História Tudo em um destino - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~MandyAndradeh

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ficção, Originais, Super Poderes
Exibições 109
Palavras 2.734
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Ecchi, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Gente aqui está mais um capítulo novo! ^^ espero que vocês gostem o fiz com muito carinho! Tenham uma boa leitura! :3 *-*

Capítulo 9 - A trama parte final


Pov's Ambre e Debrah

-hahaha realmente Ambre.. Essa vai ser uma das vinganças mais aproveitada entre nós duas..- dizia a morena enquanto segurava em seus braços Jessie, que a este ponto agora permanecia inconsciente e no rosto da morena um sorriso macabro estava estampado.

Ao seu lado Ambre caminhava com o mesmo sorriso a mostra em seu rosto enquanto segurava Mandy em seus braços, de uma forma um tanto desajeitada propositalmente.
-hai e como eu irei aproveitar ve-las trancadas naquela sala repleta de bichinhos adoraveis..- a loira fala com um sorriso enorme em seus lábios e seus olhos demonstrando uma leve faísca pela felicidade que estava sentindo. Finalmente iriam se vingar de Mandy e como um brinde para a maior felicidade delas Jessie foi incluida no meio de seus planos.

-hahaha farei questão de ver perto tudo isso..!- Debrah diz com um tom de animação e sadismo em sua voz.

  Elas continuam andando, ambas sem ocultar o enorme sorriso e com pequenas gargalhadas sendo soltas por elas, até que por fim após caminhar por alguns minutos elas chegam em frente a uma sala. A frente da sala, tinha uma porta de madeira um pouco gasta, fazendo com que, aparecesse uma sala um pouco mais antiga e talvez mau cuidada. Ambre entra primeiro olhando em volta vendo se estava tudo como havia planejado e após comprovar isso, sua amiga entra logo atrás de si, com Jessie em seus braços.

As duas continuam a caminhar até chegar onde duas cadeiras, solitárias, estavam no meio da sala, as colocando sentadas nelas.
-espere só um pouco..- Ambre fala assim se virando, caminhando até um armário que ali estava o abrindo, logo pegando algumas cordas.
-não podemos deixar mole para elas não é mesmo?.. - A loira fala com um sorrisinho fofo porém ao mesmo tempo sinistro.
E mesmo inconscientes, um arrepio e um sensação fraca e oculta de que algo não estava bem, estava começando a ser sentida pelas amigas, agora desmaiadas.

(minutos antes)

Enquanto Mandy e Jessie conversavam e sorriam, sem desconfiar de absolutamente nada, um pouco distante e a espreita, Debrah as observava, após ver que elas tinham bebido da água da qual ela, havia misturado sua poção. "agora é apenas questão de segundos... Logo essas duas idiotas estarão dormirdo como pedras..." ela pensava enquanto sorria e as olhava com cuidado e em silêncio para que nenhuma percebesse sua presença ali.

-Hehe hoje o dia foi ótimo não foi Mandy-chan? - Jessie pergunta com um sorriso alegre em seu rosto.
-primeiro nada de tão anormal aconteceu, as aulas foram chatas mas logo acabaram e nisso agente se divertiu um monte depois!- Jessie falava quase saltando, por alguns segundos esquecendo do cansaço, que a luta havia lhe causado.

-Hehe hai.. Realmente o dia foi ótimo mesmo e é uma pena que em poucas horas ele irá acabar.... Mas não quer dizer que não acontecerá novamente não é?- Mandy fala sorrindo, bagunçando de levinho os cabelos ruivos da amiga.
-agora trate de se acalmar sua garotinha incansável ou não conseguirá dormir para que amanhã acorde bem disposta, assim como hoje aposto que o dia amanhã será bem corrido- ela diz com um pequeno risinho sendo solto por ver, como sua amiga ainda tinha energia e animação enquanto andavam juntas para saírem do  campo de treinamento, por sua vez Mandy estava cansada, mais do que o normal sentindo ao poucos seu corpo e suas palpebras começarem a pesar. "acho que acabei pegando pesado de mais no treinamento...." o pensamento surge em sua mente enquanto elas andavam a fazendo balançar um pouco sua cabeça para volta com sua visão mais nítida.

-H-hehe em relação a isso não se preocupe.. Tenho certeza que ao chegar em meu quarto eu vou capotar de uma vez na cama...- Jessie responde com um pequeno sorriso, levando uma de suas mãos até seus olhos os esfregando.
-deu um soninho derrepente.... Que acho que não vou vou agüentar chegar no meu quarto..." ela dizia com a voz um pouco baixa, mantendo seu pequeno sorriso, acabando por sem perceber desacelerar seus passos enquanto andava e seu olhar ia se direcionando ao chão, até que por fim sem conseguir mas dar um único passo, cai no chão sem conseguir se mexer.
-..... M-mandy.... Me ajuda.... E-eu não consigo levantar...- Jessie chama pela amiga baixinho enquanto permanecia no chão, com seus olhos se fechando devagar, mas lutando para permanecer acordada.

Mas a frente Mandy estava quase do mesmo modo, ainda em pé, ela vira seu rosto para trás e ao ver que sua amiga estava caída sobre o chão, Mandy rapidamente se vira e vai na direção dela se abaixando e a balançando de leve.
-J-jessie...!.. Levanta agente tem que ir.. P-para nosso quarto.... N-não podemos ficar aqui...!...- Mandy mal conseguia falar enquanto puxava a amiga tentando levanta-la, uma tentativa falha, pois acabando por não agüentar seu próprio peso, Mandy cai ao lado de Jessie ficando no mesmo estado. "m-mas.. O que está acontecendo?... Não é nada normal isso acontecer....." a platinada pensava enquanto ficava deitada e olhava para amiga que agora, não estava mais de olhos abertos e em suas últimas forças, mais uma vez ela tenta fazer com que a ruiva se levante.
-..... J-jessie.... Vamos.. Levanta t-temos que ir..... Não p-podemos ficar aqui.... J-jessi-....- ela não consegue terminar sua frase pois sua visão, começa a ficar escura até não conseguir ver mais nada e caída no chão ao lado da amiga um único só pensamento surgiu em sua mente antes de desmaiar por completo. "... Nos ajudem..."

*

Quando Debrah percebe que tanto Jessie como Mandy haviam desmaiado, ela espera apenas um minuto a mais para garantir que elas não iriam a ver, e quando esse minuto que parecia inacabavel terminou ela corre até as duas e ve-las naquele estado, desprotegidas, vulneráveis, causa uma felicidade que aos poucos ia se tornando em uma vontade de fazer algo a mais com elas. Uma brincadeira de mal gosto, maltrata-las apenas por alguns instantes. Era isso o que ela pensava enquanto as olhava, mas reprimindo esse desejo dentro de si, mesmo que ela quisesse muito e sabendo que nada iria acontecer, ela tinha a consciência de que precisava agir rápido e de que se fosse para fazer algo, que fosse com sua amiga. Nada sozinha a agradava tanto, quanto fazer com Ambre. "Ambre elas já apagaram! Venha rápido, temos que leva-las logo para a sala antes que alguém apareça!" Debrah fala para a loira mentalmente, pegando Mandy em seus braços a levando até uma parte escura ocultada pela sombra negra que uma árvore grande produzia, assim voltando até onde Jessie estava a pegando em seus braços fazendo o mesmo, nada poderia dar errado. E assim como todos seus planos ela sabia que nada daria.

-Hehe ótimo! Já estarei indo a onde você está não demorarei- Ambre fala para a amiga quando pulando de felicidade, saindo da sala correndo as pressas para chegar onde Debrah estava com aquelas duas. Ambre e Debrah já tinham cumprido vinganças bem piores do que essa, porém mesmo assim, ambas sentiam o mesmo prazer em fazer com que o ser ou os seres que as enfrentassem, pegarem duplicadas vezes pior, tanto fazia como uma leve e quase sem importância vingança, como as piores delas, humilhando, maltratando, fazendo insanidades com quem quer que fosse, e mesmo com o passar dos dias ninguém havia descoberto tão pouco desconfiado das duas, elas sabiam bem como manipular e enganar aos outros, seus anos de práticas haviam ensinado bem a elas. Ambas não aceitavam a derrota por nada e jamais aceitariam e para elas, essa palavra não constava em seu dicionário.

   Ambre continua correndo com velocidade e cuidadosamente, até chegar na parte externa do colégio continuando a correr chegando em frente ao campo de treinamento perdendo que ele estava vazio.
-Debrah..!... Onde você está? Eu já cheguei...!...- Ambre a chama como um sussurro alto tentando chamar a atenção dela e localiza-la.

-psiu!.. Ambre aqui..!..- Debrah a chama assim saindo das sombras acenando para a amiga.
-vem aqui, as duas estão comigo..!- Debrah fala voltando para as sombras logo com Ambre indo para onde ela estava.
-e como dito as duas presas frágeis e completamente vulneráveis estão a nosso poder...- a morena diz fazendo um biquinho como se estivesse com pena das duas porém sorrindo como uma sadica pronta para ataca-las.

-hahaha eu já disse que você é de mais? Com certeza já, você é- Ambre dizia quase saltando de felicidade assim pegando Mandy em seus braços e logo Debrah pega Jessie.
-Hehe vamos, não podemos arriscar e ficar de bobeira aqui como se nada estivesse acontecendo- e dita essas palavras Ambre e Debrah começam a correr, cada uma com uma das garotas em seus braços, tomando cuidado para não deixa-las cair tão pouco deixar alguém escutar.

Após alguns minutos correndo, as duas chegam na parte de dentro do colégio assim correndo pelos corredores que a essa hora ficavam sempre competente vazios. Já havia passado horas desde que Jessie e Mandy haviam saído e naquele lugar ninguém se preocupava com ninguém. Não na parte de ficar aflito ou triste caso alguém suma, mas sim quando percebem que o motivo de piadas e trocadilhos não estava no local. Aquele lugar não as agradavam muito nem era o lugar de seus sonhos, porém era o lugar onde elas poderiam reinar em silêncio e isso em suas conseguia apagar todo o resto.

Após alguns minutos correndo, elas aos poucos vão desacelerando seus passos conforme iam se afastando do corredor principal até começarem a andar normalmente e logo uma conversa entre as duas sobre a vingança que em minutos iria acontecer, começa a ser escutada entre palavras baixas como o vento sussurrando de longe, entre as paredes do grande colégio.

*

- mal vejo a hora de terminar tudo aqui... estou louca para ver a cara dessas vadias ao acordarem e ver o presentinho que iremos fazer com tanto amor e carinho para elas -diz Ambre a amiga com um riso maligno e zombeteiro enquanto olhava as duas garotas inconscientes e presas por cordas cada uma em uma cadeira ao lado da outra.

-hehehe eu também estou louca para vez amiga... E aposto que você faz idéia de quanto..- Debrah fala com o mesmo sorriso que ela, assim se afastando das duas, puxando Ambre pela mão.
-Hehe e a primeira parte de nossa vingança começa agora- a morena fala, se concentrando, começando a recitar algumas palavras enquanto a loira fazia o mesmo, logo aquele local começava a encher de insetos vindo de várias partes, passando por elas sem encostar, como se ali houvesse um escudo as protegendo, indo diretamente na direção das duas garotas.

-hahaha.. Elas vão amar isso... Vamos ficar invisíveis agora.. Elas jamais podem se quer sonhar que foi a gente que fez isso- ela diz assim se afastando um pouco mais, voltando a recitar algumas palavras, que logo após serem faladas aos poucos vão sumido até que por fim ficam invisíveis a qualquer um menos para elas mesma.
-agora sei que é questão de minutos para que elas acordem.... E para ninguém desconfiar de nós, garotas tão amaveis.. Depois de algumas horas assistindo essa incrível sena, vamos sair sem fazer barulho e voltar aqui ao escutar gritos de ajuda de duas garotinhas e seremos as heroínas... Mesmo que ninguém queira saber, não iremos precisar nos preocupar- a loira dizia com seu sorriso mostrando satisfação em seu plano e a morena retribuindo o mesmo sorriso, elas mal podiam esperar para ver aquela cena acontecendo e logo suas vontades seriam atendidas.

*

Ao passar dos minutos, aos poucos Jessie vai despertando lentamente de seu sono forçado.
-...... O-o que aconteceu?....- ela fala baixinho, tentando abrir seus olhos devagar e tenta levar uma de suas mãos até eles, porém ao tentar ela sente que não conseguia move-las mas o que acaba por chamar por completo a sua atenção não era a questão de não poder se mover, mas sim do que ela estava sentindo se mover por seu corpo e pelo susto ela imediatamente abre seus olhos olhando para baixo e o que ela vê a paralisa por alguns segundos, sentindo seu corpo começar tremer de leve.
-........ K-kyaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!- foi a única coisa que a ruiva conseguiu fazer, gritar alto ao ver todos aqueles insetos andando em sua volta, subindo por suas pernas, ficando em sua pele e roupas. Ela começa a se debater com força enquanto gritava, tanto pelo medo de todas aquelas aranhas e os mais variados tipos de insetos quanto por eles estarem a tocando, subindo por ela.
-S-Sai!!!!! S-socorro alguém me ajuda!!!!! Eu to p-presa!!!!- Jessie gritava alto, se debatendo com toda sua força para se soltar, mas de nada adiantava, as cordas estavam apertadas de mais para ela conseguir e o medo não a deixava pensar direito, aquilo estava a apavorando.

Ao seu lado Mandy continuava inconsciente, amarrada nas cadeiras, porém logo gritos faz a despertar rapidamente. Ela olha rapidamente para o lado e se assusta ao ver Jessie gritando, parecendo muito assustada enquanto se debatia com força em uma cadeira a fazendo por instinto querer ajuda-la porém no mesmo momento que ela tenta mecher seus braços algo a impede, e nesse momento ela percebe estar na mesma situação da amiga.
-J-jessie! O que e-esta acontecendo a-aqu-...!.....- Mandy ia falando porém interrompendo a ela mesma quando ela vê o que estava em sua volta. Seu corpo trava. Nada ela conseguia fazer, um única som, um movimento apenas, ela paralisou por completo uma das coisas que ela tinha mais medo do mundo, estava a rodeando andando sobre ela e a única reação que seu corpo conseguia fazer, era pequenas lágrimas que iam se formando em seus olhos.

Jessie olha para o lado percebendo que Mandy estava lá ao escutar sua voz.
-m-mandy!!! O que e-esta acontecendo?! C-como viemos parar a-aqui?! E-eu quero ir embora!!!- Jessie gritava, com sua voz travada, percebendo que Mandy acabará por paralisar por completo, enquanto se debatia e seus olhos enchendo de lágrimas aos poucos começando a caírem.
-s-socorro!!!!-

Mais a frente delas estava duas garotas, se segurando para não cair na gargalhada, aquela cena estava saindo mais do que de seu agrado, chegando a fazer seus olhos brilharem, enquanto os minutos passavam para elas eram como segundos. "h-hahahahaha isso é ótimo olha a cara de desespero delas! Hahaha uma até travou!" Ambre fala mentalmente para Debrah que assim como ela estava quase por ter uma crise de risadas.

"hahaha h-hai mas vamos agora, sei que agente quer muito continuar vendo essa cena hilaria mas vamos, antes que agente estrague tudo rindo delas" Debrah responde a amiga enquanto se segurava para não rir, assim caminhando até a porta a abrindo com cuidado e pela distração e o pânico das duas elas saem sem fazer um só barulho.

"n-nossa!!!! Eu não imaginava que iria gostar tanto!!! Hahaha temos que fazer isso mais vezes com elas!" Dizia Ambre quase auforica pela felicidade e um sorriso enorme não conseguia desaparecer de seu rosto. Enquanto conversavam e quase riam a todo momento, elas esperam por mais alguns minutos escutado apenas os gritos de ajuda e o choro que viam da ruiva enquanto sabiam que Mandy permanecia paralisada, com baixas palavras pedido que alguém a ajudasse começando a sair dela.

"Hehe acho que já está bom, antes que alguém apareça vamos salvar as pobres garotinhas... Haha entra no clima!" Debrah diz sorrindo assim começando a acelerar sua respiração, logo começando a fazer barulho de paços, que iam aumentando de volume com ela pisando mais forte no chão, logo Ambre entra na brincadeira, fazendo o mesmo que a amiga.
-A-Ambre você também está escutando não e?! Vamos nós temos que achar q-quem está gritando!- Debrah fala auto o bastante para elas escutarem logo abrindo a porta com tudo com uma expressão bem preocupada.

-.... M-meu Kami... Ambre me ajuda!- ela fala assim correndo na direção de Jessie, começando a 'tentar desamarra-la'.

-q-quem fez isso  vocês?!- Ambre comenta, acabando por desamarar Mandy, que estava com seu corpo tremulo e lágrimas saindo de seus olhos, enquanto Jessie chorava como uma criança. Logo Ambre e Debrah as tiram de lá fechando a porta.
"da próxima vez.... Olha bem quem você vai desafiar..... " Ambre pensa olhando de canto para a amiga que como ela estava com um pequeno sorrisinho de vitória. Sua vingança havia sido perfeita.


Notas Finais


Hehe espero que tenham gostado e tido uma ótima leitura fico extremamente feliz pelos mais de 400 favoritos!! *-* hehe arigatou de verdade beijinhus di luz!! *3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...