História Trolada pelo amor - Kim Taehyung - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine Taehyung, Incesto
Exibições 35
Palavras 1.252
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Alo pessoas da terra, espero que gostem dessa jornada e que se divirtam-se com ela ^^

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Apresentações


Fanfic / Fanfiction Trolada pelo amor - Kim Taehyung - Capítulo 1 - Capítulo 1 - Apresentações

Seventeen teen teen!!!!!! 

Abro os olhos e desligo o despertador do meu celular... ah mais um dia de aula ninguém merece!

Me enrolo de novo nas cobertas pq sei que minha mãe vai brotar a qualquer momento pra me chamar, e quando ela vir eu não vou mais poder aproveitar essa delícia de cama.

Toc toc...

-Filha da na hora de acordar se não vai se atrasar e vai perder o escolar de novo- minha mãe abre a porta e fala sem nem pausar pra respirar. 

-Já to indo mãe - me sento na cama esfregando meu olhos. 

-To esperando la em baixo - ela sai e fecha a porta. Minha mãe cujo nome é Ligia, é muito super protetora que acha que se eu sair de casa eu vou morrer.... ta bom eu exagerei um pouco, mais por qualquer besteirinha ela fica que nem uma louca de preocupação. Não vou mentir, isso me irrita pouco (muito), mas eu tento fingir que está td bem, afinal de contas ela é minha mãe e eu tenho que respeita-lá, e pq eu sou uma pessoa muito tranquila também, eu odeio brigas e intrigas desnecessárias, e é muito difícil me ver realmente irritada graças a Deus por isso, pq depois que eu entro numa briga eu dou td pra não sair até acabar com a pessoa que resolveu me tirar do sério!!!

Me levanto e vou tomar banho e fazer o que eu preciso pra me arrumar, depois que ja coloquei meu uniforme desço e vou em direção a cozinha onde meu lanche já está pronto. Passo pela sala e ja vejo meu pai no celular...

-Bom dia Pai - passo e por ele e falo a msm frase que falo tds os dias. Eu amo meu meu pai, mas não somos muito ligados, por várias situações da vida acabou que eu não me sinto muito a vontade perto dele... e eu também não concordo com muitas das atitudes dele com a minha mãe e comigo.

-Deus de abençoe - e como sempre ela fala a mesma frase de todos os dias.

Chegando na cozinha vejo minha mãe lavando a louça, dou uma abraço nela e  beijo, como eu disse antes, minha mãe e eu somos completamente diferentes, mas não sei como ela é minha melhor amiga e a pessoa que eu mais amo.

-Bom Dia Mãe - dou mais outro abraço nela só que mais apertado. 

-Num aperte muito não - ela fala querendo sir do meu abraço o que me faz rir.

-Mas mãe é que eu amo tanto a senhora que queria me fundir pra assim a senhora sempre estar cmg - fala dando um sorriso mais inocente que eu tenho pra ela.

-Me ama nada rapaz, vc me enrola isso sim. - ela começa a rir eu finjo que fico ofendida com o que ela disse e assim começa mais um melodrama. É assim tds os dias, ainda não consigo entender como a gente se dá tão bem assim. 

-Mãe eu também amo tu - chega o Taehyung meu irmão dois anos mais velhos que eu, e abraça nossa mãe também me afastando dela pra me irritar.

Eu apenas ignoro ela e vou comer o lanche já feito pela minha mãe, o relacionamento entre eu e meh irmão sempre foi assim. Desde que eu me entenda por gente ele me provoca, com o tempo me acostumei, mas não entenda errado, a gente se da muito bem msm com essaa provocações que vem da parte de ambos. E nessa última semana ele tem me ajudado bastante já que eu terminei meu relacionamento com o Namjoon, que inclusive é amigo dele. Motivo do término? eu vi ele me traindo com uma puta qualquer que nem quis saber o nome... poise. Não sei como ficou o relacionamento deles dois depois disso, e sinceramente não quero saber, quero distância de qualquer coisa que me lembre ele. Coisa que não é muito difícil ja que ele já está na faculdade assim como o Tae e eu ainda estou no terceiro ano do ensino médio. 

Depois de lanchar ei voltei por quarto, escovei os dentes arrumei meu cabelo que ia até im pouquinho abaixo da cintura e fui pro ponto de ônibus esperar o escolar passar já que da minha casa até a escola era longe. E pra quem ta pensando " i a maquiagem? " por incrível que pareça eu não uso maquiagem, eu não me sinto confortável com aquilo no meu rosto. Mas isso não significa que eu não me cuide, todos os dias eu lavo meu rosto, passo o tônico, passo creme máscara e essas inúmeras coisas, apenas não gosto de maquiagem. 

Chegando na escola eu vou direto pra minha sala, na verdade é o único lugar que eu fico já que eu não gosto de estar no meio das pessoas. Minha melhor amiga chega logo em seguida, a propósito ela é a namorada do meu irmão. 

-Nossa que coragem você ta hoje em! - a Ranny fala se sentando ao meu lado.

-Me deixa em paz eu só quero dormir ranny- falo praticamente me jogando encima da minha mesinha e fechando os olhos. 

-Vc ta louca ________? Esqueceu do trabalho de Biologia? - ela falou como se isso fosse a coisa mais importante da vida dela.

-Ah vc ta falando desse trabalho aqui. - abro mei fichario e mostro o o trabalho que eu tinha feito como passa temo em casa, eu amo tanto biologia e essa matéria é tão fácil pra mim que é uma ofensa pra mim chamar ela de trabalho, deveria ser diversão na minha opinião. 

-Sabia que vc tinha feito! me empresta por favor - ela já falou pegando o papel da minha mão. 

-Como se eu tivesse a opção de não emprestar - eu falo rindo. Eu acho que ela nem me escutou, tava que nem louca pegando as respostas. 

Depois de duas horas, nada do sino da esxola tocar pra começar as aulas, e eu tava amando. Eu apenas falava de coisas nada a ver com a ranny e escutávamos kpop pq kpop é vida. De repente a diretora Denise entra na sala e td mundo se cala.

- Queridos alunos, hoje tivemos uma reunião com os professores e decidimos aderir a greve dos professores em pro de uma educação melhor- (irônico não? parar de dar aulas pra uma aprendizagem melhor kkkk...)- vocês serão liberados e vamos estar ligando pros seus responsáveis para informar essa situação.

Todo mundo começou a gritar e bater palmas comemorando assim que a diretora saiu. Nos levantamos e rannye eu fomos pra nossa casa, assimela aproveitaria pra ver o Tae.

Assim que cheguei em casa vi o tae na sala com uma cara nada boa olhando pro meu pai, minha mãe com algumas lágrimas nos olhos e meu pai a encarando com uma cara nada boa também. Que ótimo, eles estavam brigando de novo.

- ______ acho melhor eu ir pra minha casa hj, quando a situação melhorar vc me liga ta bom - a ranny falou baixo no mei ouvido e saiu.

Fechei a porta e tds olharam pra mim, eu já não suportava essa situação. Eles brigavam sempre, ja pensei até que seria melhor se eles estivessem separados, que Deus me perdoe por isso.

-abença pai, abença mãe - falei subindo como se não tivesse percebido a situação na sala. Mas nenhum deles me respondeu. 

Chegando no meu quarto eu apenas deito na minha cama, querendo dormir logo pra deixar todas essas brigas, intrigas e traições pra trás... pra esquecer do mundo, quem que seja só por algumas horas.



Notas Finais


Nossa! Escrever é mais difícil do que eu pensei '-'
Me desculpem se estiver muito ruim ^^ aceito críticas construtivas! Td pra melhorar ^^ Bjs e até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...