-T-tá tudo bem? 

-Uhum. Claro.


Ele senta em sua carteira, me dirijo a minha e o encaro. Seu perfil se levanta para prestar atenção na matéria que a bendita professora passava, com toda certeza sua visão periférica me viu, não tenho dúvidas disso.


As aulas passavam, ele cada vez mais anotava as coisas e resolvia todas as questões, isso me deixava bem, é o resultado dele entender o que explico.



-Kim Taehyung! Pare de namorar o nada! -Recebo uma batida com o livro escolar da professora.


-Desculpe. -Passo a mão sobre minha cabeça. -Só não precisava fazer isso.


-Tanto faz. Só faça sua lição.


Seus saltos faziam barulho, onde a mesma voltava pra sua bancada.


                       ***



-Cheguei.-Sozinho, e em casa.


Comi algo e liguei a TV, peguei meu caderno e revi um pouco a matéria mas logo saio do pequeno estudo ao ver a folha que Jungkook desenhou.


-Aish. Você desenha tão bem.. 



Vou para meu quarto e ponho aquilo em minha parede, acho que dá pra pegar mais alguns desenhos.. ou roubar.. é, essa palavra é mais viável.


Catei meu celular, pus uma música com o volume mais ou menos alto, tirei a vassoura da sua "casinha" e comecei a varrer o chão cantarolando a letra do que tocava ali.


-ME LIKEY LIKEY LIKEY!!



Já era umas 18:00 horas. Queria poder conversar com Jungkook, ele é tão simpático e carismático.



*Flashback*


Ele chorava com o machucado que tinha em seu cotovelo e joelho, havia caído ao chão com força da bicicleta.


-Calma TaeTae. Vem, vamos pra sua casa. -Kookie pequeno e sem jeito passa seu braço por baixo do maior.


-Obrigado.


-Tia. Ele machucou. Concerte ele. -O pequeno ri.

-Taehyung. Você tem que parar de correr.


O que adianta mãe. Seu filho logo depois de receber cuidados correu novamente pra esquina com seu amigo. Levado. Muito levado.


*Fim do Flashback*



Rio e balanço a cabeça, sinto falta daquele tempo que passava com ele, sem preocupações com coisas de escola e alheias.



Cansei de ficar aqui, fecho todas as janelas e portas e decido ir ao parque. Já lá, me encosto na cerejeira que agora estava verde, muito verde, suas folhas esparramadas ao chão deixava tudo bem verão.


 Levanto, quando olhei para frente vejo o castanho sentado no banco mexendo sua mão com rapidez.


-Jungkook! -Grito e levanto minha mão. Corro em sua direção.


-Ah. Oi. -Ele sorri.


-Tudo bem? 


-Ah sim. Mas e você. Não tinha que estar em casa?


-Pra falar a verdade cansa ficar sozinho.


-Entendi. Mora aqui perto? -Ele pergunta e olha para o lado.


-Hã.. sim. O que faz aqui? -Sento ao seu lado.


-Apenas observando o movimento. Estou cansado da escola.


-Você está indo tão bem nas aulas. -Coro ao elogiar.


-Você acha? 


-Sim. Antes você não prestava atenção nem na professora dando as notas de prova.


-O-Obrigado.. -Vejo ele apertar sua própria mão.


-Disponha.. aliás, qual é seu número? Pode me passar.


Ele pega meu celular e digita o que eu pedi, deixou seu contato salvo como Jeon Jungkook.


-Hm.. que tal mudarmos para K-O-O-K-I-E?


-Eu preciso ir. Aish. Desculpe. -O castanho pega suas coisas e anda apressado.


Vejo uma folha ao banco, pego e sorrio de lado, vendo mais uma vez um desenho meu.


-Kookie..


Notas Finais


Obrigada por ler ♡♡

Esperamos que estejam gostando! ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...