História Trouble - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Ação, Justin Bieber, Romance, Trouble
Visualizações 42
Palavras 2.763
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, meu amores. Tudo bem? Espero que gostem desse capítulo.
Boa leitura!

Capítulo 8 - Como eu iria me esquecer?


Fanfic / Fanfiction Trouble - Capítulo 8 - Como eu iria me esquecer?

Nick parecia estar bastante concentrado em um jogo que estava passando na TV. Eu não entendia nada. Eram caras atrás de uma bola tentando pegá-la e colocar dentro de uma cesta. Eu simplesmente sou uma negação quando se trata de basquete. Se eu tivesse sorte, poderia ir para o meu quarto sem ninguém perceber que eu cheguei à essa hora.
   Comecei a caminhar na ponta dos pés em direção à escada, o que não era tão difícil já que eu estava de sapatilha e facilitava bastante.
-Jessy- A voz de Nick fez meu corpo parar. Eu poderia fazer algum sinal para ele não falar nada, mas ele adora ver eu me ferrando e com certeza não perderia essa oportunidade por nada. Me virei lentamente, olhando para seu rosto esperando ele começar a rir, o que por um milagre não aconteceu.
-Hey, Nick- Falei enquanto andava em sua direção.
-Você demorou. Onde estava?- Achei estranho não escutar mais nenhum barulho na casa. Olhei para a cozinha, vendo que a luz estava apagada.
-A mamãe já chegou?- Ignorei a sua pergunta.
-Não. Eu pedi para a mãe do Alex me trazer. Estava muito chato lá, ninguém me deixava jogar. Só tinha meninos mais velhos- Me joguei no sofá, soltando um suspiro de alivio.
-Como você entrou?
-Não se lembra que a mamãe esconde uma chave reserva?- Ah, sim, a chave reserva.
-Vamos combinar uma coisa?- Me ajeitei no sofá, tendo visão melhor de seu rosto-Você não pode contar para a mamãe que eu não estava em casa, ok?
-E o que eu vou ganhar em troca?- Eu deveria saber que Nick iria pedir algo.
-Poxa Nick, você não pode fazer esse favor para a sua irmãzinha?- Tentei ser o mais fofa possível, vai que ele caí nessa.
-Claro que posso- Ele respondeu sorrindo- Mas você tem que me dar algo em troca- Passei a minha mão sobre os meus cabelos. Se eu deixasse Nick contar para a minha mãe que eu não estava em casa quando ele chegou, ela iria querer saber onde eu estava, e claro, eu não poderia dizer ‘’Ah mãe, eu estava com um carinha que conheci na balada’’. Seria como se eu estivesse autorizando o meu próprio enterro. Pensei em falar com Amy, mas ela iria perguntar com quem eu estava e isso era algo que eu não poderia dizer.
-O que você quer?- O jeito como Nick ficava ao me ver em suas mãos era algo que me irritava profundamente. Eu era a irmã mais velha, por tanto, ele não deveria me chantagear.
-Deixa eu ver- Ele fingiu pensar em algo, o que fez com que eu revirasse os meus olhos- Já sei- Falou animado- A sua amiga vai ter que sair comigo.  
-Que amiga?-Ele fez uma careta que me faria rir se não estivéssemos nessa situação.
-Amy- Segurei o riso, ainda não acreditando naquilo.
-E como você quer que eu faça ela sair com você?
-Vocês são melhores amigas, com certeza ela vai fazer isso por você- Ele me mandou uma piscadela, me fazendo bufar de raiva. Se eu pedisse isso para Amy, ela iria pedir explicações.
-Cheguei-Olhei para Nick, que abriu um sorriso enorme.
-Mamãe- Ele pulou do sofá, indo abraçar a nossa mãe. Para um menino de 13 anos ele agia feito uma criança.
-Como foi na casa do seu amigo? Eu acabei de voltar de lá e a mãe do Alex disse que você pediu para voltar para casa- Ela falou enquanto vinha em minha direção. Beijou a minha bochecha, jogando a bolsa no sofá.
-Eles não estavam deixando eu jogar. Tinha muitos meninos,e demorava para chegar a minha vez- Ele fez uma cara de inocente- E adivinha só?- Nick olhou para mim, com um sorriso maldoso nos lábios. Eu sabia que ele teria coragem de falar para a nossa mãe. Respirei fundo, mexendo os lábios que formaram a frase ‘’Eu faço o que você pediu’’.
-O que?- John perguntou, fazendo com que eu notasse a sua presença.
-Jessy estava assistindo ao jogo de basquete-Ri com o que ele disse.
-Mas Jessy nuca se interessou por jogo de basquete antes- John falou confuso.
-Pois é, mas eu resolvi ver. Não estava passando nada de bom na TV mesmo- Tentei soar o mais convincente possível.
-Parece que agora vocês tem uma nova companhia para assistir os jogos- Minha mãe disse rindo enquanto pegava a sua bolsa e ia em direção a escada-Vou tomar um banho antes de fazer o jantar.
-Eu não estou com fome, mãe- Falei quase em um sussurro.
-Como você não está com fome, filha? Você não almoçou. Não pode ficar sem jantar.
-Eu comi antes de vocês chegarem- Menti. Eu não ficava mais nervosa, já que eu estava fazendo isso com frequência.
-Deixa, amor- John falou indo ao lado da minha mãe-Você sabe que Jessy não é muito de comer - Ele falou rindo. Soltei uma risada fraca. Eu gostava do meu padrasto. Na maioria das vezes em que a minha mãe me xingava, ele me defendia.
-Tudo bem, mas amanhã você vai comer direito, ok?- Fiz um sinal de ok com a mão, enquanto a minha mãe subia as escadas junto com o meu padrasto.
-Vou ir para o meu quarto- Levantei do sofá, sentindo a mão de Nick no meu braço- O que?- Perguntei com calma.
-Não se esqueça de falar com o meu amorzinho- Fiz uma careta com o apelido que ele havia colocado na Amy- Diga à ela que eu prefiro encontros de dia, para eu ver a beleza dela com mais nitidez...-
-Tchau- Comecei a subir as escadas, ainda escutando Nick falar.
-Diz que eu gamo nela com aquele vestido amarelo e que com cabelo solto, melhor ainda..-Fechei a porta, escutando o silêncio do meu quarto. Paz.
       Fui até o closet,pegando minha camisola e minhas roupas íntimas.
    Após entrar no banheiro, me despi, colocando às roupas sujas no cesto. Liguei o chuveiro no modo morno colocando a minha cabeça embaixo, sentindo a água cair sobre os meus cabelos até escorrer sobre o meu corpo.
       Depois que terminei o banho, peguei a toalha que estava sobre a pia e comecei à me secar. Coloquei as minhas roupas intimas e logo após, a camisola. Fiz a minha higiene, pegando a toalha que eu havia me secado e joguei na cesta.
      Saí do banheiro à procura da minha escova de cabelo. Eu sempre perco ela, incrível.
    Procurei embaixo da cama, na gaveta da mesinha, no meio das cobertas...nada. Fui até o meu closet e procurei pelo meio das roupas. Olhei para o lado vendo ela caída perto dos meus sapatos. Sinceramente, eu não sei como deixei ela ali.
      Após pentear o meu cabelo, apaguei a luz e me joguei na cama. Peguei o controle da TV, colocando em um filme de comédia. Eu sempre via esse tipo de filme com Ben, já que esse era o seu gênero favorito. Ben. Ele iria me encher de perguntas. Eu não deveria me preocupar tanto já que eu podia falar o que Justin tinha me dito: Que éramos amigos. Será que éramos mesmo? Quero dizer, ele disse isso, mas pode ter sido uma desculpa para eu dizer à Ben. Claro que foi e você sabe disso Jessy, não tente distorcer ás coisas.
    Desviei a minha atenção da TV ao escutar um barulho estranho. Olhei para o ledo, vendo a tela do meu celular brilhar. Peguei ele, passando o meu dedo pela tela para desbloquear. Uma mensagem.
De: Justin Gostoso
Como vai a minha admiradora?
    Li aquela mensagem várias vezes. Como eu tinha o número dele salvo no meu celular? E que história é essa de ‘’Justin Gostoso’’? Ri ao ler aquilo novamente, percebendo o quanto idiota esse menino era.
‘’Como eu tenho o seu número? E como você conseguiu o meu?’’ Apertei no ‘’Enviar’’. Não demorou muito para que uma nova mensagem chegasse.
De: Justin Gostoso
Pensei que você fosse mais esperta, pequena Jessy. Quando você foi no banheiro deixou o celular em cima da mesa. Aproveitei para pegar o seu número e salvar o meu, já que você não toma coragem de pedir o meu ;)
Flashback on
-Justin- Falei baixo- Eu já volto- Ele apenas assentiu, voltando sua atenção no celular.
    Entrei no banheiro, indo em direção ao enorme espelho que estava na minha frente. Abri a torneira, fazendo uma concha com as minhas mão e deixando a água cair ali. Joguei no meu rosto, sentindo o mesmo gelar. Por sorte eu não estava maquiada. Eu não sei porque não ligam o ar-condicionado nesse lugar, está fervendo aqui.
        Peguei o papel toalha, secando as minhas mãos e o meu rosto. Percebi a porta do banheiro abrir, dando a visão de uma mulher morena. Ela parecia ter uns 30 anos, mesmo com o excesso de maquiagem que usava. Sai do banheiro, indo em direção a mesa.
         Sentei-me na cadeira, vendo Justin rir de algo.
-Do que você está rindo?- Perguntei curiosa.
-Nada- Ele falou olhando para o celular.
Flashback off
‘’ Você é bem esperto’’ Ri ao enviar a mensagem. Eu nem havia sequer notado que tinha deixado o celular na mesa.
De: Justin Gostoso
Até parece que você se esquece de quem eu sou, Jessy.
     O fato era: Justin Bieber era muito convencido. Disso eu não tinha dúvidas.
‘’Como eu iria me esquecer?’’
      Olhei para a TV, vendo as letras subirem na tela. O filme havia acabado.
De: Justin Gostoso
Eu sei, sou inesquecível ;)
         Fui para os contatos, mudando o nome que ele havia colocado.
"sei que vai ficar triste com o que vou dizer, mas tenho que dormir".
   Desliguei a TV, colocando o controle em cima da mesinha ao lado da minha cama. Fique embaixo das cobertas, sentindo o meu celular vibrar.
De:Justin
Boa noite, pequena Jessy. Sonhe comigo ;)
  Coloquei o meu celular em cima da mesinha, indo dormir com um sorriso bobo nos lábios.
***
-Era o último pedaço de bolo- Nick falou com uma voz manhosa.
-Não reclama, Nick. Você já comeu cinco pedaços, deixa de ser guloso- Dei uma mordida do bolo, colocando um pouco de suco de uva no copo que estava ao lado do meu prato.
-Mas eu queria comer seis...
-Deixa de ser manhoso, Nick. Você já tem 13 anos, para de agir feito criança- Falei um pouco baixo tentando não chamar atenção da nossa mãe.
-Eu não estou agindo feito criança- Ele se defendeu.
-‘’Mas eu queria comer seis’’- Imitei ele, afinando um pouco a minha voz. Nick me mostrou a língua, o que me fez rir.
-Jessy- Escutei a voz da minha mãe vindo da sala- Tem visita para você.
-Já vou- Falei tomando o resto do suco.
      Coloquei o prato na pia, deixando ali mesmo.
       Fui até a sala, vendo Ben sentado no sofá.
-Hey- Falei sorrindo.
-Jessy- Ben veio até mim, me abraçando no mesmo instante-Eu queria falar com você.
-Tudo bem- Dei um sorriso de canto- Mãe, eu posso sair com o Ben?
-Claro- Minha mãe falou sorrindo- Apenas me ligue se vier tarde- Assenti, abrindo a porta e puxando Ben comigo. Na maioria das vezes ela dizia para eu não demorar. Já quando eu saía com o Ben, parecia que ela não se importava se eu demorasse.
-Então...-Caminhávamos em direção a uma pequena praça que tinha ali perto. Não estava muito cheio já que era férias de verão e a maioria das pessoas estavam viajando.
-Você sabe sobre o que eu quero falar,Jessy- Sentamos em um gira-gira,sentindo o vento bater em nossos rostos.
-Se é sobre o menino que estava comigo,ele era apenas o meu amigo- Falei calma.E eu realmente estava calma,afinal,eu não havia mentido.
-Então porque qnd estávamos no Starbucks você fingiu que não conhecia ele?-Ele perguntou desconfiado. Droga, tinha me esquecido desse detalhe.
-Não queria te deixar com ciúmes- Escutei uma risada nada boa vindo de Bem. Tá certo que o que eu disse não era verdade, mas pra que essa risada?
-Conta outra, Jessy .
-Estou falando a verdade- Falei séria- Não quero que pense que eu troquei de melhor amigo.
-Eu nunca pensaria isso- Ben disse sério- Assim como eu tenho amigas você tem amigos.
-Que amigas?-Perguntei sem querer. Fiquei sem graca ao perceber a pergunta que eu tinha feito. Lógico, Ben soltou uma risada,mas não foi como a outra, essa foi mais leve seguida de uma careta de dúvida.
-Ciúmes , Jessy?
-Vai se catar- Respondi simples, dando um soco de leve em seu ombro. Eu sempre tive ciúmes dele com outras meninas, assim como eu também tenho de Amy, mas isso vem se tornando mais presente é realmente vem me assustando.
Bufei,sentindo o silêncio chegar.Eu odiava mentir para Ben.Pode parecer estranho,mas eu conto a maioria das coisas para ele do que para Amy. 
-Como foi com a Emily?- Ele riu ao escutar o nome dela,fazendo com que eu arqueasse a minha sobrancelha esquerda.
-Digamos que ela não é o meu tipo de garota-Senti um alivio ao escutar aquilo dele.Emily realmente não era a menina certa para ele.Pelo menos na minha opinião.
-Você é muito exigente-Lembrei de todas as meninas que ele já deu fora e não foram poucas-E eu ainda não esqueci da menina que você gosta.
-O que tem ela?-Ele perguntou assustado. Eu odiava ver Bem escondendo algo de mim bem na minha frente.
-Você não me falou quem é-Senti o brinquedo começar a girar devagar.Olhei para as minhas mãos,escutando uma risada abafada.
-Você conhece ela- Olhei para ele,que tinha um pequeno sorriso nos lábios. Tentei lembrar de alguma menina que ele tenha flertado ou algo do tipo.
-Conheço?- Perguntei confusa.
-E muito bem-Comecei a pensar,pensar,pensar...Eu odiava ser tão curiosa.
-Não- Falei um pouco alto- Não acredito.
-O que?-A cara dele não era das melhores.
-Você gosta da Amy?-Ben começou a rir alto fazendo com que uma senhora que passava olhasse para nós.Ela começou a andar mais rápido,ainda nos olhando.
-Claro que não-Ele falou parando de rir aos poucos-Você se faz,né?
-Não entendi-Falei brincando com os meus dedos.
-Eu dei todas as dicas mas parece que você não quer ver- Olhei para Bem que também me olhava.Senti a sua mão tocar na minha, o que me causou um leve arrepio.Mordi o meu lábio inferior,notando ele olhar para o mesmo.
-Achei vocês-Senti alguém me abraçando por trás, fazendo com que eu desse um pequeno pulo de susto. Virei-me para trás,vendo Amy sorrindo feito uma louca.
-Hey,Amy- Falei com um sorriso.
-Eu fui até a sua casa e Nick me disse que vocês haviam saído.Por que não foram lá em casa?- Ela se sentou na nossa frente começando a girar o brinquedo com os pés.
-Eu precisava falar com a Jessy- Ben falou meio baixo.
-Não acredito que vocês tem segredos e não me contam- Ela fechou a cara.
-Amy...- Eu ia começar a falar quando ela me impediu.
-Tudo bem- Ela abriu um meio sorriso.Eu sabia que Amy não era de ficar braba,mas quando se trata de segredos,ela pira literalmente.
-Amy,eu quero te pedir uma coisa - Falei me lembrando do que Nick havia me dito.
-É só falar- Ela disse enquanto prendia os cabelos loiros em um coque meio caído.
-Preciso que você vá num encontro com o meu irmão- Falei com um sorriso forçado,fazendo Amy e Ben rirem.
-Ta de brincadeira comigo,não tá?- Amy perguntou ainda rindo.
-É sério- Falei manhosa- Por favor.
-Por quê?- Ela havia percebido que eu não estava brincando.
-Nick falou que não ia contar para a nossa mãe que eu fugi naquela noite com a condição de você sair com ele- Amy me olhava incrédula,enquanto Ben ria sem parar.
-Eu sempre soube que vocês seriam um casal perfeito- Ben falou entre os risos.
-Eu não posso fazer isso-Ela falou se levantando do brinquedo.
-Por favor- Fui atrás dela,fazendo Amy parar- Eu sou a sua melhor amiga.
-O seu irmão é nojento,Jessy- Ela falou com uma careta.
-Não é pra tanto- Falei a encarando- É só por um dia-Fiz um biquinho,tentando fazer ela mudar de ideia- Por favor- Amy bufou, olhando pro nada. 
-Tudo bem- Soltei um gritinho,abraçando ela.
-Eu te amo,Amy- Dei um beijo na bochecha dela,fazendo a mesma rir.
-Eu sei- Ela falou ainda rindo- Tenho que ir.
-Ok,te mando uma mensagem para marcar o encontro de vocês- Pisquei para ela.
-Tchau,Ben- Amy gritou para o menino que ainda se encontrava no gira-gira.Ben apenas acenou,com um meio sorriso.
   Fui em direção ao brinquedo,vendo Amy se afastar.
-Amy- Gritei para a loira,fazendo ela olhar para trás- Usa aquele seu vestido amarelo.Ele te acha muito sexy nele- Falei rindo,recebendo um dedo do meio como resposta.

 


Notas Finais


Genteeee,pra quem acompanha Trouble já faz um tempo,percebeu que não modifiquei muitas coisas nesses capítulos,mas a história vai ficar diferente em breve. Tô ansiosa pra mostrar pra vocês :3 Até mais
Beijos xxx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...