História Tudo Pode Acontecer! - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Lily Collins
Personagens Cameron Dallas, Lily Collins
Tags Cameron Dallas, Colegial, Lily Collins, Magcon, Romance
Visualizações 49
Palavras 814
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 7 - 6


P.O.V. Cam

Depois de jogarmos ao verdade ou consequência começamos a beber, eu não tinha bebido quase nada, não estava no meu melhor dia depois de ver Bea rebolando em cima do Taylor, fiquei tão furioso ao vê-la dançar em cima dele, e o pior ela ainda começou aos beijos no pescoço dele, essa também foi uma parte que me irritou muito, mas depois eu tive uma consequência com ela, fomos para o banheiro durante 10 minutos, nos nos beijamos tanto que quase iamos transar ali, mas o tempo tinha acabado.

Shawn- Cam, estás me ouvir?

Shawn me chamou e me tirou dos meus pensamentos.

Cam-Oi?

Shawn-Parece que não me ouviste né?

Cam-Não, me desculpa tá?

Shawn-Ok, eu acho que a Bea já está de ressaca, e ela meio que tá a fazer um strip para eles!

Cam-O quê?

Fui à procura dela, quando eu a vejo sem blusa, e começa a rebolar pra todos, e todos estavam gostando do que ela estava fazendo, também quem não gostaria ela é muito gostosa, mas eu não gostei nada de a ver assim, então eu vou em direção a ela e agarro ela ficando por cima dos meus ombros.

Bea-O que é que estás a fazer... põe me no chão imediatamente.

Eu ignorei o seu pedido e fui direto para o carro dela  colocando-a no banco do passageiro, e eu no do volante, e fui direto para casa. Eu estava tão chateado por vê-la daquela maneira, quando eu a tirei de la todos começaram a dizer que eu era um estraga prazeres, eu não ia deixar eles verem-na sem roupa, ela é só minha, eu falando assim até parece que estou com ciúmes, uma coisa que é impossível, eu nunca tive ciúmes de uma garota, é verdade que quando eu estou ao pé dela eu me sinto diferente, ela tem algo que me completa, e eu não sei o porque.

Chegamos a casa, e eu a peguei ao colo estilo noiva e me direcionei ao quarto dela, levei ela até ao banheiro para ela tomar duche, é claro que eu não a despi, apesar de que gostava muito, mas eu queria fazer quando ela estivesse sóbria, ela foi tomar banho, apesar de não conseguir quase ficar de pé, eu esperei ela na cama dela, depois de um tempo ela sai de lá só de toalha, é a segunda vez que eu a vejo assim, ela é tão linda.

Cam-Precisas de ajuda?

Bea-Sim, podes ir ao meu closet e pegar uma calcinha, um sutiã e uma camiseta pra mim?

Assenti com a cabeça e fui ao seu closet, voltei com o que ela pediu e ela volto para o banheiro para se vestir, ela sai dela, eu juro que eu não consigo para de olhar para ela, eu acho que ela é mina mais gata que eu já vi em toda a minha vida. Ela se deita na cama eu a tapo com o endredom, e dou um beijo na sua testa, eu me direcionei até a porta, mas fui interrompido por ela.

Bea-Cam?

Cam-Diz!

Bea-Dorme aqui comigo?

Cam-Ok! Mas eu vou ter que tomar um banho primeiro.

Bea-Obrigada!

Fui para o banheiro do meu quarto e tomei um banho rápido, fiquei pensando no que ela me disse, eu não acredito que ela pediu para dormir com ela, sai do banho e coloquei uma cueca boxer, fui para o quarto dela.

Bea-Demoraste!

Cam-Como eu te disse eu fui tomar banho.

Me deitei ao lado dela, e ela se chegou para mais perto de mim, para que eu  abraçasse, coloquei minha mão na sua cintura e a puxei para mais perto me mim, ficamos de conxinha, eu nunca tinha ficado assim com nenhuma garota, e até que sabe bem, assim eu consigo sentir o seu cheiro, ouvir a sua respiraçaõ.

Bea-Cam?

Cam-Humm! (diz meio sonolento).

Bea-Porque é que tu ficas chateado por me ver com outro garoto?

Eu não acredito que vamos ter a mesma conversa de sempre.

Cam-Não sei!

Bea-Tá bem!

Ela se vira para mim e nos nos ficamos a encarar por um tempo, até que eu sorrio e ela sorri para mim.

Bea-Tu tens um sorriso tão lindo, mas é uma pena que tu és um babaca! (diz rindo).

Cam-Agora eu sou um babaca.... mas eu sei que tu gostas do babaca que eu sou né?

Bea-Um pouquinho!(diz fazendo uma careta)

Cam-Tá bom! Mas não foi o que pareceu na casa do Taylor!

Bea-A culpa é toda tua!

Cam-Agora  culpa é minha... então me diz o motivo de ser?

Bea-Primeiro tu és muito gostoso, segundo tens um sorriso de matar o coração, e terceiro és um babaca que eu até gosto.

Cam-Finalmente admites que eu sou gostoso, e que tu gostas de mim.

Bea-Não foi bem o que eu quis dizer!

Cam-Tá bom vamos fingir que não!

Depois de um tempo acabamos pegando o sono.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, comentem o que acharam!
Vejam a minha fic do Justin:
https://spiritfanfics.com/historia/o-reencontro-9633835
Beijinhos da sonhadora <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...