História Tudo mudou naquele dia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Exibições 83
Palavras 776
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capítulo Único


FlashBack ON

Hoje, faz exatos 5 anos que aquilo aconteceu.

Faz exatos 5 anos que eu fui jogada fora.

Faz 5 anos que alimento esse ódio.

Faz 5 anos que treino, para poder finalmente dar o troco.

Vão aprender do pior jeito, que não se deve me irritar.


Agora nesse momento, eu estou em frente ao lugar que tenho nojo, até mesmo de olhar, que a tempos atrás considerei meu lar, o lugar onde minha "família" mora. Hoje a unica coisa que restou de sentimentos em mim foi ódio. Me tornei fria ao passar do tempo, e aquilo que eu tenho de ódio hoje, eu transformei em poder. Aprendi várias magias de diferentes tipos, desde a magia de Dragon Slayer a magia negra.

Adentro o local quebrando a porta - como nos velhos tempos -, alarmando a todos que estao presentes, e o primeiro que vem para cima de mim é a pessoa que eu vou fazer assistir a morte de todos, bem a sua frente, sem ele poder fazer nada... Natsu Dragneel. O homem a qual me entreguei de corpo e alma, que me fazia juras de amor. Eu o amava. E ele, quando mais precisei dele, ele me virou as costas, juntamente com aqueles que eu chamava de amigos. Eu descobri tempo depois que estava grávida, eu nao queria nada que lembrasse ele ou a guilda. Abortei a criança, que não tinha culpa de nada. E lá se foi o resto de humanidade que eu tinha.

Desviei facilmente de seus ataques, e lhe lanço um feitiço de paralisia, logo todos vem atras de mim, um atrás do outro, o primeiro a vir foi Gajeel, arranquei sua cabeça com um simples movimento com as mãos , sujando um pouco minha capa de sangue. Levy vem logo atrás chorando, lamentando a morte do seu amado e com a mesma mão que matei Gajeel, atravessei o corpo de Levy, lhe arrancando o coração. O olhar de todos estavam em choque. Alguns de estômago fraco vomitaram. Tsc, com um movimento com as mãos para cima, todos os que vomitaram, cairam mortos no chão com o pescoço quebrado, resumindo os mais fracos da guilda.

Os que sobraram foram aqueles que um dia ja considerei meus amigos, minha família. Mirajane chorava pela morte da irmã Lissana e seu irmão Elfman. Erza ja ativara o Kansou, e me atacava falhando miserávelmente em me acertar. Eu também aprendi a magia dela, e em um milésimo de segundo, pego minha espada e arranco sua cabeça. Mirajane ativa o Satan Soul, e como nao quero combate corpo a corpo, simplesmente faço um sinal com a mão de pare, conjuro um feitiço e dentro da guilda ha chuva de sangue. Gray e Juvia fizeram ataques combinados. Resultado: Cortes leves em meu rosto, que até agora ninguém viu, graças a capa preta com branca e um lenço fino de seda que agora nao existe mais por causa do ataque dos dois.

Começo a andar pelo salão da guilda, me aproximando cada vez mais dos dois. Eles veem meu rosto e arregalam os olhos.

-L... - Juvia é interrompida, pois cai no chão e morre de infarto, tendo claro o mesmo destino para Gray.

Falta apenas quatro - Laxus, Gildarts, Makarov e Natsu ( que ainda esta sob efeito da minha magia ) - os três me atacam de uma vez só, me derrubando longe fazendo com que eu bata as costas na parede, cuspindo sangue.

Hora de usar a magia de Zeref, sua maldição para falar a verdade, chamar a morte para abater meus inimigos. Que em um instante caem no chão sem vida, ja não tem mais cor em seus olhos. Vou até Makarov, cuspo em sua cara e chuto a mesma para longe.

-QUEM É VOCÊ? POR QUE ESTÁ FAZENDO ISSO?! - Grita Natsu, me fazendo ir ate o mesmo ja retirando minha capa, ele me encara assustado - L-Lu-Lucy?

-Olá Natsu, como vai? - Ele começa a berrar coisas "por que fez isso?" "por que matou todos?!" - Eu vou te ensinar da pior maneira possível, que nao me deve me descartar e você não terá segunda chance para concertar seu erro! QUE COMECE A TORTURA!

Invoco todos os meus espíritos, eles tem tanta raiva de Natsu quanto eu. Viro as costas e vou andando até a saída, ja ouvindo os gritos de dor e desespero.

-Não o deixem vivo, mas o faça sofrer bastante - Ordeno, todos eles respondem "Hai Lucy-Sama".

FlashBack OFF

Já faz 3 anos desde que aquilo aconteceu. Natsu e todos aqueles que me fizeram mal estao mortos. E hoje eu vago por ai, sem rumo, sendo a maga mais proucurada pelo continente, mais até que o próprio Zeref.

Lucy, a maga negra mais poderosa de todos os tempos!


Notas Finais


Oi oi!
Gente essa é minha primeira fic desse estilo, com certeza está um cocô, mais eu tentei!
Obrigada por terem lido!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...