História Três Amigas E Um Segredo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 1
Palavras 1.413
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Sou nova aqui, essa e minha primeira historia por favor perdoem os meus erros ortograficos(e se quiserem deixem suas criticas contrutivas e suas opnioes nos comentarios), se gostarem curtam e é isso beijos!!! Espero que gostem pois dei o maximo e mim para fazer o melhor para vocês!

Capítulo 1 - O Sequestro Pt 1


Fanfic / Fanfiction Três Amigas E Um Segredo - Capítulo 1 - O Sequestro Pt 1

P.O.V Mellany

Lá estava eu no dia mais feliz da minha vida, o dia da adoção das minhas irmãs; estava tudo normal ,meu pai Richard estava lá conversando com a assistente social enquanto eu brincava com Biatriz e Sophie no parque do orfanato . Até aí tudo bem mas no sonho quando as meninas se afastam sinto alguém me observa entre as árvores mas não consigo ver o rosto, mas pelo porte físico parecía ser um homem, me aproximo dele e ele diz em um tom ameacador:

-Eu vou voltar, e vou pegar vocês.

A vos dele começa a se repetir se repetir varias vezes em minha mente e tudo fica escuro ,as voz vai se distanciando
Desperto do sonho com o barulho do meu despertador. Me levanto rápidamente , um pouco assustada e ofegante e desligo o despertador . Me levantei calcei minha pantufa, e me dirigi ao banheiro fiz minha higiene matinal tomei um banho demorado ; quando terminei vesti um roupão, enrolei meu cabelo com a toalha e fui até o meu closet; vesti uma calça jeans clara e croped preto , calcei um alstar também preto e coloquei um colar  de brilhante e sai do quarto rumo a cozinha. Quando cheguei na cozinha todos já estavam acordados , Sophie estava ao lado de minha mãe Jolie , Biatriz estava ao lado de meu pai Richard , então me sentei ao lado de Bia e disse:

-Bom dia...my family 
Todos sorriram e responderam "bom dia". Então Bia disse:

-Mel você caiu da cama de novo? É o terceiro dia seguido que você é a última a acordar...para quem é sempre pontual isso é muito inconveniente.

Sorri sarcásticamente e disse:

-Ah...querida Bia, apenas estou indo dormir muito tarde , mas você deveria se preocupar mesmo e com essas suas olheiras orriveis que nem o melhor corretivo tampa!

-Mas foi por uma boa causa e com ou sem olheiras eu sou linda!

Sorrimos uma para a outra e eu disse:

-Estamos ficando boas nisso!

-Verdade! Qualquer pessoa de fora acreditaria que nos odiamos!

Meu pai enterrompe e diz:

-Vocês deveriam parar com essas brincadeiras, não tem graça nenhuma.

Minha mãe completa dizendo:

-Seu pai tem razão meninas, as vezes de tanto fingir acaba virando verdade

-Relaxa mãe, nós nos amamos, essas brigas são apenas brincadeiras somos muito unidas para brigar-mos assim.

Assim que terminamos o café, nos despedimos dos nossos pais com um beijo na bochecha, entramos no meu carro e traçamos o caminho para a casa da Carrie. Mas no meio do caminho avistamos um garoto de cabelos castanhos , vestindo uma camisa de manga longa cinza e uma jaqueta preta , uma calça jeans escura e um gorro também cinza combinando com sua camisa. Chego mais perto e percebo que é Austin; o idiota do irmão dele deve ter feito ele ir de a pé de novo. Paro o carro ao seu lado , abaixo o vidro e digo:

-Deixe me adivinhar! Seu Irmão de novo?

Ele dá um meio sorriso e diz:

-Como sempre neh!

Sorrio, destravo a porta para que ele entre.

- Neh! - reviro os olhos -- entra aí, nós te levamos.

Ele entra comprimenta as meninas e as mesmas respondem. Chego na casa de Carrie e vamos para a escola.
Chegando na escola estaciono e deço do carro com minhas irmãs, Carrie e Austin. Andamos em direção ao gramado para nos sentarmos em baixo das árvores, mas no meio do caminho encontramos Jacob e Cler, reviro os olhos e digo:

-Ótimo!

Austin diz:

-Eu mereço!

Cler nos Olha Força Um Sorriso E diz:

-Ora...ora...ora, se não são os carrapatos!

Olho fixamente em seus olhos e respondo:

-Ora...ora..ora, se não é o bichinho de estimação do idiota sem noção - sorrio ironicamente.

Então Jacob se manifesta:

-Ei! Eu não sou idiota muito menos sem noção.

Antes que eu possa responder algo, Cler dá um tapa pouco forte em Jacob e diz:

-Ela diz que eu sou seu bichinho de estimação,e você não me defende mas se preocupa em ser chamado de idiota! Francamente Jac você já foi mais cavalheiro!

Eu às meninas e o Austin só observamos:

-Claro que me defendí! É cada um por sí, aprenda a se defender sozinha !

Sorrio e digo:

- Tá vendo o idiota sem noção fala e o bichinho de estimação obedece calado, francamente tenho coisas melhores para fazer do que ficar aqui presenciando isso, com licença.

Digo isso forço um sorriso e saio continuando meu caminho para as árvores. 
Depois de um tempo vamos para o nossos armários pegamos nossos materiais e nos dirigimos para a sala. As horas passam voando e chega a última aula , que é de educação física, vamos para os vestiários nos trocamos e nos dividimos em os que vão jogar queimada ou futebol e os que vão dançar. Eu às meninas e o Austin ficamos com a aula de dança com o professor Robert . No fim da aula o professor nos parabeniza por termos feitos todos os passos corretamente. Seguimos para os vestiários nos trocamos e vamos para o carro, deixo Austin em sua casa e vou para a minha com as meninas. Chegando em casa deixamos nossas mochilas em cima do sofá e vamos para para a sala de televisão, nos sentamos e eu comecei a falar:

-Então Carrie o que tá rolando entre você e o Mick?

Ela arregala os olhos um pouco e diz assutada:

-Como assim? Do que você tá falando? Não tem nada acontecendo entre nós!

-Hum, sei acha que eu não percebi que vocês não paravam de se olhar durante as aulas?

Bia se manifesta dizendo:

-Verdade! Você nem prestou atenção na aula!

Sophie diz:

- Fala, pode confiar em nós, somos suas amigas.

Então ela se da por vencida e diz:

- Tá eu acho que estou gostando dele.

Eu e minhas irmãs falamos juntas;

-Eu sabia!

E Carrie continua.

-Mas eu não sei se ele gosta de mim, e também tem aquele jeito estranho dele de se vestir

Bia logo diz:

-Amiga ele não para de te olhar, com certeza ele gosta de você.

Eu a olho e também digo:

-Verdade, é quanto ao modo como ele se veste e só você chamar ele para andar com a gente, aí podemos ajuda-lo a vestir-se melhor

Ela sorri e diz:

-Tá legal, segunda eu falo com ele.

Ficamos um tempo falando de coisas de meninas . Então a Biatriz diz:

-Então meninas a conversa tá ótima mas tenho que sair

-Hum , já até sei com quem você vai se  encontrar ! -digo sorrindo-.

-Dylan -diz Sophie e Carrie juntas-.

Então ela responde:

-Sim e o Dylan,mas antes que vocês pensem besteira somos apenas amigos , como a Mel e o Austin!

Reviro os olhos e digo:

-Hum,hum sei! Tudo bem só não esquece que você não pode chegar tarde , se não o papai surta!

- Tá OK! Até mais tarde

-Até -dizemos todas juntas.

____________________________________

P. O. V Biatriz

Saio da sala de televisão, subo para o meu quarto tomo um banho rápido visto um short jeans escuro uma regata branca com uma jaqueta preta e uma sapatilha bege. Termino de me arrumar e saio para encontrar Dylan. Sigo meu caminho a pé para a cafetería, quando sinto uma pancada forte em minha cabeça, minha vista escurece meu corpo fica mole e Caio no chão desmaiada .
Algum tempo depois , começo a abrir os olhos lentamente , quando minha conciencia volta vejo que estou sentada em uma cadeira amarrada;tento me soltar más é em vão, quando levanto a cabeça vejo uma pessoa toda de preto com uma máscara que só me permitía ver seus olhos por seu porte físico parecia ser um homem. 
Quase em um sussurro digo:

- Quem é você? Onde estou?

Ele fica parado me olhando e diz:

-Sou o seu pior pesadelo! E quanto ao lugar onde você se encontra ,fique despreocupada ninguém irá encontra - la aqui

-Por que você tá fazendo isso? É dinheiro? Eu tenho muito dinheiro e só você pedir que minha família paga , mas me solta por favor!

- Ah! Querida não é questão de dinheiro, eu quero falar com seu pai.

-Richard? E só você ligar para ele , mas meu pai não parece ter amigos com o seu perfil

-Quanta ingenuidade , não estou falando do seu pai adotivo , estou falando do seu pai de verdade o André. 


Notas Finais


Então pessoal e isso por hoje. Logo logo posto o segundo capítulo espero que tenham gostado. Se gostaram nao esquecam de curtir e comentar por favor!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...