História True Love - Namjin ( Jikook, Vhope, Yoontaeseok) - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Jikook, Namjin, True Love, Vhope
Exibições 353
Palavras 1.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa os erros e leiam as notas finais, amo vocês❤

Capítulo 22 - Ciúmes..


Fanfic / Fanfiction True Love - Namjin ( Jikook, Vhope, Yoontaeseok) - Capítulo 22 - Ciúmes..

MARK P.O.V

Sai do meu trabalho no horário normal, como eu só trabalho em um turno ( no caso pela manhã ) queria logo chegar em casa para fazer o almoço para mim e meus irmãos. Sim, meus irmãos, tenho 3 irmãos mais novos, a Yezi que tem 16 anos, o Minseok de 11, e o Yejun de apenas 5 anos.( OBS AUTORA: Yejun e Minseok são personagens fictícios, apenas a Yezi que não. ) Crio eles sozinho, não posso negar que é algo muito difícil, ainda mais após o grande trauma que temos em nossas vidas..

{…} Chego em casa cansado, com algumas gotas de suor escorrendo pelo pescoço, afinal vou e volto a pé para o trabalho, não posso ficar gastando dinheiro com ônibus, cuidar de uma família sozinho gasta muito, e ultimamente as coisas tem piorado.

-Pessoal, cheguei! - Disse adentrando em casa, trancando a porta com um pouco de dificuldade, pelo fato da fechadura está velha e desgastada.

-YEZI- Ainda bem! Eu tô com fome, ~ o fogão te espera maninho ~ . - O final da frase ela disse cantarolando, me fazendo rir.

-Onde estão os meninos? Já voltaram da escola?

-YEZI- Já sim, estão no quarto. Mas por favor vai logo fazer a nossa comida. - Ela pediu quase à implorar, apenas assenti e fui ao banheiro para lavar as minhas mãos. {…} Fiz uma comida repetitiva ,mas gostosa, na verdade meu coração apertava ao ver eles comendo quase todos os dias a mesma coisa, sopa de legumes, eu levo jeito na cozinha, mas eu queria poder dar mais à eles.. O que eu não tive… Eles lavaram a louça para mim e arrumaram toda a cozinha, eles sempre me ajudam no que pode, menos o Yejun, esse só sabe fazer bagunça.. Me sento no sofá e pego o meu celular simples, e vejo que tem algumas mensagens, entre elas uma de Jackson, esse homem que vêm mexendo muito comigo, desde o dia que viramos amigos, ele me seduz de uma forma tão quente.. Mas também é a especialidade dele, afinal ele é dono de uma boate, uma das melhores de toda Seoul.

*CONVERSA ON*

-WANG- Oi Mark, venha até a minha casa quando sair do trabalho, estou te esperando ansioso. [12:40]

EU- Logo chego aí.. [13:46]

"Esperei um pouco para ver se ele iria responder algo, mas a minha mensagem nem visualizada havia sido. "

*CONVERSA OFF*

Tomei um banho rápido, apenas para limpar todo aquele suor de mim, e vesti apenas una bermuda e uma blusa qualquer.

Me despedi dos meus irmãos, falando que não demora para voltar e pedi para a Yezi tomar conta deles *mesmo sabendo que eles é quem tomam conta da mais velha* . {…}

Cheguei na casa de Jackson e o grande portão de grade estava aberto, então me atrevi a entrar sem tocar o interfone. Quando cheguei até o portão principal e a porta também se encontrava aberta, na verdade encostada. Mas como ele havia me convidado, não vi mal algum abrir a porta e entrar. Fiz o mesmo que pensei, abri e entrei, me deparando com uma cena que me fez sentir ciúmes dele pela primeira fez.

-Estou atrapalhando o cazalzinho? - Disse por impulso, e sai batendo forte a porta, corri para fora dos grandes portões de grade, escutei o Jackson falando algo, mas não dei nenhuma atenção e fui andando rápido, mas sem correr de volta para minha casa.

JACKSON P.O.V

Quando abri as grades, eu já não o via na rua, ele deve ter saido correndo ou algo assim..

-NAM- Ei Jack, o que foi isso?! - Ele disse me olhando do portão de casa, enquanto eu ainda fitava a rua.

-Eu esqueci! Esqueci que chamei ele para vir aqui.. Agora ele deve pensar que sou maior puto.. - Eu disse passando a mão para trás em meu cabelo.

-NAM- Entre e vamos conversar sobre isso. - Ele disse e se entrou. " Até parece que a casa é dele" , mas logo me tranquilizei e entrei na MINHA casa.

-NAM- Então, primeiro, quem é ele?

-Bom-m.. É um amigo. - Eu disse suspirando.

-NAM- Amigo? Amigo Jackson? Okay, e eu sou a Barbie né. Em que mundo você se preocuparia se algum "amigo" te achasse um puto? - Ele disse de uma forma debochada, mas tenho certeza que não foi por mal.

-Ele é mais-s que um amigo.. Eu gosto-o de.. Foder ele.. - Eu iria dizer a verdade, mas eu preferi guardar ela só para mim.

-NAM- Se for só isso, não se preocupa okay? Ele não vai fugir de você só porque nos viu abraçados.. Bom, agora tenho que ir, vou descansar, afinal a noite está por vir e tenho que trabalhar.. Mesmo sem um pingo de vontade. - Ele disse suspirando e se levantando indo em direção a porta, tenho certeza do que ele queria escutar " não precisa ir hoje Nam, pode ficar em casa se masturbando pensando na sua princesa",mas com certeza eu precisava dele nos shows, ele quem faz aquela boate se movimentar e fazer mais e mais dinheiro.

-Até Monnie, até. - Eu disse piscando e logo ele saiu.. E agora? O que farei com o Mark? …

JIMIN P.O.V

Depois do Kook trazer o café da manhã para mim no quarto ( não foi um ato romântico, apenas fez isso por causa do seu Appa que poderia chegar a qualquer momento ) comi com gosto, aliás estava muito gostoso. {…} Quando terminei de comer, agradeci e vesti a minha roupa, eu precisava ir para casa,não sei se suportaria ficar mais tempo perto do Jungkook sem atacar aqueles lábios que pareciam deliciosos…

-KOOK- Tem certeza que não quer que eu te acompanhe? - Ele disse me levando até a porta da sua casa.

-Tenho sim Kook, esta tudo bem, e alias.. O-obrigada por tudo. - Eu disse um pouco tímido.

-KOOK- Então.. Se lembra que iriamos no cinema hoje?

-Aigoo! Me esqueci Kook-ah,me descul..- Ele me interrompeu.

-KOOK- Venha para minha casa hoje à tarde, assistiremos o filme aqui, tenho muitos filmes bons, tenho certeza que vai gostar. - Ele disse rindo, parecendo muito animado.

-Mas e o seu Appa? - Eu disse coçando a nuca.

-KOOK- Ele trabalha a tarde toda, e só chega à noite, aliás tarde... Ele é um bêbado, mas é um empresário quando não é um bêbado. Entendeu? - Ele disse confundindo à si próprio e rindo disso.

-Okay então, eu volto à tarde, até Kook. - Disse acenando e me despendido, logo me afastando da casa dele.. Sabe quando parece que nos esquecemos como se anda? Então isso aconteceu… Aquelas palavras inocentes dele.. Cada toque dele em meu corpo ontem.. Aigoo.. Mesmo que ontem tenha acontecido algo horrível comigo, o Jungkook conseguiu me fazer "esquecer" de tudo, apenas com o seu carinho e seu toque, o seu toque de carinho, com um certo cuidado diferente..

JIN P.O.V

Oque eu estava sentido depois de fumar aquela maconha? Eu estava me sentindo super leve, eu nem sabia onde eu estava em alguns momentos, eu ria ate do vendo que batia em meu rosto, estava parecendo uma criança. Eu ria mais alto ainda quando o Suga ne olhava com um rosto preocupado, perguntando se eu estava bem, eu sinceramente não sei como achava aquilo engraçado, mas no momento tudo era engraçado.

-SUGA- Ya Jin, acorde, já são 16:30 da tarde. - Ouvi a voz do Suga falar baixo em meu ouvido, quase como um sussuro.

-Eu-u dormi a tarde quase toda-a? Aigoo.. - Eu disse me sentando na cama e coçando os olhos, logo percebendo que eu estava no quarto do Hoseok, e me lembrando de toda aquela dor que não estava sentindo antes, por conta da maconha..

-SUGA- Sim, e por culpa sua eu não pude ter o meu sono da tarde! Fiquei preocupado com você. - Ele disse mantendo a sua expressão de sempre, irritado.

-Preocupado porque? - Eu disse rindo fraco, pois estava sentindo minha cabeça começando a doer.

-SUGA- Eu nunca tinha visto alguém chapar tanto igual à você, e fiquei preocupado de você ta um troço e eu me fuder.

-NOSSA YOONGI, que amigo você não é? Pensei que estava preocupado comigo.. - Eu disse fingindo estar chorando.

-SUGA- Pare com isso porque não tenho paciência para coisas bestas. Ande, dessa e venha comer, comprei alguns lanches para você. - Ele disse se saindo do quarto, e fechando a porta, me levantei e fui ao banheiro ( que se encontrava dentro do quarto ) e lavei o meu rosto.

-Porque você tentou esquece-lo de uma forma tão inútil.. Você sabe que não pode tirar ele de sua cabeça Seokjin.. Ou melhor.. Do coração.. - Disse baixo para mim mesmo, pegando um remédio para dor de cabeça, eu preferi prevenir antes que ela viesse mais forte..


Notas Finais


O que estão achando da fic? Me digam please, espero que estejam gostando❤ Até amanhã. Kisses bye💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...