História Tudo Pode Mudar - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cara Delevingne, Dianna Agron, Fifth Harmony, Kendall Jenner, Khloé Kardashian, Kylie Jenner, Lea Michele
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Cara Delevingne, Dinah Jane Hansen, Kendall Jenner, Khloé Kardashian, Kylie Jenner, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Achele, Camren, Lamee, Lually, Luca, Lukh, Norminah
Visualizações 182
Palavras 5.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora, mas é a casa está em construção e eu não sabia onde estava meu note. Boa leitura! Beijos!!😘😘😘

Capítulo 35 - Capítulo 35 - Lia


Fanfic / Fanfiction Tudo Pode Mudar - Capítulo 35 - Capítulo 35 - Lia

POV. ALLY

- Gente, Ally e eu temos que conversa. Então se nós dão licença! Vamos? - Me chamou com a mão e depois se afastou da Lana, me levantei e segurei sua mão. - Vão me esperar?

- A gente já vai, Sofi quer ir na sorveteria! - Ed respondeu se levantando da cadeira, assim como as outras meninas. Vi que Tia Sinu não fez uma cara boa, acho que Lua também notou. - Vê se não demora, se não a gente vai pra casa da Miranda e te deixa sozinha! A gente vai 19h!

- Vocês não estão doidos, não fariam isso comigo! - Lua olhou com um olha de ameaça pra eles que riram e assentiram com a cabeça. - Lana e Cara, olhem a minha irmã!

- Pode deixar, Capitã! - As duas loiras brincaram batendo continência, Lua rir dela.

- Mama e Papa, amanhã vamos almoçar juntos? Quero conversa com vocês e minhas irmãs!

- Por mim tudo bem Hija! Amanhã eu mando uma mesagem falando o endereço. - Tio Alê falou, Lu concordou e foi dar um abraço nele. - Tchau, tenha cuidado. Amanhã nós vermos de novo!

- Sim, senhor! Eu terei cuidado, até amanhã. - Lu falou, ela se soltando do abraço e foi até a Tia Sinu. - Mama venha me dar um abraço!

- Lua Kira Cabello, eu não estou gostando nada de saber que vocês estão indo até essas sociais! Sua irmã ainda é muito nova! Sem contar que tem essas modelos atiradas oá! - Tia Sinu falou, ela apontou o dedo indicador pra filha e todo mundo riu quando Lu se encolheu.

- Deixa de ser ciumenta! - Lu falou puxando tia Sinu pra um abraço, a mais velha riu e apertou a filha em seus braços. - Sabes que você é a mulher mais linda pra mim e pro papa!

- Eu acho bom, se não vou te dar uns tapas. - Tia Sinu avisou dando uns pequenos tapas no braço de Lu, o que fez todos rirem. - Em vocês também Cara, Kendall, Sofia, Lana e isso não te excluir Dono Ed.

- Sim senhora! - Todos eles falaram com medo, foi a vez das meninas, eu e o Papa rimos.

- Agora eu vou conversa logo com a Allison, depois a gente se fala! - Lu avisou e me puxou pela mão pra fora do quarto.

Saímos do quarto e andamos até o elevador de mãos dadas. Não demorou muito pra pegarmos e estávamos saindo do elevador no andar de baixo.

- Toma esse casaco! Veste e coloca o capuz! - Lua mandou tirando o casaco e me dando na mão, coloquei e pupuz pra cobrir meu rosto. - Pronta?

- Sim! - Respondir segurando sua mão e entrelaçando nossos dedos, era bom andar assim com ela.

Saímos do prédio e vi alguns fãs do outro lado da rua, mas nem ligaram quando a gente saio a não ser uma menininha de chupeta, ela parecia ter 4 anos. Ela olhou pra gente e se levantou, Lua nem reparou ela seguindo a gente.

A menininha era baixinha, olhos azul, cabelos castanhos claro quase loiro e magrinha. Tinha um rosto de uma criança de 2 ou 3 anos, mas seu jeito parecia de criança sapeca. Ela estava com um legzinha suja, uma blusa que ficava enorme pra seu tamanho e uma sandalinha no pé.

Entramos em uma padaria e sentamos na mesa em frente ao vidro que dava pra rua, foi só aí que a Lua percebeu a garotinha.

- Ela estava seguindo a gente. - Falei vendo a menina de sentar na calçada sem se importar se estava sujo ou não. Lua se levantou e eu a olhei confusa, mas sabendo mais ou menos o que ela pretendia fazer. - Onde você vai?

- Ela deve está com fome! Olha a roupa dela, está na cara que ela mora na rua. - Disse antes de vira as costa e andar a saída da lachonete, me levantei também e corrir até alcançar ela. Lua me olhou confusa e eu segurei sua mão, pra mostrar que iria com ela. - Okay então nós vamos juntas!

Saímos e andamos até a garotinha que de levantou, seu olhar demonstrava medo.

- Hey, sabia que é perigoso ficar sentada ai na berada da calçada?! - Lu falou tentando se aproximar, mas a garotinha se afastava da gente com medo. - Eu não vou te machucar!

- Desculpa, moxa! Eu não vou sedir mais, vou votar pra onde as meninas mautas. - Falou encolhida. Lua se aproximou e se abaixou na altura dela, a garotinha dava indícios de que ia chorar. - Nã-ão muchuta eu, moxa.

- Hey, Tá tudo bem princesinha! Não vamos te machucar! Como é seu nome? - Lua tentou acalma-lá. Percebermos que ela tinha dificuldade de falar algumas palavras e que sua voz ainda é de um bebê.

- Ia e o xeu moxa? - Perguntou e se apoiou nas pernas olhando pra Lu desconfiada. Meu Deuses que menina mais fofa, me dá vontade de morder ela!

- Meu nome é Lua. - Disse sorrindo pra Lia, que abriu um largo sorriso e se aproximou da Lu.

- Idal a que fita no xeu? - Perguntou com os olinhos brilhando, Lu concordou com a cabeça e ela bateu as mãozinhas. - Voxe é inda, idal a Úa.

- Obrigado! Você é linda também! - Elogiou a menina que ficou vermelha, a mesma olhou pra mim desconfiada. - Essa é a Ally!

- Namoada sua? - Perguntou com um sorriso sapeca. Ela bateu as mãozinhas e sorriu pra mim, que retribuir na hora pra ela.

- Não linda, ela é só minha amiga! - respondeu pra Lia. Confesso que isso me deixou triste, mas eu sabia que não éramos namoradas. - Onde estão seus pais?

- Não tenho eu! Eu moava com umas feiras, mas eas eam má com Ia! Então fuiu Eu! - Respondeu em um tom sapeca. Devo confessar que pra esse tamanho e idade, ela é muito esperta. - Não vota mais.

- Você está fome? - Eu perguntei, ganhando sua atenção.

- Sim, assim ó! - Lia falou mostrando os bracinhos abertos, pra mostrar o tamanho de sua fome. Esse gesto fez Lua e eu rir da menininha, que ficou vermelha.

- Então vamos comer! - Chamei ela estendendo a mão que logo foi pega por ela, a mesma pegou a mão de Lua.

 Entramos de novo e a garçonete olhou estranho pra menininha, mas parou assim que Lu olhou feio pra ela.

- O que gostariam de comer? - A mulher perguntou sem graça.

- Um capuchinho de chocolate, por favor! - Pedi, Ela anotou e olhou pra Lua.

- O quero um suco de limão! - Pediu a mulher que assentiu anotando, Lua se virou e olhou pra Lia. - Lia o que você quer comer?

- A tea que paexe um bicoho grande com morangos! - Tentou explicar toda embolada, mas a gente soube o que ela queria.

- Panquecas? - Perguntei a ela que assentiu com a cabeça sorrindo e bateu palmas. - Traga uma porção e um suco de morango com leite, por favor!

- Já trago seus pedidos em alguns minutos! - Avisou a garçonete e e retirou.

- Lia, você gosta de desenho? - Lua perguntou a garotinha que concordou, vi ela pegando seu celular com o fone do bolso e desbloqueando. - Vou colocar em um aqui e Você vai assistir. Tá bom?

- Está bem!  Eu gosto de deseno. - Concordou. Lua colocou o desenho e ajudou Lia a colocar os fones, pra assim dar play no desenho, ele era de bichinhos na floresta. - Oia, são de bixino!

- Pronta. Assim a gente pode conversa! O que queria me falar? - Falou séria e esperou eu falar, seu olhar era de uma pessoa compreensível.

- O que houve no dia da Praia? Quando eu fui conversar com Troy! - Perguntei pra saber a que ponto eu teria que contar, por mais que eu tenha algumas ideias que ela viu o beijo.

- Eu vi vocês se bebeijando. Pra ser sincera com você, eu fiquei magoada. Você tinha me pedido pra não ficar com mais ninguém, a não ser você, mas quando eu viro as costa e depois olho, vejo você ficando com seu Ex Babaca! - Falou brava, eu sabia que ela não tinha ficado nada feliz.

- Eu contei que estava gostando de você, mas não falei seu nome, mas que não tinha mais chance nenhuma da gente voltar. Então ele me pediu um último beijo, eu não pensei na hora que você ficaria tão magoada, desculpa! Eu achei que iria conversa e contar pra você mais tarde, mas você viu e ficou brava , magoada, fria e não falava comigo direito. - Expliquei olhando em seus olhos, Eles ainda tinha um certo brilho neles e eu sabia que era de compreensão.

- Seja sincera comigo! Qual é seu sentimentos por mim? - Perguntou séria me olhando, mas ela logo abaixou o olhar pros dedos entrelaçados um no outro.

- E-Eu me apaixonei por você, Lua! - Revelei ficando corada, mas fiquei feliz quando ela sorriu largo.

- Ótimo, porque eu gosto muito de você e queria tentar algo sério com você! - Quando ela me disse isso, meu coração aprecia que ia ter um colapso de tão celerado que ele estava. Me levantei e sentei ao lado dela, peguei a mão dela e entrelaçando os dedos com os meus, ela olhou pra nossas mãos e sorriu.

- Está falando sério? - Eu perguntei toda feliz em sua direção e fazendo carinho na sua mão, passei minha mão livre em seu rosto pra tirar alguns cabelos de seus olhos.

- Sim, não iria brincar com seus sentimentos! - Falou e depois meu deu um beijo na cabeça, soltou a minha mão e passou o braço em minha volta.

- Estamos de bem então? - Perguntei manhosa com o rosto em seu pescoço, Lu fazia carinho em meus cabelos e de vez em quando dava uns beijos.

- Sim, minha baixinha linda! - Falou toda amorosa, o que me derreteu toda e me deixou mais apaixonada por ela.

- Own. Não sabes a saudades que estava de ouvir você me chamar assim, meu amor! - Falei toda derretida, ela riu e me puxou mais pro seu corpo. Me aconcheguei melhor e deixei um beijo no seu pescoço, esse ato lhe arrepiou.

A Garçonete apareceu com uma bandeja com nossos pedidos, ela colocou na mesa e antes de se retirar perguntou se queríamos mais alguma coisa.

- Lia, a comida chegou! - Lu avisou tirando o fone da menina, que olhava o desenho com devoção e chupava a chupeta. Tirei um lencinho e Pedir pra ela  colocar sua chupeta em cima, ela tirou a chupeta da boca pra colocar no papel sem parar de assistir o desenho e esperou a Lua corta a paqueca em pedacinhos. - Pronto, pode comer. Mas quando você quiser tomar o suco, me avisa!

- Arham! - concordou comendo, mas com o olho no celular de Lua que agora estava sem o fone e dava pra ouvir o desenho. Ficamos ali vendo ela comer e assistir o desenho, quando ela acabou e olhou pra Lua. - Úa, eu quero suco!

- Lia, eu vou ter que te levar pra um orfanato de crianças, você não pode ficar morando na rua. Lá é legal e ninguém vai te fazer mal, tenho uns amigos que vão cuidar e proteger você! Tá bom? - Lua perguntou com cautela a menina, mas ela olhou pra Lua com medo.

- Não a freiras más? - Lia perguntou acanhada, olhando pra mim e pra Lu.

- Não, Anjo! Você quer ir? - Perguntou sorrindo a Li, que retribuiu.

- Arham! Mas voxes vão me ver? - Li perguntou com dúvida no olhar, mas logo se desparçou quando viu os nossos sorrisos.

- Vamos sempre que pudermos! Agora gente vai ali na loja, comprar umas roupas novas e depois tomar um banho, tá bom? - Lu perguntou se levantando comigo e olhando pra Lia, ela concordou.

- Está bem!! - Respondeu e deu a mão pro meu amor.

Lua pagou a lanche e saímos do estabelecimento, Lia e Lua estavam de mão dadas e eu logo atrás delas. Atravesamos a rua e entramos na loja Dashin Fashion, Lua foi olhando alguma roupas e eu outras. No final eu peguei dois conjuntos de roupas, Calcinhas, casacos e sapatos, Lua também fez um mesmo. Lu pagou as coisas e ainda paramos na farmácia pra compra uma chupeta nova pra Lia e produtos de higiene pra dar um banho nela, depois voltamos pro hotel e subimos.

Lua entrou no banheiro e ajudou Lia a tomar banho, quando ela acabou que foi a minha vez de ajudar a pequenina a se secar, enquanto Lu arrumava a roupa dela.

Vestimos na Lia um vestido salmão e um casaco de oã, nos pés uma rasteirinha.

Lu colocou as outras coisas dentro de uma mochilinha que eu não tinha notado que ela tinha comprado.

- Oiá Úa um auau do rainho. - Lia disse mostrando o cachoro do Mickey, que estava na minha cama. Eu tinha comprado na Disney quando viajei com minha amiga, Tori.

- Você quer ele? - Perguntei me sentando trás dela, que me olhou antes de se deitar no meu peito. Ela brincou com ela e assentiu, Lu só olhava pra ela sorrindo. - Então é seu, pra você não se esquecer da gente!

- Aii, voxe disse que ia ver eu. Não vai abondonar eu lá, né?! - Perguntou pra mim. Own eu quero ela pra mim, já pensou um a filha assim do mesmo jeitinho, minha com a Lua? Pois eu já pensei e irei ter no fulturo.

- Não, meu amor! Sempre que eu puder vou correndo te ver! - Respondi apertando ela nos meus braços e fazendo cosquinha em sua barriga, causando uma gargalhada alta dela.

- Pometi? - Pediu depois que parou de rir, ela brincava com meus dedos.

- Prometo! - prometi cruzando meu dedo mindinho com o pequeno dedinho mindinho dela.

- Vamos? Está na hora. Lia se despede da Ally! - Lua chamou. Ela estava o tempo todo só olhando nossa interação, mas com um olhar pensativo. Ela pegou a mochila da pequena, Lia concordou.

- Xau Ai! - Lia se despediu chorosa e me deu um beijo, isso me deu um aperto no meu coração e piorou quando vi caindo uma lágrima de seus pequenos olhos, mas ela logo enxugou. - Vamos Úa!

- Tchau Ally, até amanhã! - Lua se despediu pegando a chupeta nova da Lia, me abraçou e saio do quarto com a pequena no colo que me dava tchauzinho com a mão.

POV. LUA

Desci com Lia no meu colo e andei até a cozinha do hotel, quando eu ia entrar, um dos jovens com uniforme do hotel abriu a porta. Ele me olhou confuso, mas deu um sorriso simpático.

- Posso lhe ajudar, senhorita? - Perguntou educado.

- Na verdade pode! Será que você poderia colocar essa chupeta na água quente por 20 minutos e depois colocar em um copo de plástico com água gelada e gelo pra mim? - Pedi com um olhar pidão, pra assim derreter o seu coração.

- Senhora, mas terá que espera um pouco! - Avisou pegando a embalagem da nova chupeta que eu lhe estendia.

- Não tem problema, obrigado! - Fui me sentar em uma das mesas livres pra espera o rapaz, quando me sentei na cadeira, foi que eu fui ver que Lia estava dormindo no meu colo. A ajeitei no meu colo e fiquei conversando no wtts nos grupos, os loucos dos meu amigo, principalmente Lucas, combinei que quando eles chegassem iramos saír juntos. Fiquei tão entretida que nem vi o tempo passar, só percebi quando o rapaz voltou com copo a mão cheio de gelo.

- Aqui está senhora! - Me entregando o copo, me levantei antes de pegar e agradeci. - Sua filha é linda! Ela se parece muito com você!

- Obrigado! Tenha um bom trabalho! - Sair do restaurante e do hotel, comecei a nadar pela calçada em direção ao meu carro.

- Lua! - Escultei alguém me chamar, esse alguém era Khloé Kardashian. Parei e sorrir pra ela, que retribuir. - Quem é? E de quem é essa menina?

- Longa estória! Tá ocupada? - Perguntei a ela que negou, fiz sinal pra ela entrar no carro. - Vamos comigo! No caminho eu te explico!

- Está bem! - Khloé concordou com a cabeça entrando no banco do carona, abrir a porta de trás e coloquei Lia deitada no banco. Abrir a porta do motorista pra entrar e fechei, pra então liguar o carro pra sair dali. No caminho eu expliquei tudo pra ela. - O que você vai fazer agora?

- Vou colocar ela aqui! - Disse parando na frente de um portão de um orfanato de crianças, sair do carro e peguei Lia que se acordou no colo. - Vou colocar ela aqui pelo menos por enquanto.

- Não cooca eu aí, Úa! - Pediu chorosa no meu colo, parei na frente da porta do orfanato pra falar com ela antes de entrarmos.

- Você vai ficar nesse lugar por um tempinho, logo eu eu venho te buscar. Eu prometo! - Expliquei a olhondo nos olhos e fazendo carinho em suas costas.

- Tá bom! - Lia respondeu, dei meu celular pra ela assistir desenho e a sua nova chupeta antes de entrar no casarão.

 Logo que entramos uma jovem veio falar com a gente.

- Boa Tarde! Sou Lessia, em que posso ajudar? - Falou. Ela é uma mulher ruiva, alta, magra dos olhos marrom.

- Eu encontrei esse menininha na rua, como eu só conheço esse orfanato eu a trouxe pra cá.

- Sinto muito, mas já não temos condições financeira pra ela ficar aqui, sem contar que quase não estão adotando os jovens que estão morando aqui! - Falou com tristeza nos olhos ao negar aquilo.

- Eu só quero que ela fique aqui até mês que vem, até eu completar 18 anos. - Pedir a Lessia que suspirou e fez um sinal pra gente seguir ela até o seu escritório, sentando na cadeira de frente pra grande mesa. - Lessia, eu assumo o parte financeira dela. Escola, matéria escolar, uniforme, hospital e doou metade da alimentação do orfanato.

- Por um mês? - Perguntou pra mim me olhando com dúvida, eu só fiz um som nasal concordando. - Se passar de um mês e uma semana vou ter que transferir ela. Como é o nome e a idade dela?

- Meu nome é Ia moxa, tenio quato anos! - A pequena respondeu, depois que tirou a atenção do desenho que ela assistia no meu celular , mas ela logo volto a presta atenção no desenho e a chupar a chupeta.

- Acha que consegue a ficha dela até Amanhã? Queria levar ela a tarde no médico, mas preciso da alguma documentação dela! - Perguntei com expectativas, a jovem sorriu com isso.

- Tenho certeza que sim. - Concordou pra mim sorrindo, eu tratei de retribuir como agradecimento. - Lia, você quer conhecer seu quarto?

- Sim, eu quero! - Me levantei com ela no colo e saímos do escritório, andamos por um corredor e entramos na segunda porta, era um quarto lilais.

  No querto havia dois beliches e neles tinham uma cama embutida, no fundo do quarto tinha dois Guarda roupas e mesinha pra desenhar.

  Lia estava sentada na cama com um olhar triste, fui até ela e peguei sua mãozinha indo até a mesinha, sentei ela na cadeirinha e peguei um papel e uma canetinha. Desenhei um calendário com o dia de hoje até o dia do meu aniversário e fiz um círculo no número.

- Cada dia que passar, você vai marca com a canetinha um X no dia e quando você marca o último dia, eu venho te busca. Tá bom? - Perguntei e ela concordou sorrindo, olhou o papel de novo. - Qual é a cama dela, Lessia?

- A cama dela é a debaixo. - Lessia falou apontando pra parte de baixo do beliche, fui até lá e preguei o papel com Os adesivos que tinha na mesinha.

- Eu poxo mimi um pouinho? - Lia perguntou se deitando na cama, pegou o Pluto de pelúcia e abraçou.

- Pode, querida! - Lessia respondeu vendo que Lia estava sonolenta.

- Eu vou conversa rapidinho com a tia Lessia lá na sala dela, toma continua assistindo o desenho. - Falei dando o meu celular de volta, antes de sair dei um beijo na bochecha dela. - Amanhã nos vamos sair e se você se comporta de manhã, eu te dou um presente! - Disse já na porta do quarto, ganhando um sorriso largo. Voltamos pro escritório de novo e nos sentamos, peguei um papel e uma caneta pra anotar meu número de Telefone. - Aqui está o meu Telefone, se acontecer alguma coisa me ligue e eu venho o mais rápido que puder!

- Sim, senhora! Acredito que nada irá acontecer com ela, fique sossegada! - Garantiu. Ela guardou o papel dentro de uma agenda, mas antes anotou o número no seu celular.

- Amanhã pela manhã ire ver uma escola boa aqui por perto, Por isso quero que você tente conseguir a papelada dela. - A expliquei motivo, por mais que eu seja a dona, eu preciso dos papéis.

- Te garanto que eu irei conseguir na parte da manhã, tenho que agradecer pela ajuda na alimentação. Muito obrigado! - Garantiu me fazendo sorrir largo e assentir

- Não se preocupe, toda a alimentação vai ser dada por nos duas. Vou doar a segunda parte, e dá alguns produtos de limpeza! - Khloé falou deixando a mulhe surpresa e feliz, os olhos da mulher começaram a derramar lágrimas.

- Muito obrigado! Vocês não sabem o quanto estão ajudando, já não estávamos com uma boa condição financeira a um mês. Obrigado! - Agradeceu emocionada. Ela veio nos dar um abraço, depois voltou a se sentar em sua cadeira.

- Não precisa agradecer, você já está nos ajudando muito! Mas será que podes me ajudar outra vez? - Khloé Perguntou a mulher meio receosa, mas se aliviou quando a Lessia concordou. - Me ajuda a adotar uma criança, da idade de Lia.

- OMG! Claro que eu ajudo sim, será um prazer! - Respondeu toda feliz. Confesso que esse pedido de Khloé me deixou surpresa, não esperava que ela queria ser mãe.

- Obrigado, manhã eu venho e passo o dia aqui. Ai você me ajuda me contando como eles são! - Khloé avisou toda sorridente, a mulher devovel com um sorriso de lado. Hum... Não sei, não! Sinto que a Lessia está cantando a Khloé, mas não vou falar nada e depois eu converso com ela.

- Claro, você será bem-vinda sempre! - Desejou e ambas sorriram uma pra outra. - Meninas se você não se importarem, eu tenho que ir ver como está os meninos la na parte de recreação. Fiquem a vontade! - Avisou saindo com a gente da sala, Ela deu um abraço e dois beijo no rosto como cumprimento, ela seguiu em direção a recreação e a gente pro quarto da Lia.

- Ela dormiu! - Khloé falou indo até a cama e se sentando na beirada, ela acariciou as costas de Lia.

- Ela estava cansada! Vamos? - Chamei a olhando, depois de fazer carinho nos cabelos de Lia. Deixei um beijo na cabeça da menininha e me levantei, pegando meu celular de sua mão e vi que ele estava com 65% de bateria.

- Vamos! - Khloé Respondeu se levantando e dando um beijo na cabeça de Lia logo depois, saímos do quarto. - Vai fazer alguma coisa agora?

- Vou em uma social de uma amiga minha, acho que você conhece. Miranda Kerr! - Respondi a olhando que concordou com a cabeça e sorriu. - Por que?

- Eu ia te chamar pra ir comigo pra essa social, eu não queria ir sozinha. Vamos juntas?

- Claro! Podemos nos arrumar na casa que eu estou, eu te levo até o seu hotel e você pega suas coisas! - Sugerir, eu quase certeza de que já estava tarde.

- Está bem! - Concordou. Estávamos paradas na frente do quarto de Lia, conversando e foi quando ouvimos vozes de meninos.

Esses meninos era os que jogaram bola comigo a última vez que passei na frente da quadra que tem aqui na frente, Drew me reconheceu e veio até mim.

- Hey Chata! O que anda fazendo por aqui? Veio chamar a gente pra jogar uma partida de bola de novo com a gente? - Drew me perguntou e veio me dar um abraço, os meninos fizeram o mesmo e cumprimentaram Khlo.

- Não, meninos essa é Khloé uma amiga minha. - Apresentei os meninos pra ela, Eles só sorriram tá loira ao meu lado. - Vim trazer uma pessoa da ficar aqui e vou aproveitar pra pergunta uma coisa a vocês!

- Quem você deixou aqui? E que proposta? - Drew me perguntou olhando pra porta fechada atrás de mim, na qual eu tinha acabado de sair.

- Essa é Lia, será que vocês poderam  proteger e distrair ela por um mês por mim?! - Perguntei a eles que concordaram, reparei que seus olhares era de confusão, mas não perguntaram nada. - Você gostariam de trabalhar meio período?

- Claro! Você tem um emprego pra a gente? - Um deles me perguntou com expectativa.

- Ter eu tenho, mas é em um hospital e você teram que mexer com todo o sistema de computação do hospital ou clínica, mas o mais importante é que quero saber se vou poder confiar em vocês? - Perguntei os olhando sério.

- Claro que aceitamos e pode confiar! Mas tem um problema, alguns de nos estuda a tarde, então quando voltar as aulas vai ficar complicado! - Drew me respondeu sério, os meninos concordaram com ele.

- Não tem problema, os que estudam a tarde fica no turno a manhã e os da manhã na tarde! Amanhã a tarde quero os 12 no hospital Sampaio Dantas. - Avisei a eles, que ficaram empolgados e comemoraram.

- Lu, você não consiguiria mais uma vaga? - Perguntou um menino com estilo roqueiro.

- Sabe mexer com Internet e computador com vocês? - Perguntei o olhando e ele concordou com a cabeça.

- Sim, é pra minha irmã e assim como eu mexe com essas coisas! - Respondeu dando de ombros e sorrindo pra mim.

- Acho que ela é melhor que agente Lua, mas enfim obrigado pela oportunidade! Veio em boa hora, já que esses ano completamos 18 anos e precisamos juntar dinheiro pra alugar uma casa pra quando saímos daqui! - Drew explicou, eu sorrir pra eles por saber que eu estava ajudando eles.

- Que bom que estou ajudando vocês, não tem problema, os hospitais tem autorização pra menores de idaixe, com no máximo 16 anos trabalharem lá! - Os traquilizei, que concordaram e ficaram animados.

- Lua, vamos? A festa da Mih já começou, ou seja, estamos trasadas! - Khlo avisou e eu concordei com a cabeça.

- Que horas são? - Perguntei pra ela.

- São 19h :30min. - Khlo respondeu e realmente já estávamos atrasadas.

- Nós já estamos indo embora meninos, não se esqueça de ir amanhã pela tarde no hospital. Vou esperar vocês! - Avisei me despedindo deles e Khlo fez o mesmo, caminhamos em direção a porta de saída e saímos. Andamos até o carro e eu abrir a porta do passageiro pra Khlo entrar, ela entrou e eu fechei a porta dendo a volta pra entrar no lugar do motorista.

- Aliás Eu vi as foto da Party do Bieber. As suas fotos com as modelos estão bombando, os paparazzi e revistas querem saber quem é você! - Ela me contou e deu uma risada, já eu estava com meus olhos arregalados em quando dirigia.

- Por que? Eu nem sou famosa! - Resmunguei incrédula e ela só fez rir mais ainda. - Aliás eu estou aqui dirigindo e nem te perguntei onde você está hopedade! Qual é o hotel?

- Mais ficou depois do chapéu que seu no Shawn e as fotos com Candice, Romee, Miranda e Taylor te elogiando por está sem camisa. - Respondeu rindo da minha vermelhidão, o que me deixou surpresa foi por ter um vídeo da hora que eu estava jogando bola. - É o mesmo hotel que você estava saindo hoje e os seus pais estão!

- O MERDA! É por isso que o meu amigo do Brasil está surtando e me xingando. - Resmunguei, depois que me lembrei das mensagens do Lucas no Wts.

- OMG! Ele fez isso? - Perguntou surpresa, antes de soltar uma gargalhada alta.

- Oh! Acredite aquela bicha é pior que agente da CIA ou FBI! - Reclamei fazendo ela gargalhar mais ainda, mas dessa vez fui no mesmo embalo e ri. - Chegamos! Já que vamos juntas, pega a sua roupa e se arruma lá em casa!

- Okay! Me espera aqui que eu já volto! - Falou abrindo a porta do carro e saindo, mas eu abrir a minha e Sair também. - O que foi?

- Vou ali no Starbucks compra rosquinhas de morango e um chocolate quente! - Expliquei a ela, nem nos importamos de está sendo fotografado por Paparazzi. Eles vieram em nossa direção assim que Khloé saiu do carro. - Você quer alguma coisa?

- Quero  mesmo que você, mas o meu chocolate quente é com Marshmallow! - Pediu antes de entrar no prédio.

Mesmo depois de Khloé sair, eles ainda continuaram me seguindo e tirando foto.

- Hei, como é seu nome? - Rapaz perguntou.

- Você é amiga das Kardashian/ Jenner? - Rapaz 2.

- Você é a nova modelo da VS? - Desconhecido.

- Você namora com algumas das modelos? - Desconhecida.

- Quantos anos você tem? - Senhor.

- Meu nome é Lua Kira, tenho 17 anos. Sou amiga somente de Khloé, Kylie e Kendall. Não sou modelo e não namoro com nenhuma delas, sou somente amiga. Com licença! - Respondir e entrei  loja, fui até o caixa e diz meu pedido. Esperei 5 min e peguei os meus pedidos, andei em direção a saída. Sair da loja e voltei ao meu carro, não demorou muito e Khloe bateu na porta. - Está aqui o eu pedido!

- Vamos nos arrumar, já são 20h :15min! - Me falou e eu sair dali pra ir em direção a casa de Ed. - Mas antes vamos bater uma self pra mim postar no Snap!

Peguei o celular dela e posicionei pra bater a foto, mas antes ela se aproximou e se apoio as mãos nas minha perna esquerda, sorrindo pra câmera. Dei o IPhone pra ela liguei o carro, saindo de frente do hotel e indo em direção a casa de Ed.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...