História Truque de mestre! - imagine Park Jimin - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, HyunA, Seventeen
Personagens Choa, G-Dragon, Hansol "Vernon" Chwe, HyunA, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, T.O.P, V
Tags Mágico, Park Jimin, Prisioneira
Visualizações 297
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sorry pelos erros galera!
Espero q gostem💞💞💞

Capítulo 26 - Eu te odeio!


Fanfic / Fanfiction Truque de mestre! - imagine Park Jimin - Capítulo 26 - Eu te odeio!

Jimin on:

 

Lá estava eu, deitado em minha cama, agarrado a um travesseiro chorando.

Fui um estúpido, se antes a (s/n) queria apenas ser a minha amiga, agora nem isso ela vai querer ser.

Eu a machuquei, machuquei a pessoa que de tantas formas transformou os meus dias ruins, em dias alegres e divertidos. Feri a mulher que eu mais tive medo de decepcionar. Não conseguirei olha-lá e ver que no lugar do seu sorriso, há lagrimas que derramou por minha causa.

-eu sou um monstro- digo para mim mesmo, enquanto chorava. Até que alguem bate na porta.

-jimin?- pergunta Jin do outro lado. Não respondo.- não vai descer para jantar?

-nao hyung, estou sem fome- digo soluçando.

- não fique assim Jimin, tudo irá se resolver- disse o mais velho, porem não obteve nem uma resposta de minha parte. -bom, se quiser algo é só me chamar- diz e ouço passos se distanciando de minha porta.

 

Eu sou um lixo mesmo!

 

Jin on:

 

Vou até o quarto de Jhope, onde (s/n) estava e bato na porta.

 

-princesa?- pergunto mais não ouvi nada - não vai jantar?- pergunto outra vez.

- estou sem fome Jin, mas obrigado por perguntar - diz com a voz rouca, parecia tambem estar chorando.

-ok, se precisar, é só me chamar- digo e saio de lá.

 

Chego na cozinha e encontro todos na mesa de jantar, menos Jhope que estava com (s/n) no quarto.

 

- eles não irão descer para jantar?- pergunta Hyuna.

- não, os dois me disseram que estão "sem fome"! -digo revirando os olhos.- ta na cara que eles não querem se ver. Jimin esta com medo de que (s/n) o rejeite e que não o perdoe, ou até que fuja dele com medo. E (s/n) está triste com ele e claro, como medo.- digo.

 

- porque eles estão tristes?- pergunta Mark , que estava no colo de Tae comendo macarrão.- eles não se gostam mais?

- E claro que eles se gostam, pequeno. Mas acontece que algo de ruim aconteceu e agora estão tristes- diz Tae.

-ah sim..... Quero que fiquem juntos de novo, eles parecem um casal de conto de fadas.- disse rindo e rimos tambem.- tio Jin, me conta uma história? - pergunta Mark.

-também quero!- disse Jungkook.

- eu tambem- tae

-eu também- disso os meninos em uníssono.

-ok - digo rindo. - vamos todos para a sala.

Digo e todos correram como se fossem crianças de três ou quatro anos, e se sentaram no tapete.

 

- bom............"era uma vez, uma menina encantadora, muito bonita que se chamava Bella, ela vivia em um bosque intitulado " o mais belo de todos". Ela era bondosa e muito inteligente. Ela era apaixonada por flores, e por esse motivo acabou sendo sequestrada por um grande bruxo, após ser acusada de roubar uma de suas mais belas rosas que estava no Jardim.

O bruxo mais conhecido como Felix, tratava Bella muito mal, fazia com que a menina limpasse seu castelo enorme sozinha.

 O tempo foi passando e Felix e Bella se apaixonaram. Não viviam um longe do outro, porem uma bruxa má disse a Felix que Bella avia o traído, disse que fingia gostar dele para que pudesse fugir do castelo.

Felix acabou acreditando e acabou ferindo Bella com os espinhos de uma rosa vermelha.

O bruxo descobriu que não era verdade, então quis se desculpar com Bella, porém já era tarde de mais. A rosa com que ferij Bella com os espinhos, estava envenenada pela bruxa má.

Felix nunca se perdoou então resolveu construir uma estufa enorme em homenagem a Bella.

Um mês depois da construção da estufa. Várias rosas brancas começaram a crescer cobrindo a estufa, como se fosse uma proteção. A rosa era linda, e por esse motivo Felix a apelidou de "Bella" em homegem a sua amada.

 

~fim~

 

Termino de contar a história e vejo que todos estavam dormindo, menos Mark.

- acho melhor ir dormir pequeno, está ficando tarde. -Ele assente com a cabeça e sobe as escadas com dificuldade.

 

Mark on:

 

Subo aquelas escadas enormes e vou para o quarto de papai, sim, sei que não o conheço muito bem, mais gosto dele como um pai, já que nunca tive um.

Tento abrir a porta do quarto mais a maçaneta era alta e eu não a alcançava.

Vejo um sapato de salto alto daquela loira feia, que havia esquecido aqui e subo nele. Abro a porta e entro no quarto do papai.

Subo na cama com dificuldade e me deito ao lado de Jimin que estava dormindo. Seu rosto estava inchado, parecia ter chorado igual eu quando morava com a minha mãe e ela me batia. Me mecho na cama e logo papai abre os olhos e me nota.

- pequeno? Veio dormir comigo?- pergunta ele me fitando.

-sim, queria dormir com o senhor- digo sorrindo e ele também sorri.

-vem aqui- disse abrindo os braços e eu me acomodo neles e durmo com o papai.

 

Jimin on:

 

Acordo de madrugada com minha barriga roncando. Ajeito Mark na cama pois estava dormindo em cima de mim e desço as escadas em direçao a cozinha.

 

Procuro o macarrão da janta e o esquento no micro-ondas. Logo ouço o  "plim" avisando que já estava quente e começo a comer sentado na mesa de jantar.

 

(s/n) on:

 

Acordo no meio da noite morrendo de fome e vou para a cozinha com dificuldade, afinal eu ainda estava machucada.

Chego na cozinha e tomo um susto ao ver o Jimin sentado na mesa sozinho. Quando seus olhos pararam em mim pude ver que automaticamente ficaram marejados assim como os meus. Viro as costas e tento andar rapido na tentativa de sair dali, porem Jimin foi mais rapido e me abraçou por trás.

- J-Jimin, m-me solta por favor- digo chorando e pude ouvir o menino soluçar.

- n-não por favor, me desculpe por ter te batido, eu me arrependo amargamente por não ter acreditado em você.- disse o loiro chorando.

- não, dessa vez não ter perdão. Eu não te perdou. E quero que fique longe de mim entendeu?- digo e me solto bruacamente do menino.

- nao minha princesa, por favor ....me perdoa.....- disse tentando se aproximar de mim mas eu me afasto.

- nao, eu não te perdou. EU TE ODEIO!- grito furiosa e saio da cozinha deixando o menino de cabeça baixa com lagrimas nos olhos.

 

(s/n) off

 

"Brigas, desentendimentos? Cuidado, pense antes de falar para não se arrepender depois. Ofensas não conduzem ao bom termo. Saiba que a dor por perder um amor é mais aguda quando vem junta com o arrependimento."

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...