História Trust Nobody - Jelena!❤✴ - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Personagens Originais, Selena Gomez
Tags Alfredo Flores, Ashley Benson, Charlie Puth, Chaz Somers, Cris, Demi, Hailey Baldwin, Jelena, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez, Vanessa Hudgens, Zayn Malik
Exibições 103
Palavras 4.329
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura, nada a esclarecer sobre esse capítulo!😚

Capítulo 5 - Novos inimigos, novos segredos e novas consequências.


Fanfic / Fanfiction Trust Nobody - Jelena!❤✴ - Capítulo 5 - Novos inimigos, novos segredos e novas consequências.

         Pov's of Selena Gomez. 

Dessa vez , assim que saio da pracinha vou rumo à casa, mas antes irei comprar um jornal. Preciso urgentemente de um emprego. Vou a uma banca qualquer e compro o jornal da semana. Avisto um emprego de secretária na empresa XyBiebers. Acho interessante a oferta, mas como não terminei os estudos, será complicado ganhar. Vou para casa vestir algo melhor e irei hoje mesmo nessa empresa.

           Pov' s of Justin Bieber. 

Automaticamente eu sinto um nervosismo percorrer todo o meu corpo, ando de um lado para o outro , mexo nas minhas madeixas várias vezes em sinal de nervosismo . Tento pensar em quem pode ter feito isso, mas não consigo pensar em nada , até que resolvo perguntar quem é!? E por que!?  

----- Quem é !? 

----- Não sabemos. --- Pattie fala e abaixa o olhar e encara o chão.

------ Hã!? Como não sabem!?

------ Essa pessoa não disse quem era, ele grampeiou os telefones de casa. Como!? Não sabemos, ele só disse para tomarmos cuidado com você e que você estará a todo momento correndo perigo. Disse também que eu conheci o mandante do crime. E que em breve você também conheceria.  E nada mais. Até que resolvemos voltar para Los Angeles. ---- Jeremy fala e da para perceber o seu tom inquieto. 

------- Hum... prossigam!

------- Justin, seu muleque!! Entenda a gravidade da situação que você está vivendo. Se eu fosse você eu pensava em uma ideia de por mais e mais seguranças na casa inteira . E ficava bem atento em quem e com quem você fala. ---- John fala impaciente, apenas reviro os olhos e bufo. 

------ Não, é isso mesmo? Você está tentando ensinar para o maior gângster de Los Angeles de como trabalhar!? John faça um favor para mim e para todos . Só abre essa boca quando for falar algo de útil, mas ao contrário fique quieto e não se entromete. --- Já falo enfurecido, ótimo já conseguiram estragar o meu humor.

------ Está bem senhor sabichão! Quem está correndo perigo de vida não sou eu mesmo. --- John revira os olhos e dá de ombros. 

------- Ótimo, apro... --- Antes de terminar de falar, sou interrompido pelo o meu pai, ou melhor pelo o seu sermão. 

-------- Meninos!! Agora não é a hora, o momento e nem o lugar propício para vocês terem essa briga tosca de vocês. Isso não é brincadeira, agora precisamos da compreensão e colaboração de todos vocês . E Justin depois você irá me explicar o que faz você ser um gângster. ---- Jeremy fala curioso e confuso, apenas bufo. 

------- Filho, prometa- me que irá tomar muito cuidado e deixar isso nas mãos da polícia. Por favor!? 

------- Não, até lá eu estarei "morto", preciso fazer sem a polícia, até por que ajuda delas é quase a mesma coisa de nada. E isso só irá me atrapalhar mais e mais. 

--------Filho, por favor...!? --- Ela fala com os olhares suplicantes, apenas reviro os olhos.

-------- Nem vem Pattie, já está decididido. Afinal, são novos inimigos, novos segredos, novas consequências e regras, que pretendo encarar sozinho. 

-------- Tá maluco!? Justin você não sabe quem está se metendo, quais são os planos da pessoa e nem do por que dessa ameaça. Não vem bancar o vilão, herói ou salvador da pátria. Pois nesse momento, você precisa de ajuda então trate de aceita-las . ---- John fala calmo e parecia que estava desposto a me ajudar, mas sobre isso preciso pensar por minhas ideias no lugar. 

------ Preciso trabalhar. Se quiserem comer algo peçam para Domenica se servirem, fiquem à vontade. Voltarei só mais tarde, e quanto a esse assunto deixem comigo. Qualquer novidade não hesitam em me ligar. ----- Falo breve e sem si quer me despedir subo as escadas, vou à caminho do meu quarto. Me jogo na cama e encaro o teto por 1 minuto, tento pensar em quem seria louco de mexer com o maior gângster de Los angeles, mas nada e ninguém consigo pensar. Até que resolvo tomar banho, talvez se tomAr um banho , a água morna esquentem os meios miolos e me faz pensar com mais clareza com toda essa situação. 

Após o banho me visto formalmente, ponho um terno, paletó, gravata, sapato social, calça social. Ponho também anéis nos dedos, dourados de ouro. Passa perfume. Sim, gosto de ostentar no trabalho. Arrumo o meu cabelo num perfeito topete , pronto estou pronto. 

Eu não estou com medo, na verdade eu não tenho medo de nada. Mas que isso é estranho sim. Irei marcar uma reunião com todos da gang, claro os que eu mais confio. Como sempre já prevejo, iremos saber quem é o palhaço que em breve estará morto que fica me ameaçando para a minha família.  Ele é tão cretino, que não fala diretamente para mim, tenho também que ficar de olho no Zayn, ele é esperto, mas eu sou mais.  

Desço as escadas, vejo que todos estão me encarando, minha mãe mais ainda. Todos estão na grande mesa de vidro, que geralmente faço as minhas refeições. 

----- Filho, como eu me arrependo de não poder ter te visto forma esse homem lindo que você é, eu não deveria ter aceitado a sua proposta de ficar sozinho sobre os cuidados da Domenica e na forma liberal. Hoje eu tô te vendo e não estou acreditando que o meu menininho já se tornou um homem. ---- Pattie fala com as lágrimas nos olhos. Apenas bufo. 

------- Eh, mas agora já está tarde, já cresci e a senhora tem que aceitar que não sou mais um menino, já sou de maior e adulto. Bom , fiquem à vontade. Irei trabalhar!----- Falo sem o maior humor. Ela quer o que!? Eu já sou um homem formado. Não sou mais aquele fedelho. Então pois bem. Quando estava prestes a sair da porta, Jaxon meu mini eu, vem me abraçar.  

------Jus...TIN!! Depois me leva para tomar um sorvete, pu favo!! --- Ele me olha com um olhar pidão. 

------- Está bem, amanhã eu te levo. Agora vai voltar a comer, sua boca está toda suja fedelho. --- Falo e ele assenti várias vezes, fala um "brigado", sorrir bobo e volta sentar na sua cadeira. 

Quando estava me virando para abrir a maçaneta, ouço o John falando de uma tal de Selena, meu corpo para estaticamente e a minha mão fica imóvel, travo o maxilar. 

------- Estávamos no parquinho, aqui perto e logo encontramos uma menina muito bonita, Jaxon e Jazzy adoraram ela, até quiseram que a mesma seja sua babá. Ela se chama Selena. ---- Na hora que John disse Selena, minha cabeça soltou várias e várias imagens da mesma, de ontem e de hoje. Só pode ser a Selena que eu conheço, a ratinha cretina e marrenta. Viro- me e questiono.

------ Que Selena!? 

------- Você não conhece. 

------ Não perguntei se conhecia, só perguntei como ela é. 

------ É uma verdadeira princesa, pele clara, cabelos escuros, olhos castanhos escuros, simples, mas muito bonita. --- Jazzy fala olhando para John. É a ratinha! 

------ Minha namolada!--- Jaxon fala risonho, com a boca suja de lasanha. 

----- Tá,  tchau! --- Falo breve, giro a maçaneta e saiu. 

Desta vez, opito de ir de Range Rover , cor preta fosca. Saiu da mansão e vou a caminho da minha empresa. 

✴✴✴

Chego na empresa comprimento com o olhar a todos os empresários. Minha secretária vulgar, me chama várias vezes, apenas sugiro em ignorar e entrar na porta metálica. Obviamente, ela irá falar sobre como estou bem, ou algo relacionado as nossas pouquíssimas rapidinhas no meu escritório. E assim o faço, ponho no décimo quinto andar e ela aparece quando as portas estavam prestes a fechar. E Anny fala apenas um " tem uma pessoa te esperando no seu escritório". E logo as portas metálicas fecham, deixando apenas eu nas mesmas. Quem será!? Algum empresário!?  

Antes de eu chegar no meu andar, o elevador para duas vezes no 4° e 10° andar, 2 mulheres e um homem entram no mesmo me cumprimentam com um "Boa tarde" e ficam calados, percebo- me os olhares não disfarçados das mulheres sobre mim, apenas ignoro. Todos dessa empresa tem um total respeito sobre mim, afinal sou o chefe. A pessoa a quem eles devem respeitar cegamente.

           Pov' s of Selena Gomez.

Chego em casa, não encontro Per, provavelmente a mesma está trabalhando. Tomo um banho, escovo os dentes. E procuro alguma roupa que ganhei de doação da família bondosa que a Per trabalha. Não almocei, mas assim que sair da empresa, vou comprar algo para comer.

 Afinal saco vazio não para em pé. Até que acho uma blusa de frio de manga comprida preta e uma calça preta, não são feias assim. Passo um goss labial, penteio meus cabelos, passo um rímel e uma simples colônia e pronto. Sempre simples, mas razoável e na medida do possível agradável. (look na capa).Corto algumas mexas do meu cabelo, só para mostrar uma aparência não tão de menina, mas é bem pouco, não é algo drástico .Ponho o dinheiro bem guardado no bolso da calça jeans. 

 Procuro o endereço da empresa XYBiebers e vou de ônibus, não era tão longe assim. Chego no local e falo com uma secretária qualquer . A mesma me olha cima a baixo e faz um sorriso falso. Ela não pode falar nada da minha roupa, ela é simples!? Sim e muito. Mas pelo menos eu não estou me vestindo e sendo vulgar igual uma p♮t♯.

Ela não  fala nada e apenas me ignora.  Mas quando eu falo que quero falar com o chefe da empresa, ela simplesmente rir e me olha debochada. Mulherzinha desprezível! Digita algo no computador e sinceramente não estou com paciência, por tanto viro- me e encontro uma brecha. 

Um senhor elegante e vestindo  formalmente,  chama o elevador. E aproveito e vou junto com ele. Vejo o elevador abrindo e a mulher levanta da cadeira e liga para alguém provavelmente para os seguranças da empresa, ela me olha furiosa e já eu dou de ambros e estico meu dedo do meio e "dou" para ela, só para provocar ainda dou língua. Sim, atitude super infantil, mas essa mulherzinha bem que merece. Se acha TANTO, mas é praticamente nada nessa empresa. Ainda bem que o elevador abriu rapidamente. E cá estou eu ,entrei no mesmo.         Rindo, cesso e pergunto ao homem elegante aonde é o andar do chefe, provavelmente esse chefe só das minhas roupas e do ato que muitos considerariam "inapropriado" já de cara me manda embora. Mas já que estou aqui não vou sair tão cedo, não sem antes falar com o tal chefe. 

O homem me responde gentilmente, fala que é 15° andar, apenas agradeço aperto o botão metálico e espero o elevador subir, no tal andar. 

Quando chego, saiu do mesmo e chegando lá vejo uma porta dourada e luxuosa escrito 'Boss' = Chefe. Achei ridículo, esse tal chefe parece que gosta de ostentar. Ao lado encostado na parede, tem uma mesa e uma cadeira, papéis em cima, coisas típicas de secretárias. Só que está vazia, provavelmente ainda não tem ninguém. Ótimo para mim, assim eu posso pelo menos ter uma chancizinha. 

Chego mais perto da porta e já começo a soar frio, estou um pouco nervosa. Respiro e inspiro, bato 2x na porta e nada, falo "posso entrar, por favor" , mas nada, ninguém me responde. Provavelmente o tal chefe não chegou, sei que serei abusada, mas que se dane , giro a maçaneta e entro na sala. UAU! É só isso que sei dizer, a sala é linda, tem uma grande vidraça enorme, parece até espelho que da para ver a rua toda e a linda cidade, carros e pessoas . 

A cadeira da frente é de couro e parece ser bem macia, tem quadros que não consigo saber de qual pintor que são, mas são bem coloridos e chamativos. A mesa é bem organizada, a sala em si é gelada pelo o ar condicionado.Mas  bem confortável, se bobiar essa sala é maior do que a casinha que moro, bem decorada, sofisticada típica de empresários, pelo menos eu acho, afinal eu nunca vi outras. Parece que esse chefe, embora não entendendo nada tem bom gosto. A única coisa que sei sobre esse tal chefe é que o mesmo é homem , e só pois de resto é meio que nada. Sento na cadeira giratória de couro e confortável, giro pois achei legal essa cadeira, acho que nunca vi uma dessa. Pareço uma criança, mas não me importo, riu fraco. Pois a cada momento, estou girando mais e mais, louca!? Sim, feliz!? Talvez! Não me aguentei e fui mexer na mesa e cadeira do tal chefe, ela parece tão macia e divertida.

             Pov's of Justin Bieber. 

Chego no meu andar, vejo a secretária provisória, enquanto eu não decido quem irá trabalhar aqui. Já fiz entrevista a cerca  de 35 mulheres, mas até agora nenhuma qualificada o bastante. 

Aposto que essa secretária estava fofocando pelo o seu jeito entretido de falar, assim que ela me ver ela engole a seco e desliga o telefone e põe no gancho, nem despedi da pessoa . Arqueio as sobrancelhas e a mesma me encara com um olhar tristonho. Eu definitivamente sou o mestre em deixar as pessoas para baixo, fazer o que!?  é como sou. Só que ninguém consegue me deixar para baixo, isso é sensacional. Ela se chama Chloe.

------- M- me desculpe senhor! --- Cloe abaixa a cabeça e fala baixo, mas dava para ouvir. 

------- Que isso não se repita , volte ao trabalho, agora!!

--------- Sim, senhor! 

--------- Lembre-se você é paga para trabalhar não para ficar de conversinhas por aí e logo no telefone da empresa!? Pelo o seu bem que isso não se repita. Estamos entendidos?

--------- Claro...S- sempre!

-------- Ótimo!! 

    Vou próximo a minha porta e ouço uma risada abafada, abro a maçaneta e vejo  alguém na minha cadeira, mas a mesma estava de costas. Só descobrir quem era, quando vejo a cadeira giratória virar e aí sim ver a ratinha, vulgo Selena. O que raios essa garota está fazendo aqui!? E ainda por cima sentada na minha cadeira!!? É o cúmulo. Ela para de rir e me olha  confusa, segundos depois rir. Argh!! Quer me provocar, neh!? Se bem que essa roupa caiu bem nela, ela está gostosa, está realçando as suas belas curvas .

------- Garota, que raios você está fazendo aqui, posso saber!? E ainda sentada na minha cadeira, cretina abusada! 

------- Primeiroo fala direito comigo, não sou suas negas e 2° e por último você que é o chefe!? --- Ela fala se aproximando e puta merda, ela estava tão...gostosa até mais do que de horas atrás.

--------- Sim, sou o chefe. Justin Bieber dono dessa grande empresa. Quem deixou uma mendiga como você entrar!? Aposto que foi a Anny! --- Falo já impaciente e a mesma rir. Que legal! Adora debochar da minha cara. 

-------- Se for aquela garota vulgar e siliconizada até a tampa, não. Ninguém me autorizou eu entrei por que eu quis mesmo. E pensa numa secretária lerda!! 

------- Põe lerda nisso.Tá, mas a pergunta que não quer calar , que raios você veio fazer aqui!? 

-------- Simples, estou a procura da  vaga para secretária. --- Ela fala, senta na outra cadeira e gira a mesma. Que infantil!!

 ------- Hahaha, faça me rir e conta outra, diga- me um si quer motivo para te contratar. 1° você é moradora de rua, 2° você não deve ter feito o ensino médio completo, se é que você já chegou a estudar, ou frequentar a escola. E além do mais tá na cara que você nem é maior de idade ---- Falo debochado e a mesma fica vermelha, mas acho que é de raiva. Ela levanta da cadeira e vai para perto da mesa, apoia e põe as mãos em cima de uns papéis da mesa. Fica me encarando com a raiva no olhar, se inclina mais para perto de mim. Suspira, põe o seu dedo indicador perto do meu rosto e fala. Sou depravado não vou mentir, reparo no volume dos seus gloriosos seios,  mesmo estando cobertos pela blusa escura pareciam convidativos. Lambo os lábios involuntariamente.

------- Olha aqui. Você pode ser o chefe dessa empresa e o que for. Mas você não tem direito de me tratar como um lixo. Se estou aqui é por que sei do básico, sim já frequentei a escola, mas infelizmente tive que parar. E você não venha me dizer o que sou. Tenho 17 anos, daqui duas semanas eu completarei 18 anos, mas isso não vem ao caso. Além do mais aprendo as coisas rápido! ---- Ela fala num tom estridente, reviro os olhos e riu.

--------- Você acha que com isso eu posso te contratar, ratinha!? --- Falo quase no mesmo tom. 

------- Não sei, o único que tem que achar aqui é você chefe! --- Ela fala debochada e logo abaixa o olhar , acho que pelo fato de ter me chamado de "chefe" . Não sei mas eu gostei da forma que ela falou. Levanto e me aproximo da mesa, nossos olhos se encontram. 

------- Repeti!! --- Falo num tom mandão, a mesma me olha confusa. 

------ Oi!? 

------- Repeti o que você disse, ratinha. --- Falo num tom mais calmo e a mesma parece que entendeu pois me "deu" o seu dedo do meio.

------- Heyy, me respeita! --- Falo num tom autoritário, seguro um pouco forte no seu queixo e a mesma me olha com um olhar mortal. 

-------- Para você receber respeito, você tem que dar!!! --- Fala rugindo os dentes, igual uma canina. 

------- Cala a boca cretina, a autoridade aqui sou eu. ---- Falo no mesmo tom. Merda!!! Ela lambe os lábios, mas acho que não foi para provocar, mas só esse ato fez o meu amiguinho acordar do mais profundo sono, saio da mesa imediatamente e vou perto da grande vidraça e aprecio a paisagem do lado de fora.

------- Hahaha! Tô vendo, você pode ser a autoridade para essas pessoas , mas para mim não é. ---- Ela Fala debochada e logo vira, e eu também. Nossos olhos se encontram e ela abaixa o olhar na minha calça, vê a minha ereção. Merda!!! Ela está muito notável. Só que ela disfarça, sua bochecha ruboriza instantaneamente, logo sua feição muda para debochada.

-------- V- você não é autoridade nem para a tampinha que você esconde aí em baixo, vai ser autoridade para mim!?. Aii, eu devo ter jogado pedra na cruz mesmo. --- Sua voz no começo sai um pouco fraca, mas logo volta a soar debochada. 

----------Tenho certeza que o que "escondo" aqui em baixo é muito maior que uma tampinha, tá mais para garrafa. E não me provoque!!! --- Falo no mesmo tom que ela, caminho lentamente na direção dela, a mesma vai lentamente para o outro lado da enorme vidraça. Sigo a mesma e o único som que ecou segundos depois é de suas costas espremidas na vidraça. Riu e pela 1° vez, vejo sua feição mudar , desta vez para preocupada e nervosa. Prenso a mesma, e sinto nossas intimidades roçarem. Droga!! Nossas respirações quentes se misturaram.

------- R-ridículo!!! --- Vocifera e fecha os olhos, depois abre. Pela 1° vez acho que abalei a mesma. Claro, eu sou o Justin Drew Bieber, o melhor conquistador. Todas ficam aos meus pés só com um olhar. 

------- Cretina!! --- Falo rouco e ela revira os olhos.

------- Estúpido!! 

-------- Idiota! 

------ Suja!!

------- Egocêntrico!

------- Palhaça!

-------- Grosso. --- Sorriu

------- Tem algo que é grosso, mas que pena que você não vai degustar. 

------- Que peninha, se eu quisesse apreciar tampinha eu ia no lixo. --- Ela fala debochada. Argh!! Não me provoque.

-------- Não... me... provoque! --- Falo  pausadamente!

------- Não...estou...te...provocando!  -- Ela fala da mesma forma que eu. E eu foco no movimento dos seus lábios carnudos. Molho os meus lábios deixando os mesmos úmidos. Quero beija- la! 

------- Cala a boca!! ---- Falo focando nos seus lábios. 

------- Não!!!

-------- Então pode deixar que eu calo. --- Falo e antes de mais nada, colo os nossos lábios num beijo apressado, cheio de desejo e luxúria, parece que nós dois estávamos necessitados disso, ela demora um pouco a ceder sua língua, mas em meros segundos. Já estamos batalhando da mesma forma.

  Os nossos pulmões estão cheios de ar, precisamos se distanciar. E antes de eu distanciar , a mesma me dá um empurrão, afastando os nossos corpos. Só cai a ficha para mim quando sinto um pequeno "formigAmento" , mas era mAis para um tapa em meu rosto. Olho para a mesma e sua cara emancipa raiva. Sou de fato maior que ela, mas seu olhar mortal me fez sentir pela 1° vez inferior a alguém.

------- Nunca mais faça isso, aprende que nem TODAS querem ficar com você. Posso ser uma mendiga como diz você, mas diferente de certas pessoas tenho respeito e dignidade.  E eu NUNCA vou querer ficar com um egocêntrico,  mimadinho igual a você. --- Ela cospe, literalmente as palavras em mim , eu não sei mas eu fico em choque com toda a situação. Nossos lábios estão um pouco avermelhados , acho que pelo fato de termos sugado igual néctar os mesmos. Ela passa os dedos em seus lábios com um sinal de repulsa e nojo, e em seguida me dá um belo de um tapa, que precinto que irá deixar marcas. E sem falar nada sai correndo e batendo a porta com toda força, que parece que guardou até soltar na mesma. Não tem geladeira em casa só pode!

Choque!!! Nunca ouvi tais palavras, era mais fácil dizer isso para alguma mulher, mas não ao contrário e logo uma mendiga. Soco os meus punhos na parede fazendo um grande estrondo não me preocupo se quebrei algum osso, a raiva falou mais alto e se espalhou pelo o meu corpo. Quem essa mendiga pensa  que é!? Que raiva!!! Cretinaaa!! 

           Pov' s of Selena Gomez. 

Saiu com o ódio nos olhos, eu acho que esse dia foi um dos piores dias da minha vida . Como a vida pode dar tanta furada num mesmo dia!? Que ódio dele, que ódio de mim.

Me sinto sei lá, estranha, enojada. Como esse tal Justin Bieber consegue em tão pouco tempo despertar sentimentos bons e ruins ao mesmo tempo!? Cretinoooo!!

   Ao chegar do lado de fora do elevador, vejo dois seguranças ao lado da tal da Anny, me olhando com um olhar mortal. Affs!! Não estou com paciência para mi mi mis...

-------  Não se preocupem comigo, se preocupe com o desgraçado do chefe de vocês. 

------- Vadia!! 

É a única palavra que ouço ser vociferada pela tal da Anny. Que absurdoo!! O mundo é tão machista e esse papel não só cabe aos homens, mas muitas mulheres tem o mesmo pensamento. Pensamento ridículo em achar que a mulher não pode, pois ela é vulgar, p#t $ , isso e aquilo, mas já o homem pode meter chifres, fazer uma floresta na cabeça da mulher. Por que para eles é algo normal e bonito. São todos uns medíocres machistas, o mundo é a raça mais repugnante que existe e muitos que moram nele nem se fala.

         Pov's of Justin Bieber. 

Ouço batidas desesperadas na porta, peço para que o ser abre. Se for a cretina da Selena ela vai ouvir. A porta é aberta de supetão. 

------ Senhor!!! Você está bem!? -- A secretária provisória fofoqueira falou um pouco desesperada, ajustou seus óculos e respiro calmamente. 

-------- Sim, estou, agora volte ao trabalho.--- Falo impaciente , Anny aparece com um dos seguranças com um olhar preocupado.

--------- Justin...  digo, desculpas Sr.Bieber, o que aquela mulher fez!? --- Anny fala preocupada e se aproximando da minha mesa. A parte da frente de seus seios está um pouco a mostra, o seu blazer aberto , claro ela acha que vai conseguir me provocar. I-L- U- D-I-D-A!!!

-------- EU ESTOU BEM , AGORA FAZEM UM FAVOR SAIAM DAQUI!!!! ---- Se antes eu não estava com paciência agora muito menos. Todos se assustam e saiam apressadamente, só ficando a secretária provisória fofoqueira me olhando assustada. 

------- Eh...d-deesculpas senhor, mas o sr. Ryan está te aguardando na ligação. Quer que eu passe!? 

-------- O que você está esperando!? ---- Falo impaciente, a mesma abaixa a cabeça e suspira. 

--------- Claro, sr. Bieber. Licença!

  Ela finalmente sai do meu escritório, pego o telefone da empresa e atendo. Respiro e tento ficar mais calmo. 

-------- Fala desocupado,tô sem paciência então não me amole.!!!!

--------- Calma capitão!! O que aconteceu!? 

--------- Nada, agora só me fala o motivo da sua ligação, se for para marcar de sairmos para a balada , esqueci!

--------- Não Jay Bee, é algo sério. 

--------- Então o que você está esperando para falar!? 

--------- Se Você deixasse..... o Zayn...

--------- O que tem o Zayn!? 

---------- Sumiu!? 

--------- Oi, tem certeza!? Às vezes elw deve ter sei lá, ido para algum lugar. 

--------- Não Jay Bee!!! O comandante da Cp17 , fez uma ligação e disse que desta vez é o Zayn, mas a próxima será outro de nós.

-------- O que!? 

------- Eh, isso mesmo. Achamos que ele estava morto, mas não. E dessa vez ele voltou com tudo, para piorar pediu 6 milhões de reais, até amanhã para o resgate de Zayn. Pela primeira vez seremos submissos e desta vez não é opção, mas sim por obrigação.

Subconsciente:  

       O quê!? Submissos!? Zayn!? 

O meu dia não podia estar pior.


               Você diz que é rico, 

E vejo que está tentando flertar comigo.

Mas não foi assim que fui criada .

           Próximo! 

Trabalho pelo o dinheiro.

Pois foi assim que minha mãe me criou

Então idiota é melhor me respeitar (chefe). 

✴✴✴

C-O-N-F-I-A-N-T-E

Essa sou eu, sou confiante. 

Não quero seus elogios.

Use seu bom senso.

Sou Michele Obama.

Sh... Cale a boca .

Cara, você sabe quem manda nessa casa.

Não gaste sua sáliva por ninguém. 

Pois já sei o que você quer dizer. 

               ❤🎶@♤♡☆  Boss = Chefe! 

By >5h Fifth Harmony. 


    





Notas Finais


Ooiii amoras, hoje eu postei mais cedo. Desculpem o capí, qualquer coisa.
E se possível, quero saber de vocês, a respeito do que estão achando. Então comentem, não me importo com a quantidade de favoritos, mas sim se realmente estou agradando vocês.
Bjinhos e até o próximo. Se tudo der certo eu posto ainda hoje, mas dês de já não prometerei nada.
Sel atitude!? Jus confuso!?
Zayn sumido!? Adoroooo!❤😚😍😘🤗😙Bjinhos no core!!
Não tive tempo de revisar, por isso dos erros, desculpem!😉
Sei que sou a pior, mas aos poucos estou aprendendo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...