História Tu e eu (ABO) - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~Alinca

Postado
Categorias Haikyuu!!
Personagens Kenma Kozume, Shouyou Hinata, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama
Tags Abo, Alfa, Beta, Haikyuu, Kenma Kozume, Kuroken, Mpreg, Ômega, Tetsurou Kuroo
Exibições 136
Palavras 842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi gente como prometido aqui estamos nós com mais um capítulo para vocês. Esperemos que gostei!

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Tu e eu (ABO) - Capítulo 2 - Capítulo 2


(Kenma pov's on)
O professor entrou na sala e todos pararam de cochichar sobre o novo aluno e prestaram atenção nele, então logo o professor apresentou o novo aluno:
- Alunos este é o nosso novo aluno, Kuroo Tetsurou, ele foi transferido para a nossa escola e espero que todos o respeitem e não o perturbem. Quer dizer alguma coisa Kuroo?
-Oi gente- disse ele e meu corpo inteiro estremeceu com sua voz grossa e um pouco rouca. 
Algumas omegas assanhadas soltaram suspiros e começaram a apresentar-se e a oferecer-se para lhe mostrar a escola, mas então ele virou-se para mim e disse:
- Podes ser tu a mostrar-me a escola gatinho?- senti as minhas bochechas esquentarem pela intensidade do seu olhar e a maneira como me chamou, mas assenti e ele deu-me outro dos seus sorrisos lindos. Os outros omegas me olharem com raiva e então voltei a fazer as minhas coisas.
No fim da aula Kuroo virou-se para mim e disse:
-Podemos ir gatinho?
-Meu nome é Kenma por isso pare com isso-respondi um pouco irritado pelo jeito que aquele nome me deixava.
-Com isso o quê gatinho? Não precisa ficar nervosinho. - respondeu ele com deboche.
-Não me chame desse jeito e vamos logo que eu quero ir jogar meu novo jogo.
Mostrei o interior da escola para o Kuroo e então fomos até ao exterior e lá estava Lev e os seus amigos que logo vieram chatear-me:
-Kenma-kun quem é esse aí com você? 
- Não é da sua conta.- respondi num sussurro e me encolhi atrás de Kuroo segurando a sua blusa.
-É sim você é o meu omega e eu não o quero com outros alfas.
-Eu não sou o seu omega- disse baixinho. Lev sempre tinha essa mania de dizer que eu era seu omega quando nem amigos a gente era. Kuroo notou que eu estava incomodado com a presença de Lev e então disse:
-Ouça bem, Kenma não é o seu omega e eu não quero te ver mais perturbando ele entendeu?- eu nem tive tempo de digerir o que Kuroo tinha dito pois Lev começou a lutar com ele bem na minha frente e com medo eu me encolhi no chão há espera que tudo passasse. Eu sempre ficava assim nas brigas dos alfas me sentido fraco e sozinho enquanto meu corpo inteiro tremia. Ouvi vozes de alfas tentando os separar e senti Hinata me abraçar e dizer que estava tudo bem e então tudo ficou escuro.
(Kenma pov's off)
---------------------//-------------------
(Kuroo pov's on)
Eu socava Lev com força enquanto rosnava tentado me livrar de toda a raiva que estava sentido por ele ter chamado Kenma de seu omega. Não sabia bem porquê mas desde que eu o vi com seu jeito tímido e inocente sorrindo para mim meu coração bateu forte e eu só quero protegê-lo. Lev também me soca e me dá pontapés, sinto o sabor metálico do sangue na minha boca, mas ele está muito pior então não me importo e continuo a bater-lhe até chegarem alguns alfas que nos separaram à força. Olho para o lado e vejo um omega ruivo com Kenma de olhos fechados no seu colo e me desespero:
- O que aconteceu?- perguntei preocupado.
- Kenma é um omega muito sensível e frágil e por isso quando vê dois alfas lutando e rosnando ele meio que tem uma crise e acaba desmaiando. Poderia levá-lo para a enfermaria por mim?
- Claro- respondo e pego no corpo de Kenma sentindo como ele era frágil igual a um gatinho medroso, aperto-o mais contra mim e o levo até a enfermaria. Deito-o na maca e pego na sua mão pequenina enquanto pedia desculpas baixinho por me ter descontrolado e prometia que nunca mais o ia fazer.
(Kuroo pov's off)
---------------------//-------------------
(Kenma pov's on)
Acordei sentindo alguma coisa na minha mão e quando olhei vi Kuroo sentado numa cadeira junto a mim dormindo em cima das minhas pernas e pegando na minha mão.
Um sorriso brotou no meu rosto e só então notei a presença de mais alguém:
-Que lindinhos vocês os dois- disse Hinata com deboche. Corei com a situação e larguei a mão de Kuroo, fazendo com que ele acordasse.
-Hã...o quê?- Kuroo disse agitado- O que aconteceu? Gatinho você está bem?-corei dos pés à cabeça não só por Kuroo me ter chamado assim, mas também pelo sorriso malicioso que Hinata tinha nos lábios. Sei saber o que fazer, escondi-me debaixo das cobertas enquanto escutava os risos deles.
(Kenma pov's off)
(Kuroo pov's on)
Eu ria junto do omega, que descobri se chamar Hinata, quando ouvi uma voz baixinha vindo debaixo das cobertas e dizendo:
-Parei de se rir...
-Você devia ter visto a sua cara Kenma, ficou mais vermelho que um pimentão.- disse Hinata enquanto se ria.
 Logo um par de lindos olhinhos brilhantes apareceu entre as coberta e eu tive de me controlar para não partir para cima de Kenma e apertar aquelas bochechinhas tão rosadinhas. Kenma era realmente o gatinho mais fofo do mundo...


Notas Finais


Prometemos postar o próximo capítulo logo!!!
Bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...