História Tudo muda, principalmente as pessoas.... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Aquarius, Cana Alberona, Erza Scarlet, Evergreen, Gajeel Redfox, Grandine, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Jet, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Metalicana, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Ultear Milkovich, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Abuso, Automutilação, Bullying, Depressão, Drama, Drogas, Futuro, Gajeel, Gale, Gravia, Gray, Gruvia, Jerza, Juvia, Levy, Levymcgardenn, Miraxus, Morte, Musica, Nalu, Overdose, Presente, Suícidio, Vida, Zervis
Visualizações 69
Palavras 1.822
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente. Mais um capítulo para vocês. Espero que gostem, passei a tarde inteira pensando em como escreve-lo, mas no final das contas consegui. Muito obrigada por comentarem, me anima muito a opinião de vocês. Também agradeço aqueles que penas leem e não fazem nada. E é claro que eu não posso deixar de agradecer a vocês que favoritaram, graças a vocês consegui 18 favoritos até ontem se não me engano. Bom sem mais enrolação espero que gostem desse capítulo_particularmente eu acho um pouquinho difícil achar legal certas partes, mas... rsrs Espero que gostem até a próxima.

Capítulo 4 - Uma proposta interessante para abutres como vocês.


Fanfic / Fanfiction Tudo muda, principalmente as pessoas.... - Capítulo 4 - Uma proposta interessante para abutres como vocês.

Autora on

Como percebemos as coisas ficaram tensas na sala do nosso querido Gajeel. Enquanto Juvia tinha uma aula normal. As três aulas estavam indo bem, até que chegou a tão esperada hora do intervalo. Nossos protagonistas não imaginam o que os esperam. As portas do inferno estão prestes a se abrirem.

Juvia on

Faltam cinco minutos para a hora do intervalo. Mal posso esperar para ver meu irmão. Depois da aula da professora Mavis, tivemos aula de português com a professora Zera. Na aula dela conversamos bastante sobre algumas trilogias famosas. Agora estamos tendo aula de biologia com o professor Zeref. Ele é um pouco sombrio, odeia aproximação e aparenta ser um grande amante da natureza. Como ele terminou o conteúdo mais cedo que o previsto para hoje, nos deixou cinco minutos de sossego. 

-Você parece mais alegre que horas atrás Juvia. -disse a loira para mim. -Meu nome é Lucy Heartfilia, mas pode me chamar de Lu ou sei lá o que. -ela sorri.

-Você é amiga da Mira, certo? -questiono.

-Sim, ela foi a primeira pessoa a ser minha amiga, depois eu conheci o demônio escarlate. -uma aura negra se vira para mim.

-Quem  é demônio escarlate, Lucy Heartfilia? -perguntou Erza estralando os dedos, com um sorriso tenebroso.

-Ninguém Erzinha. -disse ela com medo da ruiva.

Erza Scarlet não é tão ruim quanto eu imaginava. Ela apenas é uma pessoa que se esconde por atrás de uma armadura para se proteger.  Gostei dela.  De verdade mesmo.

-Eae, gata! -disse um garoto de cabelo arrepiado platinado.

-Ah! Lyon, pelo amo de Deus... Não enche. -falou Lucy. 

-Gata, tem whats? -perguntou ele colocando a mão em meu ombro. 

Sinto nojo de pessoas como ele. Ninguém merece esse tipo de coisa.

-Não. Não tenho whatapp e mesmo se eu tivesse não lhe daria nenhum número se quer. -falei fria.

-Tcs... Você é muito agressiva, mas eu posso resolver isso. -ele me puxa com força pelo pulso. 

-ME SOLTA!- falei em alto e bom som.

-Solta ela, Lyon. -falou Lucy se levantando.

-Anda logo, Lyon!! -ameaçou Erza com um olhar mortal.

-Tsc... -ele me solta. Seus dedos ficam marcados em meu pulso. -Você não perde por esperar. Juvia Lockser. Você ainda vai implorar para me ter. 

-Nunca! -afirmo com raiva, enquanto esfrego com a outra mão a marca deixada pelo mesmo. 

Alguém começa a rir feito hiena louca. Olho para ver quem é, e meus olhos param em um garoto loiro de olhos azuis. Estrutura mediana, pele clara, trajando uma camiseta azul e uma calça preta. Na orelha esquerda um brinco em forma de cristal com um pequeno e discreto simbolo no mesmo.

-Pelo visto, você perdeu a manha Lyon. Tem que fazer melhor que isso. Na Saber só entra os fodas e se você for um fracote... -ele olha para o platinado com raiva e desdem. -Será como chão para nossos pés. E eu acho que você não quer isso, então dome a gatinha logo, antes que o Rogue ou eu faça isso por você. 

Ele olha para mim, e dá uma picadela. Meu estomago embrulha. Malditos nojentos. Só querem demonstrar poder, para humilhar os outros... São desprezíveis. 

O sinal do intervalo toca. Alguns começa a sair rapidamente. Caminho com as meninas até a porta, até que Sting puxa Lucy pelo braço e a beija. Estou chocada, e não somente eu, como também Erza e a própria Lucy. 

-Como assim? -sussurrei para a ruiva

-Também não sei. -respondeu ela. O loiro larga a Heartfilia e sai da sala sorridente. 

-Lucy... Não me diga que... -falo com receio.

-Explico isso depois, vamos procurar a Mira. -respondeu ela andando na frente de cabeça baixa. 

Gajeel on

Hora do intervalo. Glorias a Deus!! Finalmente poderei ver a Juvia e comer alguma coisa. Não aguentava mais ficar aqui. Parece que fiquei anos em uma ilha deserta cercado de tubarões. 

A sala está esvaziando, um loiro entra e caminha até Rogue. Ambos cochicham algo em seguida olham para mim. O emo sorri e caminha com seu grupinho para fora da classe.

Só restam eu, o rosado, Mira, a menina dos olhos âmbar e a professora Zera. Ela nos deu aula de Sociologia e Português. Até que foi bem legal. 

O professor Laxus entra na sala e caminha até Mira que estava debruçada na mesa. 

-Mira... -ele toca nos cabelos da mesma e ela levanta o rosto para encara-lo. Seus olhos azuis nadam em lagrimas. 

Ele a abraça, enquanto a mesma desaba em seus braços. Juvia, uma loira e uma ruiva entram na nossa sala e correm até a albina. 

-Levy, o que aconteceu? -questionou a loira preocupada.

-O de sempre. Ever e os outros. -disse ela rangendo os dentes.

-Porra! Por que eles não param?! Qual é a graça nisso tudo? Que merda!... Quando isso tudo vai terminar?... Mira... Você é a que mais sofre com tudo isso... Talvez se a gente fiz--

-Não! -disse a albina do nada. -Por favor não. Não se preocupem. Eu vou ficar bem. Eu tenho que ficar bem. -concluiu ela secando as lagrimas e engolindo o choro. 

O loiro(Laxus) ainda a encara preocupado. Ela sorri e ele a abraça novamente. 

-Desculpa... -sussurrou ele. 

Professora Zera sai da sala e caminha com o professor Zeref para sei lá na onde. Um barulho de coisa caindo quebra o silêncio do lugar. Nossas atenções são voltadas para o rosado que encarava Juvia surpreso. 

-Natsu-onee-san...? -disse ela.

-Juvia... -sussurrou ele. 

-Então é você mesmo. -falei. -Natsu Dragneel, ou será que ainda posso chama-lo de irmão?

-O que?!! -disse todos chocados nos encarando.

Ele retira os óculos, e sorri.

-É impossível enganar vocês dois, hein!? Mas eu me chamo Natsu Dragion, e para o nosso bem é melhor fingirem que não me conhecem. -disse ele colocando os óculos novamente e saindo da sala. 

-O que está acontecendo aqui, irmão? -questionou Juvia caminhando até mim. -Esse lugar... É... 

-Complicado. -complemento sua frase. Ela assenti que sim. 

-Melhor vocês irem para o intervalo logo, depois conversamos sobre tudo isso. Vou levar a Mira para a enfermaria, parece que ela torceu de leve o tornozelo. 

-Melhor mesmo. Levy, você vem com a gente? -perguntou a ruiva.

-Vou. Alias quem são eles? -perguntou ela apontando para mim e Juvia.

-Sou Juvia Lockser e esse é o meu irmão Gajeel Lockser. - disse a azulada maior.

-Sou Levy Mcgarden, podem me chamar de Levy. -disse ela. 

Então o nome dela é Levy... Levy Mcgarden... Já ouvi isso em algum lugar, mas onde? Bem, não importa. 

Juvia on

Descemos as escadas e caminhamos até o patio. Conversamos sobre assunto banais. Parece que deixar Mira com Laxus foi uma boa ideia, segundo as meninas ele é a pessoa em que ela mais confia no mundo todo.

Acho lindo o jeito dos dois, mas sinto que talvez tenha algo mais nisso tudo, porém é melhor manter essa ideia na minha mente apenas. Se realmente houvesse algo mais, certamente seria um grande problema para o professor Laxus, afinal temos apenas quinze anos. 

O patio está com uma atmosfera estranha. Olho para as meninas e elas mantem uma expressão seria em seus rostos. Gajeel segura minha mão, e eu me aproximo mais do mesmo. 

Já imagino que possa estar acontecendo. Essas rodinhas só pode significar uma coisa. Agressão física com os alunos de classe inferior.  Odeio ver esse tipo de coisa. Para que isso? Qual é o sentido de humilhar os outros apenas para se sentir bem? Nós seres humanos, mas nos comportamos como verdadeiros demônios. Não consigo entender esse tipo de atitude. Juvia odeia isso. Juvia viu todos esses anos o que fizeram com irmão de Juvia. Juvia... 

Sinto meus olhos lagrimejarem, minhas mãos tremem.

-Vai ficar tudo bem. Ninguém vai fazer aquilo de novo. Não comigo por perto. -disse ele segurando minha mão com mais firmeza. 

Gajeel sabe o que é ser humilhado mais só que ninguém aqui nessa escola. Por mais que nosso pai insistisse para ele fazer regime ou exercícios ele sempre rejeitou. Rejeitou porque prefere que maltratem ele do que os outros. Porque prefere carregar a cruz dos outros sem se importar com o que vai acontecer consigo mesmo. 

-Isso não vai ficar assim. -falou Levy. 

Caminhamos apressadamente para o meio daquela muvuca de gente e nos deparamos com um garoto emo, o loiro de antes, mais alguns moleques batendo, chutando e esmurrando Natsu. O rosado sangrava no chão enquanto recebia os golpes. Do outro lado do patio vi uma menina de cabelos curtos roxo sendo abusada por uns moleques e os alunos em volta incentivando aquilo tudo. 

-ROGUE VOCÊ PASSOU DOS LIMITES! PAREM COM ISSO! VOCÊS ENLOUQUECERAM FOI?!! ROGUE!! -disse Levy com raiva caminhando até o emo. 

-Minha linda, eu estou me divertindo e você como minha condessa deve obediência. Eu mando nessa escola e aqui eu faço o que eu quero. Seu reinado é naquela droga de sala, fora dela sou eu quem mando. Então eu acho melhor você--ele segura o braço dela enquanto a encara maliciosamente. 

Erza avança contra os meninos que estavam abusando da menina e desce a porrada neles, porém ela ainda é uma menina e eles estão em maior numero, então é facilmente segurada. Lucy tenta intervir, mas é segurada pelo garoto loiro de antes que sussurra algo em seu ouvido e mesma paralisa. Dou uma olhada em volta e estou sem reação. 

Isso não é uma escola. Esse lugar... É como um grande inferno. Alguns alunos estão chorando, possivelmente são os que estão sendo abusado; outros estão falando coisa com coisa, provavelmente os drogado; há sangue para tudo quanto é lado no chão, e alguns outros alunos desacordados porém com marcas de agressão. 

-Tsc... SILENCIO PORRA!! -gritou Gajeel me soltando. 

Seus olhos transbordavam ódio. 

-Ora se botijão decidiu nos enfrentar...- o tal Rogue começa a rir. -Cala a boca seu bosta. Senta essa bunda em qualquer merda ai, e não se mete porque se não voc--

-Tenho uma proposta para você. Uma proposta interessante para abutres como vocês. 

Todos nos encaram surpresos. Meu corpo paralisa. 

Isso não pode estar acontecendo... Não pode estar acontecendo... Meu irmão o que você vai fazer... Gajeel...

Começo a chorar descontroladamente... Isso de novo não. Não... Juvia não quer isso de novo... Por favor... De novo não...

Autora on

Vish, meu povo. Deu merda agora. O que será essa proposta do Gajeel? Por que Juvia ficou desse jeito? Rogue e seu grupinho tocando o terror. Mirajane e Laxus será que está rolando alguma coisa? O que esse garoto loiro falou para Lucy? Erza foi impedida? Meu Deus é o fim do mundo. Muitas perguntas ainda pairam no ar e isso você confere nos próximos capítulos. Até breve... 

Gajeel on

Não tenho escolha. É isso e ponto final... Desculpa Juvia, mas eu não consigo ver tudo isso e ficar parado. E esse for o único método de amenizar a situação, assim será feito. Ou eu não me chamo Gajeel Redfox. 


Notas Finais


Então o que acharam? Gostaria muito de pelo menos nesse capítulo saber a opinião e vocês. É de extrema importância. Enfim espero que ainda estejam curtindo a fanfic, e até a próxima. bye bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...