História True Colors - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rafael "Guaxinim" Montes, Thiago Elias "Calango"
Personagens Personagens Originais, Rafael "Guaxinim" Montes, Thiago Elias "Calango"
Tags @queje, Adolescente, Calango, Calangopvp, Drama, Guaxinim, Pkxinim, Romance, Suícidio, Thiago Elias, Youtube, Youtubers
Exibições 23
Palavras 1.248
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Triste

Capítulo 6 - Passado


Fanfic / Fanfiction True Colors - Capítulo 6 - Passado

- Supresa!? - falei e lembrei o do por que vim aqui e logo comecei a chorar.

- Você está bem? - Calango pergunta, me pegando pela mandíbula me fazendo abrir a boca, aonde ele arregalou os olhos ao ver o sangue que saia de minha boca.

- Mais ou menos - respondo em prantos.

- O que aconteceu? Como você fez isso?- ele pergunta, passando a mão pela minha bochecha, me virei um pouco assim que vi que o armário do Thiago tinha espelo e observei o meu rosto, ele estava roxo e envolta da marca do pau da vassoura estava vermelho.

- A minha mãe.

- Ela quem te fez isso? - ele pergunta, massageando meu rosto, eu sei que nessa última semana que passei no hospital a gente ficou mais íntimo, mas eu estava achando essa situação dele com sua mão em meu rosto muito constrangedor para mim - Por que?

Respirei fundo e comecei a falar tudo o quê aconteceu na casa de minha mãe.

- Nossa! - ele murmura incrédulo, depois de eu contar.

Thiago que ainda estava com a mão em minha bochecha, acabou retirando seu membro de lá e abaixou, colocando a mão em minha coxa, o mesmo lugar que, assim como o rosto estava com uma mancha roxa envolvido em uma outra, uma mancha vermelha.

Ele respira fundo e diz:

- Eu acho que já esta na hora de me contar.

- Contar o quê?

- Qual o seu drama? Seu pior pesadelo? Por que você passou a ser assim?

- Passei a ser assim como? - perguntei com as sobrancelhas franzidas.

- Você sabe! - depois dele falar, fez o movimento com a mão no pulso, simulando uma mutilação.

Respirei fundo de começar a contar tudo, eu não sabia como contar.

- Minha mãe, ela era casada com o Andrew, um cara amigável e um bom marido, na frente nossa e de outras pessoas, menos da Eliana, minha irmã gêmea. Ele dopava minha mãe quase todas as noites enquanto eu tinha sono pesado e então abusava da Eli, até que uma vez eu acordei de madrugada com fome e passei no quarto da minha irmã e acabei pegando o ato, ele que antes ameaçava apenas a Eliana, começou a ameaçar eu também, caso contasse para alguém. Até que a Eli engravidou e eu acabei contando para a minha mãe sobre o estupro, mas foi tarde de mais, já que antes ele fez a cabeça da minha mãe afirmando que eu e Eliana uma vez o seduzimos e dormimos juntos, nós três. Depois disso ele matou Eliana, quase eu também, mas minha tia acabou pegando o ato e o matou - contei tudo de uma vez só, tanto que quando eu terminei, fiquei procurando ar para meus pulmões.

*Thiago POV*

Isso estava mais para enredo de um filme de drama, nunca ouvi algo mais triste que isso, tirando o "eu fui diagnosticada com câncer" vindo da minha mãe.

Luana contou tudo para mim em plantos, eu não sabia o que fazer e nem falar.

- Sua mãe acreditou nele?

- Infelizmente sim.

- Sinto muito

Depois de meu sincero pêsames abracei ela, não sabia mais o que fazer ou falar, mas ao mesmo tempo gostaria que ela soubesse que eu estava ali para ela e que ela estava segura com a minha presença. O abraço parece que durou uma eternidade, mas eu não voltaria ao tempo e abraçasse apenas por cinco segundos e depois a soltaria, foi o sete minutos mais bem gasto em toda a minha vida.

- Está com sono? - perguntei e ela, que ainda em meus braços negou com a cabeça - quer comer algo? Não acho que comida de hospital é tão apetitosa.

- Talvez eu queira comer algo - comenta ela, desgrudando de mim e enxugando as lágrimas com as costas das mãos.

- Talvez eu busque algo pra você comer.

Assim que terminei de falar, me levantei de minha cama e sai do quarto, entrei no banheiro e passei uma água no rosto e logo em seguida peguei a escova para escovar meus dentes, devo esta com mau hálito, já que eu estava dormindo. Assim que sai do banheiro fui a cozinha, abri o armário e encontrei apenas pacotes de pipoca para microondas e mistura para bolo de caneca.

Rápido e fácil. Misturei os bolinhos com leite em duas canecas e coloquei para esquentar ao mesmo tempo, assim que o tempo acabou, coloquei um pacote de pipoca e em seguida o outro, totalizando nove minutos aqui na cozinha, já que cada produto que foi ao microondas pedia três minutos para ficar prontos. Abri a geladeira e encontrei um pouco de Coca-cola usada para acompanhar a janta de hoje e despejei em dois copos. Como eu estava levando muitas coisas em mãos, acabei colocando tudo em uma tampa de algum pote, para poder levar com facilidade as coisas até meu quarto.

- Já esta melhor? - pergunto, assim que adentrei em meu quarto e ela afirma com a cabeça com a boca franzida - Olha, estou super a fim de assistir um filme com você, de boa mas vai ser impossível com você se remexendo assim na minha cama.

- Desculpas. É o meu shorts, me incomoda usar coisas apertada.

- Tire-as

- C-Como?

- A sua bolsa, você deve ter trazido outra roupa mais confortável- comento, pegando do chão a bolsa da Luna, aonde tinha duas calças e uma camiseta - Ótimo, calças apertadas - digo e abro meu guarda-roupa e tirei de lá uma camiseta minha - se sentir-se confortável apenas usando minha camiseta, pode ir ao banheiro trocar de roupa. Você é uma anã, eu uma girafa isso deve parecer um vestido pra você.

- Valeu.. Hãn, banheiro?

- A primeira porta do corredor.

Assim que Luna saiu do quarto, acabei por abrir meu guarda-roupa e peguei lençóis para eu me cobrir na sala, já que eu ia deixa-la dormir aqui no meu quarto.

- Bonita a casa.. - diz Luana, entrando em meu quarto - já vai dormir?

- Não. Vem, preparei pipoca, vamos assistir algo - falei sentando ma cama e pegando meu notebook. O que deseja assistir?

- Netflix? - ela pergunta e eu confirmo - The Rocky horror pictures show.

- Que porra é essa?

- É um musical. Você vai gostar, é antigo, mas eu te conheço e sei que vai achar legal.

- Eu não gosto de musical e nem de filmes antigo.

- Mas eu sim e vou abusar da sua amizade e escolher o filmes que eu quiser, porque foi eu quem apanhou de vassoura da mãe hoje.

- Tanto faz.. Vem - puxei seu braço e ela caiu sentada em cima de mim - Quer fazer outra coisa invés de assistir um filme.

- Outra coisa tipo o que? - ela perguntou, ainda em meu colo - mas fique sabendo que qualquer proposta que me fazer não vou aceitar. Quero assistir o show de horror do Rocky com você.

- Vamos assistir, mas se o filme for ruim, vou dormir aqui na cama, com você.

- Se você gostar do filme, você vai dormir no chão.

- Fechado.


(--)


- Meu Deus. Esse filme é espetacular! - comento, assim que o filme acabou.

- Eu disse que você ia gostar. Você sabe que não precisa dormir no chão, né? Você vai dormir na sala?- ela pergunta, confirmo com a cabeça e em seguida ela boceja - Eu até dormiria no sofá, mas tenho certeza que a sua mãe se assustaria ao ver uma desconhecida dormindo em sua sala.

- Quer saber? Acho que vou dormir aqui no meu quarto mesmo.


Notas Finais


Meu Twitter (@Jesynandez): https://twitter.com/Jesynandez?s=09

Espero que tenham gostado do capítulo. Não se esqueçam: não sejam leitores fantasma, adicionem a biblioteca, aos favoritos e Comentem!!

Meu Twitter (@Jesynandez): https://twitter.com/Jesynandez?s=09


This is Love (Cellbit/mitw) - https://spiritfanfics.com/historia/this-is-love-6235381
True Colors (Calango) - https://spiritfanfics.com/historia/true-colors-6436121
Todo Mundo em Pânico (vários Youtubers) - https://spiritfanfics.com/historia/todo-mundo-em-panico-6463506
Hey, estou grávido! (mitw/cellps) - https://spiritfanfics.com/historia/hey-estou-gravido-6543681
Casamento por Contrato (Cellbit/Mitw) - https://spiritfanfics.com/historia/casamento-por-contrato-6543814
Glee (Youtubers/glee/Pretty Little Liars) - https://spiritfanfics.com/historia/glee-a-vitoria-e-nossa-6632747


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...