História Traição (Camren) - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally, Ally Brooke, Camila, Camila Cabello, Camren, Dinah, Dinah Jane, Homossexualidade, Hot, Lauren, Lauren Jauregui, Lesbicas, Normani, Normani Kordei, Norminah, Originais, Romance, Sex, Sexo, Traição
Visualizações 201
Palavras 961
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Voltei com mais um capítulo!! Obrigada pelo sucesso!!
Boa leitura e espero que gostem!!
Qualquer erro será corrigido em breve e os links estão nas Notas Finais!

Capítulo 21 - Ethan, Logan And Megan


Fanfic / Fanfiction Traição (Camren) - Capítulo 21 - Ethan, Logan And Megan

Capítulo 21

Ethan, Logan And Megan

 

Amor Philia (Uma das palavras gregas para se referir aos “tipos” de amor): “Amizade”. Amor existente na família (menos entre casais. O amor dos casais, geralmente, é Eros, o amor desejo ou romântico), entre amigos ou membros de uma mesma comunidade.

 

Quatro Meses Depois...

 

Camila´s POV:

Eu estava sentada no banco do carona, no carro, ao lado de Lauren, que segurava minha mão com nossos dedos entrelaçados. Ela apertava minha mão e segurava fortemente, como se nunca mais fosse soltar. Eu podia sentir meu coração bater mais forte de nervosismo e meu corpo tremer levemente. Nós estávamos indo para o hospital.

A doutora Chloe Figueroa havia marcado o parto dos nossos filhos para o dia de hoje. Então, lá estávamos nós indo para o hospital. Quando chegamos, Lauren estacionou o carro no estacionamento do hospital e de mãos dadas, fomos até a sala de espera. Depois de alguns tensos minutos, a enfermeira nos chamou e nos levou para salas diferentes.

Vesti uma roupa de cirurgia e me encaminharam para sala de parto. Então, tive que deitar na cama, onde o parto seria realizado. A médica estava lá, se preparando. Os auxiliares da médica também estavam lá e havia uma equipe de filmagem do hospital, para filmar o nascimento.

Lauren entrou na sala poucos minutos antes do parto ocorrer. Ela vestia calça e camisa verde, usava uma “máscara” branca na boca (de hospital) e uma touca branca nos cabelos, assim como eu. A médica aproximou-se e disse:

- Senhoras, Lauren terá que ir e assistir o parto da porta e Camila, fique tranquila que vai dar tudo certo. Confie em mim. Então, Lauren, por favor...

Pude olhar para os olhos verdes de minha esposa e disse:

- Eu te amo, Lauren.

Lauren respondeu:

- Eu também te amo, Camila.

Ela se dirigiu até a porta de entrada da sala, onde havia um vidro na parte superior da porta. Pude ver sua cabeça assistindo o parto no vidro. Senti a picada da agulha da anestesia e depois de muita tensão, apenas vi a médica e os auxiliares “em cima” de mim e pude ver o primeiro bebê sair da minha barriga. Pude sentir a primeira lágrima de emoção sair do meu olho. Vi o segundo bebê sair e por último, o terceiro bebê.

Os auxiliares me mostraram os lindos bebês, enquanto a médica me costurava com ajuda de outro auxiliar. E depois, Lauren entrou e foi para outra sala com um auxiliar e os bebês. Então, limparam-me e levaram-me para um quarto particular do hospital, onde fiz alguns exames e fiquei deitada na cama.

Depois de um tempo, duas enfermeiras chegaram com três pequenos e simples “bercinhos”, que foram posicionados ao meu lado. Passaram alguns minutos e três enfermeiras chegaram com os três bebês, que foram colocados ao meu lado. Quando elas saíram, Lauren entrou no quarto. Ela sorriu para mim, aproximou-se e beijou meus lábios. Lauren vestia calça jeans e camisa preta. Seus cabelos estavam soltos e lindos.

Lauren foi até os “bercinhos” e deu seu famoso sorriso fofo para os bebês, dizendo:

- Eles são tão “lindinhos”...

Ela pegou o bebê que vestia uma “roupinha” azul no colo e o examinou, carinhosamente. Depois, disse:

- Logan... – Ela me deu o bebê, para eu segurá-lo. – Logan se parece com você, amor.

Sorri e respondi:

- Mal posso esperar para vê-los crescendo. – Entreguei o bebê para Lauren. – Deixe-me ver os outros dois.

Lauren o colocou no berço com cuidado e pegou o bebê que vestia “roupinha” verde, dizendo:

- Ethan... Você também se parece com sua mamãe.

Ela me deu o bebê e nos meus braços, o examinei, dizendo:

- Eles são tão lindos, amor.

Lauren concordou com a cabeça e pegou o bebê. Colocou-o no berço e pegou o último bebê, dizendo:

- E por último, Megan... Nossa “princesinha”...

Lauren me entregou a menina e eu a segurei, disse:

- Ela é parecida com você, Lauren.

Lauren sorriu e a segurou, colocando no berço e depois, Lauren se sentou na poltrona ao lado de minha cama, segurando minha mão. Ela beijou minha testa e disse:

- Agora nós somos uma família maior...

Nos dois dias que fiquei no hospital, Lauren dormiu na poltrona nas duas noites e de dia, ficou comigo e foi pra casa quando alguém vinha visitar. Nossas famílias e amigas vieram nos visitar e ver os bebês. Vieram Alejandro, Sinuhe, Sofia, Clara, Mike, Taylor, Chris, Normani, Dinah, Aiden e Amy. Nesse tempo de hospital, também descansei, fiz exames, examinaram os bebês, nos deram o DVD com a gravação do nascimento, que Lauren comprou, eu amamentei os três...

No último dia, a médica disse que tudo estava bem e que nós (eu, Logan, Ethan e Megan) estávamos liberados. Então, Dinah e Ally vieram nos ajudar, já que Normani ficou com as crianças. Lauren havia comprado um carro de sete lugares. Porém, no carro de Lauren, foram os três bebês nos três bebês conforto com Lauren e Dinah. Já no carro de Dinah, fui eu e Ally.

Chegamos de noite na nossa casa e Dinah e Ally nos ajudaram a arrumar as coisas. Então, Normani veio com as crianças e Dinah fez janta. Jantamos todas juntas e depois, elas foram embora, deixando na casa apenas eu, Lauren e os bebês. O berço ficava na suíte comigo e com Lauren. Deitamos-nos e Lauren disse:

- Eu amo vocês...

Respondi:

- Eu também amo vocês.

- Está bem?

- Estou um pouco inchada e com um pouco de dor apenas.

- Quer que eu busque algum remédio para você?

- Não. Não precisa. Obrigada.

Lauren beijou minha testa, minha bochecha e meus lábios. Depois, disse:

- Você precisa descansar um pouco, amor...

- Sim... Eu estou bem cansada...

- Vamos dormir?

- Sim, por favor...

- Certo, querida.

- Lauren...?

- O que foi, amor?

- Eu te amo. E eu amo esses bebês.

- Eu também te amo e amo os nossos filhos...

- Eu mal posso esperar para vê-los mais “crescidinhos” e sendo crianças fofas...


Notas Finais


Obrigada por lerem e espero que tenham gostado!!! Por hoje é isso!! Volto segunda!! Até!! Links:
Twitter: https://twitter.com/valelgbt27
Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100021616779916
Wattpad: https://www.wattpad.com/user/Lauren0107
Clipes de Fanfics: https://www.youtube.com/channel/UC71UsSS0Oh67JjBwyxXcdVg?view_as=subscriber
Outras fanfics aqui no Spirit: https://spiritfanfics.com/perfil/lauren2707


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...