História Treat You Better - Capítulo 3


Escrita por: ~

Exibições 38
Palavras 1.437
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Violência

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heeey, voltei. Perdoem-me a demora.

Capítulo 3 - Filme de Terror


A campainha soa novamente e Shawn grita:

- Ja vou! -Consigo ouvir quando ele abre a porta, mas não tem ninguém.- Tem alguém aí?

- HAAAAAAAAAA! -Alguém grita, fazendo Shawn xingar.

- Que porra! Idiotas!

- Fracote! -Michael aparece na cozinha.- Mabbel?!

- Mabbel? -Ed aparece também. Os dois me olham confusos.

- Estamos atrapalhando algo? -Pergunta Michael com um sorriso maroto nos lábios.

- Sim, nossa sobremesa. -Diz Shawn entrando na cozinha e ficando ao meu lado.

- O que houve com tua sombrancelha, Mabbel? -Pergunta Ed. Michael parece reparar agora.

- Luke se meteu em uma briga e eu fui tentar separar...

- E o que vocês dois estão fazendo aqui? -Pergunta Michael.

- Jantando, oras! -Responde Shawn.

- Um jantar romântico?

- Porra Clifford! -Todos gargalhamos.

- Shawn fez o jantar e eu a sobremesa.

- Woaah, eu adoro a comida do Shawn... Posso comer? -Ed pede.

- Eu também tô com fome...

- Comam, seus mendigos! -Shawn gargalha e eu pego a faca novamente.

- Posso cortar?

- Claro... -Ele me olha e sorri. Eu corto um pedaço e coloco num prato. A aparência está maravilhosa. Corto outro pedaço e coloco em outro prato.- E ai, vai encarar? -Digo levantando uma sombrancelha.

- Colocou veneno, não? -Shawn diz semicerrando os olhos.

- O mais poderoso... -Falo fazendo minha melhor cara de mafiosa.

- Espero morrer em um segundo... -Ele dá a primeira colherada e mastiga.- Puta merda... -Diz ele de boca cheia.

- Que? Que foi? Ta ruim?

- Cara, ta uma delicia! -Ele come mais enquanto eu dou minha primeira colherada.

- Okay, ta gostoso... -Como mais, me servindo mais um pedaço e a ele também.

- Hey, vão comer o bolo todo? -Michael reclama. Me assusto e sorrio.

- Ainda tem cookies. -Tiro-os do forno e coloco encima da bancada.

- Cara, que cheiro bom... -Ed entra na cozinha.- Quem fez o bolo e os cookies?

- Eu fiz, mas Shawn me ajudou. -Digo e sorrio.

- Mike, vamos lavar a louça logo para comer a sobremesa!

- Sim, sim... -Ed e Michael lavam a louça enquanto eu e Shawn tiramos os cookies da forma.

- Ja podemos comer? -Pergunta Ed.

- Ja... -Ele corta um pedaço do bolo e come.

- Puta merda...

- Foi o que eu disse... -Shawn sorri e pega um cookie, e eu faço a mesma coisa.

- Ta bom para cacete! Come o bolo Mike! -Ele fala de boca cheia e pega mais um pedaço. Michael pega um pedaço e come.

- Nossa Mabbel, ta muito muito bom! -Michael diz quando prova.

- Mal posso esperar para comer os cookies mas, se me permitem, vou pegar mais um pedaço desse bolo maravilhoso... -Enquanto todos gargalhamos, Ed e Michael pegam outro pedaço de bolo. Quando vou pegar mais um cookie, Shawn também pega, o mesmo que eu, fazendo nossas mãos se encontrarem. Eu coro e o olho.

- Ham... Pode pegar. - Ele pega e me dá.

- Fica você pegou primeiro, tem outros aqui... -Sorrio envergonhada.

- Não é justo, você queria esse... Pega, pode pegar.

- Mas você também queria esse, então pode ficar.

- Tive uma brilhante ideia... -Ele corta no meio.- Pronto, agora nós dois temos o cookie. -Ele me entrega uma metade e e pego, sorrindo. Como e espero os meninos comerem também. Eu divido o bolo em quarto grandes pedaços, um para mim, um para Shawn, um para Ed e o outro para Michael; assim terminamos o bolo. Como eu fiz muitos cookies, decidimos tomar leite e ver um filme. Os quarto nos sentamos no sofá e começamos a ver um filme de terror.

- Espero que você não grite como da última vez, Mike. -Ed diz e todos gargalhamos. Eu secretamente pedi aos Deuses paea eu não gritar.

Eu comi a maioria dos cookies apenas por puro medo. Eu não queria gritar, muito menos demonstrar medo, então eu comia os cookies para parecer indiferente. De vez em quando, nós davamos uns "pulos" juntos. Eu percebi quando começou a chover, de vez em quando eu olhava para a janela e via os relâmpagos. Shawn estava do meu lado, completamente preso so filme. Ele nem piscava. Eu não queria mais ver o filme, mas não queria ser a medrosa. Fiquei quietinha assistindo ao filme, o único problema foi quando os cookies acabaram. Eu decorei a sala inteira, pois eu olhava para todo o canto, menos a televisão. Ninguém parecia notar meu desconforto, e isso me deixava mais desconfortável ainda, pois eu queria sair dali, mas não queria ser desrespeitosa. Eu juro que vi as luzes piscando. E a última coisa que eu preciso é um apagão. Eu morro de medo de escuro. Silenciosamente eu pedia aos Deuses que não desse apagão, pois eu ficaria louca, gritando, correndo... Até bater a cabeça em alguma coisa e desmaiar. Isso ja me aconteceu umas cinco vezes e eu não quero que aconteça denovo... Por alguns segundos eu fechei meus olhos e tudo ficou quieto.

- Puta merda... -Ed xinga.

- Ai caralho... -Michael xinga.

- Porra, vai queimar a televisão... -Shawn se queixa. Com medo de abrir os olhos, eu emito algum som de engasgo, ou algo do tipo.

- Mabbel, você ta bem? -Shawn pergunta.

- Não... - Eu respondo com a voz fraca.

- Você tem medo de escuro? 

- Sim... E de tempestade.

- Me dá a mão... -Eu estico a mão para o lado e coloco q mão na dele. Sinto-o dar um pulo. Deve ter se assustado.

- Ham... Mabbel, essa mão é minha mão... -Ele coloca as duas mãos encima da minha e eu percebo onde minha mão estava... Em um local comprometedor...

- AI MEU DEUS! ME DESCULPA! -Grito de pura vergoonha e acabo levantando. Sim, foi ai que eu me fodi... Eu tropecei em alguma coisa e caio de bunda no chão. Michael e Ed estão gargalhando e eu sei que Shawn está se controlando para não gargalhar.

- Mabbel, fica onde você tá. -Ele me procura. Quando eu olho para a minha esquerda, vejo dois pontinhos amarelos brilhantes. Eu arregalo os olhos e meu coração bate mais forte e aceleradamente. Eu pisco forte e os pontos somem. Okay, fiquei maluca... Quando olho para minha frente, os postos amarelos brilhantes estavam exatamente na minha frente. Sinto um peso em minha perna e uma... Lambida? UMA LAMBIDA EM MEU ROSTO! Grito e empurro esse negócio para longe. Ouço um miado e todos ficam quietos.

- Sara? -Shawn pergunta e ouço-o começar a andar.

- OUCH! -Grito quando algo atinge meu pé. Algo cai encima de mim, me fazendo deitar no chão. Meu único extinto é bater com toda minha força.

- AI! AI! AI! CALMA, SOU EU! -Shawn grita no meu ouvido.

- Desculpa... -Sussurro. Sinto o calor de seu corpo encima do meu. O hálito dele está em meu rosto. Chocolate. Sua respiração está acelerada e muito próxima a minha boca. Não posso me controlar. Meus olhos estão fechados e minhas mãos estão segurando os braços dele. Sinto-o aproximar o rosto bem devagar. Nossos lábios estão a milímetros de se encontrar. Eu quero isso... Rapidamente umideço meus lábios e espero.

- Ham... O que vocês estão fazendo? -Pergunta Michael. Abro os olhos e as luzes estão acesas. Shawn sai de cima de mim rapidamente e me ajuda a levantar.

- Ham... Nossa, ja tq tqrde, né? -Falo olhando para meu relógio.- Eu... Eu ja vou pessoal... Valeu pela noite.

- Calma, eu te levo. -Shawn vem atrás de mim. Eu escuto o barulho da chave do carro e espero ao lado da porta do passageiro. Todo o caminho foi silencioso. Quando ele estaciona na porta da minha casa eu o olho.
- Obrigada Shawn. Eu adorei hoje. -Sorrio.

- É, eu também... -Ele me olha. Ficamos nos olhando.

- Shawn?

- Sim?

- Por que você me olha assim? -Pergunto respirando pesado.

- Se eu fizer uma coisa, promete que não me bate? -Eu não tenho mais controle sobre o meu corpo. Não sei mais quem sou... Vejo-o se aproximar cada vez mais. Fecho meus olhos e espero. Quando seus lábios tocam os meus, sinto um delicioso arrepio por todo o meu corpo. Ele segura meu rosto e eu seguro nos braços dele. Ele pede passagem e eu cedo. Shawn beija tão bem, tão calmo, carinhoso... Tão diferente de Luke. LUKE! Rompo o beijo.

- Shawn, me desculpa! -Saio do carro e corro para casa. Ouço-o me chamar, mas ignoro. Tomo um banho e tento esquecer aquele beijo.- O que você está fazendo comigo, Shawn Mendes?


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Guys, essa fanfic não tem muitos leitores, favs ou comentários... :( Isso me deixa triste e sem vontade de escrever/postar. Se puderem, indiquem a Fanfic para amigos(as), parentes, vizinhos(as), animais de estimação, colem na janela, na porta, na testa... Hahahaha Eu gosto muito de escrever, mas preciso de incentivo para continuar. Se puderem me ajudar, eu agradeceria infinitamente.
Xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...