História Tropa da loucura - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 3 Meninas, Original
Visualizações 9
Palavras 503
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Ficção, Magia
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - A primeira missão


Fanfic / Fanfiction Tropa da loucura - Capítulo 2 - A primeira missão

No outro dia fui pra o tal endereço   pra ver o que é chegando la dentro vejo duas pessoas e um cara.

- chegou a última que faltava, bom você tão aqui pra se transformarem em ninjas.........

Ele falou muitas coisas, sobre o assunto e blá blábláblá coisa é tal, depois nos guiou pra o treino de ninja que a o longo dos dias nos ia aprender mais coisas.

Fomos pro treino param alguns dias indo no treino, uma tela grande aparece todos nós olha pra a tela.

- oi,gente to aqui pra fala pra vocês sobre os codinome seus e sobre a missão e suas funções.

- ok!! * todo mundo falou junto *

- primeiro Luana seu codinome vai ser chamar  rena, suas especialidade São tecnologias então você fica nessa parte e entrada de fininho nos lugares.

- Rebeca tem as mesmas funções e algumas a mais, e seu nome e chara.

- Renata vai ser a comandante do grupo e seu nome e hinata ou Hina se for apelido.

- Luana : bom ja que sabemos tudo isso qual é a missão.

- vocês tem uma missão nessa tal casa a vítima pode e chamado de Albert, tente descobrir o que aconteceu com ele.

- Renata : ok vamos meninas

- Rebeca : ok 

- Luana: ok 

O telão desligou na hora.

- Renata: vamo fazer o seguinte Luana você vai la investigar algo de suspeito, e Rebeca  você vai no computador checar os bancos de dados.

- Luana : ok tchau.

Fui embora pra casa da vítima chegando  la usei o suporte de escala mento pra escalar e entrar pela janela.

- Renata : rena ta na esculta 

- Luana : sim 

- Renata : relata o que você ver de suspeito.

- Luana : bom,  Não tem nem uma digital nem nada, só uma marca de garra na parede, o computador  esta ligado Ne um jogo, mais nada de tão suspeito.

- Renata : só a suposta marca de garra.

- Rebeca: eu só achei uma coisa ele morreu jogando e nele tem uma marca de garra.

- Luana: bem suspeito.

- Renata: eh estranho, rena pode voltar pra cá.

- Luana : ok

Voltando pra o esconderijo nosso.

Renata : e ainda nois Tamos na estaca zero.

Luana: é....

Rebeca: agente so ta começando não di uma hora pra outra que vamos achar uma pista.

Renata : bem, no anos passado teve as mesmas mortes, será se acessar o banco de dados vai que tem alguma relação.

Rebeca: vou ver no Banco de dados antigos.

Depois de algumas horas mexendo no computador.

- Rebeca : achei algo bem peculiar.

- Renata : o que ?

- Luana : .........

Rebeca :  O que é estranho que as mortes todos morreram jogando jogos.

- Renata : ????

- Luana : será que isso tem alguma ligação com as mortes.

- Renata : será.

- Renata: Amanhã nos vamos investigar mais sobre isso espero que descobrir quem ta por trás de tudo isso. 

Todo mundo foi pra sua casa eu fiquei ainda no lugar pensando no que pode ser que ta acontecendo nesse lugar acabei mecheno no computador pra ver mais sobre isso é acabei dormindo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...