História Truque de mestre! - imagine Park Jimin - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, HyunA, Seventeen
Personagens Choa, G-Dragon, Hansol "Vernon" Chwe, HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, T.O.P, V
Tags Mágico, Park Jimin, Prisioneira
Visualizações 434
Palavras 1.221
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Galera sorry pelos erros! I love you💞

Capítulo 25 - Eu sou um monstro!


Fanfic / Fanfiction Truque de mestre! - imagine Park Jimin - Capítulo 25 - Eu sou um monstro!

-como é que é?- pergunta CHOA furiosa.

- é isso mesmo que voce ouviu, o MARK vai ficar -disse JIMIN e MARK o abraça e começa a chorar.

-ei pequeno, porque ta chorando?- pergunto.

- esse moço gosta de mim-diz e me lança um sorriso e depois sorri para JIMIN.

- isso é ridículo- diz. Cachoa.- só o que me faltava agora, pronto, esta tudo perfeito, uma família feliz.- diz debochada - um magico de merda, uma gata borralheira empregadinha e por fim..........um órfão mulanbento.- diz furiosa.

-chega CHOA, Se retire da minha casa por favor-disse JIMIN.

- eu vou mesmo, e não pensem que eu aceitarei essa palhaçada sem fazer nada, eu vou me vingar por tudo oque você esta fazendo comigo Park Jimin......você vai perceber que essa idiota não é o bastante pra você!- diz a loira e sai batendo os pés.


Reviro os olhos e olho pra Mark que estava bocejando no colo de Jimin.

- tá com sono?- pergunto e ele balança a cabecinha e depois a deita no ombro de Jimin.- vamos tomar um bainho e depois vamos mimi -digo sorrindo e os dois riem tambem.

Subimos para o quarto e eu começo a dar banho em Mark. Saímos do banheiro e vimos Jimin sentado na cama nos olhando.

- que foi?- pergunto vendo que o mesmo sorria.

-hum? Ahh nada nao- diz e se deita.

- onde eu vo durmi- pergunta a criança.

- não sei, voce tem medo de dormir sozinho?- pergunto e ele assente.

- pode dormir comigo - digo sorrindo e ele sorri.

Apago as luzes e me deito no chão com o menino em meus braços.

-princesa, deita na cama - diz Jimin. 

Me levanto com Mark que já estava cochilando em meus braços e coloco o mesmo na cama. Me deito e adormeço assim como Jimin.


[...] 


Choa on:


Aqui estou eu, em um quarto de hotel no melhor hotel da cidade, planejando uma vingancinha contra minha querida amiga (s/n).

-hahahah voce não perde por esperar amigunha- digo sorrindo após ter um plano de mestre. 



(s/n) on:


Acordo e não encontro Jimin na cama, apenas Mark.

Me levanto, faço minha higienes e vou acordar Mark.

-ei pequeno, acorde, vamos tomar café da manhã.-digo e o menininho acorda e sorri para mim.

Olho para o criado mudo e vejo um bilhete. Pego o pedaço de papel e começo a ler.

" fui com os meninos ensaiar para o próximo show, Hyuna tambem veio, leve o menino para passear em algum lugar, e não precisa me ligar pois estarei ocupado"


- hummmmmm que tal irmos passear?- pergunto olhando o menino que me olhava sorrindo e assente com a cabecinha.


Descemos, tomamos café e eu peguei uma mochila com algumas roupas de banho pois iriamos em um parque aquático.


Estavamos de saida quando vimos Dasom e Vernon com malas na sala.

-ja vão?- pergunto.

-ah sim minha querida, ate um dia desses viu, e eu gostei muito de você, desejo que você e meu sobrinho sejam muito felizes- diz me abraçando e eu retribuo.

-bom, eu ainda não entendo o porque de gostar tanto do Jimin , mas......-diz Vernon e tambem me abraça.

-aonde vão?- pergunta Dasom.

-vamos em um parque aquático- digo sorrindo.

-ebaaaaaaa- Mark começa a gritar e pular.

-bom, já estamos indo, beijos e boa viajem- digo para os dois e saio de casa com o menino que segurava em minha mão.



Jimin on:


Estava praticando alguns truques novos com os meninos quando de repente recebo uma mensagem de um número desconhecido( -J kkkk brincadeira galera, quem leu sem querer te amei, sabe doq eu to falando).

"Enquanto o trouxa está aí brincando de ser mágico, a princesinha da (s/n) foge de casa com órfãozinho. Se toca Park Jimin, ela não gosta de você, ela nunca gostou, só virou a sua "amiguinha" apenas para ganhar sua confiança a ponto de deixa-la sozinha em casa sem seguranças apenas para fugir."


Que?

A (s/n) fugiu?????



ISSO SÓ PODE SER BRINCADEIRA!


Saio as preças do teatro sem dizer nada para os meninos e vou para casa.

Chego lá e não encontro (s/n) em nenhum lugar. Vi que faltava algumas roupas dela no closet.



Ahhhhh não acredito que essa garota fez isso comigo, ela vai me pagar e muito caro!




(s/n) on:


Saimos do parque aquático e fomos em uma pracinha tomar sorvete.


-hummmmmm ta gostoso- diz Mark sorrindo e se lambuzando com seu sorvete de chocolate.

-kkkkkkk ei, pequeno voce esta todo sujo kkkk- digo rindo e pego um guardanapo para limpar sua boca, quando sinto meu braço ser puxado brutalmente.


-te achei sua vadia!- diz Jimin me olhando furioso. Ele não me deixa dizer nada e me arrasta juntamente com Mark para dentro do carro e dirige.


-Jimin, o que esta acontecendo?- pergunto assustada assim como Mark que chorava no banco de trás.

-CALA ESSA BOCA! NÃO SE FAÇA DE IDIOTA.........-diz raivoso.

Chegamos na mansão e ele me arranca de dentro do carro e me joga no meio da sala.

- vai para o quarto de hóspedes Mark- diz Jimin furioso e o menino sobe as escadas assustado.


-J-JIMIN....-tento dizer algo mais fui atingida com força no rosto.


- achei que gostasse de mim, mais você não passa de uma falça, uma vagabunda, que me passou para trás pra fugir!- diz furioso.

- eu não te passei para trás, eu li um bilhete que você deixou no quarto dizendo que era para eu sair com o Mark - digo chorando.

-larga de inventar histórias, isso não irá salvar a sua pele-diz e começa a me bater.


Jimin me batia com muita força, descontava toda a sua raiva em mim. Eu ja estava fraca, sangrando, dolorida, quando de repente Jimin é puxado com brutalidade e tirado de cima de mim.


Jimin on:


- O QUE ESTÁ FAZENDO CARA?- grita JHOPE furioso e se aproxima de (s/n) que já estava inconsciente.

- CALA ESSA SUA BOCA ......ELA É MINHA PRISIONEIRA E EU FAÇO O QUE EU QUISER COM ELA!

- JIMIN, vocês estavam tão bem o que aconteceu?- pergunta Tae assustado.

-essa vadia tentou fugir de mim!- digo.

- o que? Logico que não! Ela deveria ter uma boa explicaçao para tudo o que aconteceu-diz Jin.

- ela me disse que tinha lido um bilhete que supostamente escrevi a ela, mais eu não escrevi NADA!- digo nervoso.

Suga sobe para o meu quarto.


-ela está muito ferida, vou leva-la para o meu quarto-diz Jhope.

- não, deixe eu terminar o que eu comecei, eu vou matar essa garota!- digo tentando me soltar mas era impedido por JUNGKOOK e Namjoom.

Jhope leva a garota para seu quarto e logo depois Suga chega assuatado.

-olhem isso- diz o branquelo nos mostrando um bilhete. Pego de sua mão com brutalidade e começo a lê-lo.


La dizia claramente o que ela avia me falado. Olho para os meninos e todos me olhavam com cara de decepcionados.


Amasso o papel e subo as preças para o quarto de JHOPE e começo a bater freneticamente na porta.

Logo a mesma é aberta revelando o ruivo.

Não espero ele me dizer nada e invado o quarto e me dirijo desesperado para perto da cama , onde se encontrava minha princesa que estava toda machucada e inconsciente.


-princesa, minha princesa, acorda, me perdoa -digo desesperado tentando acorda-lá mais a mesma apenas abriu os olhos e de lá cairam algumas lágrimas.


- J-Jimin....-diz ela com dificuldade. Jhope me puxa brutalmente de perto dela e começa a gritar comigo.


- NÃO TOQUE NELA SEU MONSTRO! SAIA DAQUI!- diz e me empurra para fora do quarto. 

Encosto na porta e deslizo meu corpo até cair sentado no chão.

Começo a chorar que nem uma criança quando está de castigo.


Eu sou um monstro!






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...