História Três Vezes é Problema - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dylan O'Brien, Kaya Scodelario
Personagens Dylan O'Brien, Kaya Scodelario
Exibições 18
Palavras 611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente não terminei o #Peds eu sei! Mas não tive tempo sério mesmo, sorry :c
Faz tempo que não posto né? A criatividade sumiu! Puft!
Mas o importante é que to aqui, feliz dia das crianças aliais!
Então gente uma hora falam Kaya Scodelario e outra Kaya Rose Humphrey é que o segundo nome é o real e o Scodelario é pq ela prefere ser chamada assim, entenderam?
Espero que gostem!

Capítulo 7 - É Minha Vida, Minha Escolha!


A noite após eu ter contado o sonho para a Kaya ela fugiu de sua casa, todos na cidade estão preocupados, procurando a menina gótica.

-Kaya!!!-eu grito

-Kaya!!!!

Paro e vejo que no chão tem um batom vermelho, o mesmo que a Kaya usava, olho para os lados e num canto escuro e escondido o fogo toma conta, saio correndo desesperado.

-Kaya você está ai?!

A resposta é um pedido de socorro, não era qualquer pedido era da voz da Kaya..

-Me salve cabeça de E.T!!!!

Paro e me lembro do sonho em que ela fala o mesmo e eu não salvo ela porém é minha vida, minha escolha e eu escolho salvar a minha emo. Corro e corro e nos destroços acho o corpo da Kaya, todo sujo, todo machucado, a pego no colo e vejo que ela está chorando, limpo suas lágrimas e sussurro que tudo ficará ok, ela murmura que ela é um monstro e pede desculpas, nessa hora ela desmaia em meus braços.

-Kaya!!!!!

Sento no chão com o corpo dela em meu colo, ligo para a ambulância e digo que achei a Kaya Scodelario e que era para eles virem rapidamente que ela desmaiou e que estava machucada, após ligar para eles ligo para os pais dela, informo o endereço e espero eles chegarem enquanto aninho Kaya em meus braços, murmurando que ela ficará boa. Percebo que estou chorando, não creio que um dia eu odeio essa menina e no outro faria qualquer coisa por ela, sorrio e volto a chorar, vejo que tem gente chegando então me recomponho me levanto ainda com a Kaya em meus braços.

-Kaya!!!

Os pais dela estão em prantos e a pegam de meus braços, os dois estão chorando e beijando a testa da garotinha deles.

-Obrigada Dylan, muito obrigada. - diz a senhora Scodelario.

-Não foi nada, a Kaya é minha amiga faria tudo por ela.

-Onde você a achou?- o senhor Scodelario pergunta preocupado.

-Naquele beco que está pegando fogo, já liguei para a ambulância e para os bombeiros. –aviso

-Certo meu jovem.

A ambulância e os bombeiros chegam. Os bombeiros apagam o fogo e a ambulância a leva para o hospital, ando até a minha casa olhando para todos os lados e vejo pessoas me olhando como se eu fosse um herói, dou um sorriso forçado e entro na minha casa onde sou recebido por minha mãe que me abraça.

-Você é um herói meu filho.

Sorrio e me deixo chorar, ela me abraça mais forte dizendo que tudo ficará bem.

-------

Acordo no hospital, não me lembro de nada que aconteceu , sinto dor e vejo que estou enfaixada, meu corpo doí muito.

-Minha filha.

Minha mãe me abraça chorando e eu continuo sem entender o que está acontecendo. Meu pai entra no quarto desesperado e me abraça também, eles se olham e eu já sei, lá vem sermão!

-Kaya como tu pode fugir assim!

-Pai agora não pelo amor.

-Sem essa Kaya Rose Humphrey!

Ferrou minha mãe disse meu nome completo, suspiro.

-Kaya tu não pode imaginar como ficamos te procurando! Minha filha imagina o que aconteceu com a gente ao ver você machucada nos braços do Dylan!

Então foi isso, eu me machuquei e o Dylan me salvou, perfeito! Sabe é muito bom quando o garoto que você sempre humilhou te salva.

-Katia é melhor deixarmos ela descansar, depois brigamos.

Katia é minha mãe caso não saibam. Olho para minha mãe como se suplicasse e ela diz:

-Ok Roger vamos.

-Obrigada pai.

Ah Roger é meu pai, meio óbvio né?

Olho para o chão e me sinto tonta ao lembrar do que realmente houve...


Notas Finais


E aí gostaram? Espero que sim!
Beijos xxx
Unicórnios são da realeza.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...