História Trouble - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Ação, Justin Bieber, Romance, Trouble
Visualizações 37
Palavras 1.874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meus amores,tudo bem?
Boa leitura!

Capítulo 9 - Continue sonhando


Fanfic / Fanfiction Trouble - Capítulo 9 - Continue sonhando

Justin POV
-Eu já disse que não- Me joguei no sofá,pegando o controle que estava em cima da mesa.Jazzy não parava de falar o que estava me irritando profundamente.
-Por favor,não é nada de mais- Ela falou com uma voz manhosa.Jazzy passou o dia todo me irritando com essa história.Será que nem agora eu posso ter um pouco de paz?
-Ah,claro que não- Falei irônico- Você só quer ir em um racha com pessoas que eu não conheço- Continuei apertando no botão do controle,passando por vários canais.
-Você já foi em rachas,por que eu não posso ir?-Mesmo olhando para a TV,eu podia jurar que ela estava com as mãos na cintura.
-Por que eu já sou maior de idade,ao contrário de você que tem apenas 17 anos e está sob a minha responsabilidade- Continuei procurando um canal que prestasse,tentando me distrair.
-Eu não vou fazer nada de mais,eu juro-Não respondi.Quem sabe se eu tentar evita-la,ela cale a boca-Por favor- Jazzy começou a cutucar o meu braço,mas eu ainda olhava para a TV- Justin-Até que enfim achei um canal que preste.Aumentei o volume,o que fez Jazzy pegar o controle da minha mão e jogar contra a parede.Olhei para ela,que me encarava com raiva.
-Que porra foi essa?-Perguntei incrédulo.
-Eu tenho certeza que você não quer me deixar ir por causa do Tyler- Umedeci meus lábios,ficando em silêncio por alguns segundos.
-E se for?- Encarei Jazzy,que estava passando as mãos no rosto para limpar as lágrimas que caiam.
-Você não pode me proteger de tudo,Justin.Você não pode me impedir de viver- Pude notar Harry entrando na sala,mas assim que viu a cena,se afastou.
-Eu não estou te impedindo de viver,Jazzy.Mas enquanto eu estiver aqui eu vou tentar te proteger de todas as formas.
-Eu prefiro ir morar com a mamãe do que ficar aqui-Ri do seu comentário,fazendo Jazzy bufar- Pelo menos com ela eu teria mais liberdade.
-Claro,já que ela passa o dia todo trabalhando-Jazzy revirou os olhos,rindo em seguida.
-Eu vou ligar para ela,vamos ver o que a nossa mãe vai achar ao saber que você está me mantendo trancada nessa casa-Fiquei em silêncio,vendo Jazzy subir as escadas correndo.Me ajeitei no sofá,passando as minhas mãos no meu rosto.Eu odiava ver a minha irmã daquela maneira,mas eu não deixaria ela ir.Não mesmo.
-Hey- Olhei para cima,vendo Herry sentar-se ao meu lado- Jazzy está que nem uma louca quebrando tudo lá em cima.
-Ela que vai ter que limpar tudo depois-Dei de ombros.
-Você não acha que está agindo meio errado?-Franzi a testa,balançando a cabeça.
-Eu não vou deixar ela ir-Olhei para Herry,vendo ele revirar os olhos.
-Eu não estou falando para deixa-la ir,mas você quase não deixa ela sair-Harry encostou-se no sofá,olhando para o teto-Eu só acho que você devia dar um pouco mais de liberdade para ela-Eu sabia que ele tinha razão.Na maioria das vezes em que Jazzy me pedia para sair,eu raramente deixava.
-Vou pensar sobre isso-Falei já me levantando-Vou ver como ela está- Harry apenas assentiu,enquanto eu subia as escadas.
     Caminhei pelo corredor,parando em frente ao seu quarto.Fiquei um tempo ali,pensando no que eu iria dizer,o que não ajudou muito.
-Jazzy- Falei enquanto batia na porta- Eu quero falar com você- Fiquei parado em frente ao seu quarto,batendo mais uma vez na porta- Vamos,abra-Esperei mais alguns segundos,e nada-Pelo menos me responda-Eu sabia que ela estava me escutando,o que custava me responder?Jazzy gostava de se fazer de difícil,o que me tirava do sério.Fechei o punho,batendo mais uma vez na porta,o que resultou em um barulh.Fui até o meu quarto,fechando a porta atrás de mim.Dei alguns passos até me jogar sobre a cama.
    Vários minutos se passaram e eu ainda me encontrava na mesma posição.Peguei meu celular,indo até os meus contatos.Fiquei olhando aquele nome por vários segundos.Pequena Jessy.Que porra é essa?Joguei meu celular do outro lado da cama,passando as minhas mãos sobre o meu cabelo.Que droga está acontecendo?Por que aquela droga de garota não sai da minha mente?Ela é irritante,chata pra caralho,faz perguntas fora de hora,mas mesmo assim ela me atraí.É como se ela tivesse jogado algum tipo de feitiço,o que eu não dúvido nada.
    Fechei os meus olhos,tentando pensar em algo que tirasse aquele ser da minha mente.Maldita hora que aquela menina apareceu na boate.Ethan havia me perguntado se eu havia falado com ela depois do acontecido,e claro,eu disse que não.Mas Ethan não é burro,ele vai descobrir que eu sai com ele,se já não descobriu.
      Fiquei olhando para o teto,sentindo os meus olhos pesarem,até que finalmente o sono chegou.
 ***
-Droga- Falei ao acordar com um barulho irritante.Tentei ignorar,mas não adiantava.Peguei meu celular,vendo que já era meia noite.Desbloqueei a tela,me deitando novamente.
-Alô-Falei sem empolgação alguma.
-Bieber-Uma voz masculina falou do outro lado.
-Quem é?-Escutei uma risada,o que me fez arquear a sobrancelha direita.
-Não reconhece a voz do seu melhor amigo?-Sentei-me na cama,coçando os olhos com a mão livre.
-Dá para parar com a piada e falar logo?- Disse irritado.
-Pois bem- Dava para perceber que o cara estava se divertindo-Vou te dar uma dica- Revirei os olhos,contendo a minha raiva-Sou melhor do que você-Fiz uma careta,não entendendo nada.Escutei ele falar algo,o que me fez ‘’acordar’’.
-Tyler- Falei quase em um sussurro.
-Então você sabe que eu sou melhor que você- Ele riu.
-Continue sonhando,mas não se iluda muito-Percebi o silêncio do outro lado- Fala logo o que você quer.
-Calma,Bieber-A tranquilidade desse cara já estava me dando nos nervos-Sabe...eu ia ficar em casa hoje,assistindo um jogo ou me divertindo com qualquer vadia- Eu queria mandar ele à merda e terminar aquela ligação,mas eu sabia que Tyler queria algo-Mas me convidaram para um racha,e claro,eu não recusei-Revirei os olhos,começando a balançar a minha perna-Você precisava ver as vadias que tem aqui- Ele riu do ouro lado-Cada uma melhor que a outra.
-E o que eu tenho haver com isso?
-Mas sempre tem aquela que chama mais atenção- Ele ignorou a minha pergunta,continuando-Eu estou ficando louco com o jeito que ela está rebolando,e bem na minha frente- Eu estava prestes a falar,quando ele me interrompeu-Sabe,eu espero que você não se importe se eu levar essa loirinha para a minha casa hoje.
-Tô pouco me fodendo pras vadias que você come- Tyler riu mais uma vez,o que já estava me tirando do sério.
-Acho que você iria se importar se essa vadia fosse a sua irmã-Fiquei imóvel por um instante,tentando raciocinar o que ele havia dito.
-Do que você está falando?
-Da sua irmã- Ele disse divertido-Oh céus,ela está me matando-Fechei os meus olhos,indo até a porta do meu quarto e abrindo a mesma-Eu vou desligar agora.Se ela não voltar para casa,não se preocupe,ela está comigo-Tyler deu sua ultima risada,finalizando a ligação.Guardei o celular no bolso da minha calça,indo até o quarto de Jazzy.
-Jazzy,abra essa porta agora-Gritei.Esperei um tempo,não aguentando mais e começando a bater na porta até arromba-la.
-Filha da puta-Falei ao ver que ela não estava no quarto.
      Desci as escadas correndo,quase caindo no último degrau.Fui até a cozinha,pegando a chave do meu carro e caminhei até a porta.
-Qual foi,Justin?-Harry falou,me fazendo virar-Por que a porta do quarto de Jazzy está no chão?
-Ela fugiu-Tentei falar o mais calmo possível-Tyler me ligou.Ele está no mesmo lugar que ela-Abri a porta,sentindo Harry caminhando atrás de mim-Eu não vou deixar aquele filho da puta encostar nela de novo.
-Eu vou com você- Ele falou abrindo a porta do passageiro.Entrei no carro,acelerando o mesmo-Você tem alguma noção de onde ela está?
-Claro que tenho-Falei ultrapassando um carro cinza.
       O local não era muito longe,o que facilitou muito para que chegássemos rápido.Desci do carro,indo até Harry.
-Tem muita gente,Justin- Ele falou olhando para todos os lados.
-Se cada um for para um lado,pode facilitar as coisas.
-Não-Olhei para ele,franzindo a testa-Com certeza Tyler não está sozinho-Assenti,sabendo que ele estava certo.
-Então vamos-Falei caminhando até um grupo de pessoas.
     Já estávamos ali um bom tempo e ainda não havíamos achado nenhum sinal de Jazzy.Pensei no fato de Tyler estar blefando,até ver uma menina loira em cima de uma caminhonete.Ela estava junto com outra garota,que eu realmente não sabia quem era.Quando consegui ter a visão do seu rosto,arregalei os olhos.
        Se me dissessem que aquela era a minha irmã,eu não acreditaria.Não só pelo modo que ela dançava,mas também pelas roupas que ela vestia,que estão mais parecendo trapos do que roupas.
-Jazzy-Falei baixo,fazendo com que Harry olhasse na mesma direção que eu.
          Passei por um grupo pequeno de pessoas,chegando até a caminhonete.
-Ai-Ela gritou assim que peguei em seu braço-Me solta-Jazzy começou a se sacudir,ainda gritando.
-Cale a boca-Falei sério,começando a puxá-la para o carro.
-Justin?-Ela me olhou com os olhos arregalados.Podia jurar que ela estava prestes a chorar.
-O que você pensa que estava fazendo?-Parei de caminhar,olhando em seus olhos.
-Me divertindo-Ri da sua resposta.
-Se divertindo como uma vadia?-Ela me olhou incrédula,deixando escapar algumas lágrimas.
-Eu não sou uma vadia-Percebi a raiva em sua voz,o que me fez bufar.
-Mas estava agindo feito uma-Jazzy olhou para os seus pés,tentando me evitar.
       Fomos até o carro em silêncio,encontrando Harry falando no celular.Assim que ele nos viu,finalizou a ligação,guardando o aparelho no bolso da jaqueta.
-Acho melhor irmos-Ele falou aflito.Ergui uma sobrancelha,esperando ele continuar- Vi alguns caras do Tyler.Com certeza ele já sabe que estamos aqui.
-Eu não tenho medo daquele merda-Falei rindo.
-Bom saber-Olhei para trás,vendo Tyler sorrindo-Jazzy-Ele disse mordendo os lábios-Tenho saudades de você,amor.
-Cale a boca-Empurrei Jazzy para Harry,enquanto Tyler apenas ria.
-Sabe,Bieber-Ele respirou fundo,soltando mais uma de suas insuportáveis risadas-Eu não ia sequestrar a sua irmã,ou algo do tipo.
-Faça-me rir-Fingi uma risada,fazendo Tyler balançar a cabeça em sinal de  reprovação.
-Estou falando sério- Ele ficou em silêncio por alguns segundos,parecendo pensar no que falar-Sabe por que eu não vou fazer nada?-Fiquei parado,esperando ele continuar-Porque eu sei que ela vai voltar para mim-Soltei uma risada fraca,vendo o quão louco esse cara era.
-Acho que você anda se drogando de mais-Voltei a minha postura de antes,olhando para Tyler com divertimento.
-Pode rir,Bieber.Mas saiba que quando eu tiver a sua irmã,quem vai rir sou eu-Fui pra cima de Tyler,prestes a acabar com ele,mas Harry me impediu.
-Se você encostar nela,eu acabo com você-Falei tentando me libertar dos braços de Harry,o que não estava funcionando muito.
-Eu estou esperando até hoje você acabar comigo,e veja,eu ainda estou aqui-Ele riu,dando alguns passos para trás-Hoje eu não estou afim de perder o meu tempo com você.Só fiz isso para você ter uma noção de que eu sou muito mais perigoso do que você,Bieber-Ele virou de costas,entrando no meio da multidão.
          Após Harry me soltar,fui até o carro e chutei a porta.
-Justin-Jazzy encostou em mim,mas eu apenas me afastei.
-Não fala nada-Jazzy sabia que eu sou explosivo,e esse foi o motivo que ela teve para fazer o que eu disse.
         Entramos no carro,seguindo para casa em silêncio.O único barulho que tinha era os soluços de Jazzy,que mesmo ela tentando evitar,dava para escutar.
    Estacionei o carro na garagem,batendo a porta após sair.Jazzy entrou primeiro,seguindo para o seu quarto.Harry bateu nas minhas costas,indo até a cozinha.Fiquei parado ali fora,tentando pensar no que fazer.Peguei o meu celular,indo até os meus contados.Coloquei o aparelho no ouvido,esperando pacientemente.Primeira tentativa:falha.Liguei novamente,começando a caminhar até escutar a sua doce voz do outro lado da linha.
-Jessy?

 


Notas Finais


Já pensaram em se apaixonar pelo violão da história? Então,acho que isso vai acontecer com vocês kk Só acho. Espero que tenham gostado. Até mais.
Beijos xxx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...