História Tudo mudou- imagine Jimin bts - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 566
Palavras 1.739
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii
Infelizmente a fanfic está chegando a o final. Esse não e o último episódio ainda, mas irá acabar em breve
Espero que gostem
Desculpe qualquer erro
Boa leitura.

Capítulo 36 - Ela não e um objeto


Fanfic / Fanfiction Tudo mudou- imagine Jimin bts - Capítulo 36 - Ela não e um objeto

SeungHyun POV.

        Ja estamos na Coréia, eu estou a procura de Yoongi, ele com certeza está ajudando a ____.
- Sehun - Chamo pelo o meu amigo.
- Oque foi? - Ele estava ma cozinha do apartamento que alugamos.
- Eu estou indo encontrar com o Yoongi.  Me avise qualquer coisa - Falo enquanto pego as chaves do carro.
- Ok - Ele reponde e eu vou embora
         Eu vou sozinho. Quero matar Yoongi com minhas próprias mãos. Eu também tenho chances de estar errado, mas alguma coisa me diz que isso é verdade.
          Durante o caminho, eu pensava em ____, naquele corpo que é meu, mas ela fugiu, foi embora. Porque aparentemente ama o Jimin. Oque tem de especial nele ? Quando eu tiver a ____ em meus braços novamente eu irei ama-la, mas irei puni-la por escapar das minhas mãos.
           Quando chego a casa de Yoongi ele está saindo, não havia ninguém na casa alem dele, então as minhas teorias estão quase sendo confirmadas.
         Ele entra no carro, e eu o sigo com o meu. Vou da forma mais cautelosa possível, não quero que ele me perceba obviamente.
        A partir que vou seguindo ele percebo que está indo pra um lugar mais afastado da cidade, era uma espécie de condomínio mas não habitava mais ninguém.
       Ele sai do carro e vai pra uma casa qualquer e eu o sigo, ele entra na casa e eu observo pelas janelas.
- Oi Yoongi - Falava com uma pessoa que me era familiar.
- Olá Jimin - Então esse é o Jimin.
- Então você você é o Yoongi? Prazer- Ouço a voz de ____. Ela estava linda, estava sem machucados, cabelos bagunçados ou olheiras. Apenas com chupões no pescoço, que provavelmente foi feito por aquele desgraçado do Jimin.
- Oque você quer me contar Yoongi? Porque era tao importante? - Jimin fala novamente.
- O SeungHyun está atrás de você - Aquele traidor fala.
- Como você sabe ? - Pergunta Jimin
- Porque eu trabalhava pra ele - Fala abaixando a cabeça. Eu não acredito que ele se arrepende.
- Que bom que nos avisou Yoongi - ____ abraça o mesmo.
       Ouço o meu telefone tocar.
- Alô ? - Falo baixo.
- Ja está aqui e nem me avisa ?- Era o marcos.
- Tá fodasse, não quero falar com você agora. Tchau. Se quiser saber oque precisa fazer fale com Sehun - Eu Desligo o telefone é volto a prestar atenção.
- Obrigado por avisar Yoongi - Fala Jimin calmo. Como ele pode estar tão calmo? Percebo que ___ está quase em prantos só de saber que estou atrás dela.
- Vamos marcar de beber um dia desses - Convida Yoongi.
- Vamos sim. Mas agora eu tenho que arrumar umas coisas . Tchau - Fala Jimin. Yoongi se despede e vai embora.
- Jimin - ___ chama a atenção do mesmo.
- Oque foi pequena? - Ele olha pra ela e percebe que ela chora
- Eu estou com medo - Ela coloca a mão no rosto
- Não tenha medo, eu vou te proteger - Fala ele abraçando a mesma.
- Jimin ele vai me matar, ou pior te matar. Eu tenho que voltar - Isso ___ , volte os meus braços, se você voltar eu prometo nunca mais te machucar...... Oque eu estou pensando?
- Não pequena. Nenhum de nós irá morrer - A camisa já estava muito molhada.
- Eu te amo oppa - Fala ___ Separando o abraço e secando as lágrimas.
- Eu tambem te amo pequena - Ele beija a mesma, eles parecem estar gostando muito. Enquanto eu estou explodindo de ciúmes.
- Agora vamos oppa? - Fala ____ ofegante depois de separar o beijo.
- Vamos - Ele pega na mão da mesma e sai da casa.
          Eu vou seguindo os mesmos cautelosamente, mas eu estava explodindo de raiva, ciúmes, tristeza.... Todos os sentimentos ruins se acumulam em mim, e a única coisa que eu quero é  matar Park Jimin, e roubar ____ e desfrutar dela.
         Meu telefone toca
- Então conseguiu algo ? - Era o Sehun.
- Sim, o Yoongi ajudou eles. E vamos matar ele ,estou seguindo eles e ver onde eles moram - Falo enquanto percebo que estamos cruzando a cidade.
- Ok, quando chegar lá me avise e vamos fazer a emboscada e matar o Jimin
- Mas tem um problema Yoongi falou que estamos aqui. Eu tenho uma ideia melhor - Conto todo meu plano pro Sehun e troco o caminho agora vou na direção da casa do Yoongi.

_____ POV.

- Meu deus Jimin, ele está me procurando - Falo logo depois de entrar no carro. Estávamos falando com Yoongi e eles nos contou o que sabe, e que SeungHyun está atrás de nós
- Olha aqui minha pequena - Fala Jimin, pegando o meu rosto e levantando - Ele não vai encostar em você mais - Eu apenas concordo com a cabeça.
       Nós chegamos em casa, e eu fui tomar um banho esquecer um pouco a vida. Eu estava no meio do banho e percebo que Jimin está falando no telefone com alguém. Então não demorou muito e saio, eu sinto que algo ruim irá acontecer.
- ___-  O Jimin então no quarto e eu estava apenas de langeri.
- Oque foi oppa? - Pergunto enquanto procuro roupas do Jimin na gaveta, peguei a mesma blusa de basquete que usei no Primeiro dia que estive aqui e uma calça de moletom.
- O Yoongi me ligou pedindo para irmos na casa dele, ele disse que é urgente - Fala com olhar de preocupação.
- Ta vamos - Me visto, coloco tudo que peguei e dou um nó na ponta da camiseta pra não ficar tão grande. Então vamos pra casa do Yoongi.
         No caminho não conversamos, eu percebia a inquietação do Jimin ele esta a realmente preocupado.
- Chegamos - Sou tirada dos meus pensamentos pelo Jimin insinuando a chegada. Nós batemos na porta e só Ouvimos um entre mas eu não diria que a voz era do Yoongi.
- Quando entramos estava tudo quebrado, vidro e sangue pelo chão, e um caminho de sangue que levava ate a sala. Onde estavam Yoongi amarado em uma cadeira e com a boca tampada, SeungHyun com uma faca , o marcos ( eu ainda mato essa peste ) e um homem que desconheço.
        Meu coração disparava a cada passo, o Yoongi transmitia medo em seus olhos, eu comecei a derramar as primeiras lagrimas.
- ora ora, vejo que você voltou pros braços dele - Fala SeungHyun apontando a faca pro Jimin. Eu abraço o Jimin - Oque foi o seu daddy aqui não te agradou ?
- PARA!! VOCE NAO E MEU DADDY - Gritava em prantos.
- Olha ___, eu irei te punir se falar assim comigo de novo - Fala com um sorriso cínico.
- Você não vai encostar um dedo nela !!! - Fala Jimin.
- Ela é minha - Ele aponta novamente a faca pro Jimin .
- Não existe esse negócio de que ela pertence a alguém. Ela não é um objeto. Ela não é vendida por um preço, Ela não tem preço, nenhum humano tem preço, ela não um cachorrinho em um petshop esperando para ser comprada - Jimin se assaltava a cada palavra, ele me emocionou. Foram tão bonitas aquelas palavras.
- Que show - Aplaudiu marcos - Então vamos acabar logo com isso - o marcos aponta a arma pro Jimin.
- Por favor me mate, mas não mate ele - Eu entrei na frente do Jimin.
- Sehun leve ela pro quarto do Yoongi - O tal de sehun me levou praticamente me arrastando ate o quarto só Yoongi.
- Fica quieta por favor - Desde quando eles pedem por favor ?
- Oque vai fazer ? - Pergunto chorando. A gente entra no quarto.
- Eu quero te ajudar. Você estão com celular ? - Ele e legal ? Como assim?
- Porque está ajudando ? - pergunto de cabeça baixa.
- Porque como Jimin disse você não é uma cadelinha indefesa, e você não pertence a ninguém muito menos o SeungHyun - Ele falava baixo - Agora peque o celular - Assim faço - Ligue pra qualquer amigo do Jimin, diz pra ele vim ajudar - Ligo pro Nam
- Nam ?
- Oi ____ - Escuto da outra linha
- Vem cá por favor - Falo soluçando
- Onde você está ? - Ele pareceu preocupado. Passo o endereço.
- Por favor eles querem matar o Jimin oppa - Eu falava e só pensava no pior.
- Ja estou indo. Fique segura - Ele desliga o telefone.
- Ele já vem né? - Fala Sehun. Afirmo- Qualquer coisa eu estou aqui, vou voltar la em baixo e tentar fazer eles não matarem o Jimin - Nesse exato momento Ouço um grito rouco de Jimin.
- Sehun vai logo por favor - Eu abraço ele em seguida, ele pareceu surpreso. Mas depois ele corre pro andar de baixo.
        Eu só ficava parada e escutava os gritos. Socos, estava tão concentrado que escuto o barulho de algo se quebrar.
- AGORA BANDO DE FILHOS DA PUTA!!! - Era o Namjoon. Como eu amo esse homem - SALTEM A ____ E O JIMIN !!! - Eu desço as escadas e só observo não quero que percebam minha presença - SAO SURDOS OU OQUE ? OQUE ESSE PEDAÇO DE ABORTO FAZ AQUI ? Eu não te matei marcos ? O capeta não te suportou foi? - O Nam não tem um pingo de paciência. Ele aponta ambas as armas de suas maos pros dois homens a sua frende, sendo que mirava uma no Sehun e uma no SeungHyun.
- NAO MATE O SEHUN - Falo a o perceber que ele ia puxar o gatilho. Então ele apontou pro marcos e pro SeungHyun.
- Você me traiu sei filho da puta - Fala SeungHyun pro Sehun.
          Eu vou ajudar o Jimin que estava encostado na parede, ele estava sangrando e com as mãos na costela.
- Oppa. Oque fizeram com voce ? - pergunto chorando.
- Está tudo bem. Só não chore - Ele passa a mão nos meus cabelos .
- Posso mata-los Jimin ? - Pergunta Namjoon. Jimin confirmou.
E então Ouvimos um barulho de tiro, mas não veio da arma do Nam.

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...