História Treacherous love (Sans x Leitor) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Frisk, Grillby, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel
Tags Sans X Leitor
Visualizações 87
Palavras 1.973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Demorei, sim. Eu sei, mas não foi de proposito.
Leiam as notas finais.

Capítulo 7 - Uma longa noite - Parte II


 

              -Gente, tá muito divertido o anime, mas que tal  a gente tá um tempinho, meus olhos já tão doendo de tanto ler !! 
 
             -MAS ELE JÁ VAI SALVAR A RUKIA. EU QUERO SABER SE ELE VAI GANHAR DO IRMÃO DELA !!!
 
              -Paps, N/N tem razão, estamos nisso a um tempão, que tal uma pausa pra alguma outra coisa em ?
 
               -OK, MAS O QUE VAMOS FAZER ?
 
             -Que tal um joguinho ?_ Perguntou se levantando, em quando todos olhavam para você, que tinha uma pequena ideia do que jogar.      
 
             -Que tipo de jogo ?_ Perguntou animadamente Frisk, você foi ate a cozinha, os deixando curiosos na sala, voltando minutos depois com uma garrava "Isso teve servir".
 
             -PARA QUE ISSO HUMANA ?_Perguntou Papyrus levantando e se aproximando de você.
 
             -Verdade ou desafio._ Disse em quando levantava a garrafa a cima da cabeça com um sorriso.
 
             -O que ?_ Frisk pareceu um pouco perdida, você olhou para os monstros, eles pareciam não ter entendido também.
 
              -Vocês... nunca jogaram, verdade ou desafio ?_ Os monstros ficaram em silencio, Frisk ficou pensando em algo, tentando lembrar de algo.
 
              -Não, não á nenhum jogo desse tipo no subsolo. 
 
              -Não faz mal, eu explico. Primeiro, sentem no chão, façam o circulo._ E assim fizeram, a sua direita estava Papyrus, logo vinha Sans, Frisk, Undyne e Alphys que estava a sua esquerda. -Bem, vamos girar essa garrafa, a ponta vai perguntar ou desafiar, e quem estiver do outro lado, vai ter que escolher entre ter que responder uma pergunta, e não vale mentir, ou... um desafio, depois de escolher desafio, não pode voltar atras, o mesmo vale pra verdade.
 
               -HUM, QUAL A GRAÇA DE FICAR FAZENDO PERGUNTAS, E DESAFIAR OS OUTROS ?
 
               -Não se preocupe Paps, vai ser muito divertido.
 
               -N-não sei se i-i-isso é uma boa i-ideia.
 
               -Calma, não vale fazer perguntas sobre a vida amorosa de ninguém, não se preocupe ?_ Você disse a Alphys, a fazendo corar bastante.
 
               -Ok, então, vamos começar._ Disse Frisk, animada como sempre, então você colocou a garrafa no meio, e a girou. Você pergunta para Frisk.
 
               -Verdade ou desafio Frisk ?
 
               -Verdade !
 
               -Ok, sem mentir... você é virgem ?_ Você pode  ver Frisk corando violentamente, virando um tomate.
 
              -P-p-pensei que não teria perguntas amorosas._ Reclamou Frisk/tomate. Antes de responder você observou os monstro ao redor, Alphys estava assustada e muito vermelha, Undyne ria, Papyrus parecia não ter entendido a pergunta e Sans, seus "olhos" aviam virado um enorme buraco negro, que te encaravam. Você quase não conseguiu desviar o olhar.
 
              -Bem, se a pergunta fosse Você tem um namorado, bem seria sua vida amorosa, bem, é assim que funciona o jogo, agora só falta Frisk responder, sem mentir e vamos pra próxima. Simples não ?
 
              -EU AINDA NÃO VI A GRAÇA DO JOGO.
 
              -Hum, pense assim, esse jogo serve para aproximar as pessoas, como elas não podem mentir, acabamos ficando mais próximos.
 
              -ENTÃO ESSA BRINCADEIRA VAI NOS TRANSFORMA EM MELHORES AMIGOS ?_ Papyrus parecia uma criança que acabara de receber o melhor presente de todos, você achou isso muito fofo. " Paps é tão inocente, kawai"
 
               -Sim !!! Bem, Frisk,já pode responder.
 
               -E-eu... sou virgem_ "Bem, eu já sabia" Pensou em quando colocou a garrafa para girar. Alphys pergunta para Sans.
 
               -V-verdade ou desafio ?
 
               -Ah, desafios tão muito trabalho ! Verdade.
 
              -Bem, eh... Por que você gosta tanto de fazer piadas ruins ?
 
             -Bem... eu diria que foi por causa do Pap.
 
             -VOCÊ GOSTA TANTO ASSIM DE ME TIRAR DO SERIO ?
 
              -Bem, é divertido, mas, a primeira vez que fiz uma piada ruim você riu tanto, he, você passou mal de tanto rir. Então, eu fiz de novo e de novo, ate virar algo natural pra mim. É algo assim,
 
               -Eu não sabia disso._ Frisk parecia surpresa, e extremamente feliz, Papyrus, ele estava emocionado. 
 
               -SANS... EU... MUITO OBRIGADO MANO.
 
               -Bem, vamos continuar ?_ Perguntou já girando a garrafa, Papyrus pergunta para Alphys.
 
               -VERDADE OU DESAFIO DOUTORA ?
 
               -V-verdade !
 
               -HUM..... AH, JÁ SEI. O QUE VOCÊ ACHA DA MINHA COMIDA ?_ Silencio... um pesado silencio tomou conta da sala, em quando Papyrus esperava animadamente uma resposta, Alphys se via em uma situação bastante perigosa, e sem saber por que, olhou para Sans, que a encarava com seu usual sorriso largado. Mas por algum motivo isso só deixou Alphys mais nervosa, e com um pouco de medo.
 
               -Eh.... bem, eu... eu acho ela... diferente de qualquer coisa que eu já tenha comido._ Nesse momento você não pode não rir, Papyrus ficou super contente e animado.
 
                -CLARO CLARO, NEM SEI POR QUE EU PERGUNTO, MINHA COMIDA É INCOMPARÁVEL, UNICA !!!
 
                -Sim, com certeza._ Confirmou Sans.
 
                -NYEH HEH HEH HEH HEH HEH.
 
                -Bem, vamos pra próxima._ Disse já girando a garrafa. Você pergunta para Undyne.
 
                 -Então Undyne ?_ Perguntou já sabendo a resposta, afinal, todos sabiam.
 
                  -HA HA HA HA, verdade é para os fracos !!!! eu quero desafio.
 
                  -Ok né._ Você pensou um pouco, e logo teve uma ótima ideia, então olhou para Alphys, que assim que percebeu que estava sendo encarada por você, ficou pálida, já tento uma certa ideia do que você varia a Undyne fazer, "Ela já teve ter visto isso em algum anime". - Então Undyne, eu desafio você a... beijar a Alphys. Mas... não um beijo comum, quero um beijo bem quente e sexi.
 
                   Alphys, corou violentamente, Undyne apenas se levantou, e puxou Alphys para cima, para perto dela, colando seus corpos, logo passou sua mão, no rosto da outra gentilmente, para que a mesma não ficasse tão densa. Então seus lábios se tocaram, começando com um simples selinho, e logo se aprofundando.   
 
                   Undyne estava com uma mão na nuca de Alphys e a outra em sua cintura. O beijo foi bem demorado, quando finalmente se separaram, estavam ofegantes, Alphys estava vermelha, e querendo se enterra na terra, em quando Undyne, apenas deu seu sorriso de sempre, como se dize-se 'Eu ganhei' enquanto de encarava.
 
                   -Boa Undyne._ Disse quando pegava a garrafa para girar de novo, mas antes de conseguir girar, Frisk perguntou.
 
                   -Fale fazer os outros se beijarem ?
 
                    -Sim, e tirar a roupa também._ Frisk pareceu bem nervosa com essa informação. 
 
                    -Então você gira a garrafa. Frisk pergunta para você.
 
                    -Verdade ou desafio N/N ?
 
                    -Desafio, aproveite e se vingue de mim._ Frisk ficou um certo tempo, tentando pensar em algo divertido, mas nada vinha a sua cabeça, " Se ela escolhe-se verdade, eu perguntaria a mesma coisa que ela me perguntou, mas não faço ideia do que desafiar."
 
                    -Por que você não me desafia a te beijar Frisk, seria bem divertido hehehehe._ Você sugeriu com intenção de ajuda-la, mas ela pareci ter entendido como uma provocação, pois ficou bem irritada. 
 
                     -Posso fazer você beijar quem eu quiser certo ?
 
                    -Sim, mas sugeri que escolha alguém solteiro. 
 
                    -Então... ah, foi mal, desafio você a beijar o Sans._ Todos do comodo ficaram bastante surpresos, você apenas riu bem nervosa, estava acostumada com esse tipo de brincadeira, e já avia beijado outras pessoas, por causa de desafios, mas quando lembrou que teria que beijar, Sans, Sans um esqueleto, que você mal conhecia, e te fazia se sentir de formas estranhas. Aquilo te fazia sentir arrepios , se inclinou para o lado, para encara-lo. 
 
                    Escuridão, pura escuridão, seus 'olhos' estavam negros como uma noite sem estrelas. Você se levanta e vai para perto dele, afinal, desafio, é desafio, certo ? Você se ajoelha bem em frente a ele, ele pareci não notar sua presença, você tenta chama-lo, mas ele não responde. Você decidi terminar logo com isso, então se aproxima dele, com a intenção de beija-lo. Mas, então, magicamente, ele some, você se assusta, e se levantou rapidamente. Sans avia sumido. 
 
                    -Ninguém disse nada sobre beijo._ Você se virou para trás, e lá estava seu alvo, mas ele estava diferente, seu olho direito brilhava azul, você ficou encantada, e ao mesmo tempo assustada, algo dizia para você que corria perigo, e para se manter alerta. 
 
                    -SANS !!!! É só um jogo. Repreendeu Frisk um pouco assustada, Undyne e Papyrus estava perdidos, e não entendiam o que estavam acontecendo, mas Alphys e Frisk, pareciam um pouco assustadas.
 
                    -Vamos Sans, é só um beijo, não precisa disso tudo, eu mordo._ Você tentou convence-lo, mas ele não pareceu mudar de ideia. Isso te irritou bastante. -Sera que nosso esqueleto é Bv ?_ Você o provocou. Ele não pareceu se importar. "Esse esqueleto idiota." "Qual o problema desse cara afinal ?" "É só um beijo." "Isso tudo, só pra não me beijar ?" " Ah mas ele vai ter me beijar. Querendo ou não!!!"
 
                   Você então foi em direção a Sans, se aproximando dele, mas Frisk a impediu de continuar. Estava um pouco pálida, e parecia estar com medo, ignorando isso, apenas disse que estava tudo bem, tudo ficaria bem. Depois de ter se aproximado o bastante, você tentou acalma-lo, mas ele parecia estar desligado das coisas ao retor. Você tentou achar um jeito de chamar a atenção dele, e teve uma ideia.
 
                  -Ei Sans. Qual o tamanho do seu pênis ?_ Undyne começou a rir desesperantemente, e Frisk ficou vermelho num nível que você era capaz de a confundi-la com um tomate. Sim, você sabia que era uma pergunta idiota,mas ela acabou despertando em você uma certa curiosidade. "Sera que esqueletos tem ?" "Uma coisa de cada fez". Sua ideia deu certo, Sans parecia estar em choque com sua pergunta, então sem pensar duas vezes, você se jogou em cima do esqueleto, e o desequilibrando, fazendo vocês dois irem parar no chão da sala.
 
                  Quando Sans percebeu o que avia acontecido, e pensou em reagir, você o agarrou, e forçou seus lábios nos deles. Um simples selinhos, mas foi uma experiencia nova para você, nunca avia beijado um esqueleto antes,(Ainda bem né ?). Os ossos de Sans eram lisos, e causava uma sensação boa em seus lábios, queria ficar ali um pouco mais, mas teria que se retirar. Mas antes de afastar seus lábios de Sans, você sentiu algo, algo molhado, parecia ser uma linguá, nos seus lábios. "Deve ser coisa da minha cabeça, afinal, esqueletos não tem linguás, certos ?" .
 
                  Você se afastou de Sans, e pode ver, seu cranio estava completamente azul, azul ciano.
 
                  -Que lindo !_ Você sussurrou, bem baixo, quase inaudível, mas Sans pareci ter ouvido, pois o azul de seu rosto parecia ter ficado mais escuro. Você demorou um pouco de se levantar de cima do esqueleto, ficou um bom tempo o encarando, quando finalmente deixou o sair, se virou para o resto de seus amigos com um sorriso natural.
 
                   -Feito._ Afirmou, todos pareciam um pouco perdidos, mas Undyne parecia estar se divertindo bastante. Antes que alguém pudesse dizer algo, você se pôs a correr para dentro da cozinha, e voltando rapidamente com um copo de água nas mãos. Correu em direção a Sans que se escondia em um canto da sala.
 
                    -Aqui._ Disse esticando seu braço, o entregando o copo cheio de água. - Da próxima vez vamos proibir beijos, então, não fique bravo ok ?_ O esqueleto apenas suspirou, e acenou com a cabeça, e em momento nenhum, olhou diretamente para você, sempre desviando o olhar. "Parece que o jogo virou não é ?".
 
                    -Sou só eu que estou com fome ?_ Perguntou já entrando na cozinha.
 
                    -Comemos não tem tanto tempo!_ Você respondeu.
 
                    -Mas é sempre bom mastigar uma coisa ou outra as vezes._ Respondeu Frisk. Você a olhou, parecia bastante feliz, e animada. -Espero que não fique brava com ele, ele é bastante infantil as vezes, mas que o Paps. Mas... ele pareceu se divertir bastante hoje. Obrigada._ Se virou e seguiu Sans, deixando você sozinha na sala. " Ue. Cade o povo ?"
 
                   Estavam todos na cozinha comendo alguns doces que aviam trazidos.
 
                    -EI !!! Deixem Nutella pra mim!!!
 
 
                   
 
                    
                   
 
 
 
               
 
         
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Notas Finais


Bem, irei fazer um especial de 50 favoritos, irei pegar 2 personagens criados por vocês, irei escolher um menino e uma menina, irei postar um cap, explicando melhor como vai ser, mas já vão criando seus personagens. Boa sorte.

Bem vocês acham que estou indo bem com a fic, as vezes acho que tem algumas coisas erradas, tipo, acho que não tinha necessidade de escrever aquilo, tipo aquile corre corre do Sans, eu podia só ter escrito um beijo normal, bem, são escolhas bem importante, não sei se estou fazendo oque deveria, mas bem, o que acham ?

Estou com serias duvidas sobre a minha escrita.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...