História True Love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza
Personagens Personagens Originais
Visualizações 51
Palavras 757
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Capítulo 9


Jamie

As gravações foram bem puxadas, fazer a cena dá barra de estenção não foi muito fácil mais como a Dakota me conhece bem ela sabe que eu estava meio nervoso, então ela começou a fazer piadas e brincadeiras, deixando assim o clima entre a gente bem mais tranquilo.

Dormir com ela ontem a noite só aumentou a minha vontade de estar com ela, de dormir com ele de passar o resto dos meus dias com ela, como eu queria ter a conhecido antes de fazer a burrada de me envolver com a Amélia.

Hoje estamos de folga e eu quero aproveitar e conversar com meu advogado, contratei uma outra pessoa com a ajuda da Dakota é um bom profissional e tem ótimas recomendações, quero começar a arrumar a minha vida o quanto antes para poder viver com a minha mulher.

Dakota também irá aproveitar e sair com Rita é Eloise elas ficaram mais amigas ainda e Rita é nossa cúmplice, tanto que será madrinha do nosso casamento, mais a Dakota ainda não sabe disso é uma surpresa.

Eu já estou planejando tudo, ainda não contei a ninguém, mais vou me casar com a Dakota assim que meu divórcio sair, eu vou preparar toda a cerimônia e ela apenas precisa estar lá e a pessoa que vai me ajudar a realizar isso tudo será a Rita, já posso até Imaginar a cara que ela vai fazer quando eu contar tudo o que planejo.

.....

Estou em um restaurante, mais especificamente em uma sala privada, aguardo a chegada do advogado ansiosamente,me distraio olhando algumas notícias no celular em pouco tempo ele entra e me comprimenta.

- Sr. Dornan, prazer sou Richard.

- Muito prazer Dr. Richard!- o cumprimento com um aperto e mãos- por favor sente-se.- ele se senta pedimos nosso almoço ao garçom e ele começa a me fazer várias perguntas sobre meu relacionamento com a Amélia, motivo de separação, sobre as meninas, e o contrato com a Universal.

Antes de mais nada ele assina um termo de confidencialidade, então começamos ao que de fato nos interessa.

- Dr Richard o que eu quero primeiro e derrubar a cláusula do contrato que diz que se havendo envolvimento dos atores fora dos sets deverá ser mantido em sigilo para não trazer má visibilidade ao filme, eu acho isso a coisa idiota, quer dizer quantas fãs Dakota e eu temos que não torcem para estarmos juntos além da ficção, tenho para mim que Isso só trará coisas boas para a franquia.

- Entendo Sr. Dornan, isso não será tão difícil assim mais posso conseguir, não vai ser tão fácil como de um dia para o outro mais eu conseguirei sim, antes de estreitar o segundo filme dá franquia pretendo estar finalizado o processo, o que podemos fazer simultâneamente é dar entrada no pedido de divórcio, já existe a separação de corpos correto?....- ele me pergunta, conversamos e almoçamos.

.....

Sai do restaurante bem animado, encontrei Luke e fomos a um pub tomamos algumas cervejas e conversamos sobre assuntos aleatórios, depois seguimos para o hotel, é engraçado ver como a mulheres nos comem com os olhos e o Luke faz várias brincadeirinhas que atiçam elas.

Ele vai para o seu quarto que fica no final do corredor e eu vou para o meu que fica no meio e de frente para a Dakota, minha vontade de vela é aguçada mais respiro fundo e destranco meu quarto, entro na pequena sala e tudo está escuros, tiro meus sapatos, a camisa polo que estava usando e abro os botões dá minha calça deixando minha cueca a mostrar, vou em direção ao quarto e quando abro a porta vejo uma mulher deslumbrante em cima da minha cama deitada de barriga para baixo com a sua buda empinada e os pés cruzados, a luz está baixa o clima aqui é maravilhoso.

- Gostando do que vê?

- Como você conseguiu entrar aqui?- pergunto e ela se levanta vejo seu corpo delicioso em uma langerrie preta que contrasta perfeitamente com a sua pele, ela caminha na minha direção, me puxa pelo cós dá calça e me dá um beijo sensual pra caralho já estou mais duro que tudo.

- Se eu te contasse...-Ela passa as unhas nas minhas costas me dando um arrepio delicioso.- teria que te matar.- ela fala e me beija de novo. Essa mulher me leva a loucura, me deparo dela tiro minha calça e minha cueca e me deito na cama.

- Tira essa langerrie pra mim Dakota! Agora!- falo me masturbando enquanto ela coloca uma música e começa a rebolar para mim tirando uma meia de cada vez lentamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...