História Trança do destino - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 4
Palavras 457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, tud bom?
Espero que vocês gostem <3

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Trem.


Fanfic / Fanfiction Trança do destino - Capítulo 1 - Capítulo 1 - Trem.

Todos os dias eu pegava aquele trem. No mesmo horário. Estava familiarizada com tudo, até mesmo os rostos eu já havia gravado, entretanto, existe um garoto em especial que chama a minha atenção.  Ele era prestativo e estava sempre disposto a ajudar as pessoas no vagão, sedia seu lugar aos mais velhos e gestantes  e tratava as crianças de maneira gentil. O jovem não só pegava o trem com frequência como também estava sempre de mascará, óculos e boné. Eu cheguei a cogitar o fato de ser algum tipo de bandido mas desisti dessa ideia ao observar seu comportamento.

A manhã começou inusitada, pela primeira vez ele se sentou ao meu lado. Colocou seus fones de ouvido e abaixou a cabeça. O vagão rapidamente se encontrava cheio de pessoas enquanto eu  me espremia naquele pequeno espaço que me encontrava sentada. Minha bunda para ajudar começou a doer pelo desconforto, porém, eu sabia que se me levantasse perderia o lugar, como a viagem que faço é longa me rendi a ideia de levantar.

Fui puxada dos meus pensamentos ao sentir uma cabeça repousar em meu ombro. Era o menino que mencionará mais cedo, ele provavelmente havia caido no sono. Eu estava me sentido muito constrangida para tomar qualquer atitude. Um milhão de frases passavam em torno da minha cabeça.

"Você pode me fazer o favor de acordar e vazar do meu lado?"

"Eu tenho cara de travesseiro?"

"Meu deus!!! Você é um tarado?!? Por favor não abuse de mim."

Eu preciso proceder de alguma maneira, acho que ele começou a babar. - Pensei fitando o seu moletom com saliva. Nesse interim o rapaz acordou e arrumou sem boné na cabeça, ele me dirigiu uma ou duas palavras e saiu do trem.

Foi uma situação estranha, ele deveria ao menos ter me pedido desculpa de uma maneira adequada já que estava prestes a salivar no meu vestido, no entanto, como eu posso esperar este ato do menino, deve ser apenas mais um adolescente muito atarefado. Antes que eu voltasse para o meu mundo particular considerei me remexer um pouco para aliviar o incomodo que sentia na minha região trasseira. 

Contudo senti algo escorregar para de baixo da minha bunda o que me fez saltar do banco. - Eu sabia, ele era algum tipo de tarado. - julguei ao me levantar. Porém, vi onde eu estava a pouco sentada um celular, supostamente do garoto que estava aqui a alguns instantes. Corri o mais rápido que consegui para sair do vagão mas não foi suficiente.

Hey. - Gritei, ganhando a atenção do maior. 

O jovem me mirou por um pequeno instante, ao ver seu celular sentou no chão e colocou as mãos na cabeça. Eu não o vi mais depois daquilo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...