História Treat You Better - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~KyliewJenner

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Camerondallas, Mendes, Shawn, Shawnmendes
Exibições 164
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Uma noticia um pouco triste:
Em breve, a fanfic acabará. Haverá mais uns dois ou três capítulos, para então, chegarmos ao final.
Ansiosos? Alguns já podem deduzir o que irá acontecer.
Segunda temporada já está sendo escrita!!! (Tá cheia de surpresas e personagens novos, cof cof)

Enfim, fiquem com a leitura <3
~Gabix

Capítulo 16 - Ruin


Fanfic / Fanfiction Treat You Better - Capítulo 16 - Ruin

Quatro Meses Depois

Há quatro meses e alguns dias que eu e Daniel estamos namorando. Eu ainda não falo com Hope, Cameron e tampouco Shawn, apesar de eu ouvir a voz dele cantando todos dias de noite. Minha vontade é de dizer que me arrependendo e que quero ele como amigo, mas não posso ser fraca. Não sou o tipo de pessoa que fala que está errada, apesar de eu saber que estou.

É um pouco difícil, Hope e eu sempre fomos muito intimas. Compartilhávamos nossos segredos e sempre que estávamos mal ou no tédio recorríamos uma a outra. Agora, eu não tenho mais isso. Perder uma amizade tão importante assim, do nada, é horrível, e quando você sabe que a culpa é sua, é pior. 

O baile de inverno está chegando em breve, meu vestido já está escolhido, mas não me sinto segura em usa-lo. Hope sempre me ajudou com isso. Céus, Sofia! Você consegue viver sem Hope, qual é? 

Olhei pela janela, vendo Shawn. Ele estava molhado, provavelmente havia saído do banho. Shawn havia malhado, tenho certeza disso. Assim que ele me viu, desviei o olhar e fingi estar arrumando a cortina. Entretanto, sou péssima em disfarçar. Ele caminhou até sua janela e fechou com cortina com força. Me assustei.

Soltei o ar presso no pulmão e caminhei até minha cama. Conectei meu fone no iPod e escolhi uma música aleatória. Peguei meu celular, vendo que havia mensagens do Daniel. Eu revirei os olhos, não sabia o motivo ao certo, mas não estava mais gostando tanto da relação que estávamos tendo. Desde que ele me pediu em namoro, há uns meses atrás, ele não está tão atencioso ou carinhoso. 

Dan: Hey, ansiosa para sábado?

Sábado era o baile de inverno, eu e ele éramos indicados a rei e rainha, junto com mais algumas pessoas, como Shawn. Não sei porque ele ligava para esse tipo de coisa, é tão bobo.  

Eu: Sim.

Eu não estava tão ansiosa. Ano passado foi divertido, Hope e Cameron foram eleitos a reis e eles ganharam, por isto este ano eles não concorrem. Foi divertido. Dançamos muito e ficamos até tarde.

Dan: Já reservei o hotel, vai dar tudo certo, confia em mim <3.

Quanto a isso, eu estava nervosa. Daniel havia preparado algo especial para mim, logo após o baile e eu já sei o que é. Digamos que ele irá tirar minha virgindade. Muitas vezes as pessoas não planejam isso, mas Dan quer que seja especial e que eu esteja pronta. E bom, eu estou.

Eu: Ok :3 Estou muito ansiosa!

Logo após mandar a mensagem larguei meu celular na cama, parei a música e caminhei até o banheiro para escovar os dentes, pois já estava indo dormir. 

Assim que sai do banheiro comecei a ouvir a doce voz do Shawn cantando, sai para a varanda, para poder ouvir melhor. Fiquei observando as estrelas, enquanto sua voz fluia pelos meus ouvidos. 

Você pensa em mim?
Você se sente da mesma forma?
Você se lembra de como nos sentíamos?
Porque eu lembro, então me escute, amor

Eu não estou tentando arruinar sua felicidade, amor

Mas, querida, você não sabe que

Eu sou o único para você

Eu pelo menos passo pela sua cabeça, amor?

Senti uma lagrima escorrer pelo canto do meu olho, pois aquela música me tocou profundamente. Passei a manga do moletom no rosto, limpando. 

Qual é, Sofia? Você não pode, não deve, chorar por causa disso. Vocês não são mais amigos. Do que adianta ficar sofrendo?

* * *

Shawn Mendes

Eram três e meia da manhã e eu já havia acordado pelo menos quatro vezes. Eu não conseguia dormir nem por uma hora. Sentia meu corpo pesado, mas minha mente totalmente acordada. 

Já estava desistindo de dormir. Encarei o teto, pensando em tudo que estava acontecendo na minha vida: Sofia só acaba cada vez mais comigo, meu pai quer que eu se encontre com ele e a situação econômica da minha vó que só piora mais.

Minha vida está desabando. 

Peguei meu celular no criado-mudo e digitei o número do Cameron, já que não havia ninguém mais que eu pudesse falar. Enquanto o celular chamava, eu ficava enrolando a barra da camisa no dedo.

Tive que ligar duas vezes, até que ele atendesse.

— Hey, dude — Cameron atendeu com voz de sono

— Hey — falei, desanimado.

— O que aconteceu? São quase quatro horas da manhã — olhei no celular, conferindo. Eram 3:53 am. 

— Aconteceu tudo— soltei o ar presso nos pulmões. Me ajeitei na cama.

— Pode começar a conta — ouvi um grunhido e murmuro de garota, Hope, espero. 

— Eu estou pensando em aceitar a proposta do meu pai — ouvi um barulhos. Ouvi passos e logo em seguida a porta se fechar. 

— Como assim?! Você não pode ir de Pickering — ele falou alto. Provavelmente ele havia ido ao banheiro, para não acordar Hope.

— Eu to cansado, Cameron. Eu não aguento mais. Acha que é fácil ter que ver ela todos os dias, a escola e em casa, e não poder dizer nem "oi"? É difícil. Eu só consigo compor músicas sobre ela, parece que é o único jeito de eu falar com ela e eu nem sei se ela ouve. 

— Mude de casa, Shawn— ele falou, como se fosse simples.

— As coisas não são assim. A situação econômica daqui só piora. Sei que o fato de eu estar aqui piora as coisas. 

— Não, Shawn. Você está errado — Cam bufou do outro lado da linha. 

— Eu vou me encontrar com ele amanhã, não há mais volta.

— Shawn, só por favor, pense muito no que você vai fazer.

— Eu vou pensar, Cam — o sono estava começando a vir, novamente — Eu vou desligar, até amanhã.

— Até — encerrei a chamada.

Eu acho que é isso. Acho que vou morar nos Estados Unidos da América, em breve. Morar com meu pai. Ele tem condições e sei que não vou incomodar ele como estou incomodando aqui, morando com minha avó. Vou estar longe do Cameron, meu melhor amigo, e Sofia, a garota que amo, mas vou superar. Farei novos amigos e manterei contato com Cam, isso se tudo der certo. 

Eu acho que vou embora. 


Notas Finais


Ansiosos para o próximo capítulo?
Sexta-feira, ein! Não se esqueçam!
Amo vocês <3

~Gabix


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...