História True Love... - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Temari
Tags Gaahina, Gaasasu, Narusasu, Sasuhina
Exibições 93
Palavras 938
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom... é a segunda temporada, precisa ler a primeira para ter um entendimento melhor, espero que gostem.

Capítulo 1 - O Começo...


Fanfic / Fanfiction True Love... - Capítulo 1 - O Começo...

                                       Lovers...
                           Primeiro Capítulo...
                                 O começo...

                        '( Sasuke...

     Suspirei e fechei os olhos, uma leve brisa bateu e meus cabelos que estavam um pouco abaixo do queixo, se mexeram, deixei que o vento levasse junto as lágrimas insistentes que teimavam em cair por meu pálido rosto.
   Já faz 4 anos desde que passei a viver em Suna, e dois desde o fim da guerra, não foi fácil superar, eu ainda sinto os efeitos do pôs guerra, as mortes que ocorreram, eu não ia, mais quando convocaram Hinata e Gaara, eu não pude ficar aqui, fiz toda aquela encenação e enfim consegui enfrentar Naruto, e por mais que eu admitisse que perdi, não podia voltar para Konoha , não naquela época.
    O pequeno Hitsui se tornara um menino calmo e bonito, tão parecido com o pai. Não que eu ache Gaara bonito ou coisa assim, só... esquece.
    Talvez eu simplesmente precise tirar um descanso, sair pelo mundo, enfrentar pessoas fortes, treinar, ficar mais forte, conhecer outras pessoas, quem sabe superar essa boba paixão, afinal descobrir que você não pode fazer um filho, não é algo simples.
   Eu só quero me afastar e não me aproximar mais, droga, Hinata está grávida de novo, pela terceira vez, como acha que me sinto por saber que ele é do Gaara, eu.... eu sei que não sou nada nesse "relacionamento" só que... eu insisto em fingir que sou, tentar esconder, tentar esquecer a droga da macies daqueles lábios, por que eu fiz aquilo.
   As vezes a tensão entre nos dois é tão grande que preciso me manter longe, Gaara não entende que ... não da mais... sei que até Hinata já percebeu... não da mais... eu preciso ficar só, afinal, eu sou o último Uchiha e não posso continuar com meu clã, ele irá acabar comigo.
   Eu me sinto a cada dia pior, eu só quero morrer longe deles, porque eu sei que ser estéril não é meu único problema, não foi a única coisa que ela disse, eu sei que estou doente, que não viverei muito tempo, eu não quero ficar meus últimos minutos junto deles, daquele Kage idiota e Hinata.
   Talvez eu não queira  admitir que estou completamente perdido por aqueles olhos... droga... eu preciso dos dois, por mais que eu não queira admitir, eu não quero morrer sozinho, quero ter certeza que alguém sentirá minha falta.
    Eu sei egoísta, poderia sumir e eles nunca saberiam se eu morri ou não, mas... eu quero poder ser egoísta ao menos quando vou morrer, quero que aqueles olhos, aquele sorriso, sejam as últimas coisas que eu vi antes de morrer.
    Isso não quer dizer que Hinata não me ame mais, ela me diz isso sempre, sempre sussurra antes de me abraçar e dormir comigo, por aquele maldito Kage ultimamente não sai daquela sala, depois que Suna foi atacada a dois anos atrás, durante um dia em que eu estava em missão, ele ficou estranho, afinal, Hinata perdeu seu segundo filho nesse ataque.
      Não que eu não me importe, só que... do que adianta ele aumentar a segurança, fazer tudo isso, se ele que ela precisa não está aqui, se eu estivesse aqui, nada daquilo teria acontecido.
   Hinata estava cuidando de algumas crianças quando Suna foi atacada, eles queriam levar as crianças, e ela lutou, deu seu melhor, ela estava de 4 meses, ela protegeu eles com sua vida, com a vida dele, quando Gaara chegou lá ela estava desmaiada sangrando, não deu tempo de salvar.
   Depois daquilo eu não sai mais em missão, porque Gaara ficou paranoico. "Se aconteceu isso com Hinata aqui dentro, imagina o perigo que você corre lá fora" e então não fiz mais nenhuma missão.
    As vezes me sinto preso e quero sumir, as vezes fico feliz com toda essa proteção, e me sinto mal por não ter contado aos dois o que eu tenho, não quero que eles se preocupem comigo, quero morrer guardando isso comigo, não quero que eles saibam quer sou inútil, que não posso continua meu clã.
 
- Sasuke...

      Me assustei e me virei com presa, Gaara estava ali, parado com os olhos vermelhos cheios de lágrimas, claro, eu sabia que aquela enfermeira não deixaria a boca fechada, sorri fraco sentindo um aperto e ele correu até min e me abraçou, deixei um soluço escapar e vi Hinata vindo, ela tinha lágrimas e parecia assustada, então eles sabem tudo.
    Eu devolvi o abraço, eu precisava daquilo, ele chorava em meu ombro, sussurrando meu nome, Hinata me abraçou também, ela chorava baixinho, era estranho imaginei que ela iria chorar alto, e que Gaara fingiria ou não se importaria.
   Eu sorri e me afastei dos dois, eles me olhava preocupados, eu não queria pena deles, tudo ficara bem se... se nós nos afastar, eu não quero, por mais que desejo que eles sejam meus últimos momentos, não quero ser culpado por esses olhos vermelhos e com dor.

- Eu não quero...
- Não queira dizer que não quer pena, que não quer nós atrapalhar, que não quer que nós sofremos, porque eu já estou sofrendo, droga, Hinata não pode te perder... não... não... eu não posso te perder, por mais que seja um Uchiha idiota, que só de trabalho... eu... eu te amo...
     
     Senti um aperto e as lágrimas vieram, droga... não me olha assim, Hinata não sorria assim, parem de me olhar como se  si importassem, não quero ver eles sofrerem, não eu não quero ter que dizer que sinto o mesmo, não eu... eu...

      Droga... eu te amo...

   Era isso que eu queria ter dito, era isso que ele esperava que eu dissesse....

   .... Mas não.


Notas Finais


Então o que acharam? Eai comentários?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...