História Triângulo Da Psicopatia - O hospício - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Bellamy, Ficção, Gay, Kate, Mais, Nathaniel, Novela, Policial, Psicopata, Psicótico, Revelaçoes, Romance, Triângulo Da Psicopatia
Exibições 30
Palavras 1.738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Cabei 😄😄😄

Capítulo 28 - Passaporte para à vida. Parte 2. Temporada 1


Fanfic / Fanfiction Triângulo Da Psicopatia - O hospício - Capítulo 28 - Passaporte para à vida. Parte 2. Temporada 1

      ~~ Nathaniel ~~

      Já se foram 3 dias que Kate foi em bora, acho q estou enlouquecendo, ou piorando, as vozes não param de me incomodar, quando Kate estava a qui elas nem se atreviam a falar só à observava em silêncio. Por enquanto não recebi nenhuma notícia dela, estou muito preucupado com ela e meu bebe, se acontecer algo com eles não sei se conseguirei viver, espero que meu irmão esteje cuidando dela direito, sei que ele não atreveria encostar nela e fazer algo que se arrepender-se, pois ele sabe que se descobrirem que ele e ela tiveram algo mesmo que minúsculo eles iriam leva-la para outro hospital psiquiátrico,  ele é a única esperança de tirá-la da qui sem que ela volte.
Saio de meua pensamentos quando a porta de meu quarto se abre. Olha se não é a sua garota e seu irmão bela. Aff que saco esses demónios não tem outra pessoa pra atormentar não ?
      Bellamy - E ai cara, como você está ? - Meu irmão entra e fecha a porta quando Kate passa por ela.
      Nós estamos bem também, obrigado por perguntar belachata.
      Nathaniel - Caralho da pra calar essa boca... - Droga assustei Kate, ela vem e se senta ao meu lado na cama.
      Kate - Nat, você ta legal ? - Perguntou-me preocupada.
      Nathaniel - sim, estou melhor agora que você apareceu. - Segurei sua mão e ela retribuí-o com um sorriso doce, já meu irmão me olhou-o desconfiado.
      Bellamy - Não minta pra min, eu sei que você está mal.
      Nathaniel - Olha eu não quero falar sobre isso tá, eu quero esquecer esse inferno por máximo de tempo que puder, ficar com minha namorada, meu irmão e meu filho isso me fará bem.
      Bellamy - Tudo bem se não quizer contar agora, mas qualquer coisa é só me chamar, vou trampar. - Ele sorrio e me despedio com um leve asseno de cabeça, logo estava só eu e Kate naquele quarto frio.
      Kate - Nat tem certeza que não quer me contar o que está acontecendo com você ?
      Nathaniel - Tá eu me rendo.
      Também com essa insistência, quem não se renderia ?
      Kate alisou minha mão e esperou paciente eu encontrar as palavras certas.
      Nathaniel - Quando você se foi eu esculto os demónios, bom eu já os escultava a muito tempo mas quando estava com você eles não diziam nada, agora que você se foi eu nem consigo dormir, e isso por que você está fora por 3 dias, acho que não vou aguentar.
      Kate - Eu vou te tirar da qui Nat, e você vai se sentir melhor. Você já contou isso a Hanry ? Talvez ele possa ajudar.
      Hahahaha pena que não será possivel, né Nat...
      Nathaniel - Vou contar pra ele amanhã. - Cara eu odeio mentir, e odeio mentir pra Kate. Claro porquê é todo certinho. Eu falei tudo pra Hanry ontem e ele me disse que é tudo da minha imaginação, que é porque depois que Kate foi e meu irmão ficou auzente minha cabeça criou algo para que não me sinta mais só.
      Conversei com kate por algum tempo, e não pude deixar de reparar em um cachecol que apertava seu pescoço como se quisesse esconder algo, algo como um segredo bem guardado.
      Kate - Que foi Nat, você está me encarando estranho. - Disse risonha.
      Nathaniel - É só. .. Porque esse cachecol está tão apertado ?.
      Talvez seu irmão lobo mal teve à grande ideia de se aproveitar da ovelhinha perdida.
      Kate não respondeu nada só ficou calada pensando em algo para me dizer.
      Nathaniel - Kate ... Meu irmão fez algo com você ?
      Kate - E-eu estava fora de min.
      Nathaniel - E ele ?
      Kate - A-acho que sim, mas ele me disse que não passou de beijos...
      Nathaniel agora tem chifres, vai parecer com nós kkkkk
      Nathaniel - CALEM A BOCA OU EU OS MANDO PARA A PORRA DO INFERNO.
      Kate saio de perto de min com um pulo, e já está em frente a porta, agora sim eu à assustei, droga olha o que eu fiz.
      Mas você sempre fez isso Nat, afastar as pessoas de você, só precisava de tempo para Kate também se afastar. - Disse uma das vozes em um tom macabro e brincalhão.
      Nathaniel - Kate, e-eu não queria te assuastar, vamos terminar a conversa, eu prometo que não vou fazer mais isso. - Me aproximo dela mas ela da mais um passo.
      Kate - Só vou voltar a falar com você quando se acalmar. - Disse já saindo e fechando a porta, droga agora estou sozinho de novo e não sei quando vou vê-la de novo.
      Você não está sozinho, nós estamos a qui com você Nat, e diferente dela nunca vamos te deixar.
      Um dos demónios disse aparecendo bem na minha frente, com um rosto deformado e cinco chifres, sua pouca pele preta e um corpo esqueletico de animal, talvez um cavalo em decomposição, seu olho vermelho escorria um pouco de sangue. Outros demónios também apareceram à minha volta, alguns menos macabros com um corpo humano, mais angelical, droga agora eu vejo anjos ?
      Nunca ouvio a história de Lúcifer ser bonito, por ainda ser um arcanjo ? Pois bem, estes amigos meus eram seguidores de Lúcifer por isso o tom mais angélical.
     Não contive a curiosidade de perguntar.
      Nathaniel - E porque alguns de vocês são mais feios que os figurinos da Lady Gaga ?
       Porquê somos nefilins, junção de anjos caidos com humanos, assim como seu filho.
      Nathaniel - Pare de brincar com minha mente, isso só poderia ser verdade se eu ou Kate foçemos demónio.
      Você já se perguntou por que só você nos vê ?
      Nathaniel - Vão para o inferno. - Fui até minha cama e me deitei enfiando a cara no travesseiro para não os ver, mas infelizmente ainda posso ouvir.
      Já estivemos lá e vai por min não é nada bonito, até mesmo pra monstros como nós.
      Ei que tal brincarmos de quem consegue gritar tão alto a ponto de deixa-lo surdo.
      Boa ideia hahahaha

      ~~ Bellamy ~~

      Guilherme - Então Bel vai me responder ou não ? - Perguntou visivelmente impaciente.
      Bellamy - Não temos nada além de amizade. E quem te contou esse absurdo ? Eu nunca faria nada com Kate. - Menti o melhor que pude, realmente pareci bem convincente.
      Guilherme - Bellamy entenda que à pessoa que me contou pedio sigilo, então não posso te contar quem foi que me falou.
      Talvez se eu negar mais ele desista de insistir que eu e ela temos algo. Acho que não pode ficar pior do que já está.
       Kate - Ei Bel vamos embo... - Uma Kate com um semblante bem triste aparece na porta. - Estou atrapalhando algo ?
      Guilherme - Não Kate eu já iria lhe chamar mesmo, sente-se.
      Kate se sentou ao meu lado.
      Kate - Onde está James ?
      Guilherme - Ele não pode vir hoje por questões familiares - Droga eu realmente arregacei William, pra James não vir trabalhar e ficar em casa, melhor eu conferir se Guilherme sabe o que realmente aconteceu, se ele souber será mais um motivo para Kate voltar para cá, por eu não ser totalmente responsável.
      Bellamy - Você sabe o porquê ?
      Guilherme - Não, ele se recusou a me contar, mas ele volta amanhã ai você pergunta a ele. Voltando ao assunto Kate, Bellamy já tentou fazer alguma coisa com você ? - PUTA QUE PARIO EU NÃO PODERIA ESTAR MAIS FERRADO, ainda bem que Kate é uma boa mentirosa.
      Kate - Alguma coisa como ? - Perguntou inocentemente.
      Guilherme - Algo do tipo abusar de você ou te beijar sem que você queira ? - Nossa agora ficou mais facil mentir, ele perguntou " sem que você queira ".
      Kate - Não, Bellamy é como um irmão mais velho pra min, além disso ser um absurdo. - Ela fez uma cara de nojo, pronto agora acabou Guilherme fez uma careta de " vixi errei no calculo ".
      Guilherme - 16:00 horas da tarde, parece minha deixa, me desculpem o engano.
      Bellamy - Sem problema, é normal, errar é humano. - Sorri pra ele e que me encarou grosseiro.
      Kate e eu se levantamos e fomos até a porta, junto com ele e sua maleta preta.
      Guilherme - Kate qualquer coisa é só me ligar - Ele entregou-lhe um cartão com seu número.
      Bellamy - Acho que não será necessário. - Disse estendendo a mão para cumprimentar-lhe, mas ele só me encarou.
      Guilherme - Assim espero. - Se virou e quando estava mais ou menos um metro longe disse alto e grosso. - Hoje terminarei a carta e amanhã entregarei ao juiz, talvez na quarta vocês recebam o resultado.
      Assenti com a cabeça e ele se virou e foi embora em passos largos.

      ~~ Kate ~~

      Cheguei em casa exausta. Casa achei que nunca mais falaria essa palavra. Tomei banho vesti um conjunto de moleto e fui a cozinha comer algo.
      Bellamy - Foi por pouco que a gente não se fode lá. - Bellamy apareceu do nada do meu lado, boto a mão no peito do lado do coração.
      Kate - Quer que eu tenha um infarto ou tenha o bebe agora - Bellamy soltou uma gargalhada.
      Bellamy - Desculpa.
      Kate - E sobre hoje, se não foçe por min você estaria fodido. - Ele foi até a geladeira e pegou a caixa de leite e uma maça me entregou a maça e passou um copo cheio de leite, nesses três dias ele aprendeu algumas coisa, como meu costume de comer antes de dormir.
      Bellamy - E meu irmão você falou com ele ?
      Kate - Bellamy ele está horrível, quando você saio ele ficou mandando algo se calar e ir pro inferno. - A coisa tão feia que eu chamei pelo nome.
      Bellamy - Nos vomos tirá-lo de lá, se eu consegui tirar você de lá, ele não pode ser tão dificil assim.

     

  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...