História Train - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Taekook, Vkook
Visualizações 10
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obrigada por ler!

Capítulo 15 - ~Capítulo 15~


P.O.V Jimin-

Min Yoongi..

-Você tem medo do amor?

-Não sei.. acho que não. 

-Depois de me apaixonar pelas pessoas erradas eu comecei a temer isso.

-Mas você ainda não conheceu "sua metade"?

-Não..-Boa pergunta, nunca pensei nisso.

-Eu nem sei o que é passar o meu tempo com alguém que amo.

-Mas você ainda tem fé? 

-Sim. Eu espero muito dele.

Espera, dele? 

-Entendi.

-E você?  Ainda tem? -Não me faça pensar .

-Sim, ando pensando em alguém aí nas últimas horas.

-Uau!  Quem é?!

-Ah seu chato não me pergunte

É você...

-Okay guarde seu segredo aí. 

-E guarde o seu contigo.

Não guarde não.

-Estou com fome.- Digo pegando minhas carteira do bolso.

-Ah vamos comer então! Estou louco para colocar um bolo em minha boca.

-Nossa! Com cobertura de chocolate e morangos.

-Ai para! Agora eu quero muito! 

-Vamos então. 

Partimos num café que era temático de alguns famosos bichinhos da Coréia,  eu nem sei quem ou o que são.  Pedimos dois bolos de chocolate com morango, eu peço um suco e ele um café, Yoongi é viciado em café só pode.

-Aaaa que fofo! -Ele diz olhando para meu copo com umas 3 cores diferentes e uma carinha.

-Verdade. Mas sua caneca ganha. -Tinha o formato de gatinho.

-Prefiro...Voc... Meu bolo.

-Haha.. -O que você ia falar..

-Err..Me conte mais sobre você.  

O esverdeado diz cortando um pedaço do bolo em formato de coração.

-Ah, eu gosto de ouvir músicas e ficar andando por aí escrevendo coisas sem sentido. Eu acho que são pelo menos. Eu amo as cores azul e roxo, me identifico muito, não sei porque. Agora você. 

-Hm..Eu gosto de desenhar.. tenho algumas coisas pintadas nas paredes de meu quarto,estão em andamento. 

-Uau! Quero ver. Vamos lá agora!

-O que?! -Ele quase se engasga.

-Quero conhecer sua família e sua arte.

-Que horas são? 

-15:30.

-Ah então da tempo.  Vamos coma logo!

Terminamos nossos doces e fomos até a casa do maior. Demorou um pouco, mas parece que o tempo voa quando se escuta músicas com alguém interessante ao seu lado.

-Chegamos. Casa dos Min.

-Wow. 

Era grande e com dois andares, como pode ter uma casa assim na Coréia Do Sul e principalmente na capital! Não tem espaço!!

-Entre. Só tire os sapatos. OMMA! VEM CÁ. 

Obrigado por me deixar surdo. 

-Fala filho. -Uma mulher alta de cabelos coloridos aparece na minha frente.

-Mãezinha, esse é o Park Jiminzinho.

-Que?! -Eu olho para ele .

-Prazer, sou a senhora Min. Estou fazendo a janta, depois desçam.

-Okay ! -O alto diz sorrindo. Tão fofo.

Subimos as escadas da casa, entramos no quarto do esverdeado, era totalmente branco, tirando as pinturas que ele fazia.

-Então,  essa é as minha arte.

-Adorei! 

-Haha.. O que vamos fazer enquanto isso?

-Vamos ver.. um filme. Não sei.

-A você ja viu um filme onde um casal está em crise aí eles colocam um app no celular e criam um companheiro virtual?

-Não.  Parece bom!

-Ya! Se cobre aí que eu vou colocar o filme.

Yoongi faz o que tinha dito e pula na cama, encosta na cabeceira da cama e chega perto de mim, da o play e começa  um filme Yaoi.. Estava nem na metade do filme  e sua mãe abre a porta e nos chama para comer.

-Venha seus pombinhos comer.

-Aish mãe! 

-Venham logo vai esfriar!

P.O.V Yoongi -

Saímos do quarto de fomos até a mesa, minha mãe é uma cozinheira de mão cheia e sempre adorou fazer comida para todo mundo. Meu pai logo chega.

-Appa! Esse é o Park Jimin! 

-Prazer. -Ele estende a mão pra o louro.

-Vamos comer logo! -Minha mãe diz em ênfase. 

Jantamos, meus pais falaram que precisavam sair para algum lugar, os mesmos se arrumaram e saíram. 

-Filho estou indo, se cuide e cuida dele, e não esquece de pegar aquilo na minha gaveta! -Minha mãe diz afagando meu cabelo.

-Mãe!  

-Beijinhos! 

Fecho a porta e vou até a pia da cozinha. 

-Aish que preguiça.-Coço  a cabeça.

-Vou te ajudar. 

-Não precisa. Amanhã eu lavo. 

Pego sua mão e subo até meu quarto, ele senta na cama e se cobre.

-Min Yoongi..

-Diga.

-Promete lembrar de mim enquanto viaja? -Ele põe a mão em meu rosto .

-Poxa claro anjo.

-Obrigado..

-Você anda estranho hoje. Hoseok fez algo? 

-Não. É só em alguém que estou pensando.

-Você pensa muito nele ou nela.

-Nele..

-Nele. O que ele tem de tão especial em?

-Ele é engraçado e faz eu me sentir bem, não importa se ele está ao meu lado ou não. 

-Até eu gostaria de conhecer essa pessoa .

-Haha. Ele tem um bom coração. Não parece mas tem.

-Bem parecido comigo. Já adorei. 

-...

-O que foi? Está com ciúmes? A calma, eu estou bem sozinho.

-Tem certeza?  -Jimin cora.

Quem é essa pessoa.

-Não sei. Sou confuso com tudo.

-Entendo..

Fixei meu olhar a TV, em baixo das cobertas o louro entrelaça nossas mãos,  eu fico feliz mas naquele momento não conseguia demonstrar isso, eu corei tanto..

Fechei os olhos para me acalmar, fiquei uns 10 minutos assim, apenas escutando as coisas ao redor.

-Eu quero te contar quem é Yoongi.. mas acho que você não acreditaria.. riria..-Ouço a voz do louro, sussurando. -É tão difícil , me sinto mal por pensar nele toda hora, acabei de sair de um relacionamento.. Você me entenderia?  Não sei.. 

-Talvez anjo.

-V-Você estava  ouvindo? 

-Tudo e em bom som.

-...

-Abre o jogo.

-Não posso.

-Eu o conheço? 

-Sim..

-Hum...

Quem é esse que está pegando o coração de Park Jimin.. Estou com ciúmes...

-Ele deve ser muito bom pra ti.

-Seu tom de voz mudou.

-Não mudou não. 

-Min Yoongi.. o que houve?

-Aish. Nada.

-O que eu fiz?

-Só está aman... Nada. 

-Você não termina de falar o que precisa.

-Eu sei. 

-Está com ciúmes? 

-Não. 

-Sei. Você quer saber o que eu escrevi no cadeado?

-Tanto faz.

Jimin novamente põe a mão no meu rosto e me dá um selinho .

-Isso responde tudo?

-... -Ponho meu dedo em meus lábios, sem acreditar no que ele fez.

-Desculpe... E-eu...Eu preciso ir.

-Espera!

Vou atrás dele até a porta. Puxo seu pulso e encurralo ele.

-Por que isso? -Meu coração bate forte.

-N-não sei.. P-perdão, amanhã a gente se encontra no café, às duas horas.

Ele abre a porta e sai correndo, fecho a mesma e sento no chão,  fico pensando em tudo, nele, principalmente..

-Eu sou tão burro. -Digo para mim mesmo.

Levantei-me e fui ao quarto, Desliguei a TV e acendi a luz, vejo o cachecol que o mesmo tinha me emprestado, o pego e sinto o cheiro do seu perfume, coloco ele em meu pescoço..



Notas Finais


Capítulo só de yoonmin
Adoro
Esmkksks aquelas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...