História Don't Recall {Jelena} - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Chaz Somers, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez, Shawn Mendes
Visualizações 143
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Coé rapaziada.

Capítulo 4 - Capítulo. 4


Continua...

P.O.V Justin Bieber

Passei a noite toda pensando em muitas coisas e simplesmente fiquei com a cabeça sobrecarregada com tantos problemas que tenho para resolver ainda hoje. Tenho que ir na boate pegar dinheiro, ir no galpão com os caras para planejar o nosso próximo assalto. Já posso sentir a adrenalina correndo em minhas veias, o sabor de vitória a cada assalto bem sucedido e a cada Verdinha a mais no nosso bolso.

Termino de me arrumar e vou para o andar de baixo da casa vendo a neta da empregada com a bunda empinada do jeitinho que eu gosto. Enquanto passava por ela roçei meu membro em sua bunda e passei a mão sob a mesma

Dava tempo pra uma rapidinha com a vadiazinha...

P.O.V Selena Gomez 

Selena acorda! Fui balançada violentamente. Esfrego as mãos nos olhos e os abro lentamente, não vejo ninguém no quarto além de mim e a ruiva mani.

– cadê o resto das meninas ?

– estão trabalhando. Levanta se arruma e vai fazer o mesmo

– não era só a noite ?

– esse é outro tipo de trabalho, coisinha linda

[...] 

Já estava morrendo de dor nas mãos e ainda faltava muito do piso da boate para limpar. Sinto uma presença atrás de mim e ergo o rosto e ms viro, encontrando Justin me encarando, ou melhor, a minha bunda.

– oii – sorrio e o olho

– eai

– tudo bem ?

– levando e você ?

– na mesma – lembro da situação que me encontro e deixo um sorriso triste escapar

– com o tempo você se acostuma com Tudo isso

– nunca vou me acostumar. Isso não é pra mim!

– cadê o resto das garotas ?

– que resto ?

– as que estão te ajudando a limpar

– não tem ninguém me ajudando a limpar

– você vai mesmo limpar isso tudo sozinha ?

– me mandaram ffaze, Tenho que obedecer

– isso não tem escravidão não. Que irônico eles nos tornam escravas sexuais a mercê dessas pessoas horríveis e está falando sobre escravidão

– está tudo bem

– não tá não. MANII!

– sim chefe ?– adentrou a sala sorrindo e ajustando o decote

– por que ela tá limpando isso tudo sozinha ?

– ela é forte. Aguenta o tranco

– hum, Selena, vai pro quarto descansar um pouco. A noite me encontra no mesmo quarto de ontem

                         [...]

– JUSTIN BIEBER QUERENDO REPETIR A DOSE. NÃO ACREDITO NISSO, COM A GENTE ELE NÃO REPETE

– a proposito como foi ontem ?

– não quero falar sobre isso

– ahh ele foi com muita força não é ? Ele sempre vai

– ele é um dos melhores daqui

– esse cara é tão maravilhoso

Confesso que agora realmente estou curiosa para saber se ele é tão maravilhoso assim como essas garotas dizem. Nem deve ser tudo isso

[...]

Após me vestir vou em direção ao mesmo quarto em que conheci Justin, adentro o quarto e me sento na cama esperando por ele

– iae – ele entrou no quarto e fechou a porta atrás de sí e veio em direção a cama sentando do meu lado

– oii

– que animação em Gomez

– é que você é a única pessoa aqui que eu gosto de conversar – ele sorri. Meu Deus que sorriso

– gostei disso

– não fica muito contente... Não tenho muitas pessoas pra conversar aqui

– e as meninas ?

– elas não são como eu

– só porque são prostitutas ?

– não... Elas são mais vividas entende, são até mais velhas

– você tem quantos anos ?

– 18 e você ?

– 21

– eu estava curiosa para saber uma coisa

– o que ?

– você é bom de cama ? – perguntei demonstrando toda a vergonha que senti ao falar isso

– por que você quer saber disso ? – ele sorri de lado segurando a risada pela minha careta

– estavam falando no quarto diversas coisas

– eu não sei se sou... Você quer experimentar ?

– quero

Sim eu estava disposta a isso. Justin parece ser um cara legal e bom eu não vou sair daqui tão cedo ao que me falaram, melhor perder a virgindade com ele do que com um velho asqueroso

– sério ?

– sim – após dizer isso fui empurrada bruscamente na cama e beijada, um beijo feroz. Sua língua brincava com a minha enquanto sua mão abaixava

a camisa fina que usava. Justin parou o beijo e partiu para o meu pescoço, para sua surpresa eu estava sem sutiã, o que fez o mesmo dar uma risadinha.

Seus beijos partiram para o meus seios fazendo meu corpo se ascender completamente

Não sabia muito sobre relações com outras pessoas más não quero ficar sem fazer nada

Troquei as posições sentando em cima de seu membro, e já pude o sentir completamente duro

Juntei nossos corpos pressionando minha intimidade contra seu membro, deixei escapar um gemido baixo

Coloquei minhas mãos em seu abdômen arranhando o mesmo de leve. Levantei sua camisa e ele se inclinou me ajudando a tirar 

Justin não me deixou no comando por muito tempo, retornou a posição anterior. Enquanto me beijava suas mãos tiravam meu short com rapidez

Sua boca voltou para o meu seio o sugando com força e a outra massageava o outro

Perdi a noção das coisas quando sua mão começou a estimular minha intimidade em seguida penetrou um dedo, me fazendo dar um Pulinho para cima

Quando menos esperava Justin introduziu seu membro em mim, Fechei os olhos com força pela pontada de dor que me atingiu... Más não durou muito pois ele começou a se movimentar Me causando uma sensação maravilhosa

– Ju..Justin – chamei seu nome em um gemido de reprovação

Ele percebeu o toque e aumentou a velocidade. Ele ia fundo e forte, nossos gemidos se misturavam no quarto

P.O.V Justin Bieber

Sua vagina se contraiu mastigando meu pau e ela gozou

Sabia que não aguentaria muito mais tempo, continuei a me movimentar com rapidez e senti que estava quase lá...

Gozei

Estar dentro dessa garota é definitivamente maravilhoso. Eu poderia foder ela a noite toda

Mas quem disse que não posso fazer isso ?.


Notas Finais


User no wattpad: Gomezdrogada
User no instagram : _kawayy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...