História Troca Injusta. - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekkibia, Comedia, Exo, Ficção, Mistério, Troca Injusta
Exibições 28
Palavras 1.813
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Nossa, por que demorei tanto?! Que idiota, aff, me odeio, quero saber o resto da história! (kkkkkk)
Aceito críticas. Eu acho...
Mas enfim, finalmente aqui está o capítulo que penei pra escrever, sem ideias. T.T

Capítulo 34 - Logo logo.


Fanfic / Fanfiction Troca Injusta. - Capítulo 34 - Logo logo.

Mas acordar de quê caramba?! Aish.
Acordei cedo, e mal acordei e já havia tretas acontecendo ao redor:
- Ênia! - Alex me mexia. - Eugêniaaa!!!
- Huuumm, o que é? - perguntei sonolenta.
- O monstro tá aqui! O corvo!
- Legal...- respondi esfregando os olhos.
- ÊNIA! ISSO É SÉRIO! ACORDA!
Olhei para ela e depois olhei a redor, rapidamente me acordei por completo e senti medo.
- O que está acontecendo? Não posso nem dormir em paz? - perguntei apavorada.
- Não, não mesmo.
Engoli em seco.
- Cadê os Exo's?
- Chanyeol e Baekyhun foram ajudar Hander nos livros, estão fora daqui, Xiumin quis ficar sozinho e foi procurar a aranha mutante, que está na lista, ele virou completamente raivoso e foi sem nenhumas palavras de despedidas, Suho, Kai, D.o junto com Luhan, Lay e Chen estão matando o corvo , Kris e o Tao estão aprendendo à controlar os poderes em um lugar que não sei onde, só está nós aqui, acordei e Kai me explicou o resto.
- Por que acontece um monte de coisa quando tô dormindo? - reclamei me levantando da cama. - Que merda a gente vai fazer agora? Quero ver como a luta está indo.
- Eles disseram que é muito perigoso.
- Perigoso, pff, eu...
De repente ouvimos um barulho estrondoso, de uma coisa enorme batendo as asas e fazendo o ar se agitar. Olhei para cima e congelei quando vi que o corvo estava em cima de nós, com as garras grandes, os olhos puro vermelho e aquele bico de papagaio, seu pelo era roxo misturado com preto e quando abria a boca saía um grito horrível.
- ÊÊNIAAA!! - gritou Alex me empurrando para correr.
Eu não pensei duas vezes e saí daquele maldito apartamento, corri para o elevador. Mas demorava demais para descer, e para piorar a situação o corvo quebrou alguma coisa e o elevador parou de funcionar.
- Estamos presos?! - gritou Alex. - Não, não, não pode ser! NÃO...Eu não posso...eu... - Alex respirava fundo.
- Calma, Alex, respira, está tudo bem. - segurei seu ombro desesperada.
Ainda ouvíamos o corvo, ele voava de um lado para o outro, e soltava gritos terríveis que faziam doer minhas orelhas.
- Eu nem tomei meu café da manhã! - resmunguei.
- Não há café da manhã! - respondeu Alex gritando.
- Oh....então...AAAAAAAAAHHHHHHHH VAMOS MORRER!!!!
- Ah, você acha?!
Então ouvi mais um barulho, olhei para cima da onde vinha o som, não dava para dizer como era, era muito alto e eu estava aterrorizada.
- O QUE FOI ISSO?! - perguntei receosa.
- NÃO FAÇO IDEIA. - respondeu Alex se apoiando nas paredes. - ACHO QUE NÃO QUERO NEM SABER.
- Eu acho que ainda estou dormindo... - sussurrei.
Depois de cinco minutos o elevador voltou à funcionar e saí titubeante.
Então vi Chen andando na minha direção. Ele estava com o rosto cheio de poeira e estava machucado.
- Chen? O que está acontecendo?
- O que estão fazendo aqui? Deveriam estar no quarto seguras! - disse ele ignorando minha pergunta.
- Não vamos voltar para aquele apartamento destruído. - negou Alex cruzando os braços.
- Mas não podem ficar aqui, o corvo podem matá-las!
- Não vamos sair daqui até sabermos o que está acontecendo. - respondi aborrecida.
Ele suspirou me olhando.
- Tudo o que precisa saber é que eu e o os outros vamos cuidar disso, vamos matar o corvo, ok? Ele apareceu de repente aqui e agora vocês vão virar o almoço deles se não irem!
Ouvimos um barulho alto e Alex pegou minha mão.
- Ênia...temos que ir.
Mas eu não queria, fiquei olhando ele como se fosse a última vez que iria ver ele.
- Eu vou ficar bem, Ênia. - disse Chen sorrindo.
Então Alex me puxou de volta e fechei os olhos sentindo gotas de lágrimas.

*Baekhyun*

"Hander lia sobre Jeff, um menino doido que tinha prazer de machucar, Wendigo, outra lenda doida, metamorfo...mas ele disse que nunca ouviu o resto da lista, e suspeitamos que não fossem monstros e sim um extra. "
- Um extra? - perguntei confuso.
- Sim, olhe, como o corvo, ele não é uma lenda, mas ele está na lista, então não importa se o quê está no livro é lenda ou não, o importante é matar eles.
- Entendi... - falei concentrado no livro.
Nós todos estávamos sentados num grande banco, com uma mesa enorme com livros de mil páginas, todos dizendo desde o começo a história dos monstros, tudo sobre ele, com maiores detalhes. Chanyeol estava com o livro A TROCA na mão, para que soubéssemos quando os outros estavam fazendo sucesso, aparentemente não estão nem perto de conseguir. Hander ficava pegando livros, ora lendo, ora não, ora nada, ora tudo. E eu que estava com preguiça apenas lia a trás do livro.
- Então...o Xiumin ficou bravinho e foi á procura da aranha mutante. - falei.
- Isso mesmo, ele está cansado de esperar e esperar que perdeu a mente, mas ele vai voltar, ele tem. - disse Chanyeol torcendo os lábios.
- Humm, Hander, achou alguma coisa útil?
- Não, eu já falei tudo o quê precisava, agora é hora de vocês fazerem sua parte, que é matar, todos sabem disso.
- É...e eu ainda tenho que matar "assassino" que ainda não sei o que é, mas espero que seja humano, e um tal de "lobo" que nem quero saber o que é.
- A principal pergunta é: O que Dayuki vai falar quando limparmos a lista? E mais outras..exemplo: como vamos voltar para casa? Os cientistas malucos estão atrás de nós por que? O que fizemos de errado? Sim, já mostraram que "ignorávamos" as fans mas a gente não tem culpa, estávamos fazendo nosso trabalho, nem sabíamos que estávamos sendo tão ruins assim, não era a nossa intenção. Eu tô cansado disso tudo!! Nem acredito que tô aqui - reclamou Chanyeol.
- Você tem razão... - falei baixinho. - E o Kris e Tao?
- Estão na floresta sozinhos tentando controlar os poderes, já que são os piores de todos nossos, na verdade todos nós somos perigosos.
- Será que Dayuki ainda vive? Tipo...ela só revela algo quando matamos, mas tipo...ela é uma máquina? Foi humana? Como ela soube de nós? Tantas perguntas... - perguntei respirando fundo.
- Eu também quero saber se ainda vamos ter nossos poderes quando tudo isso tiver acabado. Sinceramente espero que não.
- Concordo.
- E quem são esses cientistas? - perguntou-se Hander.
- Ninguém sabe, não sabemos de nada, estamos aqui sentados que nem uns retardados tentando entender mas não estamos nem perto. - respondeu Chanyeol jogando um livro na mesa com violência.
- Calma, Chan. - segurei sua mão.
- Eu estou calmo. - respondeu mexendo os dedos.

*Suho*
O corvo tentava fugir de nós, não sabia bem dizer se estava nos fazendo de idiotas ou se estava com medo. Mas ele gritou, o seu grito era uma mistura de uma menina indefesa e de um homem forte.
O grito era tão alto que eu duvidei se eu devia estar vivo.
Eu não via em como eu era útil nessa batalha, tudo o que fazia era jogar um jato de água que formigava da minha mão, ardia demais e machucava. Eu apenas fazia cosquinha nele. Chen que não sabia como usar seu poder ficava correndo com medo, Lay está tentando ajudar mas não sabe como, LuHan está dando o seu máximo, Kai tenta enganar o corvo levando ele para uma área mais quieta, Kyungsoo está com medo demais para fazer alguma coisa.
O corvo direcionou os olhares para mim, então saiu da sua posição e bateu as asas fortemente. Ele foi até mim e se preparava para me acertar com as asas.
- SUHO!! - gritou Kai me empurrando.
Eu caí no chão e olhei para Kai, ele foi acertado pelo corvo e caiu no chão inconsciente.
- KAI!! - chamei ele preocupado.
Eu fervi de raiva, olhei para o corvo com fúria e tentei machucar ele de alguma forma.
D.o correu em direção ao Kai e tentou acordar ele, LuHan fechou os olhos e moveu alguns vidros caídos no chão e acertou o corvo, que só fez ele ficar com mais raiva.

*Kris*
- Por que logo a floresta? Odeio florestas. - disse Tao olhando ao redor.
- Não reclama, acabamos de chegar, tem que ser bem vindo à natureza.
- Mas tem insetos.
- Isso é natureza. - revirei os olhos.
- Então odeio natureza.
- Não diga isso.
- Por que?
De repente uma árvore se contorceu na nossa direção quebrando seus galhos, as folhas caindo aos pedaços no chão, então parou.
- Que merda foi essa? - perguntou Tao assustado.
- Eu não tenho certeza... - falei.
Então ouvimos um barulho de alguém se movendo entre as gramas. Olhei atento em direção às árvores, Tao se escondeu atrás de mim.
- Quem está aí? - me arrisquei.
Então vi diante de meus olhos Xiumin aparecendo.
- Xiumin? - perguntou Tao se colocando do meu lado.
- Sim, quem mais? - respondeu ofendido.
- O que está fazendo aqui? - perguntei confuso.
- Procurando pela aranha mutante.
- Aranha mutante?
- Sim, está na lista, eu quero acabar logo.
- Mas deve ser um por um. - disse Tao.
- Eu também acho isso, mas eu quero terminar essa palhaçada de: - imitou uma voz feminina. - "AH! Vocês tem que matar ele! E aquela coisa! Sou livro do Exo! Cientistas estão vindo atrás de vocês! Ênia vai ajudar vocês! Estão metido numa encrenca!" QUE CHATO!!
- Eu estou com você. - falei.
- Mas, Xiumin, não pode apenas ir embora à procura de um monstro sozinho assim. É errado.
- Não tenho culpa, eu estou com medo disso tudo. Mas enfim o que estão fazendo aqui? Onde estão os outros?
- Estamos tentando controlar nossos poderes, Bae e Chan estão com Hander na biblioteca, Alex e Ênia no apartamento, o resto tá matando o corvo.
- Vocês não vão ajudar eles?
- Não podemos, são eles quem devem matar eles, se interferimos, vai dar falha.
- Mas Chanyeol não era pra matar o corvo também?
- Acho que isso também é um erro.
- Uuhh. Bem, boa sorte para vocês, vou indo. - ele deu as costas rapidamente.
- Espere! Xiumin! - chamou Tao.
- Sim?
- Não quer se juntar à nós?
- Obrigado, mas eu...
- Xiumin, mesmo se você encontrar essa "aranha mutante", você não pode matar - la sozinho, tem que ter Tao e eu.
- Então vamos procurar por ela juntos!
- Eu não acho que...
- Ótimo! Vamos! O que estão esperando?
- Mas ainda não sabemos como....
- Vocês vem ou não? - perguntou ele impaciente.
Suspiramos, e seguimos ele.

 

 


Notas Finais


Maldito corvo.
Maldito monstros.
Maldito cientistas.
Maldito tudo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...