História True Love Forever - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bianca Tatto Marques (BIBI), Italo Matheus, Jean L. "JeanL", Jhennifer "Coelha" Angelina, Luiz Felipe (Luiz 1227), Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso
Personagens BIBI Tatto, Italo Matheus, Jean L. "JeanL", Jhennifer "Coelha" Angelina, Luiz Felipe "Luiz 1227", Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso Rezende Posso
Tags Adr, Amizade, Bianl, Romance
Exibições 42
Palavras 230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - No, please...!


Pov's Bibi

Acordei em um lugar todo escuro e vazio, cheio de teias de aranha e buracos na parede e no chão. Tentei me mexer mas não consegui, olhei pra mim mesma e percebi que eu estava amarrada em uma cama por cordas com nós muito bem feitos.

-Você não vai conseguir sair daqui... -alguém disse.

Olhei rapidamente pro lado e vi Ethan encostado no batente da porta com os braços cruzados. Ele foi se aproximando de mim aos poucos.

-Ethan, por favor... Me deixe ir... -pedi olhando pra ele.

Ele riu de um jeito maligno. 

-Não, você pertence à mim. Tem que ficar aqui comigo... -ele disse se aproximando cada vez mais. 

Eu estava cada vez mais assustada. Como eu vim parar ali? Vi ele pegando algo no bolso, um canivete!

-O-o que você vai fazer comigo?-perguntei temerosa.

-Não é óbvio? Como eu já disse: você é minha! -ele ergueu um pouco o tom de voz -E sendo minha, eu vou te marcar com um "E" no braço pra você não se esquecer...

-Não, por favor... Eu volto com você, faço o que você quiser... Mas por favor, não me machuque...

Ele me olhou com uma mistura de maldade e raiva. 

-TARDE DEMAIS! -gritou e enfiou o canivete no meu peito me fazendo gritar de dor.

...

E foi nesse momento que eu acordei assustada, olhando tudo em volta. Eu estava no meu quarto... Foi tudo um pesadelo...

Um amargo pesadelo...


Notas Finais


Não sei se vocês acharam que era verdade ou não, mas... (^-^)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...