História Traficada - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Amor, Luta Pela Liberdade, Revelaçoes, Sexo
Visualizações 82
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Nao creio que ela fez isso

Capítulo 7 - Ressaca?


Acordo com uma dor de cabeça inexplicável e minha boca seca. Ao me levantar percebo que ainda estou no local da festa e num quarto estranho. Desço as escadas e todos estão deitados em colchões ou no chão.  Garrafas tacadas em todos os lados, tive de me movimentar com calma para não acordar. No meio dessa jente eu consegui ver James, Nati, Fláh,  Claire e o namorado dela num lado afastado deitado no sofá e Claire numa cama de casal sozinha.

Achei a cozinha, peguei um copo de água e me sentei no balcão desejando que minha cabeça parasse de latejar. E a realidade caiu, Não estamos em casa,  não lembro o que aconteceu e essa roupa não é minha. Eu estava usando uma blusa social azul. O desespero chegou junto com um  garoto. 

- Está melhor bebum?- disse o menino de cabelos castanhos e olhos castanhos de pele clara e sem camisa.  Eu o olhei desentendida tentando lembrar quem ele era.- Breno Ella, Breno- disse ele rindo.

- desculpe mas não lembro...- disse com receio.

- Ella você não lembra nem da sua dança? - disse ele rindo e ai caiu a fixa.


Replay on.

Eu estava tonta de mais para pensar e feliz de mais para me distrair.  

Eu subi em cima da mesa e tirei meu vestido lentamente sensualizando ficando apenas de salto e langeries os garotos estavam na minha frente.  Sai dos saltos e pulei na piscina e em seguida todos pularam também despidos, sentei na borda e  observei Claire e o namorado dela se beijando e me deu uma tremenda vontade de tapia-la, então eu fui até lá e puxei o cabelo dela e lasquei um beijo na boca do namorado dela, sai correndo depois disso e sentei no gramado do lado de fora.

 Fláh também bêbada porém menos me puxou e pediu ajuda para Breno para que me vestisse. 

-Vem Ella que você está muito pior que eu- Disse Breno me levantando porém olhando meu corpo.- Porra que delicia... É vamos- disse ele me puxando para um quarto e me dando uma toalha.

- Breeenuuuuu- Eu disse me deitando na cama- Sua cassa é legaun- eu disse rindo caindo da cama.

Ele me olhou risonho e me deu uma blusa sua. -Toma aqui bebum - ele me deu e saiu. Eu pus a blusa dele e deitei na sua cama e dormi.

Replay off.


-MAS QUE MERDA EU FIZ?- Eu disse me levantando quase gritando. - Breno obrigada por tudo mas eu preciso que me leve para casa. 

-Relaxa olhos azuis que Nati já acordou e vai te levar- disse ele e Nati chegou.

- Vamos Ella?- ela disse me puxando e saindo da casa.  Chamamos um Táxi e entramos. 


Cheguei em casa e fui direto para meu quarto.  Meu primeiro dia com as meninas e já estou fazendo merda. Eu beijei o namorado da Claire e perdi meu Bvl. QUE ALEGRIA...

Deitei na cama ainda com a Blusa De Breno. Flávia entra eufórica uns minutos depois.

-GAROTA CLAIRE TÁ MUITO PUTA AQUI EM BAIXO, MELHOR DESCER- Ela me puxa.

Ouvi gritos da sala e todas as garotas já haviam chego. 

-QUEM FOI A VADIA QUE BEIJOU O GUILHERME?  ALGUÉM SABE?- disse ela gritando andando de um lado para outro enquanto as meninas se olhavam e eu me encolhia no canto da parede.- Graças a uma vadia eu briguei com o Guilherme. - Esse nome ficou se repetindo na minha cabeça. O nome do namorado dela é o nome do garoto que eu mais amei. Não lembro de seu rosto, somente de seu sorriso. 

Ela sai furiosa batendo perna em direção a seu quarto. eu viro para Fláh e sussurro um " foi eu" e a mesma me olha com uma cara de "não creio".

-Já que estão todas aqui quero falar que hoje todas irão a casa hoje. Se aprontem e auxiliam a Ella pois quero uma apresentação estilo mascarada. TODAS deverão usar máscaras. Hoje as 22hrs meus guardas iram buscar vocês. - Disse Leon surgindo no topo da escada me deixando nervosa E aajudando a minha fuga de uma provável Flávia com uma Bíblia de perguntas. 

As meninas me abraçaram e ficaram sussurrando coisas como "Boa sorte" e " manda ver virgem". 

Ao anoitecer as meninas começaram a se arrumar. Claire não iria hoje pois não estava bem. Brenda me deu uma langerie branca super sexy o que valorizava bem o meu corpo com um arco de anjo, salto alto branco e máscara de penas que valorizava meus olhos azuis com um batom vermelho vinho.

- Caralho tu vai lucrar pra cacete- disse Jennifer- Boa escolha de fantasia para uma virgem- disse ela maliciosa e eu comecei a ficar nervosa. Será que eu iria perder com um velho gordo? Ou um magrelo...

Todas estavam lindas. Cada uma com uma langerie sexy de cor diferente.  Fláh- preto, Brenda- Rosa, Nati- Azul, Jennifer- Vermelho,  Bruna- Verde claro, Cristini- Amarelo e Luana- Cinza.

Todas  com máscaras enfeitadas e completamente sexys. Não há quem não olhasse para nós. Me senti estranha em ser o destaque por estar com fantasia de anjo.

-Vamos garotas- disse o homem na porta que acompanhava o corpo das meninas enquanto passávamos, porém quando passei ele murmurou um " gostosa" e eu entrei num dos carros com um mini roupão. 

O caminho inteiro eu senti medo, vazia e receosa. Mas que merda minha vida virou? Eu não tenho mais pelo que lutar então não há o que me salvar. Se for para eu ser Puta que eu faça isso direito. 

Paramos e saímos do carro entrando pela entrada dos fundos atrás do palco. Lá era grande e eu só sentia medo naquele palco. E aqueles homens nos secando.

- Vamos apresentar a carne nova- Disse Leon me puxando para frente- Dêem seus lances. ELA É VIRGEM CAMARADAS- Disse ele me girando no palco enquanto uma multidão de homens gritavam.- O Lance Começa em 10 mil.

Assim que ele gritou isso os lances começaram.  Jennifer me puxou junto com as garotas até os quartos.

- Esses dois quartos são para os que pagam pouco e aquele ali são os que daot uma boa grana- Disse ela apontando para ad três portas a minha frente. - Tudo que sujar limpa e não pode beber nada pois é tudo para ko cliente. - Ela me estendeu uma sacola com diversas camisinhas - Só pode fazer o que foi paga para  fazer e 60% do ganho é seu e o resto é de Leon. E boa sorte okay? Sei que é difícil mas... agora é a sua vida.- Disse ela saindo - E nada de roubar meus clientes hein e vê se geme bastante, eles acham que estão indo bem.- Ela disse e saiu para um dos quartos ali me deixando sozinha.

Fláh chegou correndo e ansiosa. -GAROTA os lances estão as alturas!  Parou agora nos 100 mil. BOA SORTE POIS SOUBE QUE SEU CLIENTE É UM GATO. Boa sorte Vacaaaaa- Ela disse me empurrando para o quarto de luxo.

Tiro o roupão e o jogo no chão, sento na cama me sentindo vazia e lembrando de como eu imaginava esse momento. O momento perfeito com meu príncipe agora virou uma cama de bordel e eu fudendo com um qualquer. 

A maçaneta abriu e meus olhos não desejavam que eu tivesse visto isso. Não,  Ele não. .. por que ele está aqui?







Notas Finais


Fodeu, fodeuuuuu FODEOOOOO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...