História Traição não é um erro,e sim uma escolha! - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Bts
Visualizações 89
Palavras 787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpe o sumiço

Capítulo 11 - VOCÊ É INUTIL COMO PAI.


Fanfic / Fanfiction Traição não é um erro,e sim uma escolha! - Capítulo 11 - VOCÊ É INUTIL COMO PAI.

Brenda ON

Ai o Taehyung! Tenho Nojo dele,cara que tipo de pai transa dentro de casa com a filha la dentro,e ela escutando tudo?

BN: Soo?-Vi o sorriso de minha filha se desfazer ao perceber que eu estava na escola.-O que foi?

Soo: O papai não veio?-A menor pergunta-Por quê?

BN: Filha,não sei da vida do teu pai...Mais eu quem quis vir te buscar.

Soo: Por quê?- Ela insiste-Fala,vocês brigaram de novo? Vamos voltar para o Brasil?-A carinha de espanto dela me faz rir

BN: Não filha-Risos-Eu só vim,pois teu pai teve uma reunião na empresa...Entende?

Soo: Sim-O sorriso que tinha sumido voltou-Mama?- Eu a olho-Tem algum compromisso agora?-Nego com a cabeça-Vamos para uma sorveteria.

BN: Claro,faz muito tempo que não sai-mos juntas,vai ser bom!-Digo adentrando o carro com a mesma.

Soo: Ebbaa.-O motorista da a partida.

Na sorveteria

Soo,pediu de creme e eu de morango.Depois que chegou, Soo deu apenas 2 colheradas no sorvete,e depois ficou fitando o mesmo e brincando com a colher...Chamo sua atenção e ela me olha.

BN: O que foi?

Soo: Queria perguntas uma coisinha pequena-Faz o sinal de pequeno com o dedo-Mais não sei se devo.

BN: Fale minha bebe.

Soo: O que o papai tava fazendo?

BN: Como assim?-digo bebendo um gole de minha agua.

Soo: É que ontem eu fui para dormir no quarto dele com ele,mais a porta tava trancada,ai eu o chamei e a voz da minha diretora começou a falar " Mais rápido,mais rápido".O que ele tava fazendo-Cuspi minha água todinha no chão.- Oush doida.

BN: E-ele T-tava é...-Bebi mais água

Soo: Ai eu pude ouvir o papai ficar tipo gritando assim  ' ah,ah"....O que aconteceu?-Dessa vez eu engasguei com a água,e soltei tipo uns gemidos e ela diz- isso assim,só que na voz dele " grossa"-Eu continuei soltando uns gemidos e ela volta a tomar seu sorvete-Mamãe,eu ja entendi,e ja disse que foi assim pode parar-continuei-Mds tu ta bem?-Ela fica preocupada- socorro minha mão ta coisadaaa!-chega um garçom que levanta meus braços,me levanta e aperta meu estomago,e a água vooa da minha boca-uffa.

BN: Filha dorme na casa da Don Mina?

Soo: Sim mama.

Na casa de Mina

M/M ( Mãe da mina)-Aa fica por favor?

BN: Ai amiga eu queria mais não posso,vou resolver umas coisas com o pai dessa pestinha ai!

Soo: Ei to aqui.

BN: eu sei,por isso eu disse-A mesma faz bico-Mais é a minha pestinha favorita.

Soo: então tem mais?-Ela se emburra.

BN: Bobinha- ela me da um beijo-Tchal,amanhã te pego-ela da tchal e me despeço

Em casa

Chego em casa,vendo tae e a professora dele( Cade a diretora? Aquela cabrita? Não sei,só sei que hoje é ela)

Chego perto dele e dou um tapa forte em sua cara que chega ficou marcado,ele me olha confuso e diz:

Tae: ta louca?

BN: Sim estou-Fui para cima dele,e comecei a bater no mesmo.Peguei seu cabelo,e o joguei na parede,depois dei um rodo no mesmo que cai no chão e eu subo em cima dele,e começo a arranha sua cara che saia sangue,peguei sua cabeça e comecei a bater no chão,e ele começou a ficar mole-MORRE DESGRAÇADO!

Jin: Que gritos sã...MDS BRENDA TU VAI MATAR ELE...SOCORROOOO- Ele veio me tirar de cima dele,e eu o olhei com um olhar diabólico e o mesmo se assusta e recua- SAI SATANÁS-Os meninos descem

RM: O q ta...MDS TIRA ELA DE CIMA DELE E TA DESMAIANDO- Todos eles correram e me tiraram de cima dele. O Nam e o suga me seguram

BN: ME SOLTA TENHO QUE MATAR ELE- Me solto deles e quando ia pegar ele 2 individuos desgraçados entram na minha frente e me seguram.

JM: onde pensa ir?-Sim 4 garotos me seguram,o Tae estava cheio de ematomas,e não conseguia mexer a perna.

BN: pronto pode me soltar.-Eles resitam e me olham-MANDEI ME SOLTAR ESTOU CALMA

SG: Muito calma.

Nam; Mais calma que o Suga.

SG: Hey!

Tae: POR QUÊ FEZ ISSO SUA MALUCA?

BN: VOCÊ AINDA PERGUNTA?-Ele parecia furioso,e eu não era indiferente- MINHA FILHA OUVIU A MUSIQUINHA QUE SAIA DO SEU QUARTO COM A DIRETORA!

Tae: Que?- ele se acalma e fica preocupado-Como eu pude fazer isso?

Prof( n lembro o nome): que musiquinha?- Olhamos todos para ela-Aaata,credo Tae nem me chaamou,pra festinha!

BN: Cale a boca sua perua.

Prof: Não me chame assim!

Jin: Cale a boca para o seu bem,se n eu quebro a tua cara!

Tae: e-eu não fiz isso.

BN: Fez sim,e sabe por quê?

Tae: Porquê?-ele diz com os olhos marejados-Ele estava sangrando muito e as lagrimas começaram a descer e se misturar com o sangue.

BN:VOCÊ É INUTIL COMO PAI! MISERAVEL.

Grito e ele chora mais,e sua blusa começa a  a sujar de sangue

Continua>>>

 


Notas Finais


Gente espero q tenham gostado,qualquer erro avise-me!
E n sei se amanhã tera ep ok?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...