História Truly, Madly, Deeply in Love - Capítulo 69


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Simon Cowell, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Jessie J, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Simon Cowell, Zayn Malik
Exibições 104
Palavras 2.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente como estão? Demorei mas estou de volta, estava votando tanto esses dias nos meninos e eu também fiz uma cirurgia e tava meio tenso ficar com o pc, por isso estou usando muito o celular e eu não gosto muito de escrever no celular kkkk
Bom eu espero que vocês gostem desse capitulo, eu gostei de escrever.

Seguinte eu nunca fiz isso, mas essa vai ser a primeira vez e caso vocês gostem podemos repetir, eu estava lendo assim que eu terminei de escrever e estava escutando uma musica e eu achei que daria uma bela trilha sonora, essa foi a minha opinião por isso quem quiser ter essa experiencia assim como eu, eu vou deixar anotado quando é para vocês colocarem a musica ok?
O nome da musica é "say when" da banda the fray. se forem colocar para tocar coloquem a partir do minuto 2:39 ok? o link da musica vai estar nas notas finais.

Boa leitura

Capítulo 69 - I Hate You


Fanfic / Fanfiction Truly, Madly, Deeply in Love - Capítulo 69 - I Hate You

Pov Ema

 

Depois que o Harry saiu da minha casa eu não parei de pensar no que ele me disse, porque ele tinha que ter esperado tanto tempo para se declarar, porque ele fez isso justo agora? Aquilo estava me encomendando muito, e eu sabia que eu estava saindo com o Willian para esquecer o Harry eu sabia disso, mas ele não precisava saber disso.

***

O dia passou quase que se arrastando, até que eu me dei conta que precisava sair e ir ao tal encontro, eu não podia ficar em casa pensando no Harry, ele tinha sido egoísta e eu precisava ser do mesmo jeito. Me arrumei sem a menor vontade de sair, mas não queria ficar em casa eu precisava sair e esquecer o Harry pelo menos essa noite, eu sei que quem estava sendo egoísta agora era eu, porque usar o Willian desse jeito era ruim, mas eu precisava fazer isso.

Assim que terminei parei em frente ao espelho, eu estava bonita, com um vestido azul escuro na altura dos joelhos, ele tinha uma abertura nas costas e mesmo sendo simples era elegante. Meu cabelo estava preso. Eu estava bonita, eu sabia disso, mas o que me incomodava é que eu não sorria, aquela garota que estava contente por causa desse encontro tinha sumido, agora era como se eu estivesse indo obrigada pela minha própria consciência e não deixava de ser verdade, eu não queria ficar por baixo pelo que o Harry havia me dito. Respiro fundo e tento dar o melhor sorriso possível... Era falso, eu sabia disso, mas eu precisava me convencer que era verdadeiro, precisava ser. Desisto e pego as chaves do meu carro, Willian e eu nos encontraríamos no restaurante eu só precisava ir lá, fingir me divertir por uma hora e meia e voltar embora. Plano perfeito.

***

Chego ao restaurante e estaciono o carro e caminho devagar para dentro do edifício, o caminho todo eu tentava dar o meu melhor sorriso, mas era quase impossível. Quando eu chego la dentro a recepcionista me acompanha até nossa mesa e eu vejo Willian já sentado lá, só precisava ficar aqui uma hora e meia só isso aguenta firme Ema, repetia a mim mesma, mas na real o que meu coração perguntava era “o que é que eu estou fazendo aqui? Sendo que eu queria estar em outro lugar”

 

 

 

POV Stela

 

 

-Os meninos me mandaram mensagens de feliz aniversario – Niall comentava enquanto mexia no meu notebook, enquanto estávamos comendo pizza na sala – Louis postou uma foto horrível minha no instagram, você viu? – ele pergunta olhando para mim e eu nego com a cabeça  enquanto tomava um pouco de refrigerante.

-Deixa eu ver? – falo finalmente e ele mostra a tela para mim – Ai meu Deus! – exclamo rindo, era uma foto do Niall fazendo uma careta, na verdade era aquele tipo de foto que as pessoas tiram quando você não está esperando e sai aquelas coisas estranhas e engraçadas – Tinha que ser o Louis.

-Sim, não podia ser outra pessoa para fazer isso – ele comenta rindo também pegando outro pedaço de pizza – Mas a mensagem é bonitinha você leu? – eu nego com a cabeça novamente – Ele escreveu assim: “por mais que eu adore te zoar não esqueça que você é um amigo muito querido e te desejo sempre tudo de bom , feliz aniversario. Ps: só não concordo que não vai ter festa como assim?? Te amo cara”.

-Verdade, eu atrapalhei sua festa de aniversario, desculpa Niall – comento me sentindo culpada.

-Na verdade eu estou curtindo meu aniversario muito bem, não sei se percebeu – ele tenta me acalmar e eu olho para ele contrariada.

-Sentado no chão da minha sala comendo pizza e tomando refrigerante?

-Tecnicamente eu estou tomando cerveja – ele brinca colocando o computador na mesinha de centro – E eu gosto de Pizza.

-Você entendeu Niall – retruco e ele ri.

-Eu estou junto da minha namorada, o que eu poderia pedir mais? – ele me puxa para mais perto e eu respiro fundo. Depois que nos beijamos la na praia Niall e eu decidimos a voltar a namorar, isso para ele, no um caso eu decidi começar a namorar com ele – Não se sinta culpada Stela, esses dias estão sendo importantes para nós dois a ideia é curtir esse tempo juntos e eu estou adorando isso.

-Tem certeza? – pergunto em duvida, e ele sorri com seus olhos azuis  cravados em mim.

-O que você acha? – ele pergunta me dando um selinho e me abraçando mais forte assim que nos afastamos do beijo. Nesse momento o celular dele toca em cima da mesa com o nome “mãe” escrito na tela – Melhor eu atender – ele diz se levantando para pegar o celular.

-Tudo bem, eu vou pegar essas coisas e levar para a cozinha tudo bem? – ele assenti e atende o telefone. Assim que eu chego na cozinha pego meu celular e mando uma mensagem para Louis

 

“Preciso de sua ajuda, depois de amanhã Niall e eu voltaremos para Londres. Você topa me ajudar a fazer uma festa surpresa para ele?”

 

Segundos depois ele responde:

 

“Fechou. Logico que eu topo , posso ajudar nos preparativos enquanto vocês estão por ai”

 

“Ok, vê o que você consegue resolver e depois te ajudo com o resto”

 

E ele responde um emoticon piscando e eu sorrio automaticamente. Mesmo sendo atrasado o Niall iria ter sua festa de aniversario.

 

 

 

POV Ema

 

-Quando você decidiu ser cantora? – Willian pergunta interessado.

-Foi em um acampamento de verão – respondo tentando ser simpática. Mas no fundo eu já havia me arrependido de ter vindo, o William era um cara legal, mas ele não era o Harry, nem poderia ser.

-Você já pensou em ser outra coisa sem ser cantora?

-Já quis ser bióloga – respondo quando institivamente minha mente me leva para quando Harry me fez essa mesma pergunta, estava assim a noite toda, tudo o que o William falava eu o comparava com o Harry.

-Porque desistiu de ser? É um trabalho legal.

-Tenho medo de insetos – comento brevemente.

-Aos poucos você perderia o medo, e de quebra seria uma pessoa normal.

-Como assim? – pergunto confusa.

-Acho que esse negocio de ser cantora deve ser uma droga, as pessoas querendo saber o que você faz ou deixa de fazer o tempo todo.

-É chato, mas com o tempo você acostuma.

-Acho que não me acostumaria com isso – ele confessa e eu respiro fundo, torcendo para o mundo acabar e eu ir embora dali o quanto antes.

-Questão de tempo – respondo com um suspiro  - Vou ao banheiro já eu volto – respondo me levantando rapidamente.

Assim que eu chego ao banheiro me olho no espelho, era vizivel que eu não queria estar aqui, então eu ligo para a única pessoa que poderia me ajudar.

-Alô?

-Juan preciso de ajuda – falo me segurando para não chorar.

-O que aconteceu? É o Harry de novo? – ele pergunta e eu respiro fundo. Depois que o Harry saiu de casa eu liguei para Juan e contei tudo o que aconteceu, ele era meu empresaria mas antes disso era meu amigo, e por conta de eu estar de férias ele estava nos estados unidos descansando.

-É, quer dizer não é...

-É ou não é Ema? – ele pergunta me interrompendo.

-Acho que sou eu. Eu vim para o encontro como eu havia dito que faria, mas o Harry não sai da minha cabeça, o que eu faço?

-Eu disse para você não ir nesse encontro não disse?

-Ta mas agora que eu já estou aqui, o que eu faço?

-Você tem duas opções, a primeira é ficar até acabar isso...

-Não aguento mais nenhum minuto – interrompo-o.

-A segunda é confiar em mim.

-Hãn? – pergunto sem entender, mas logo eu percebo que ele desliga o telefone, mas que diabos o Juan ia fazer? Tento ligar para ele, mas ele não me atendia. Respiro fundo e saio do banheiro torcendo com todas as minhas forças que ele inventasse alguma coisa rapidamente.

Volto a sentar em meu lugar e William volta a conversar animadamente, mas eu so queria ir embora. Alguns minutos depois meu celular toca e eu respiro fundo. Era Juan como eu imaginei, o que ele estava aprontando?

-Eu preciso atender – falo para William.

-Fica a vontade – ele diz tomando um pouco do seu chapanhe.

-Alô? – atendo o celular ali mesmo sentada na mesa.

-Tudo bem, responda tudo o que eu perguntar e seja o mais realista possível, entra na mentira entendeu?

-Sim, sou eu – tento disfarçar e Juan ri do outro lado.

-Otimo, você está ocupada?

-Hãn, eu estou ocupada, aconteceu alguma coisa?

-Precisava que você viesse para a gravadora agora mesmo.

-Agora? – tento entrar na mentira e vejo Willian ficar confuso.

-Problema na sua demo e coisas do tipo, se vira ai.

-Eu não acredito que alguém gravou em cima da minha musica, como isso é possível? – aumento a historia e Juan ri do outro lado.

-Quer ser atriz? Posso mexer uns palzinhos aqui e ali.

-Claro eu vou ai imediatamente, quero saber o que aconteceu.

-Virei seu fã, nova atriz, pode ganhar um óscar.

-De maneira nenhuma. Tudo bem eu irei até ai, até daqui a pouco – e desligo a ligação – Eu sinto muito William eu preciso ir – falo pegando a minha bolsa e já começando a me levantar.

-A não tudo bem não se preocupe, podemos marcar outro dia.

-Claro – que não, concluo mentalmente – Obrigada por tudo, foi ótimo – dou um abraço e um beijo no rosto dele – A gente se fala.

-Tudo bem – ele concorda e volta a se sentar para terminar o jantar. Eu vou até a recepcionista e pago a conta, eu não iria mais encontrar com ele, e o mínimo que eu poderia fazer já que eu tentei usa-lo para esquecer o resto, mas logico que isso não deu certo.

Corro até o carro, pois por ironia do destino tinha começado a chover, mando uma mensagem de agradecimento para Juan e ligo o carro saindo dali.

 

***

(Ligar a musica do The Fray - Say When)

Mas quando eu me dou conta estou na frente da casa do Harry, eu devia estar com a cabeça nele ainda mais do que eu pensei porque eu jurava que estava indo embora, eu precisava resolver isso, precisava falar com ele, então decido entrar. O porteiro me vê e abre o portão sem mesmo avisar ao Harry, eu já tinha vindo aqui tantas vezes que ele já deve achar que não precisava ser anunciada, hoje era um dia diferente, mas eu não me importava. Desci do carro e toquei sua campainha freneticamente, até que alguns minutos depois ele atende.

-Ema? – ele pergunta assustado – O que faz aqui toda molhada? – ele pergunta sem entender e eu respiro fundo, o que eu estava aqui? Eu também não sabia ao certo.

-A gente precisa conversar – falo a primeira coisa que vem na minha cabeça.

-Entra aqui – ele pede e eu assinto. Assim que entramos Harry e eu, nós mantemos em uma certa distancia em relação um ao outro – Eu gostaria de dizer que eu sinto muito pelo que eu fiz hoje mais...

-Calado – falo autoritária  e ele para de falar automaticamente – Agora é minha vez de falar.

-Tudo bem – ele concorda ainda confuso.

-Você não tem noção do quanto eu te odeio nesse momento...

-Oque? – ele pergunta de repente e eu o fuzilo com os olhos.

-Eu não entendo como você pode fazer isso comigo Harry, porque você foi tão egoísta a esse ponto?

-Eu sinto muito...

-O pior de tudo que por mais que eu te odeie com todas as minhas forças eu me odeio ainda mais por ficar pensando em você o dia todo.

-Que? – ele pergunta perplexo.

-Você estava em tudo o que eu fazia, eu tudo oque eu dizia, em tudo que eu escutava, em tudo o que eu falava... Por Deus, eu fiquei comparando você e o William a noite toda – ele ainda permanecia calado e me olhando perdido, aqueles olhos verdes cravados em mim eram a minha perdição, então eu caminhei até ele – O pior é que ele não era nada parecido com você, você ganhou em todos os quesitos e eu me odeio por ter feito essa comparação sabendo que você iria ganhar antes mesmo de ter feito, e eu te odeio por ter ganhado.

-O que isso quer dizer?

-Eu não sei – respondo me sentindo fraca – Mas por mais que eu te odeie com todas as minhas forças eu devo confessar que na realidade eu não consigo de odiar nem um pouco. Eu só queria entender o porquê você tem esse efeito sobre mim. Você é uma bagunça Styles, mas eu cheguei a um ponto em que eu nem ligo mais para isso – eu seguro seu rosto e o beijo com vontade e ele faz o mesmo assim que entende me puxando para perto, eu não sabia o que eu estava fazendo, mas eu sabia que de tudo o que eu tinha feito hoje, aquilo era o mais certo que eu poderia fazer.


Notas Finais


Link da musica: https://www.youtube.com/watch?v=WNiNHsYqd40

Fiz um blog recentemente que quiser dar uma conferida lá o link esta aqui: http://just-a-dreamergirl.blogspot.com.br/

Por fim, o que vocês estão achando da fic? estou sentindo falta dos comentários de vocês, comentem, e nos vemos no próximo capitulo que eu espero não demorar tanto kkkk
bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...