História Traiçoeiro coração - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~EmillianJones

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Bellatrix Lestrange, Lílian Evans, Lucius Malfoy, Narcissa Black Malfoy, Pedro Pettigrew, Remo Lupin, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter, Tom Riddle Jr., Yaxley
Tags Arte Das Trevas, Drama, Revelaçoes, Romance
Exibições 21
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Saga
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - As trevas que consomem


Fanfic / Fanfiction Traiçoeiro coração - Capítulo 2 - As trevas que consomem

Snape sempre ouvia Malfoy e Avery conversando sobre o Lord das Trevas, e ficou curioso, não demorara muito para que Tom Riddle mostrasse algum interesse no jovem Snape, então o chamará para a primeira reunião, Severus como não era bobo aceitou.Queria estar por dentro , ser descolado como Lucius , aquele chamado do lorde até o fizera esquecer o misterioso admiradorsecreto. 
- Amanhã milorde estará na casa dos gritos
Sibilou Lucius ao ver Snape parado ao lado da lareira. 
- Estarei lá. 

Sibilou o moreno enquanto fitava as chamas dançantes da lareira. Severus foi se deitar, passou a noite em claro imaginando como seria o tão famoso bruxo das trevas, sabia que seria aceito pois era um dos melhores alunos de sua casa. O dia logo raiou , os alunos do quinto ano dirigiram-se para o pátio pois iriam a Hogsmead, Snape desceu ao lado de Narcisa a filha mais nova dos Black que iria acompanhar o noivo Lucius na reunião .
- Você vai ser aceito Severo 
Disse a loira com voz doce e acolhedora e Snape sorriu
- Espero que sim, vou me vingar de todos aqueles traidores do sangue...
Após esse curto diálogo com a loira Black, Severus permaneceu calado o restante do caminho, seu pensamento voava para o garoto que encontrava as escondidas, como será que o garoto reagiria ao saber que o sonserino havia cedido as trevas? Talvez nem ligaria, pois podia assim como Severus, ser um futuro seguidor do Lord, ou talvez o garoto nunca mais olhasse e falasse com ele.
- Severo ... milorde o espera 
Lucius falou em voz áspera e baixa ao chegarem em Hogsmead, junto dele estavam Yaxley um garoto magrelo de olhos azuis , Bellatrix que não escondia a excitação no olhar , Narcisa e Avery. O que Snape achou estranho foi o maroto Rabicho se aproximar do grupo. 
Rabicho parecia tímido entre os sonserinos mas era como se fosse parte do grupo.
- Milorde disse para se apressarem. 
Falou quase em um sussurro olhando para o chão 
Rabicho era o único maroto que nunca houvera caçoado de Snape. O grupo seguiu então para a casa dos gritos sem levantarem suspeitas. Ao chegarem à casa dos gritos, Severus exitou, mas logo seguiu os demais para dentro, subiram os degraus até chegarem a um quarto, Lucius, Avery e Rabicho entraram rapidamente e se colocaram em seus lugares, Severus por sua vez, ficou parado na porta olhando para o Lord, que já mostrava a mudança na fisionomia, era assustador, mas Snape em nenhum momento demonstrou medo. Voldemort andava de um lado para outro com uma serpente enrolada no pescoço. 
- Severus. .. entre.
Sibilou o homem de aparência ofidica e olhos avermelhados. E Snape adentrou , parou do lado de Bellatrix que olhava o lorde das trevas com encanto. - Severus, o chamei aqui hoje para fazer sua iniciação para entrar para o ciclo, venho observando você, e preciso de alguém em meu ciclo que seja ótimo em poções, e em outras matérias. 

A voz fria de Tom encheu a sala, mesmo os mais velhos arrepiavam quando o Lord falava daquela forma. Mas Severus não se deixou intimidar, olhou para o rosto ofidico do Lord.

- Então escolheu o melhor Lord das trevas, sou o melhor em poções, e tenho alguns feitiços criados por mim.

Tom estava impressionado com Severus, apesar de não demonstrar, sabia que havia escolhido o melhor para ser seu servo. Voldemort acariciou a cobra e parou de frente a janela
- poderia me mostrar um de seus feitiços Severus??
Snape engoliu em seco e balançou a cabeça concordando.
- Rabicho , você duelara com Severus 
- Sim MiLord.

Rabicho então se posicionou e empunhou a varinha. Snape empunhou a varinha, fez todo o ritual antes de começar o duelo e Rabicho tremendo fez o mesmo . Severus queria mostrar para o Lorde das trevas que era o melhor, que tinha potencial. 
- Sectumsempra 
Um jorro de luz branca emergiu da ponta da varinha de Snape em direção ao ombro de Rabicho, e o mesmo sentiu-se esfaquiado por mil facas , o corte sangrava e o sangue jorrava longe. Voldemort ficou observando com uma risada macabra. 
Snape sempre fora bom em duelos, e mostrará a Tom isso, os olhos vermelhos de Tom brilharam perigosamente. 

- Muito bom Severus, um feitiço e tanto tenho que admitir. 
Rabicho ainda Sangrava no chão , Snape então se ajoelhou ao lado do grifano caido no chão e começou a murmurar. 
- Vulnera sanentur 
A ferida foi fechando sem deixar cicatriz , Snape se levantou e Rabicho também , Bellatrix soltou uma gargalhada estridente e Voldemort a repreendeu 
- Fique em silencio Bellatrix. Severus , você será honrado com a marca.
Snape não esboçou nenhuma emoção, seu rosto duro como mármore, apenas assentiu com a cabeça.

- Porém antes de receber a marca Severus, quero ver até onde você iria para conseguir o que quer.

A risada maldosa do Lord ecoou pelo cômodo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...