História Tudo Mudou Naquele Dia - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Berserk, Fairy Tail
Tags Mistério, Natsu, Revelaçoes
Visualizações 376
Palavras 2.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O Novo Espadachim Negro Aparece


Dez anos haviam se passado desda suposta morte de Natsu, durante todo esse tempo todos na Guilda já haviam superado a morte de Natsu e seguiram suas vidas como se Natsu aquele que um dia trouxesse vivacidade e alegria para quele lugar nunca tivesse existido, mas ainda assim havia uma pessoa que se recusava a esquece-lo, e essa pessoa era justamente Wendy.

Durante os dez anos que se passaram, a Fairy Tail tinha o título de Guilda mais forte do reino, tudo devido as suas sequências de dez incríveis vitórias ao longo dos dez anos nos grandes jogos mágicos, gracas a isso a guilda tinha fortemente crescido e voltado a todo seu esplendor, e devido a sua popularidade e imagens recuperadas novos magos se integram a Fairy tail a deixando ainda mais forte.

A Fairy tail por ser a guilda mais forte e com melhor reputação, sempre recebiam os pedidos mais rentáveis e com maior dificuldade e sempre os cumpriam, mais isso so continuou ate uma certa vez, pois dois anos atras teve um certo pedido que não so a Fairy tail como as outras guildas não conseguiram completa, esse pedido havia sido feito diretamente pelo conselho de magia.

O pedido parecia ser bem simples, eles so tinham que capturar um indivíduo não identificado que vinham ganhando fama e destaque em todos os jornais e revista durante os últimos dois anos, sua fama era devido a sua carnificina e a pilhas de corpos deixada para trás por onde quer que ele passasse, em todos esses casos a única coisa em comum alem das mortes, eram que varias testemunhas relatavam terem visto um indivíduo vestindo um sobretudo preto cobrindo todo o seu corpo assim sendo impossível verem seu rosto.

Mesmo com essa pequena descrição desse indivíduo, ninguém jamais conseguiu captura-lo e muito menos ver seu rosto, todos os magos que aceitavam a missão de capturar aquele indivíduo e iam atras dele, quando tinham contato com o mesmo eles sempre desapareciam e dias depois eram encontrados vivos, porem cruelmente machucados ao ponto de não serem mais capazes de nunca mais lutarem devido as terríveis sequelas, que eram tanto físicas como mentais.

O conselho magico ao perceber que magos convencionais não seriam páreo para captura aquele indivíduo, resolveram aumentar o ranking da missão permitindo somente que os magos classe S fazerem, assim depois de ser caçado por magos convencionais o indivíduo passou a ser casado por magos classe S, mas no final o resultado acabou por ser o mesmo de antes, isso deixou todos do conselho assustados, pois que tipo de indivíduo seria capaz de fazer tudo aquilo.

Os cidadãos que semper acompanhavam as notícias pelos jornais e revistas logo começaram a ficar tensos, foi nesse momento que a igreja depois de ficar todo esse tempo em silêncio resolve se pronúncia pela primeira vez, em uma reunião com o conselho a igreja informou que de séculos em seculos sempre aparecia um indivíduo que agia do mesmo modo que esse de agora causando mortes e trazendo calamidades onde quer que passasse.

 A igreja também revelou que ao longo dos seculos sempre lutou contra esse tipo de indivíduo, e que eles o chamavam de Espadachim Negro pois ele sempre se vestia de preto e usava espadas para fazer suas atrocidades, o conselho depois de descobrir tais informações urgentemente junto com a igreja chegaram a um acordo e começaram a forma uma força tarefa especial conjunta para capturar aquele indivíduo.

Em meio a todas aquelas notícias desagradáveis, na Fairy Tail estava tendo um dia muito mais animado do que de costume, o motivo era porque Gray tinha emfim pedido a Juvia em namoro depois de "dez" anos, Juvia obviamente havia aceitado o pedido e devido a isso estava tendo uma festa de arromba a onde todos estavam presentes se divertindo e comemorando pelo casal.

Enquanto todos estavam comemoravam e alegremente o namoro do mais novo casal da guilda, do nada um mago que parecia extremamente apavorado entra correndo na guilda acabando com todo o clima da festa e a alegria do casal.

Mago: pessoal ouçam! tenho terríveis notícias para conta! - entra desesperado -

Gray: seu desgraçado! - grita em furia - e bom que valha a pena o que vai conta, pois se não eu vou arrebenta toda sua cara por estragar minha festa.

Gray fala fúrioso com o pobre mago assustado que acaba por fica ainda mais assustado com o olhar terrível que recebia por parte de Gray e dos outros que também estavam aproveitando a festa.

Mira: não precisa de tanto Gray - tenta acalma a situação - você não ve como ele já esta assustado, então o que exatamente aconteceu pra você esta assim?

Mago: Gray me desculpe! - se curva em desculpas - e que agora pouco lá na praça deram a notícia de que o espadachim negro apareceu novamente, dessa vez ele atacou um orfanato e um convento de freiras matando todo mundo deixando para traz só seus corpos esquartejados e queimados.

Apos todos os presentes ali terem recebido aquela terrível notícia ficam chocados, todos ali já sabiam do quão terrível era o tal Espadachim Negro, mas eles já mais imaginaram que ele chegaria ao ponto de matar crianças órfãos e freiras, que tipo de monstro faria tais atrocidades?

Mago: isso não é tudo pessoal!

Lucy: o que? ele ainda fez mais alguma coisa?

Mago: sim! ele quando estava saindo da cidade depois do ocorrido, foi cercado pelo conselho e a igreja....

Erza: vamos fale mais rápido de uma vez!! - pede parecendo esta sem paciência -

Mago: tanto os soldados da igreja quantos os soldados do conselhos foram todos mortos pelo espadachim negro - revela surpreendendo a todos -

Laxus: que merda é essa! - grita de repente  - como uma única pessoa pode fazer isso? quantos soldados ele enfrentou?

Mago: pelas notícias, foram enviados um esquadrão de dois mil soldados de elite da igreja e dois mil soldados de elite do conselho, mesmo assim todos foram mortos brutalmente sem exceções - surpreende a todos novamente -

Depois de todos terem recebido mais aquela noticia ficaram ainda mais chocados, ninguém ali compreendia o do porque o espadachim negro cometer todas aquelas atrocidades, quem era o sujeito por trás daquele sobretudo preto e o mais importante, qual é seu objetivo cometendo tudo aquilo.

Charle: provavelmente os soldados que o enfrentaram não eram todos de elite como você contou, não é mesmo?

Mago: não você esta errada charle, todos os soldados enviados tinham o nivel próximo do mago santo do decimo lugar, esse espadachim negro só pode ser um demônio pra conseguir lutar contra quatro mil soldados com tal poder.

Gajeel: pelo menos alguém que viu a luta dos soldados contra ele e deve ter visto o rosto daquele desgraçado não e mesmo?

Mago: infelizmente nenhum dos civis que acompanharam a luta conseguiram ver o rosto dele, parece que enquanto ele lutava nenhum dos soldados conseguiu se quer chegar perto dele o suficiente para pelo menos tenta tira seu capuz ou toca-lo - fala deixando todos emcrédulos -

Gray: isso e uma piada ne? - diz sem acredita - como podo uma única pessoa luta contra quatro mil soldados sem ao menos ser tocado, isso só pode ser uma mentira!

Mago: por mais absurdo que seja isso é verdade, ele nem ao menos foi tocado!

Cana: então foi como nas outras vezes ele matou todo mundo e foi embora sem ninguém descobriu nada sobre ele.

Levy: mas por qual motivo ele sai matando pessoas inocentes desse modo tão cruel?

Mago: pessoal dessa vez nem todas as notícias são ruins, descobriram que tipo de magia ele usa.

Erza: porque não contou isso logo ao envés das notícias ruins! então seu idiota que tipo de magia ele usa? - pergunta com uma aura assustadora -

Mago: me desculpe! - se desculpa com medo - sobre sua magia, os civis que o viram lutar disseram que o espadachim negro conseguia manipula chamas azuis.

Laxus: então o desgraçado é um mago de fogo! - diz com um estranho sorriso -

Enquanto todos na Fairy tail discutiam sobre aquele assunto, em outro lugar mas especificamente em uma cidade localizada a dois dias de maginolia chamada Melecor, se encontrava um homem todo de preto desde suas vestimentas e cabelos, ele andava tranquilidade entre barracas de acessórios e barracas de comidas montadas por toda a rua.

As pessoas que andavam por ali fazendo compras ou comendo nas barracas ao verem tau homem ficam assustadas, elas achavam que ele poderia ser o temido espadachim negro, mas logo as pessoas se recompõe pois o homem visto por elas andava tranquilamente com o rosto a mostra coisa que o espadachim negro nunca faria, o homem ao perceber que todos o olhavam simplesmente ignora e continua andando.

O homem enquanto andava pelas barracas de repente para seus passos e olha em direção a uma barraca que vendia bebidas, ele rapidamente volta a caminhar em direção aquela barraca de bebidas claramente com a intenção de compra alguma, assim que ele chega a barraca um velho que o percebeu vem rapidamente atende-lo.

Velho: o que vai ser hoje caro cliente? - pergunta com um sorriso de negócios -

Homem: me de uma garrafa da bebida mais forte que você tiver aqui.

Velho: ok! espere um momento vou pegar pro senhor.

O velho rapidamente sai da frente do caixa onde atendia o homem e vai em direção ao fundos da barraca, o homem que esperava sua bebida se senta em um dos bancos que tinha ali para os clientes, alguns segundos depois o velho volta trazendo uma garrafa do que parecia ser vinho.

Velho: esse vinho e a minha bebida mas forte, foi feito especialmente por mim de uma velha receita de familia, espero que agrade o senhor.

O velho rapidamente pega um copo e coloca na frente do homem, logo em seguida ele abre a garrafa de vinho fazendo sair um forte cheiro de álcool fazendo as pessoas que passavam por ali sentir, logo em seguida o velho enche o copo e passa pro homem.

Homem: so pelo cheiro já posso dizer que ele e um bom vinho, agora vamos provar.

Quando o homem já se preparava para beber daquele forte vinho, alguns metros atrás dele podia-se ver a figura de uma empregada de cabelos loiro e seios grandes que o observava com os olhos em chamas de tanta fúria que ela sentia, assim que o homem pegou o copo e levou ate a boca para beber, antes mesmo que ele  pudesse tomar uma única gota do vinho.

A empregada velozmente surgiu atrás dele e rapidamente lhe deu um leve tapa no lado esquerdo de seu rosto o fazendo derramar todo o seu vinho antes de toma-lo, o velho que via toda a cena assim como algumas pessoas que passavam por ali ficam surpresos com a atitude da empregada.

Empregada: Natsu seu idiota! - grita - Ops! Quero dizer mestre! porque o senhor esta bebendo novamente escondi de mim? O mestre já sabe que em breve vai ser noite e eles viram atrás do senhor, como o senhor pretende lutar contra eles estando bêbado?

O homem que no caso era Natsu como se não tivesse escutado nada, ele pega a garrafa de vinho e enche seu copo outra vez, em seguida Natsu lentamente se vira para a empregada segurando o copo com sua mão direita e o leva novamente ate sua boca, mas novamente leva outro tapa da empregada derrubando todo o seu vinho novamente.

Empregada: mestre o senhor tem que da mais valor a sua vida, o senhor sabe muito bem que nesse mundo eu e as "outras" so temos o senhor com quem podemos contar, se o senhor ficar bêbado e lutar contra eles certamente morrera, por isso mestre não faça isso para morrer e nos deixar sozinhas para traz!

Natsu que neste momento estava novamente enchendo seu copo com mais vinho de repente para e coloca a garrafa de vinho e o copo sobre o balcão da barraca, em seguida ele se levanta ficando de frente com a empregada que neste momento tinha lágrimas escorrendo pelos olhos, Natsu delicadamente usando um dedo de sua mão direita limpa as lágrimas que escorriam dos delicados olhos da empregada.

Natsu: me perdoe - se desculpa tentando consola-la - e como você disse eu tenho que dar mais valor a minha vida, por isso me perdoe por deixa-la preocupada e faze-la chora!

Natsu lentamente envolve a empregada em um caloroso abraço enquanto ia se desculpando, aos poucos a empregada se acalma e corresponde ao abraço recebido.

Empregada: mestre todos estão olhando pra nos!

Ao redor dos dois enquanto eles se abraçavam sem que eles percebessem, varias pessoas que passavam por ali e viram a cena e pararam somente para olhar os dois.

Natsu: deixe que eles olhem! - diz ainda abraçado com ela - mas mudando de assunto você já comprou as passagens para magnólia?

Empregada: sim mestre esta tudo pronto, amanhã cedo partimos.

Natsu: ótimo! agora vou leva-la para compra o que quiser!

Empregada: não precisa mestre! o senhor sempre me compra o que eu quero, então por favor dessa vez compre algo para o senhor.

Natsu: eu não preciso de nada mais alem de ver você feliz! por isso como seu mestre eu ordeno que venha comigo e compre qualquer coisa que você queira!

Empregada: se é uma ordem do meu mestre vou obdece-la!

Logo depois de convence-la os dois se separam do abraço e Natsu se vira para o velho da barraca de bebidas, em seguida ele paga pelo vinho que havia pedido e logo depois deixa a barraca e sai andando de mãos dadas com a empregada deixando para traz uma multidão boba de curiosos.


Notas Finais


Só pra tira as duvidas de vocês o espadachim negro é o Natsu.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...