História Trouble Seoul - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance
Exibições 16
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá,amorzinhoooos❣
Como vocês estão vocês?!
Espero que não esperem muito de mim,pois essa é a primeira vez que faço uma fic solo💙 Beijinhos

Capítulo 1 - Machiatto Caramel


Fanfic / Fanfiction Trouble Seoul - Capítulo 1 - Machiatto Caramel

Capitulo 1
   O som estridente de um sininho toca avisando a minha entrada em uma cafeteria não muito popular do bairro. Me sentei e logo um garçom veio me atender com caderninho em mãos, pedi um caramel machiatto e o garçom se retirou indo preparar meu pedido.Enquanto isso peguei um livro e comecei a lê-lo, e em poucos minutos o tal garçom trás meu pedido,o agradeci e ele se retirou indo atender outras pessoas.Dei um gole no machiatto e voltei a folhear as páginas do livro até que sou interrompida:
          -Posso me sentar aqui?!- Uma voz não muito grave me perguntou,assenti sem tirar meus olhos do livro mas novamente a voz soou:
          -Bom,esse livro é realmente chato,já li várias vezes e nunca consigo entendê-lo.- 
   Ergo os olhos e vejo um garoto com um sorriso doce nos lábios,fecho o livro, o coloco em meu colo e tomo mais um gole do machiatto. 
    -Você precisa ter concentração,você me parece ser uma pessoa bem inquieta,acho que é por isso que não consegue entender o livro.- 
    Olhei para as mãos agitadas do garoto,e sorri para o mesmo.Ele percebe e um pouco sem graça,passa as mãos pela calça.
      -Err...- 
ele me olha sorrindo,mas logo o impeço de falar:
     -Então,eu tenho que ir já está tarde não é?!- 
     Olhei para o relógio,me levantei sorrindo para o garoto e caminhei para fora do estabelecimento.
     Após algumas horas caminhando,chego na entrada do pequeno edifício em que morava,adentrei o mesmo indo diretamente para o elevador,aperto o número 6 e o elevador começa a subir,mas logo para indicando o meu andar.Entro em casa e me deparo com uma de minhas amigas   (Park Lee) jogada no sofá,com uma garrafa de vodka na mão e um cara ao seu lado que com certeza estaria bêbado também,passei pelos corredores e fui até o quarto de outra amiga (Yume) e lá estava ela,jogada na cama com lençóis a cobrindo e um outro cara completamente nu.Suspirei em frustração e fui para o meu quarto.
     "Aí aí essas meninas são loucas,sempre quando saem trás homens para o nosso cubículo " sorri do meu pensamento,peguei meus cadernos e comecei a fazer meus deveres da faculdade.
    Os raios do sol batiam em meu rosto,abri meus olhos um de cada vez,me sentei e bocejei,olhei para o relógio que indicava 8:00 hrs de uma sexta feira.Mal acordei e já pude escutar Yume  gritando e com certeza correndo até meu quarto,pois seus passos estava cada vez mais perto,respirei fundo,me levantei e fui atender à porta,senti os braços da mais velha me envolver e suas lágrimas já começaram a cair em minha roupa,afaguei os cabelos da menor e a afastei: 
        -O que aconteceu, unnie?!-
      Peguei a menor pelo pulso e a sentei em minha cama,a menor me olhou e tentou cessar o choro mais não conseguia.
      -Unnie,respira,vou trazer uma água com açúcar para te acalmar. 
     Ela assentiu e eu como boa dongsaeng fui até a cozinha,coloquei água em um copo,duas colheres de acuçar e mexi.Andei pelo corredor mas não vi Park Lee, ela devia ter ido para o trabalho, abri a porta do quarto e vi Yume olhando para o nada ainda com os olhos marejados,redirecionou seu olhar para mim e entreguei o copo para a mais velha.
      -Espero que já tenha acalmado,agora me conte oque aconteceu!- 
      Ela me olhou e colocou o copo em cima da mesa de canto.
     -Ontem eu estava indo comprar algumas coisas e me deparei com uma cena .
    Ela parou e tentou segurar o choro,mas não deu muito certo pois suas lágrimas caiam sem cessar e prosseguiu.
    -Vi Suk beijando, beijando não!Ele estava quase comendo uma garota em um beco,ele me traiu Hye,me traiu. 
     Ela colocou as mãos no rosto e  começou a chorar sem parar,abracei a menor mas a mesma não fez nada só continuou a chorar.Não queria falar para ela que eu havia visto ela deitada com outro cara,talvez ela havia saído para beber e esquecer os problemas e acabou trazendo companhia.Ela se afastou e se levantou da cama,saiu sem dizer nada.Tentei esquecer os problemas e concentrar em minha vida,olhei o relógio que já marcavam 9:00 horas da manhã e eu teria que estar no trabalho as 10:00 horas. 

    Fiz minhas higienes, arrumei e "corri"para o trabalho.Adentrei a porta da imensa empresa e minha chefe já estava me esperando com uma expressão nada boa,entrei dentro de sua sala meio aprenciosa e a mais velha já veio dando sermão sobre cumprir horários e etc...Não dei bola em nada que ela disse,fui para o meu lugar e comecei a atender os clientes que ali estavam,passei o dia todo atendendo e dando informações como toda secretária faz.Já havia dado a hora do meu expediente,então quando ia desligar as luzes alguém perguntou:
     -você poderia me ajudar?!- me virei e o encarei parecendo o reconhecer mas não me lembrava muito bem.
     -É cl... 
     -Você é a menina da cafeteria. O garoto me interrompeu e sorriu tímido,mexendo nos seus cabelos negros.Acenti com a cabeça e sorri mas prossegui falando.
     -Do que você precisa?!-encarei os olhos negros do maior e sorri simpática.
     -Bom,eu me esqueci completamente...-Ele sorriu tímido e coçou novamente a cabeça.
    -Então eu acho que já vou indo.-falei recolhendo meus matérias, caminhei pela empresa apagando as luzes e o maior foi andando em minha frente.Deixamos empresa,me virei para prosseguir o caminho mas esbarrei no corpo do maior que estava parado em minha frente.O olhei sem graça, pois havia deixado algumas coisas caírem,o rapaz se abaixou junto comigo e me ajudou a pegar os objetos.
      -Prazer,me chamo Jeon Guk,mas todos me chamar de Jung kook.- Fez uma pequena reverência,retribui e o olhei.
      -Prazer,me chamo Cho Hye. 
      -Acho que está tarde,não quer que eu te leve para casa?!- 
    Ele apontou para um carro executivo,mas neguei.
      -O ônibus passa aqui em frente e não moro muito longe. 
      O maior olhou no relógio.
   -Os ônibus não passam a meia noite,eu acho que você precisará de mim.-
    Passou as mãos pelos seus cabelos negros e começou a andar,abriu a porta traseira e apontou para dentro do carro.Olhei para o maior desconfiada e andei com passos vagarosos até a porta do carro que ele estava segurando.
     -Pode confiar!- 
   Escutei a voz do maior e entrei no carro,o mesmo entra em seguida,faz um sinal para o motorista e o carro se põem em movimento.Estava tudo tão silencioso até que o maior o cortou.
    -Poderia me passar seu endereço?!-
     O olhei meio tediosa e o maior soltou uma risada anasalada.Abri minha bolsa procurando meu caderno e o achei,arranquei uma folha,peguei uma caneta,anotei o endereço e estendi o papel para que ele pegasse,o maior pegou se virando para frente e lendo o papel em voz alta para o motorista,por fim guardou o papel em seu bolso. 
Me virei para a janela e apoiei minha cabeça no vidro gélido.
   Um estrondoso barulho ecoou lá fora,fechei os olhos e segurei uma superfície macia,ouço o barulho das pequenas gotículas bater sobre o teto e juntamente um som de riso baixo,abri os olhos e me vejo segurando o braço de Jeon Guk,o solto meio sem graça e desvio meu olhar para janela novamente,senti meu rosto arder e levei minhas mãos as minhas bochechas massageando-a ,olho para a chuva que caía lá fora e pude relaxar um pouco...
Acordo com Jeon me cutucando e sorrindo,o olho confusa:
    -Chegamos Cho Hye- 
  Assenti com a cabeça abrindo a porta e sentindo as gotículas de agua bater no meu pé,sai do mesmo e fechei a porta.A chuva para de cair sobre meu corpo, e estico minha mão sentindo a chuva cair sobre a mesma,logo Jeon começa a rir,o olho confusa e o vejo segurando um guarda-chuva a cima de nossas cabeças,meu olhar muda de confuso para indignado,balanço minha cabeça em negatividade mas involutariamente deixo um sorriso escapar de meus lábios,olho pro chão,começando a caminhar e o maior a me acompanhar... 


 

 

     
 
       

 


Notas Finais


Olá,não se importem com os erros,eu não revisei estava cheia de preguiça jsndidnddi amo vocês.
Aliás qual é o boygroup ou boyband favorito de vocês??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...