História Trap Queen - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Amnésia, Mentiras, Revalações, Romance
Exibições 105
Palavras 871
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey amores! Mais uma vez eu estou aqui e agora de férias! Como eu estou bem atrasada nos capítulos lá vai minha ideia. Bom, como o capítulo anterior não teve o retorno que eu queria, decidi fazer #TQTodoDia por uma semana mas cada capítulo tem que ter mais de 10 comentários, o que acham? Assim vocês poderiam ler um capítulo todo dia e a fanfic iria recuperar um pouco do tempo perdido. Me falem nos comentários amores ❤️️

Esse capítulo é um pedaço,pois tinha ficado muuuuuito grande (pra ter um pouco de curiosidade também né kkkkkkk) eu parti em dois, provavamente o outro sairá amanhã ou sexta, Okay? Estou amandooo escrever essa fanfic pra vocês, sinto que estou melhorando meu vocabulário e minha criatividade em cada capítulo que escrevo! Muito obrigada por fazerem parte disso, amo vocês 💕 Obrigado por todos os favoritos e comentário. Espero que gostem! Boa leitura.

Capítulo 6 - Chapter Five


Fanfic / Fanfiction Trap Queen - Capítulo 6 - Chapter Five

Quando sai do carro vi Carlson parado em frente a porta de entrada ao lado da sua namorada, Bethany, a minha querida ex- prostituta. Olhei para eles e os dois olhavam cada movimento meu, ansiosos para ver quem era a minha acompanhante. Carlson falou algo no ouvido dela que riu me olhando com desdém, vamos ver quem vai rir por ultimo vagabunda. Umedeci meu lábio terminado com uma risada de lado e abri a porta do carro, vendo Gemma me dar um sorriso e me olhar com seus olhos azuis penetrantes. Cara, eu estava bem melhor que ele. Gemma colocou sua perna direita para fora do carro e eu segurei a sua mão, quando ela já estava fora do carro caminhamos até a direção da entrada onde Carlson estava. Passei por eles e vi que Bethany não tinha mais o sorriso no rosto. Apertei mais a cintura de Gemma e entrei não ligando para Carlson. 

Sentamos em uma mesa do centro, e pude ver Chaz do outro lado do salão, fiz um gesto e liguei a minha escuta. Hoje iria fazer algo grande. 

Gemma saiu da mesa depois de algum minutos para conversar com algumas mulheres e Carlson entrou para falar sobre sua nova impressa e eu o olhava como se me importasse. Ryan estava começando a colocar o plano em ação. Como a reunião era na casa do Carlson a segurança estava triplicada, mas o plano estava perfeitamente pronto para qualquer quantidade de seguranças. Esperava calmamente a minha hora de agir. Exatamente 23 minutos depois a primeira bomba foi detonada, eu fechei os olhos tentando conter a felicidade de estar tudo dando certo e pude ouvir todos ficaram desesperados ao meu redor, respirei fundo ouvido o último ruído da bomba ir embora.Gemma correu até mim e me balançou e não eu mandei ela sentar ao meu lado.

Mantive minha visão em Carlson que mandou enviar seguranças para reforçar o cofre. Avisei pela escuta para Ryan se preparar. Apenas 10 segundos para a próxima bomba explodir, olhei para o grande lustre de brilhantes em cima da cabeça de Carlson, 5 segundos. Ouvi a bomba explodir e Gemma me chamar assustada, estávamos apenas nos dois sentados em todo o salão. Olhei para a corda ser cortada e Carlson ser salvo por um dos seus seguranças. Gemma apertava meu braço e gritava, mas eu não liguei para o que ela dizia, naquele momento era só eu e o meu plano. Mais seguranças rodearam Carlson, tinha 15 segundos. Me levantei e puxei o braço de Gemma, 10 segundos, a colei em meu corpo e a dei a chave do carro, 5 segundos, peguei uma Pistola carregada e lhe dei também. Um dos capangas estava a esperando no carro. Vi ela correr e respirei fundo não contendo o grande sorriso que surgiu em meu rosto, agora eu iria agir. Me escondi atrás de um coluna do salão e pude ouvir os tiros vindo de fora. Mais seguranças chegando, essa era a minha hora. 

Detonei a última bomba, fazendo com que ficasse escuro. " Ryan agora é com você" falei pela escuta. Coloquei meu óculos especiais e vi todos os seguranças de Carlson serem executados, fazendo cada vez mais virem mais, deixando a área do cofre livre. O plano era fazer com que quiséssemos matar o Carlson para que eles tirassem o foco do cofre.Vi Carlson sendo escoltado pra saída e coloquei munição na minha K7. Corri por trás das colunas e fui cuidadosamente atras dele, Ryan tinha menos de um minuto para tirar tudo do cofre com os capangas. Atirei em um dos escoltas fazendo a atenção vir em minha direção e dar mais tempo pro Ryan. Começou um tiroteio e eu só esperava o Ryan me avisar que tinha conseguido. Vi outros escoltas chegar por trás. Porra mano, estava fudido."Chaz, começa a atirar no corredor de saída,agora" em poucos segundos ele começou a me ajudar. "Ryan!" Começei a chamá-lo e ele não me respondia," Porra Ryan, reponde caralho" pensei que ele tinha sido pego, comecei a atirar pesado na direção dos escoltas junto com Chaz, agora o foco era ajudar Ryan.  Carlson já não estava mais lá o que me fez ter certeza que Ryan estava totalmente fudido. "Pronto,consegui,pode voltar a respirar agora" soltei o ar que segurava de nervoso e consegui eliminar os escotas. Me levantei de onde me escondia e comecei a correr para o carro que me esperava nos fundos.

- Caralho mano, conseguimos!- Chaz grita ao entrar no carro e o Ryan acelera. 

- Ainda não- Olhei para o retrovisor e vi dois carros nos seguindo

Chaz contatou os capangas que vieram por trás dos carros, Ryan derrapava na curva enquanto eu e Chaz atirávamos quando vimos um dos carros bater em um poste. Ryan conseguiu despista-los. 

- O maior roubo que já fizemos caralho!- Ryan grita e eu começo a rir.  Chaz coloca a cabeça para fora da janela e atira pro alto. 

Afrouxei meu colarinho e tirei a minha gravata que estava me incomodando. Peguei o celular e disquei o número de Gemma, ela não atendia. Liguei mas algumas vezes, até que não chamava mais. 

- Acelera Ryan

Estava acontecendo alguma coisa com ela. 

Gemma Point Of View

 

 


Notas Finais


E o que acharam hein? O safado tinha era planejado um plano hehehe. Gostaram do capítulo ser no POV do Justin? Capítulos que vem por aí prometem!


Espero que tenham gostadoooo, se gostarem é aquele ditado né? Favorite e comente! Até a próxima amores


Style:
https://socialspirit.com.br/personalizar/style/justin-bieber-trap-queen-5291997


Trailer:https://www.youtube.com/watch?v=SenbrnHB1Ok


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...