História Três Garotas e Loucas Aventuras - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~Lalyia

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Happy, Laxus Dreyar, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Millianna, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe
Tags Aventura, Dragon Slayer, Drama, Fairy Tail, Romance, Trama, Universo Alternativo
Exibições 16
Palavras 3.666
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo, Minna! Voltei com mais um capítulo, esse ficou grande, mas não desistam. Vocês podem ir lendo aos pouquinhos... :) Até as notas finais! [Cibrs]

Capítulo 5 - Buscas - Cap. 3


Fanfic / Fanfiction Três Garotas e Loucas Aventuras - Capítulo 5 - Buscas - Cap. 3

 

— Muito bem pirralhos! – o mestre chama todos - Vou separar vocês em grupos de busca.

E assim ficou a divisão:

1ª Equipe: Gray, Juvia, Lucy, Levy e Gajeel.

 Equipe: Cana, Wendy, Erza e Laxus.

 Equipe: Natsu, Dlayla e Cibelly - isso não vai dar certo...-

 Equipe: Elman, Mirajane e Lisan

Com as equipes formadas, eles se separaram e começaram a buscar por Magnólia. Segundo Natsu eles vasculharam o mundo .

*Com a 1ª Equipe:

 KYAH! Juvia está muito feliz porque está com o Gray-sama.

 Oe... Oe... – o cara do gelo fala - Foco gente, foco.

 De repente fiquei preocupada com o Natsu... – Lucy declara - Deu um mau pressentimento.

 Preocupada Lu-chan? – Levy a olha maliciosamente.

 Gee hee. Deixe a bunny girl em paz, baixinha.

*Com a 2º Equipe:

~~~~ Silencio, apenas. ~~~~

*Com a 3ª Equipe:

 Vamos para a direita – Era o Natsu.

— Não! – era Dlayla -  Vamos para a esquerda!

 Direita!

— Esquerda!

Cibelly, que já estava com os cabelos lisos, via os dois continuarem...

— Direita!!!

 Esquerda!!!

Até que, “acidentalmente”, a ruivinha empurra os dois. Um detalhe digno de destaque: Eles estavam em uma colina.

Dlayla e Natsu, rolando colina abaixo: “PARA O INFINITO E ALÉM!”.

 IDIOTAS! – grita descendo a colina, andando calmamente.

*4ª Equipe:

 Homem que é homem procura a irmã de seus nakamas!

Mira e Lisanna o ouviam com uma gota enorme se formando em suas cabeças.

Já estava quase anoitecendo quando todos decidem voltar para casa. Mas claro, sem perder as esperanças.

—----------------Mermaid Hell-------------------------

Depois de ter chorado o dia todo, Camila se recompõe e decide ir atrás de Dlayla e Cibelly.

 Kagura-chan! Preciso de ajuda.

— Continue...

— Quero que alguém da guilda me ajude a procurar por minha nakama e minha onee-chan - disse choramingando.

— Eu irei! – Milliana se prontifica.

— Arigatou, Milliana-chan

— Ok, podem ir – Kagura autoriza.

Então as duas saem à procura de dois seres não tão bem identificados assim.

—------------------------------------Fairy Tail--------------------------------

 Ahh!! Estou tãããããõ cansada! – era Dlayla, reclamando da vida.

Todos os outros dizem “AYE!”.

 Onde nós iremos ficar? – Cibelly, de repente lembra que as duas não tinham, até então, onde dormir.

 Podem ficar na Fairy Hills. – diz Erza - Depois discutimos a questão do pagamento.

Cibelly e Dlayla conversavam:

— Depois daquela “queda” – a morena olha acusadoramente para Cibelly - fiquei parecendo uma múmia, com a capa toda enrolada em mim...

 Foi um prazer ajudar com isso... – e sorri maliciosamente.

—--------------------------X------------------No outro dia--------------------------X---------------

 Camila-chan, chegamos a Crocus!

 Finalmente!

—---------------------X-----------------Na Fairy Tail-----------------X-----------------

 Bom minna! – Dlayla cumprimenta - Vamos continuar as buscas! ^^

 Sim, sim. – Mira responde - Mas, antes disso... Por que não tira essa sua capa e nos deixa ver seu rosto direito?

 Minna, ela não gosta! – Cibelly intervém - É tímida com isso.

 Oe, Oe... Eu vou tirar só pra te contrariar...

Sem que percebessem a galera que conversava percebesse, acabou por se formar uma roda cheia de magos interessados em ver o rosto da maga dragon slayer. Inclusive o mestre.

 1... 2... 3... meia... e... e.... já! Pelos poderes de Graiscow!

Todos a encaram, julgando.

 Sem brincadeiras, mocinha – Mira repreende com uma aura maligna se formando.

Assim que Dlayla tirou a capa, todos, inclusive o mestre, ficaram meio que boquiabertos vendo direito o rosto e claro, o corpo da garota, deixando-a constrangida.

— E então?

Homens da guilda “Ô lá em casa!”.

Dlayla disse “Ahn?”.

E eles voltaram atrás: “Quer dizer... Kawaii!”

Mestre: Bom, pirralhos... Então continuem a busca!^^

Ao que todos respondem: “Hai! Jia nee!”.

— E lá vamos nós... – Cibelly anuncia.

Natsu ia entrando agora na guilda, tinha perdido toda a comoção da garota com a capa.

— Ohayou!

Mal deu tempo dele entrar e o garoto já foi sendo carregado para fora da guilda. De repente, Natsu para em frente a Dlayla a encarando confuso.

 Quem é você?

— Sou Dlayla, seu idiota!

— O.O Você está... digamos... diferente! O.O

Foi aí que ela percebeu que ainda estava sem a capa.

 Kyaah! Minha capa! Mira... - aura assassina.

— Deixa de ser besta, guria! Vamos logo! - E puxa Dlayla e Natsu pelo braço.

 H-Hai!

—------------X---------Crocus (Com Camila e Milliana)-----------X-------------

 Vamos começar a busca, Milliana.

 Hai! ^^

Uma hora depois...

 Já estou cansada de tanto andar! ;(

 Vamos parar para comer e descansar um pouco. Aquele gatinho é tão fofo!

 AYE!

Dito isso, Milliana corre atrás de um gato que passava por ali. Mas, após isso, as duas saem à procura de um bom e barato restaurante, até que o encontram. Elas então almoçam e voltam à sua busca.

—----------------X--------------- Fairy Tail --------------------X--------------------------

*EQUIPE 4

 Kyaaaaaaaah! Como ela é fofa! ^^

 Mira-nee, por que você está usando essa capa?

 É confortável! ^^

— Isso é tão homem!

*EQUIPE 3

— Vamos à cidade onde se localiza a... a Sabertooth... Natsu anuncia.

 Isso é tão estranho... – Cibelly solta.

 O que?

— Eu falar mais que Dlayla!

 Dlayla... – Happy chama.

— ? – a morena responde com uma cara de “que”.

 Você goxxxxxxxxxxta do Gray? - patinhas sobre a boca.

Cibelly e Natsu dizem a Happy: “Não enrole a língua...”.

— Sim... – cora - Mas não é do jeito que você pensa.

 K...K...Ka...Kawaii! – Happy gritou, abraçando Dlayla.

*EQUIPE 2

~~~~~~~ Silencio... ~~~~~~ Menos pela Cana, que estava bêbada e falando bobagens.

*EQUIPE 1

 Para onde estamos indo?

Todos, menos a Lucy que perguntou: “Crocus. Onde ocorreram os Jogos Mágicos...”.

—--------X---Com Milliana e Camila----X---------------

 Espere um pouco ai, Camila!

 Estou sentindo um cheiro familiar... Himitsu! - sai correndo pela cidade.

 Himitsu? “Segredo”? - Corre atrás de Camila - Ei! Me conta!

Depois de correr um tempo, e com Milliana gritando que queria saber o “segredo”, Camila para em frente a uma floresta, dando tempo para que Milliana a alcançasse.

 É aqui!

 O que tem aqui?

 É daqui que está vindo o cheiro da Himitsu!

 E segredo tem cheiro? ME CONTA, POR FAVOR!

 Himitsu é o nome de meu neko!

 Aaaaaaaaaaah! NEKOOOOOO!

 Himitsu! Himitsu!

 HIMITSU!!!!!!!!

Então depois de certo tempo elas encontram a Himitsu e depois desse reencontro elas rumam para a estação de trem e voltam para Magnólia.

—--------------+-------------------------+-----------------------+------------------+------------------

 Entramos no covil! – Dlayla afirma.

 Então vamos nos separar – Happy diz - assim sairemos mais rápido desta cidade!

 Então será eu e Happy, você e você - aponta Natsu para Cibelly e Dlayla.

E com isso os 4 se separam.

 Vamos apostar uma corrida?! – a morena propõe a Cibelly, logo antes de sair correndo, sem nem ao menos esperar a reposta.

 Ei garota! Melhor não! - cabelos lisos - Valeu por escutar!

Distraída como ela é, Dlayla esbarra em alguém.

 AI! Gomen nee...

???: “Tudo bem.”

 D-L-A-Y-L-A...- aura maligna.

 Vo-Vo-Vo-Você é o...ROGUE!!!!!! Você é o Rogue Cheney mesmo???

 Sim, e você é...?

 DLAYLA!

 Da pra sair de cima de mim?

Foi quando ela percebeu que estava sentada em cima dele, e sai, corada. Cibelly já estava de boas, e Sting que estava junto de Rogue, estava se acabando de rir daquela cena dos dois.

 Desculpe de novo...

 Que nada... – acena, meio sem jeito.

 Pelo jeito a morena te deixou constrangido! – Sting enche o saco do irmão.

 O quê que você disse loirinho? Eu tenho nome viu! E sou uma fada.

 MASOQ?

 Sayonara! – e sai correndo, puxando Cibelly pelo braço.

 É melhor irmos atrás do Natsu e Happy... – Cibelly comenta para a amiga que acabara de fazer uma saída dramática, também correndo.

 EI! – Sting ouve - Natsu-san esta aqui?

 Sim – Cibelly se volta - E a propósito, vocês viram uma loirinha de olhos lilás por aí?

 Não – O Cheney responde.

 Ok. Valeu.

------- Com Natsu e Happy -------

 Natsuuu, vamos voltar. Estou com fome e as meninas estão logo ali.

 Ok. Vamos nos encontrar com elas logo. Eu também estou com fome!

Todas as outras equipes também estavam voltando, só que ninguém tinha encontrado Camila. Mal sabiam eles que a garota estava mais perto do que eles esperavam...

—-------------------X--------No núcleo Camila da fic-------------X---------------------

 Finalmente chegamos a Magnólia! Que tal irmos à Fairy Tail??

Milliana e Himitsu reagem com um “Ebaaaaaaaa!”.

Quando as três chegaram e adentraram a guilda, tiveram uma pequena surpresa...

 Cibelly... Onee-chan...

Cibelly e Dlayla respondem em uníssono, sem prestar atenção:

— Aah? O que? OI!

TIC, TAC... TIC, TAC...

 CAMILA! HIMITSU!

— Elas perceberam que somos nós! – Himitsu ddeclara - Amém!

 MINNA! CAMILA ESTÁ AQUI! – Dlayla declara o óbvio.

Todos: “YOSH! Seja bem vinda!”.

 Vamos comemorar! – o mestre toma a deixa - Festa! Festa!

Todos: “Aye!”.

E assim se passou o resto do dia na guilda mais barulhenta de Fiore. Ao final da festa, e depois de muito papo, Camila, Himitsu e Milliana tiveram que se despedir da Fairy Tail e voltar à Mermaid Hell, levando as boas notícias sobre a busca, porém, antes de ir, o mestre dá uma lacrima à Camila para que esta mantivesse contato com Cibelly e Dlayla.

—-------------------X Na Sabertooth X---------------------

 Háhá, confesse, Rogue... – Sting estimula - Você está caidinho por aquela “morena”! AHAHAHA!

— O Frosh também acha!

— Claro que não, Sting. E além do mais, ela é uma Fada.

 Quem diria... Um Tigre e uma Fada... – Rufus medita - Como ela é?

 Ora, Rogue! – Sting interpõe - Deixe disso! Desde o fim dos Jogos Mágicos que fadas e tigres não são mais inimigos...

 E como ela é? – Orga retoma a pergunta.

 Ela é linda, assim como a ruivinha amiga dela... – Sting declara com um sorriso malicioso crescendo.

 Sting-kun, é melhor voltarmos para casa – Lector chama.

 Vamos - disse ele, meio distraído, pensando em uma certa pessoinha de cabelos ruivos temperamentais...

—--------------------X Rogue POV’s On X-----------------------

Sting, maldito. Eu não estou apaixonado por aquela fada! Só porque ela me chamou um pouco a atenção... Ah! Mais eu o vi olhando para a amiga ruivinha de Dlayla! Rum! Pensa que eu não vi?

Enquanto eu devaneava, ouço Frosh falando com alguém...

—--------------------X Rogue POV’s Off X-----------------------

 Frosh?

 Fro acha que devemos ajudar! Nós vamos, não vamos, Rogue-kun?

 Calma, Frosh. Ajudar quem?!

 Ele – e Frosh aponta para um neko lilás que estava voando num canto do quarto, perto da janela!

— Quem é você? – rogue pergunta, espantado com aquela aparição.

 Meu nome é Hikari. Me ajudem a achar minha dona, Onegaaaaai!

 Quem é ela?

 Dlayla! ^^

 A fada! - e murmura para si mesmo - Tsc, tinha que ser logo ela?!

— Rogue-kun! Fro quer que ajudemos! - olhar determinado, o quão determinado poderia ser um olhar do Frosh.

— Está bem, Frosh. Partiremos amanhã.

 Arigatô! ^^ - os dois gatos respondem.

 Amanhã será um longo dia... Vamos dormir!

—------------------------X Em outra parte da sabertooth X------------------

 Ajudem, ajudem Akat, por favor!

Bate alguém na janela no quarto de Sting.

 Sting-kun! – Lector chama - Tem alguém pedindo ajuda.

 Quem será? – diz Sting, abrindo a janela.

 ARIGATOU!

 Quem é você? – o outro gato no quarto pergunta.

 Akatsuki. Eu quelo minha donaaa... Voces viram ela por aí?

 Qual o nome dela, pequeno? – Sting pergunta.

 Cibelly-san.

 E como ela é?

 Kawaai! ^^ Ela é ruiva, olhos da cor de chocolate derretido, alta, magra… Ah! E vive com Dlayla-chan!

— Ah! É a fada ruivinha! – Sting, finalmente, realiza.

 Uma fada?! Que faremos, Sting-kun? Vamos ajuda-lo?

— Vamos falar com o Rogue.

—---------------------------------X No quarto de Rogue X-------------------------------

Sting bate à porta: “Rogue, acorde! Rogue!”

Ao que Rogue abre: “O quer, Sting?”

Hikari corre para abraçar Akatsuki, gritando histericamente seu nome, assim que o vê plainar atrás de Sting.

— Hikari! ^^ Como cê veio parar por aqui também? Cadê Dlayla-chan?

 De quem é esse neko aí, rogue?

 Fro sabe que ele é da fada-san desastrada.

 Então ele é da Morena de mais cedo?

 Isso – Rogue afirma.

 Ótimo! – Lector ironiza - Temos 2 nekos de 2 fadas...

— Iremos levá-la para a fada ruivinha amanhã, vocês também vão?

Rogue então afirma que esse é o plano.

 Vamos dormir, Akat! – Hikari chama.

— Hai... - bocejando, Akatsuki se deita na cama de Rogue.

 Lector e eu iremos com vocês amanhã. Não nos esqueçam! Quero devolver o neko para a ruivinha pessoalmente – Sting diz isso e se retira com Lector para sua casa.

 Então vamos dormir – Rogue sentencia aos restantes - Vamos sair bem cedo amanhã.

—----------------------------X No outro dia X -----------------------

Bem cedinho da manhã, Rogue, Sting e os quatros nekos estavam saindo (às escondidas) da sabertooth e se dirigindo à estação. Eles iriam meio que arriscar suas vidas pelas fadas, pois mesmo que Fairy Tail e Sabertooth agora não fossem mais inimigas, tigres confraternizando com fadas iria dar problema...

 Rogue, temos que ir logo de trem? – Sting choraminga.

 Você sabe que assim é o jeito mais rápido.

— Quanto mais rápido melhor! – os nekos anunciam em uníssono.

 Vocês enjoam em transportes também? -  Hikari pergunta.

 Como assim “também”?

 Cibelly-san e Dlayla-chan fazem isso... – Akatsuki sentencia.

 E porquê? – Sting inquire - Não vá me dizer que elas são...

 Dragon Slayers? – Hikari antecipa o termo - É, elas são.

— Ah?! – os dois garotos ficam surpresos com isso.

 Quem as treinou? – Rogue interpela.

 Os quarto grandes dragões: Acnologia, Grandine, Metallicana e Igneel – Akatsuki responde, sorrindo ao lembrar deles.

 WTF? – mais uma vez surpresos, os irmãos se surpreendem por um treinamento tão exagerado.

A viagem se passou calmamente. Rogue e Sting com a doença do movimento, os nekos brincando, dormindo, sorrindo e comendo.

—------------------------------------X Fairy Tail X------------------------------

— O que houve? – Cibelly pergunta à sua amiga - Estou estranhando você tão quieta...

— Saudades de Hikari! Foi o presente que Acnologia me deixou... - diz cabisbaixa e com voz chorosa.

 Também sinto saudade do Akat... Meu doce Akat, onde estará?

 Vou sair para dar uma volta. Jia nee

 Vê se não se perde!- e murmura só para si - distraída como é, acho bem fácil...

 Ok! (risos)

—------------------------------X No núcleo Sabertooth da fic X------------------------

Seis “pessoas” que acabavam de chegar a Magnólia estavam andando pelas ruas discutindo:

 Caso a morena e a ruivinha não estejam juntas, é melhor a gente se separar.

 Ok, vamos fazer isso. – Rogue concorda - Frosh, Hikari e eu vamos por um lado, você, Lector e Akatsuki vão pelo outro.

E assim o fizeram. Não demorou muito para que Rogue localizasse sua ”presa”, que parecia estar perdida em pensamentos e, consequentemente, não notando a presença de certo tigre e dois nekos embaixo de uma árvore, apenas a observando.

 Dlayla-chan! – Hikari gritou em êxctase, fazendo com que a mesma despertasse de seus pensamentos.

 Hikariiiiiii! – a maga correu, abraçando o neko (que voou até ela também).

 Senti sua falta! Muito!

 Eu também senti a sua! Mas como você chegou aqui?

 O Rogue-kun e o Frosh-chan!^^

 E onde eles estão? Preciso agradecê-los!

 Ah, eles estão bem ali embaixo daquela arvore! - aponta.

 Fique aqui que eu volto já!

 Ok.

Dito isto, Dlayla sai correndo em direção a eles, como uma desesperada que ama correr.

 Rogue-kun! – grita.

 Fada-san! – Frosh reage.

 O que foi? – Rogue a responde.

 Arigatou – disse aproximando-se de Rogue e depositado um beijo na bochecha dele e outro na do Frosh, fazendo os dois corarem repentinamente.

 Na... Não precisava. - falou de cabeça baixa - Estou feliz em vê-la de novo. – E sorri de canto.

 Fada-san... Eu te amo! - disse abraçando-a.

 Frosh! – o Cheney repreende o neko.

 Não precisa brigar com ele! - disse, retribuindo o abraço do neko kawaii.

 Tá... - falou sem expressão.

 Tenho que ir agora... Já nee! Foi bom ver voce também Rogue-kun. - e sai correndo, de novo.

Rogue POV´s ON

Eu andava com Frosh e Hikari, quando de repente começo a sentir um cheiro familiar. E eu soube na hora que era o cheiro “dela”!

Vou atrás do doce aroma e depois de alguns minutos encontro a dona do mesmo. Parecia estar pensativa, até que Hikari sai voando em direção a ela. Ora, ela quem? Dlayla, a garota que encontrei outro dia! Vejo de longe as duas conversando e, quando percebo, ela já estava me agradecendo com um beijo. Um em mim, outro em Frosh. Se eu fiquei que nem ele, com certeza estou mais vermelho que um pimentão. Aquilo certamente me surpreendeu, mas eu achei legal. Bem legal. O/

Rogue POV´s OFF

—----------------------------------------X---------------------------------------------X----------------

Cibelly estava emburrada e triste: “Caralho, que saco! O Akat podia ter aparecido comigo!” – pensava num canto, dando uma de emogótica. Depois de falar com Dlayla, a ruiva sai da guilda e começa a andar sem rumo.

 Oh, Kami-sama! Onde estará meu doce Akat? - fala chorosa e cabisbaixa.

 Aqui mesmo!

A garota levanta a cabeça no susto. Qual a primeira pessoa que ela vê? Isso mesmo! Sting! Mas isso foi só por cerca de um milionésimo de segundo, pois logo em seguida uma bola de pelos cinza com branco pula em cima dela, fazendo-a cair sentada em um banco que estava próximo. “Próximo”, no sentido de “atrás”.

 Cibelly-san! Cibelly-san! - aos prantos – Akat sentiu tanto sua falta!

 Akatsuki! Auth! Eu estava triste sem você, fofinho!

Era notável a aura rosa se erguendo ao redor dos dois, que incluía, além de purpurina, milhares de flores moe e um arco-íris brilhando por trás.

 Sting-kun! – Lector observava a cena com o pescoço caído, como que para ver de um outro ângulo - Se ficar um pouco mais doce eu vou criar cáries!

Sting ri levemente, o que faz Cibelly lembrar que o neko não viera sozinho. A garota se levanta, com Akatsuki no colo, é claro.

 Creio que seu nome seja Sting-kun, certo?

 Acertou, ruivinha— ele sorri, dando ênfase no “ruivinha”.

— Humpf! Sou Cibelly. Sabe, eu adoro quando as pessoas me chamam pelo nome! – com os cabelos lisos, a garota solta uma Indireta BEM Direta - Caso se importe em saber...

 Não me importo nem um pouco... – Ele tira sarro e logo neste momento nota a aura ao redor da garota, dessa vez não era mais rosa, definitivamente - Oe, Oe! O que eu falei de mais?!

 Akat lê que Sting-kun goxta da cor dos cabelos de Cibelly-san! E que Cibelly-san ficou surpresa, agora!

O sorriso de Sting murcha e Cibelly cora, com seus cabelos voltando às ondas. Lector apenas observava boquiaberto a cena toda do neko-que-lê-pensamentos.

 Akat-chan! N-Não saia falando essas coisas assim do nada! Sente um instantinho no banco, sim, meu doce?

 Hai!

 Sting-kun! Arigatou gosaimasu – se inclina de leve - por ter trazido o Akatsuki. Ele apareceu na Sabertooth?

 Oe, Oe... Não foi nada! Hai. Ele e Hikari apareceram por lá...

 Ué? Hikari também? Hum... – com a mão no queixo, pensando - Ah! Rogue-kun, aposto! Ele veio deixar Hikari aqui para Dlayla? - sorriso meio malicioso e olhos brilhando.

 Pois é! Virou detetive foi, ruivinha? - cabelos lisos. O sorriso de Sting cresce ao ver a reação da garota e o olhar que esta lhe dá - Ei, Não se irrite! Jya nee...

Sting sai andando e fala para Lector.

 Afinal, eu gostei dela!

Cibelly, como dragon slayer, ouve e responde num tom que ele ouviria também.

— É bom saber isso, lourinho, já que é recíproco! Jya nee!

E sai com Akatsuki rumo à Fairy Tail.

POV´s Sting ON

Depois que nos separamos de Rogue, Lector, Akatsuki e eu ficamos rodando pela área central de Magnólia. Por um mero acaso reconheço um cheiro bom, apesar de não saber dizer se era de menta ou o quê. Só pode ser a ruivinha. Guiei o neko e o exceed comigo até a avistarmos ao longe. Caraca, que corpo, ela é bonita! A ruivinha parecia triste e eu tive que segurar Akatsuki para que ele não nos deixasse para trás. Estávamos em uma pracinha, próximo a uns bancos de pedra. O neko cinza pulou em cima dela, derrubando-a, e uma estranha aura rosa e doce demais surgiu. Mas sempre se pode contar com Lector para quebrar esses momentos! Ele chamou atenção da garota para nós.

Anotação mental: Ela se irrita com a palavra “ruivinha” e seus cabelos são bipolares. Estranho! Não sabia que Akatsuki lê pensamentos até ele nos constranger.No fim Cibelly se recompôs, agradeceu e depois deduziu que Rogue veio atrás da morena também. Trocamos sorrisos maliciosos, até que -não pude resistir - a provoquei de novo.

Sai andando e falei para Lector que tinha gostado dela, tinha esquecido completamente que ela também era dragon slayer e não atentei para o volume da minha voz. Então, obviamente ela ouviu. Mas acabou que foi uma coisa boa, afinal ela disse que tinha gostado de mim também.

Ah! Essa fada promete!

Sting POV´s OFF

—---------------------------X Na Fairy Tail X---------------------------------

Cibelly POV´s ON

Chego à Fairy Tail correndo, corada pelo calor, sem fôlego e com Akatsuki nos braços. Só em meus sonhos que eu poderia passar sem chamar atenção, não que eu tivesse sido muito discreta em minha entrada. Claro que eu tive uma ajudinha de Dlayla, aquela louca escandalosa e sua neko...

— CIBELYYY-CHAAAAN! – Hikari e a dona gritam a plenos pulmões - E AKATSUKI TEMBEEEEEM!

A guilda TODA - eu disse TODA - ouve os “pequenos e nem um pouco altos” gritos daquelaszinhas, e começam a sorrir e a prestar atenção. Povinho curioso!

 Vejo que você também achou seu neko! ^^ - Dlayla faz a simpática.

 Olá, Hikari! Bom te ver... - e lanço um olhar duro para Dlayla - Quer gritar um pouquinho mais alto não?! Acho que até na nossa própria dimensão deu pra ouvir seus berros.

Dlayla, cabisbaixa, diz “Gomen ne!” e volta a sorrir.

— Foi o Sting-kun que te devolveu o Akat?

 Hai! Soube por quem?

 Hikari me contou que os dois foram parar na Sabertooth e que Rogue – vi suas bochechas rosarem de leve com esse nome - e Sting os trouxeram até nós.

 Akat leu! Rogue-kun e Sting-kun queriam ver Cibelly-san e Dlayla-chan de novo! – Akat, mais uma vez, solta coisas aleatórias.

Nós duas coramos.

 Akat! Você fala sem pensar! - repreendi o neko, que começou a chorar, para o meu desesepero.

 Gomeeeeeeeeeeeeeeeeeen! Ç.Ç

 Akat! Não chore! – Hikari o consola e eu concordo. Assim, Akat para e sorri.

 Vamos para Fairy Hills – chamo.

Os nekos iam falando/voando/brincando, enfim, distraídos, lá atrás, por isso falei:

 Como foi rever Rogue-kun, Dlayla? -sorriso malicioso-

 Ora! Urusai baka! – corada.

 Vai negar que gostou? – insinuo alguma coisa com o olhar.

 Hum... – ela devolve - Gostei tanto quanto você, sua ameba vermelha!

 Ei! - dou-lhe um tapa no braço, corando e rimos.

Cibelly POV’s OFF

 

Continua... 


Notas Finais


Yo! Chegaram vivos?! Eu acho que sim. kkkk Então, comentem, pessoinhas! Nos digam o que acharam, avisem qualquer errinho. Até o próximo capítulo! Jya nee. [Cibrs]


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...