História Três Amigas, Uma Sorte - 2 Temporada. - Capítulo 52


Escrita por: ~ e ~poxaniall

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, One Direction
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Demi Lovato, Ellie Goulding, Harry Styles, Joe Jonas, Liam Payne, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Nick Jonas, Selena Gomez, Taylor Swift, Zayn Malik
Exibições 400
Palavras 2.892
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AVISOS GERAIS:
Desculpem a demora. Estava com um bloqueio criativo meio complicado, porque a história está grande e difícil de fechar. Mas, eu vou repetir: Não vou abandonar a fanfic! Nunca abandonei uma fanfic antes e não vou fazer isso aqui. Está demorando um pouco mais pelo meu bloqueio e porque eu estou com outras fanfics em aberto.Mas, não se desesperem se demorar um pouquinho, eu sempre volto para atualizar! :)
Enfim, não vou dar uma previsão de quantos capítulos ainda faltam, justamente pelo bloqueio. A história até está na cabeça, mas está difícil passar para o papel. Acho que serão necessários mais uns três capítulos para que a história feche adequadamente, mas vamos lá!

Ps: Caso você não saiba, eu, Anne, estou fazendo uma votação para que as minhas leitoras possam escolher entre quais fanfics novas elas querem que eu escreva. Eu postei os prólogos que tenho prontos e vocês me dizem qual querem que eu atualize assim que TAUS terminar! :) Vou deixar o link do Jornal nas notas finais com todas as fanfics que participam da votação. Tem de 1D, 5sos, Justin Bieber... Enfim, e também vou deixar o link da fanfic nova do Harry e a 3ª temporada da Fanfic Que Virou Best Seller para quem me acompanhou por lá.

Beijos e espero que gostem! <3
~anneirwin

Capítulo 52 - O Plano de Liam.


Fanfic / Fanfiction Três Amigas, Uma Sorte - 2 Temporada. - Capítulo 52 - O Plano de Liam.

P.O.V. MIRIANE ON.

- Não, não traga ela aqui. – Ashton pediu, frustrado, quando eu cheguei perto da bateria com Sky no colo. Ash tinha um estúdio no subsolo da casa que era a prova de som para evitar que isso incomodasse Sky. No entanto, quanto mais nossa filha crescia, mais curiosa ela ficava para tentar entender o que o pai ia fazer no andar de baixo. Nos últimos dias, ela chegou a criar uma mania ruim de sentar na porta do estúdio e ficar chorando até o pai reaparecer.

- Ela estava chorando de novo. – Eu falei, sem jeito, enquanto Sky olhava tudo em volta com curiosidade. Ashton tirou os fones de ouvido e estava quase guardando as baquetas quando eu o interrompi. – Não, Ash, tente tocar.

- Isso vai assustar ela. – Ele disse, chateado.

- Toque devagar só para ela ver. Ela fica curiosa para saber o que você está fazendo aqui embaixo, talvez se ela entendesse...

- Está bem. – Ele disse, respirando fundo.

- Você quer ouvir o papai tocar uma música? – Eu perguntei para Sky que provavelmente não entendia direito o que eu dizia, mas assentiu sorrindo.

- Sky, olha só. – Ashton tentou chamar a atenção dela e bateu de leve em um dos pratos fazendo um som rápido e esperou que a filha reagisse. Sky arregalou os olhos, surpresa, encarando Ashton e depois virou para mim, igualmente alarmada.

- Oh! – Eu exclamei, me divertindo e ela abriu um sorriso, voltando a encarar o pai, atenta.

- Mais uma vez? – Ele perguntou e fez um som mais longo com mais pratos. Assim que ele parou, Sky estava novamente com a cara de espanto olhando para nós dois sem entender.

- Veja, amor, é uma bateria. – Eu disse, chegando mais perto e tocando em um dos pratos, enquanto ela observava atenta. – Ba-te-ri-a. Consegue falar?

- “Bateííía”. – Ela repetiu, nos fazendo rir.

- Vem cá! – Ash pediu e eu entreguei Sky sentada no colo dele. Ela encarou a bateria enorme diante dela, confusa, provavelmente tentando decidir onde bater primeiro, porque imediatamente ela tentou arrancar uma baqueta da mão de Ashton. – Não, espera, tem uma aqui. – Ashton tirou a baqueta da mão dela e pegou uma mais fina numa caixa de baquetas que ele tinha ao lado do instrumento. Sky pegou o pedaço de madeira, empolgada, e bateu imediatamente onde ela alcançava. – Devagaaaar! – Ashton se assustou com a filha batendo freneticamente na bateria, o que me fez rir imediatamente. – Assim, querida. – Ele tentou ensinar, segurando na mão de Sky, mas ela imediatamente entendeu que ele iria retirar a baqueta da mão dela e começou a resmungar para se livrar da mão do pai.

- Nããããããããão! – Ela ia tentar fazer manha e começou a bater as pequenas perninhas e Ashton a segurou firme.

- Sky, eu estou tentando te ensinar.

- Nããão, saaaaai! – Ela gritou até Ashton desistir e largar a baqueta. A manha parou imediatamente e ela voltou a bater na bateria animada.

- É um bom começo. – Eu disse, achando graça e Ashton respirou fundo, encarando a filha que batia descompassada na bateria e sorria com as covinhas a mostra.

- O que está acontecendo? Ah, nããão! – Calum resmungou, entrando no estúdio. – Ela não vai gostar mais da bateria. Ela adorava o baixo! – Ele falou, frustrado, nos fazendo rir.

- Tudo que ela fazia era andar com o baixo para os lugares, mas ela nem se interessava direito pelo barulho. – Liam respondeu, entrando logo atrás.

Os meninos da 5sos estavam em ensaio na casa e tinham subido para pegar algo para comer enquanto Ashton continuava na bateria. Liam tinha vindo para nos ajudar com Mari e Niall nos preparativos do casamento.

- Barulho, não, som! – Calum corrigiu, frustrado, enquanto via a afilhada batendo na bateria animada.

Luke e Michael desceram logo após, animados para continuar o ensaio, enquanto Niall e Mari vieram mais lentos, impacientes por estarmos demorando no andar de baixo.

- Temos muita coisa para planejar. – Mari nos apressou.

- Tudo bem, eu vou tirar a minha filha daqui. – Eu disse, decidida, mas no momento em que ameacei tirar Sky do colo de Ashton, a manha recomeçou.

- SKY! – Ashton a repreendeu e Sky imediatamente se encolheu, parando de chorar e espernear. Obviamente, nos partia o coração ter que gritar com ela, mas parecia que nossa filha tinha uma personalidade mais forte que nós dois juntos e era definitivamente muito mais ativa do que jamais fomos. – O que o papai já conversou com você? – Ele perguntou, ainda de cara fechada, enquanto Sky continuava encolhida, com um biquinho, olhando para a baqueta nas mãos.

- Oh, vem cá com o tio! – Luke imediatamente se meteu e tirou Sky do colo de Ashton com facilidade. Ashton respirou fundo, frustrado.

- Vocês estragam a educação dela. – Ashton avisou, chateado, enquanto Sky já sorria novamente no colo de Luke.

- Que pecado brigar com ela. – Luke a abraçava e Calum fazia uma careta para animá-la.

- Praticamente um crime! – Calum concordou e eu respirei fundo. Não tínhamos saída com os meninos sempre mimando a pequena Sky.

- Vem, o tio deixa você brincar na guitarra, que tal? – Luke ofereceu e Calum se animou.

- Eu deixo você brincar no baixo!

- O baixo é sem graça, Calum, ela não vai gostar. – Luke falou fazendo com que Calum fechasse a cara. – Vem. – Ele decidiu, colocando Sky no chão e dando a guitarra para ela com cuidado. O primeiro som estridente da corda se fez no estúdio inteiro. Em pouco tempo, ela estava tocando todas as cortas e fazendo um barulho muito alto que quase nos deixava surdos. Luke olhou animado para Ashton que continuava emburrado. Calum começou a dançar com o pescoço, empolgado e Sky tinha um sorriso enorme no rosto.

- Imagina só... – Niall tentou falar para Mari ao meu lado com todo aquele barulho. – Será que... – Como o mundo sempre conspirava, imediatamente, Sky parou de tocar e Niall praticamente gritou na sala sem perceber. – SERÁ QUE O FILHO DA FANY VAI SE INTERESSAR PELAS MÚSICAS DA ONE DIRECTION?

O clima pesado se fez e todos ficaram em silêncio. Liam olhou, sobressaltado, para Niall.

- O que...? – Liam tentou perguntar, confuso.

- Niall, mas que coisa! Eu não posso te contar nada! – Mari o repreendeu, sem jeito.

- A FANY TÁ GRÁVIDA? – Michael perguntou, surpreso.

- ESPERA! – Liam perguntou, nervoso. – ELA ESTÁ GRÁVIDA DE QUEM? Eu... Eu nem sabia que ela estava com alguém. – Ele parecia enciumado. A ironia é que o filho era dele. De que adiantava esconder ou mentir? Seria pior.

- Ela não está com ninguém, Liam. – Eu disse, sem jeito e lancei um olhar para Ashton que me olhava, preocupado.

- Então...? – Liam perguntou e rapidamente ligou os pontos na cabeça.

- Anne... – Ele chegou mais perto de mim e falou baixo. – Ela está grávida de quantos meses?

- Três. – Eu disse, baixo, e deixei que ele ligasse os pontos sozinho. Rapidamente, Liam colocou as mãos na cabeça, nervoso.

- O que está acontecendo? – Michael perguntou, incomodado.

- Você sabe. – Liam concluiu, me encarando e eu assenti. – Niall e Mary também.

- Eu também. – Ashton assumiu e Liam continuou transtornado.

- Quando ela ia me contar? – Ele perguntou, alto demais e eu respirei fundo, porque Mari parecia se sentir culpada demais para falar e Niall estava travado. Eu teria que lidar com aquilo.

- Ela descobriu essa semana, Liam. – Eu disse com calma.

- COMO ELA DESCOBRIU ESSA SEMANA? JÁ FAZEM TRÊS MESES! – Liam gritou, nervoso e Ash interveio:

- Ei, Liam, relaxa! – Ele censurou meu amigo por gritar comigo. – A Fany descobriu só agora sim e a Anne não tem culpa nenhuma.

- Eu sei... – Liam respirou fundo, tentando pensar. – Desculpe, Anne. Eu só... Deus... Ela ia me contar?

- Ia, Liam. – Eu assenti, rapidamente.

- Por que ela não contou ainda? – Liam continuou insistindo.

- Cara, até eu já entendi essa história. – Niall respondeu, impaciente. – Ela descobriu essa semana e ia te contar. Você também não queria que ela corresse no mesmo dia para te avisar, né?

- Ela estava tão assustada quanto você está agora. – Mari ajudou.

- Vocês voltaram? – Michael perguntou, de repente.

- Nós... – Liam parou, ainda sem saber o que responder.

- Eles vão voltar. – Eu resolvi responder para cortar Michael que virou a cara para mim, imediatamente.

- Espera, Sky vai ter um amiguinho! – Calum comemorou, mas Liam continuou olhando para o teto. Eu fiquei me perguntando se o cérebro dele não estava derretendo ou algo assim.

- Oi, gente! – Fany entrou no estúdio, sem jeito. – Não tinha ninguém lá em cima, então a empregada me mandou vir aqui e.... Tudo bem?

- Tudo! – Todos se apressaram a responder, assustando Fany com o coro repentino. Eu observei atentamente, enquanto Liam estava com as mãos na cintura, visivelmente tenso e encarava a barriga de Fany sem disfarçar.

- Oh, isso é interessante. – Michael falou, irônico e eu o metralhei com o olhar. O que tinha de errado com aquele garoto?

- Que foi? – Fany perguntou, notando que Liam estava nervoso.

- Nada. – Ele disse, sem jeito, visivelmente tenso.

- Que tal a gente subir para tomar alguma coisa? – Eu falei.

- Mas, nós estávamos lá em cima até agora. – Calum falou, perdido.

- Vamos. – Eu falei, lançando um olhar significativo para Calum que entendeu na hora.

- Ah, ok! Vamos!

- Uma cerveja? – Ashton perguntou, tentando desfazer o clima pesado.

---*---

- E como andam os preparativos para o casamento? – Harry perguntou assim que sentou no sofá ao lado de Louis, eles tinham acabado de chegar para ajudar também. Todos estávamos vendo televisão, porque assim evitávamos o clima pesado da gravidez de Fany.

 - Muito bem. – Mari respondeu. – Mais alguns meses até a data e ficaremos malucos.

- Eu só imagino. – Harry riu, se divertindo.

- GENTE! – Calum gritou no meio da sala e todos o encaramos, enquanto ele segurava Sky por uma das mãozinhas, enquanto ela estava em pé, já que a outra estava livre e esticada para a televisão. Lá passava um clipe dos meninos da 5sos, She’s Kinda Hot, que atiçou Sky imediatamente. Nós nunca tínhamos mostrado a banda de Ash na televisão, então era algo novo para ela.

- Ela está reconhecendo? – Michael perguntou, curioso.

- Eu acho que está. – Ashton se aproximou e eu parei ao seu lado, tentando entender, enquanto ela apenas esticava a mãozinha e tentava andar para perto da televisão.

- Dada... – Ela balbuciava. Foi tudo muito rápido. Mas, meus olhos de mãe gravaram como se fosse em câmera lenta. Sky soltou a mão de Calum e andou três passinhos desajeitados para a televisão, parando para se equilibrar com as mãozinhas sobre a tela. Ela não percebia o que tinha acabado de fazer, mas todos nós demoramos alguns segundos para absorver.

- TITIO LUKE! – Ela gritou no momento em que Luke apareceu cantando bem na frente. Foi o que nos despertou imediatamente.

- ELA ANDOU! – Eu falei, empolgada, enquanto Ashton a pegava no colo para lhe dar um abraço.

- Tudo bem, querida, se me perguntarem, vou dizer que você andou porque ME reconheceu no clipe. – Ashton falou, rindo.

- Ela me ama mais, eu sabia. – Luke falou, orgulhoso e estendeu a mão com o punho fechado para Sky que bateu com a mão aberta, porque não sabia o que fazer. – Isso aí, garota!

- AAAAAAAAAAAAAH! – Ela gritou, empolgada, nos assustando. – PAPAI! “MÃÃÃÃIN”, OLHA LÁ! – Ela gritava, observando a televisão em que Ashton cantava seu solo.

- É, filha, essa é exatamente a reação que eu tenho toda vez que vejo esse clipe e todos os outros, quando seu pai aparece. – Eu fiz piada, dando um beijo no rosto dela.

- Vocês não pensam em ter mais um filho? – Harry perguntou, enquanto eu observava que Sky voltava para o chão e se apoiava na televisão, tentando dançar, hipnotizada pelos meninos no clipe.

- Ah... – Eu tentei falar, mas sabia que o assunto atrairia “gravidez” para o foco.

- Pensamos. – Ashton falou, distraído com Sky. – Nós queremos tentar mais um em breve para não ter uma diferença de idade muito grande entre o próximo e Sky.

- Isso seria ótimo. – Harry concordou. – Vocês tem que aproveitar. É sensacional quando o casal é sólido e se apoia dessa maneira. Uma gravidez necessita de toda uma estrutura emocional e...

- É verdade. – Eu o interrompi, nervosa, enquanto observava Fany se encolher no sofá, chateada.

- Eu adoraria ter um filho. – Liam se apressou a dizer, nos fazendo prender a respiração. Fany o encarou, surpresa, ela parecia até encantada.

P.O.V. MIRIANE OFF.

P.O.V. STÉFANE ON.

Eu observei Liam, surpresa. Por que ele sempre tinha que ser gentil e falar as coisas corretas? Eu queria poder contar para ele sobre a gravidez, mas estava travada. Como falar com ele após tantos meses? Ele ficaria irritado? Ele ficaria nervoso? Eu não poderia culpá-lo por nada.

- Você seria um bom pai. – Niall concordou com um sorriso estranho. Algo parecia errado.

- Logo você encontra uma mulher certa e tem os seus próprios. – Harry desconversou e eu respirei fundo, nervosa. Ele não podia encontrar outra, ia ser uma tragédia completa.

- Talvez, ele já tenha encontrado. – Niall continuou e eu cerrei os olhos, desconfiada.

- Ok, Niall. – Liam falou, sem paciência. – Vou pegar mais uma cerveja. – Ele disse, de repente, se levantando e saindo da sala.

- VOCÊ SABE! – Eu falei, irritada, para Niall que olhou para o teto, tentando disfarçar.

- Eu sei do que? – Ele perguntou, desconsertado. – Eu não sei de nada. Do que eu deveria saber? Não sei, porque nunca sei de nada. Não teria como fazer ideia do que você disse, por quê? Porque, Mari nunca me conta nada também.

- Cale a boca! – Eu o repreendi e Mari respirou fundo, me encarando, sem jeito.

- Desculpe. – Ela disse, se encolhendo e eu bufei. – É difícil guardar segredos dele!

- Pode ficar tranquila, o Liam não sabe de nada. – Miri me falou, séria. Por que eu sentia que o clima estava diferente?

- Tem certeza? – Eu perguntei, desconfiada.

- Certeza absoluta. – Mari confirmou.

- Do que vocês estão falando? – Harry perguntou, interessado.

- Nada. – Eu me apressei em dizer.

---*---

- Estou indo para casa. – Eu decidi, quando já passava da meia noite e estávamos cansados de organizar convites de casamento.

- Tudo bem. Obrigada pela ajuda, Fany. – Mari agradeceu, exausta e eu sorri, me levantando da mesa.

- Ei, eu posso te levar. – Liam se ofereceu e eu o encarei, perplexa. Ele não falava comigo desde o dia em que eu o cortei. Por que ele estava sendo gentil agora?

- Será? Não precisa. – Eu me apressei a dizer, sem jeito. – Eu moro aqui perto. Ash pode me levar, afinal a Sky já dormiu.

- Não, eu levo. – Liam insistiu, se levantando. – Eu já estava indo embora também.

- Ah, tudo bem. – Eu disse, sentindo algo esquisito. Mas, já que ele insistia, eu não iria contrariá-lo. Talvez, eu conseguisse contar sobre a gravidez, finalmente.

- Vamos. – Ele disse, enquanto pegava a chave e se despedia de todos. Eu me despedi, rapidamente, e o segui para fora de casa.

- Tudo bem? – Ele perguntou, de repente, quando eu entrei no carro.

- Tudo sim. – Será que ele sentia o quão nervosa eu estava?

- Como estão as coisas? – Ele perguntou, distraído com a estrada. Isso me deu uma leve sensação de deja vu, a primeira vez que nos deixamos levar pelo desejo foi num carro. Mas, isso fazia muitos anos.

- Estão... Estão corridas. Diferentes. – Como eu diria que estou grávida? Como?

- Diferentes como?

- Ah, muitas surpresas. – Eu disse, sem jeito. Nossa, Fany, é sério que você vai contar dessa maneira? A surpresa é que eu estou esperando um filho e adivinha? Ele é seu!

- Legal. – Ele disse, distraído. – E você está feliz?

- Nervosa, mas feliz. – Eu admiti, olhando pela janela. Conversar com Liam sempre me acalmava, mesmo que ele não fizesse ideia do que eu estava falando.

- Stéfane... Eu sei que nos distanciamos. – Ele começou a falar mais sério e eu o encarei, surpresa, que ele abordaria aquele assunto. – Mas, eu queria que você soubesse que você pode contar comigo ainda. Nós não acabamos da melhor maneira, mas você é muito importante para mim.

- Você também é muito importante para mim, Liam. – Eu disse, desviando o olhar. Ele me lançou um olhar de canto de olho antes de continuar.

- O que tivemos foi muito especial e acho que nunca vou sentir algo assim por outra mulher, então seria legal se voltássemos, pelo menos, a ser mais amigos.

- Eu concordo. – Eu disse, sorrindo. Que alívio. Ele queria ser meu amigo. Minha mente pensou rapidamente que aquele não era o melhor momento para contar da gravidez, mas era um início.

- Ótimo. – Ele disse, e eu assenti, deixando o assunto morrer.

P.O.V. STÉFANE OFF.

P.O.V. MIRIANE ON.

- Alô? – Eu atendi o celular, no viva voz, porque Mari ainda estava na minha casa, ocupada com os convites e nós provavelmente passaríamos a madrugada em claro.

- Anne? – Liam me chamou do outro lado da linha.

- Oi, Liam! – Mari anunciou.

- Que bom que vocês duas estão aí. Eu tenho um plano e preciso da ajuda de vocês. – Ele disse, decidido, nos fazendo sorrir, porque já sabíamos do que se tratava.  


Notas Finais


NOVA FANFIC COM HARRY STYLES:
https://spiritfanfics.com/historia/am-6753316

3ª TEMPORADA DE A FANFIC QUE VIROU BEST SELLER:
https://spiritfanfics.com/historia/a-fanfic-que-virou-best-seller--2-geracao-6722150

JORNAL COM DEMAIS FANIFCS QUE PARTICIPAM DA VOTAÇÃO E ESCLARECIMENTOS:
https://spiritfanfics.com/perfil/mdcardozo/jornal/novo-metodo-de-atualizacao-das-fanfics-6721569


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...