História Triologia Doce Insanidade : Doce Desejo - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 15
Palavras 2.152
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 11 - ONZE


Charlotte    

-Eu estou ocupada querida, então, por favor, seja rápida. Caso for algo muito importante, podemos falar amanhã-  Minha tia diz  andando em direção a sua mesa

-Não, é rápido- Falo cruzando meus braços.

Ela assenti e se senta me olhando com expectativa

- Eu vou procurar um trabalho – Falo e sua expressão fica confusa

- E por que isso?- Ela pergunta colocando seus braços em cima da mesa

Suspiro me sentando a cadeira a frente da sua mesa. Ela com toda certeza não vai deixar que isso passe tão rápido.

- Eu preciso fazer alguma coisa para distrair a minha mente, ficar dentro desse campus todos os dias está me enlouquecendo – Respiro fundo – Sem dizer que um dinheiro extra é sempre bom- Falo 

Morgana me olha por alguns segundos e encosta-se às costas da cadeira de couro.

- Você não precisa de dinheiro , ou precisa?- Ela pergunta e me mantenho calada , sei que ela ainda não terminou o seu discurso – Tudo o que você precisa eu consigo para você, não tem necessidade de trabalhar – Ela fala . Suspiro

-Não é que eu precise de dinheiro, mas eu quero ter alguma coisa para me ocupar – E para sair desse maldito campus.

Minha tia me olha por longos e eternos segundos que me deixam aflita , depois de um tempo ela suspira se levantando

-Okay. Que tal fazermos um acordo?- Ela para em frente a janela da sala e olha para fora – Aqui no CVP temos alguns “trabalhos” para alguns alunos bolsistas que precisam de um dinheiro para a sua renda ou que  por alguma razão precisam ter uma atividade extra – Ela se vira para mim fazendo seu cabelo se soltar um pouco do seu coque meio frouxo.

-Então está me dizendo para trabalhar aqui no campus?- Pergunto e minha voz denuncia o quanto eu não estou nem um pouco animada

-Querida eu sei que você deve estar querendo um pouco mais de liberdade, e eu realmente entendo isso. Mas por enquanto vamos deixar as coisas do jeito que está,   estamos em época de provas e está tudo uma loucura. – Ela anda até sua mesa novamente e dá um gole em sua água – Temos vagas na biblioteca, sei que você adora mexer com livros. Que tal? –Ela pergunta tirando seu óculos e o deixando acima da mesa

Sei que minha tia não vai mudar de ideia , pelo menos não agora. Se ela já enfiou isso em sua cabeça , não irá mudar tão fácil

-Trabalhar na biblioteca?- Pergunto ainda sem nenhuma animação.

Morgana assenti e volta a andar pela sala 

- Você vai limpar algumas estantes, limpar o chão, arrumar os livros novos e ver os velhos que estão desgastados – Ela da de ombros – Coisas assim.   – Vamos combinar assim, se até o final do ano você ainda querer trabalhar fora do campus , eu dou a maior força. Mas por enquanto não- Ela diz naquele tom de encerramento, que o assunto definitivamente acabou.

Bufo de forma imperceptível, não quero que minha tia tenha mais um motivo para encher o saco.

-Okay- Falo me levantando 

-Como vão os estudos?- Ela pergunta naquele estilo de “Vai repetir?”

-Tranquilo tudo na paz- Falo imitando Summer e minha tia me olha com os braços cruzados e a sobrancelha arqueada, limpo a garganta  um pouco sem graça – Hum...está tudo bem- Falo e ela assenti ainda me olhando com repreensão 

-Qualquer problema você me conta, eu posso ser diretora do CVP, mas acima de tudo sou sua tia – Ela sorrir e concordo antes de sair da sala .

Fecho a porta da sala da minha tia e me viro pra andar no corredor, estou passando pela recepção que fica antes da sala da minha tia. Quando vejo Libby conversando com a recepcionista, ela para de falar e me olha , logo vejo raiva misturada com nojo em seus olhos.

- Parece que tem ratinhas por aqui- Ela fala olhando diretamente para mim. Ignoro completamente e passo diretamente em direção ao corredor que leva de volta ao colégio – O que você estava fazendo na sala da diretora?- Ela pergunta parando a minha frente

Tenho que respirar fundo para não mandar ela para o inferno.

- Eu não tenho que te dar satisfação alguma- Falo passando por ela e a escuto rir 

Garota antipática.

-Parece que alguém não tem se comportado tão bem- Ela me provoca, mas prefiro ignorar. Não vou cair no joguinho dela, sei que isso é só pra saber o que eu estava fazendo na diretoria. E se ela acha que vou cair nessa, está bem enganada.

Ando para o mais longe dela o possível.

***

-Então você vai virar bibliotecária?- Ethan pergunta antes de dar uma enorme mordida no meu hambúrguer 

Sorrio enquanto termino de escrever o resumo pra aula de história, falando nisso , Pietra deve estar se matando por culpa desse resumo.

 -Quase isso- Digo colocando a folha do resumo dobrada no meu caderno

Ele termina de comer o meu hambúrguer e rouba também meu suco

-Agora vou ter um motivo para ir à biblioteca, por mais que eu não consiga ler uma página de um livro – Ele diz sorrindo e acabo rindo.

-Já estou influenciando a vida de alguém- Brinco me levantando do chão onde estávamos sentados perto da linda árvore que já acostumamos ficar perto  nos intervalos.

Ele sorrir e pisca pra mim

-Com toda certeza linda- Ele pisca de novo, e nego devagar com um sorriso  bobo em meu rosto

-Agora eu tenho que ir, não posso me atrasar no meu primeiro dia – Falo sem animação e ele também se levanta.

-Fica tranquila, você vai se sair bem. Eu queria poder te levar até lá, mas tenho treino agora e se me atrasar vai ser um motivo pro treinador  falar  no meu ouvido o fim de semana inteiro- Ele diz revirando os olhos

Abro um sorriso doce,

-Tudo bem, fique tranquilo você também. Eu consigo andar até lá sem morrer- Brinco e ele me olha com os olhos franzidos 

-Qualquer coisa você me grita – 

Não consigo deixar de rir

-Claro, porque você é o super-homem- Brinco e ele faz aquela pose clássica do super-homem. Fazendo-me rir mais 

- Não me subestime, eu posso muito bem estar com roupa de herói por baixo desse uniforme. - Ele diz e o ignoro começando a andar em direção à área de alimentação para passar pela mesma em direção a biblioteca – Não esquece de gritar!- Ele grita  para mim e sorrio me virando 

-Pode deixar!- Grito de volta e me viro andando na direção da biblioteca.

***    

A monitora olha para minha cara e para o papel em suas mãos que eu lhe dei vai fazer cinco minutos 

-Então você vai trabalhar aqui- Ela diz e não soa nada como uma pergunta. Ela passa por mim e a sigo mesmo que ela não tenha pedido nada  - Você vai ficar na área de arrumação – Andamos até o final da biblioteca, uma parte que até  hoje eu ainda não tinha visto, ela abre um porta e vejo várias caixas de livros em várias prateleiras . Alguém poderia se perder aqui . –Gustavo!- Me assusto com o seu grito.

Já estamos em um lugar sinistro, com ela ainda gritando assim!...

-Eita, calma ai porra- Escuto um garoto dizer e logo ele aparece .

Eu já tinha visto ele uma vez, na aula de cálculo. 

Ele parece ser legal, ao contrário dessa monitora dos infernos. 

-Que foi , heim? Não está vendo que estou super mega hiper ocupado?- Ele pergunta com as mãos na cintura e um pequeno sorriso se abre em meu rosto

O garoto é magro com a pele meio branco sujo, não entendeu? Bem, ele é pardo. Mas algumas pessoas dizem que pardo não existe, então ele é um branco sujo.Meio amarelado.

Seu cabelo está cortado com uma franja escandalosamente colorida, bem roxa e caindo bem lisa em seu rosto. Que ele joga com toda vontade para trás .

-Você vai ajudar a ..Charlotte..- Escutou isso? O desgosto em sua voz? Pois é , eu também -...a se acostumar com a arrumação dos livros. Não faça besteira- Ela fala  e ele revira descaradamente os olhos na frente dela 

-Você é tão simpática querida-  Ele diz com um tom sínico  em sua voz 

A monitora olha pra ele com nojo puro e se vira voltando para a biblioteca.

Supiro sentindo que finalmente posso soltar o ar novamente

-Olá, sou Gus, não liga pra essa megera. Ela é encalhada, sozinha, recalcada e sofre da síndrome do chifre bem colocado. Então obviamente descarrega suas frustrações em cima de todo mundo. – Ele se vira e o sigo  - Aqui nós tecnicamente avaliamos os livros doados para a escola, muitos livros daqui é a diretora que disponibiliza para que a secretária e a professora de literatura compre, mas também recebemos muitas doações. E esse é o nosso trabalho, avaliar quais estão bons para irem pra estante e quais não estão a altura- Ele se senta em uma mesa que está cercada de caixas semiabertas   .

-E o que fazem com os livros que não passam para a biblioteca?- Pergunto curiosa     

- Mandamos para a caridade, escolas pobres sem dinheiro para comprar livros e para orfanatos. Os que estão muito ruins mesmo, mandamos pro lixo- Ele fala sincero e assinto 

- Então o nosso trabalho é como um filtro?- Pergunto e ele assenti 

-Mais ou menos isso.- Ele se levanta e pega uma caixa a colocando em cima da mesa. – Agora me diz , você é a Charlotte do Ethan , não é?- Ele pergunta sem me olhar com toda a sua atenção na caixa

Respiro fundo 

-Sim, meu nome é Charlotte, mas eu não tenho nada com o Ethan- Falo pela centésima vez essa semana. Mesmo que Ethan tenha falado para quase todo mundo na escola que não temos nada, isso só funcionou como mais oxigênio para a chama, aumentando completamente o fogo.

Ele me olha rapidamente e começa a tirar os livros da caixa os deixando empilhados em cima da mesa

-Até que não seria mal , Ethan é do tipo bom moço. Principezinho, todas as garotas sonhadoras da escola o quer, e as más também- Ele sorrir – Mas Ethan não gosta  de garotas más , então pra ele sair com você , presumo que seja um anjo de pessoa- Ele joga a caixa no chão  e pega outra 

Fico completamente chocada

-Deveria levar isso como um elogio ou uma critica?- Pergunto colocando minha bolsa em cima da cadeira e o ajudando a começar a tirar os livros da caixa

Gus da de ombros 

-Não sei, você que tem que saber. É do tipo boazinha ou menina má?-  Sei que sua pergunta é retorica mas ainda assim me sinto atingida por não saber o que responder. –  Entendi, você é do tipo que ainda está se descobrindo- Ele joga a caixa no chão e começa a abrir os livros olhando se todas as folhas estão certinhas sem corte, rasgo, mancha ou algo assim. – Mas entendo o seu dilema – Ele fala descontraído e  não entendo direito

-Dilema?- Pergunto olhando para ele e ignorando o livro em minhas mãos 

Gus nem se importa em me olhar e continua sua inspeção  nos livros

- Você ainda não sabe quem você é , isso complica para que você escolha entre o cara bonzinho e o cara mau- Ele diz com uma sinceridade afiada 

-O cara bonzinho e o cara mau?- Repito ainda sem  entender 

Ele da de ombros e  separa os livros que estão bons na mesa e os que estão ruins de volta na caixa

-O cara bonzinho  que toda garota princesa quer como dono do seu coração , que não seria capaz de magoa-la de forma alguma  , Ethan Herman. E o cara mau, que toda garota quer em sua cama, que enlouqueceria com todo o prazer,  Gaz Cercato- Ele fala 

Fico completamente chocada, sem saber o que responder. Isso não é verdade, eu não estou dividido entre eles. Eu sou somente colega de trabalho de Gaz e amiga de Ethan. Nada mais.

-Mas não fico surpreso que a história se repita- Ele fala sem nem mesmo perceber

-O que?- Pergunto completamente chocada e curiosa

Gus me olha e nega devagar

-Esquece outro dia a gente fala sobre isso. Agora temos que arrumar os livros de todas as caixas antes da próxima aula- Ele diz e assinto indo ajuda-lo com a arrumação.

No entanto, isso que ele falou ficou a tarde toda em minha mente. Sinto que Gus é do tipo que não consegue guardar segredo algum, e eu tenho que tomar cuidado com ele, principalmente porque os meus segredos são muito sérios. E minha tia me mataria caso a escola inteira ficasse sabendo do dia pra noite. Porém, esse “pequeno”  defeito dele pode me ajudar , e muito. 

CVP tem muitos segredos, e agora descobri que existe mais um.


Notas Finais


OIOI gente!!! Tudo bem com vocês?

Mais um capítulo ♡ devo dizer que agr a história vai começar a esquentar de vdd. Até agr era só Um iniciozinho mAS ESSES agr vai ficar foda. Podem acreditar, Quem gosta de disputa amorosa kkk e muito calor vai amar.


Um beijo pessoal ♡♡♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...