História True Love - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amanda Seyfried, One Direction
Personagens Amanda Seyfried, Niall Horan
Visualizações 13
Palavras 1.312
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oooie amores, tudo bem com vocês??
Boa Leiitura, espero que gostem!
Descuuulpa pela demora pra postar, não prometo postar em breve porque tá tudo muito corrido, mas não vou demorar tanto assim mais pois as fériiiiaaas estão chegando!!! Obriiigado mesmo de coração, um beeeijo!!

Capítulo 6 - Tão próximo de mim!!


Capitulo 6

NO CAPITULO ANTERIOR...

- Obrigada por me deixar cuidar de você – retribui o abraço...

Algumas horas depois...

Melissa POV’s

Estávamos todos no hospital, prontos para coletarmos nossos sangues e verificar quem poderia ser doador da mãe de Noah.

Passados alguns minutos, uma enfermeira veio e nos chamou para uma sala onde seria feita a coleta de sangue, todo mundo fez sua parte e voltamos para a sala de espera para esperarmos o resultado dos exames que sairia em meia hora.

Após os 30 minutos de espera em que ficamos todos em silêncio em respeito ao Noah que estava ali extremamente abatido, uma enfermeira veio até nós.

- Senhores, já tenho o resultado – ficamos todos de pé e esperamos ela falar.

- Alguém foi compatível? – Noah perguntou ansioso.

- Sim, achamos alguém compatível – respiramos aliviados – senhora Mia Garcia você foi compatível, podemos começar o procedimento agora?

- Ah claro, podemos sim – Mia respondeu a enfermeira.

- Me siga, por favor, então.

Mia seguiu a enfermeira e as duas sumiram hospital á dentro, ficamos na sala de espera até que todo o procedimento fosse feito. Após longas duas horas a mesma enfermeira veio até nós e avisou que já tinha acabado e que sim tinha dado tudo certo. Logo mais á tarde o sangue de Mia seria colocado em contato com o as veias da mãe de Noah. Fomos até o quarto onde Mia estava aguardando a hora de ser liberada.

- Oi – disse Noah quando entramos no quarto

- Oi pessoal – Mia respondeu

- E aí como tá se sentindo? – Chris perguntou e depositou um beijo na testa dela

- Eu to bem, quando vou poder sair daqui?

- Ficará uma noite em observação e amanhã logo cedo poderá ir pra casa – disse a enfermeira adentrando o quarto

- Mas eu estou bem, já posso ir pra casa não quero ficar aqui.

- Ok então, vou ver com o médico e como for a resposta dele te libero pra ir pra casa – disse a enfermeira e saindo do quarto.

Ficamos ali mesmo no quarto onde Mia estava não demorou muito e a enfermeira veio até o mesmo.

- Senhorita Mia, o doutor te liberou pra ir pra casa e passou algumas recomendações, nas próximas 24 horas você tem que ficar de repouso sem fazer muito esforço.

- Tudo bem, farei o repouso certinho, só quero sair daqui – Mia respondeu a enfermeira um pouco impaciente.

- Então tá, já pode ir se quiser.

- Obrigada – Mia respondeu e a enfermeira saiu dali.

E assim foi feito, saímos todos dali e fomos até a recepção, esperamos para que Noah visse a mãe antes da cirurgia e fomos pra casa dele onde todos passariam a noite. Após longos minutos chegamos, ainda era 18h15min e a gente precisava comer, conversamos, discutimos e decidimos que era melhor fazer comida do que comer qualquer besteira de rua ou fast-food. Foi decidido que eu faria a janta e lá fui eu pra cozinha, procurei algumas coisas e achei tudo o que eu precisava, iria fazer arroz e strogonoff, depois de longos minutos, reclamações de fome e que a comida estava demorando, tudo ficou pronto e sentamos á mesa e comemos, até que chegou a hora de todo mundo dormir, e surgiu questão onde colocar todo mundo pra dormir. Arthur pensou em tudo e trouxe um colchão de casal onde caberia duas pessoas tranquilamente.

- Mia e Chris, podem ficar no quarto da minha irmã, já que ela vai passar a noite no hospital – Noah se posicionou sobre o assunto.

- Eu posso ficar aqui no sofá mesmo – Brian se decidiu sem muita enrolação. 

- Tá sobrando um lugar no colchão gente – Arthur nos lembrou

- Eu durmo no colchão com você Arthur – Me pronunciei

- E você Antony? – Noah Perguntou

- Eu fico aqui mesmo nesse outro sofá, por mim sem problemas – Antony respondeu.

- Então é isso galera, vamos dormir né – Chris disse já puxando a Mia em direção ao quarto onde eles dormiriam, Noah os seguiu pra poder pegar cobertor e travesseiro para os dois e aproveitou e já trouxe para todos nós.

Depois de tudo arrumado, nos despedimos e deitamos, digo deitamos porque os outros dormiram já eu fiquei ali revirando de um lado pro outro, até que cansada de virar no colchão peguei meu celular que estava ali do lado no chão mesmo para olhar a hora era 23h54min decidi levantar pra tomar um copo de água. Fui até a cozinha tomei agua e quando estava voltando por meu lugar, ouvi no andar de cima um acorde de violão, era Noah eu sabia, mas decidi ir lá ver o que estava acontecendo subi vagarosamente as escadas para não acordar ninguém, a luz do quarto dele ainda estava acesa, abri a porta e ele cantava de olhos fechado, nem me viu ali o observando.

- Cause you're a sky, 'cause you're a sky full of stars, i'm going to give you my heart. Cause you're a sky, 'cause you're a sky full of stars – Noah cantava lindamente.

Cause you light up the path – Ele terminou e eu continuei.

- Ah oi, está á muito tempo? – Ele perguntou notando a minha presença

- Não faz muito tempo que cheguei

- O barulho do violão te acordou?

- Não, eu nem tinha dormido ainda.

- Ah entendi, entra.

Ele me chamou e eu entrei fechando a porta atrás de mim

- Tá tudo bem? Por que não dormiu ainda? – perguntei sentando do lado dele na cama

- Não consegui dormir, não paro de pensar no hospital – ele me respondeu com os olhos marejados.

- Vai ficar tudo bem, logo ela já estará em casa, e você precisa dormir pra descansar, ficar bem para quando ela voltar.

- Eu não consigo dormir, não consigo pensar tão positivo assim.

- Noah, ela precisa de você bem, pra poder ficar bem também, ela precisa sentir sua força, vamos dormir agora e amanhã bem cedo à gente dá uma volta você distrai a cabeça e depois vai pro hospital com as energias renovadas.

- Tudo bem vai você me convenceu

- Então tá, eu vou pro meu canto e você trate de dormir, boa noite – dei um beijo no rosto dele e me dirigi á porta.

- Ei espera – Noah me chamou de volta – dorme aqui comigo essa noite? – ele me pediu com uma cara que era impossível dizer não.

- Não faz essa cara menino, não vai caber nos dois nessa cama tá doido – tentei escapar.

- Lógico que cabe, olha o tamanho dessa cama, por favor? – ele fez bico

- Tá bom Noah, vamos dormir logo antes que eu me arrependa – eu disse e ele riu e guardou o violão.

- Você dorme no canto pode ser? – Ele perguntou

- Claro que pode – eu respondi e ele riu mais ainda da minha sinceridade, como era bom o vê sorrir.

- Tá bom então. – Noah disse e foi pegar mais uma coberta

Deitei e ele logo veio e deitou do meu lado, passou o braço pela cintura e começou a falar.

- Obrigada, por ter vindo até aqui e tá cuidando de mim, eu nem sei como agradecer – ele foi super fofo.

- Não precisa agradecer, só fiz o que meu coração pediu não conseguiria ficar lá sabendo que você tá aqui assim nesse estado – respondi.

- E a faculdade?

- Isso a gente resolve depois.

- Você não existe dona Melissa

- Existo e quero dormir, boa noite senhor Noah – disse e virei pra parede, ficando de costas pra ele.

- Tá bom né, boa noite Mel.

Eu ri baixo e ele me deu um beijo na bochecha e apertou minha bochecha, e eu apenas suspirei como era bom ter ele ali tão próximo de mim. Não demorou muito e eu peguei no sono, acredito que ele também. 


Notas Finais


Muito obrigado por ter lido,espero que tenha gostado!!
E se gostou por favor deixe seu comentário,isso é muito importante pra mim e para o desenrolar da Fanfic.
Opiniões, Criticas e elogios sempre serão muito bem vindos. *----*
Beiiijos e até o próximo capitulo! Amo vocês!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...