História Tragedy - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Aquarius, Aries, Bisca Connell, Cana Alberona, Carla (Charle), Coco, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Flare Corona, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Michelle Lobster, Mirajane Strauss, Mystogan, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Pantherlily, Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Virgo, Wendy Marvell, Zeref
Visualizações 9
Palavras 1.065
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ESPERO QUE GOSTEM ^^

Capítulo 8 - Fantasmas


 

         LUCY ON 

 

Eu estava muito Feliz, pois tinha feito novos amidos, mas não estava confiante porem é normal aos poucos eu vou cofiando neles

-Hey, vamos logo caso contrário nos atrasaremos – diz Erza

-Sim – digo correndo até Erza

Fomos primeiro tomar café logico, porém um pouco longe de todos, pois Erza queria ouvir os pássaros

-É tão bom respirar ar puro- diz Erza com a cabeça erguida 

-Hm – balanço a cabeça e dou um sorriso de canto

Logo terminamos o café e fomos para sala. Quando chegamos lá...

-O que você disse foguinho? -  pergunta Gray

-Sinto muito gelinho, mas eu falei para ouvir e não para repetir – diz Natsu com um sorriso 

-Não deixava

-Iiiiirr

-TURN DOWN FOR WHAT

Logo os dois já estavam em posição de brigando Natsu estava com fogo na mão e Gray com gelo

-TÁ PEGANDO FOGO BIXO

Eles iam brigar quando...

-Onii-san

-Wendy? – Olha Natsu confuso

- Sherria? – Olha Gray confuso

Eu também estava confusa

-Parem de brigar agora – dizia a suposta Irmã do Natsu

-Exatamente – dizia a irmã do... Gray?

-Quem são vocês?

-Bom eu sou a querida, linda e maravilhosa irmã do Gray – diz Sherria

-E eu sou a irmã do Natsu – falou Wendy

-Mas você não se parece nada com o Gray

-Então né... é que eu sou filha adotiva... – foi interrompida

-Mas ela é da família – Gray

-Bom tanto faz, mas enfim o que cês querem?

-Não posso mais visitar meu irmãozinho? - Pergunta a azulada kawii

-Tá mais pra irmãozão perto de você

Natsu deu língua. Tocou o sinal as duas foram para suas salas mas quem entrou não foi a Mira-sensei, quem entrou foi o diretor

-bom dia

-O que você faz aqui?

-Bom... nós temos uma missão para vocês

-Missão?

-Nós não estamos preparados ainda

-Posso terminar?

-SIM

-Bom a missão é o seguinte, vocês terão que trazer de volta a Mira

-O que?

-Como assim?

-Ela foi raptada?

-Sim, então se preparem... AGORA!!! – Terminou de explicar

“Eu sei que ela não foi capturada afinal ela é uma maga muito poderosa. Mas vamos fazer de conta, né !? “ – pensei

Havíamos preparado tudo nos encontramos e fomos para o local marcado, andamos e andamos muito até que pensei que estaríamos andando em círculos

-Melhor no separar – falei

-Também acho

–Estou de acordo

O resto apenas acenaram a cabeça. Nos separamos em grupos no meu ficou: Eu, Natsu, Erza, Gray, Gajeel, Levy, Juvia e Jellal

-O que será que aconteceu com a Mira-sensei? -  perguntou Juvia

-Não sabemos -  diz Gray

-Gray-sama

-Ei me larga

-Eu não aguento mais andar! – Diz Natsu

-O que é aquilo? – Pergunto

-F-fantasmas? – Pergunta Levy se afastando

Todos olhamos aquelas estranhas pessoas

-A-aquela é minha prima q-que –m-morreu? -  Pergunta Levy tremendo – Saky-chan?

Ela era uma menina baixinha de olhos verdes e cabelos rosas fracos com um sorriso muito feliz

-Levy-san? - Saky fala

As duas choraram e se abraçaram

-E-eu estou t-tão feli-iz – diz elas duas em meio as lagrimas, foi muito emocionante

Elas choraram muito, eu fiquei feliz por isso, depois que se acalmaram

-como você voltou? – Pergunta a Levy

-Eu não sei – responde – apenas ouvi uma voz que me chamou então eu vim, e PÁ encontro você – diz num tom de alegria

-Voz? Hum... interessante – diz Erza com a mão no queixo

-Vamos andar, deve ter alguma coisa haver com a Mira – Diz Gray

-Hai – todos respondemos

AUTORA ON

ENQUANTO ISSO...

-O que?

-Isso mesmo que o senhor ouviu

-Não era para isso estar acontecendo – falou Makarov

-Eu não entendo o que é isso de fantasmas aparecendo! É normal?

- Óbvio que não, né cabeça oca – dá um tapa na cabeça do aluno

-Senhor, acabamos de voltar de lá e não conseguimos entrar.

-Parece que os alunos estão presos dentro de uma barreira muito poderosa

- Essa não – o diretor soou frio- temos que dar um jeito de tira-los de lá  

- O mais certo a fazer é informar a os outros professores e o mestre supremo que dá ordens em todas as escolas de magia.

-Você está certo vou fazer isso agora

- O melhor a fazer agora é isso, parabéns pela decisão

- Não precisa idolatrar o diretor, seu baka – deu outro tapa na cabeça do aluno

-Obrigado, agora podem se retirar – Diz o diretor discando no telefone

Os alunos iam se retirar

-Ah, obrigado por me avisarem

-Disponha

-Estamos a ordem sempre que precisarem

-Certo, mas de qualquer forma obrigado

Os dois sorriram e saíram

-Tudo como planejado-  deu uma risada maléfica

-Isso – riu também

Eles haviam feito magia de transformação

NA FLORESTA...

-Eu nunca pensei que iria encontrar os meus ancestrais – diz Natsu um pouco confuso, tipo muito confuso

-Cala a boca, por que pelo que eu estou vendo até agora só apareceu pessoas queridas por nós – diz Erza

-É verdade – diz Lucy

-Mas não tanto – diz Gray

Lá tinha pessoas importantes mais não tanto

-E-eu n-não d-d-diria i-isso – diz Lucy com os olhos arregalados

Ela tinha visto uma prima sua prima mais próxima também considerada como irmã

-M-m-michelle? – A loira já estava tremendo e começando a chorar

-Onee-san

As duas se abraçaram, choraram e se emocionaram

-Eu pensei que nunca mais te veria – diz Lucy ainda emocionada 

-onee-s... - Foi interrompida

-Eu estou tão feliz –diz com um sorriso de orelha á orelha

- Eu preciso te con... – foi interrompida novamente

-Eu preciso te contar tantas coisas

-Lucy já está anoitecendo precisamos ir – diz Levy

-Eu também preciso ir para o meu lugar

-M-mas já? –Pergunta quase chorando

-Não se preocupe eu vou voltar – diz Michelle com um sorriso –‘espero que eu consiga te contar o que está acontecendo “ – pensou ela

-Promete?

-Prometo

-Tá

-Hey, Luce vamos logo – diz Natsu

-Anh? Quem é Luce? – Pergunta a loira

-Você, oras bolas – fala como se fosse óbvio

-Vocês dois, parem de conversa e andem logo – diz Erza muito brava

-H-Hai – diz os dois ficando em corpo reto

Eles andaram muito até que que acharam um local perfeito para passar a noite

-Por hora ficaremos aqui – diz a ruiva

-“Mãe, nunca mais você apareceu para mim, por que? Aconteceu algo? Não! Eu te fiz algo? ” -  pensou a loira

Todos se deitaram e tiveram uma boa noite de sono, exceto uma pessoinha loira, pois vieram vários flashbacks de como foi a morte de sua mãe e de sua “onee-san” Michelle.

 

                                                           CONTINUA...


Notas Finais


GOSTARAM?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...